21 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Assembleia aprova urgência em nova gratificação para juízes do Paraná

Assembleia aprova urgência em nova gratificação para juízes do Paraná


A mesma Assembleia Legislativa (Alep) que vem negando há anos os reajustes dos salários dos professores e servidores estaduais aprovou ontem (20) o regime de urgência para votar mais uma(!) gratificação para juízes e desembargadores do Paraná. A justificativa do líder do governo, deputado Romanelli (PSB), foi que a matéria “é de interesse público e incide em repercussão para a coletividade”. ... 

Leia mais

12 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Bolsonaro sofre baixas no Paraná

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) perdeu dois parlamentares esta semana no Paraná: um federal, Alfredo Kaefer; outro estadual, Adelino Ribeiro. Ambos são da região de Cascavel, Oeste do estado. ... 

Leia mais

4 de novembro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Lei da Mordaça contra professores patina na Assembleia Legislativa

mordacaO Projeto de Lei n° 748/2015 que proíbe os professores do Paraná de falarem sobre política, religião ou sexualidade nas salas de aula está patinando na Assembleia Legislativa (Alep). ... 

Leia mais

8 de outubro de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Após indiciamento de Richa na PGR, Gaeco cumpre mandados da Publicano

gaecoNo dia seguinte à confirmação do indiciamento do governador Beto Richa (PSDB) pela Procuradoria Geral da República (PGR), por corrupção na Receita Estadual, eis que o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) voltou às ruas na manhã desta quinta-feira (8) para cumprir mandados de prisão por lavagem de dinheiro na Operação Publicano. ... 

Leia mais

30 de setembro de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Requião Filho detona PSDB e base governista na Assembleia; assista

alepsO deputado estadual Requião Filho (PMDB) usou de ironia e criatividade para criticar o PSDB e “tacou fogo” no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na terça (29). Ele utilizou o conteúdo da propaganda do PSDB nacional veiculada na segunda-feira (28) adaptando o texto para a realidade paranaense.

O curioso é que as críticas que o partido dos tucanos faz ao governo federal se encaixam perfeitamente ao que acontece no Paraná governado por Beto Richa.

O debate deverá voltar à baila nesta quarta-feira (30), como prometeu ontem deputado Nereu Moura, líder do PMDB na Casa, haja vista que há fatos novos para incrementar esse bate-boca. Um deles é a citação de Beto Richa em e-mails apreendidos pela operação Lava Jato.

Requião Filho também pisou no calo de toda a base governista na Assembleia ao dizer que a Casa de Leis virou um balcão de negócios, e que o voto dos deputados é na base do “toma lá, dá cá”. (Abaixo, assista ao vídeo). Leia mais

24 de setembro de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

João Arruda: Respeitem o Campagnolo!

João Arruda*

O exercício da democracia pressupõe o respeito ao contraditório, ou seja: todo cidadão tem o direito de dizer quando não concorda com alguma coisa. É dessa forma que eu analiso o discurso do presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, ao tomar posse para um novo mandato à frente da entidade.

Entre outras observações, Campagnolo criticou o pacotaço do governo Beto Richa (PSDB) e os salários dos deputados estaduais. Como já fez, anteriormente, ao condenar as altas tarifas do pedágio. O empresário recebe, agora, ataques duros dos aliados do governador, talvez porque os áulicos do Palácio Iguaçu não estejam afeitos ao contraditório nem a entidades livres, desvinculadas da máquina do estado.

O governo Beto Richa parece se ressentir disso, da independência de algumas lideranças do setor produtivo, uma vez que já perdeu completamente o apoio dos trabalhadores, especialmente depois da repressão aos professores no fatídico 29 de abril, um episódio que entrou para a história da infâmia do Paraná.

No fim de seu discurso, o presidente da Fiep sugeriu o impeachment da presidente Dilma Roussef. Discordo dele, até porque não há base legal para o afastamento da presidente. Aliás, não defendo nem o impeachment do atual governador, sobre o qual recaem suspeitas de um esquema de caixa 2 via Receita Estadual. O ponto é: Campagnolo tem direito de dizer o que pensa.

Discordar pontualmente do empresário não significa que eu vá cercear seu direito de se expressar, o que a forte reação palaciana tenta fazer. Uma discussão de alto nível não precisa ser tão agressiva assim. No debate sobre a elevação do teto do Simples, por exemplo, tivemos divergências, mas o empresário jamais me impediu de emitir o meu juízo de valor a seus colegas de Fiep. É disso que se trata: democracia.

Podemos discutir se o tom do presidente da Fiep foi adequado. Verdade. Da mesma forma, também é possível chamar de indelicado quem mente sobre a situação financeira do estado, quem tira dinheiro de prefeituras em plena crise econômica, quem ousa propor a venda da Copel e da Sanepar para cobrir rombo nas contas públicas.

O fato é que Campagnolo foi corajoso. Poderia ter contemporizado para agradar a todos. Preferiu a sinceridade. E ela, como sabemos, dói.

*João Arruda é deputa Leia mais

14 de setembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Richa planeja ‘cassar direito ao voto’ de pais, alunos e educadores na eleição para diretor de escola no Paraná

eleicaodir ... 

Leia mais

16 de julho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Veja essa: No Paraná, vereadores reduzem os próprios salários de R$ 7,5 mil para R$ 970

subsidiosConforme noticiado pelo Blog do Esmael, foi aprovada ontem (15) à noite pela Câmara dos Vereadores de Santo Antônio da Platina, região Norte Pioneiro, a redução do salário do prefeito, do vice e dos próprios vereadores do município. O prefeito Pedro Claro (DEM) terá o salário reduzido de R$ 22 mil para R$ 12 mil. Atualmente, ele recebe R$ 14,7 mil ao mês. ... 

Leia mais

25 de maio de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Audiência Pública sobre o Plano Estadual de Educação

audienciaApesar da greve dos professores e servidores da educação, foi realizada hoje (25) pela manhã uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná para tratar do Plano Estadual de Educação (PEE).

A audiência foi iniciativa deputado Professor Lemos (PT), e nela foram debatidas as diretrizes do PEE contidas no projeto de lei nº 377/2015, de autoria do Poder Executivo. Estavam presentes representantes dos Fóruns Nacional e Estadual da Educação, lideranças da APP-Sindicato, prefeitos, vereadores e secretários municipais da educação.

Segundo o Deputado Professor Lemos, o projeto do governo deve receber diversas emendas, muitas delas a partir da formulação de entidades como a própria APP-Sindicato. Em conversa com o Blog do Esmael, o deputado afirmou que o principal problema do projeto do governo é que ele não prevê nenhum aumento de investimento por parte do Estado na educação. “Desse jeito não há como cumprir com as metas estabelecidas no plano”, completou Lemos.

Leia mais

28 de maio de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

TSE tira um deputado federal e um estadual do Paraná

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu ontem (27) derrubar o Projeto de Decreto Legislativo 1.361/13, aprovado pela Câmara dos Deputados em novembro do ano passado, que anulou a resolução do tribunal sobre o número de deputados de cada estado para as eleições de outubro. Com a decisão, fica mantida a mudança na representação de 13 estados.

Por unanimidade, os ministros entenderam que as mudanças deveriam ter sido aprovadas por meio de lei complementar e não por decreto legislativo. Conforme decisão original do TSE, definida em abril do ano passado, perderão uma cadeira: Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Duas cadeiras: Paraíba e Piauí. Ganharão uma cadeira: Amazonas e Santa Catarina. Duas cadeiras: Ceará e Minas Gerais. O maior ganhador de cadeiras na Câmara é o Pará, que terá mais quatro deputados.

A nova composição das bancadas foi definida de acordo com o Censo de 2010. Os cálculos levam em conta a população do estado e a quantidade mínima (8) e máxima (70) de parlamentares permitidos por lei para uma unidade da federação, além do quesito da proporcionalidade exigido pela Constituição.

A decisão do tribunal foi tomada com base no questionamento apresentado pela Assembleia Legislativa do Amazonas. A casa alegou que a representação populacional do estado na Câmara já não condizia com a realidade, pois tinha como referência um censo defasado. Sustentou, ainda, que estados com menor população, como Alagoas e Piauí, tinham mais representatividade na Câmara: com nove e dez deputados federais, contra oito do Amazonas.

A mudança na composição das bancadas, definida em processo administrativo, é contestada no Supremo Tribunal Federal (STF) por cinco ações de inconstitucionalidade impetradas pelos estados de Pernambuco, do Espírito Santo, Piauí e pela Assembleia Legislativa e o governo da Paraíba.

Com informações da Agência Brasil

Leia mais

31 de março de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Por 15 votos a 3, TJPR mantém Fábio Camargo afastado do TCE

Fábio Camargo perdeu uma batalha nesta segunda (31) ao ter rejeitado um agravo no TJPR pelo placar de 15 votos a 3; corte manteve conselheiro afastado do TCE até julgamento do mérito de um mandado de segurança, cuja liminar foi concedida ano passado pela desembargadora Regina Portes; presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni (PSDB), nos bastidores, vem sendo bastante pressionado para realizar nova eleição para o órgão de contas; deputado Plauto Miró, primeiro-secretário da Assembleia, continua no aquecimento.

Fábio Camargo perdeu uma batalha nesta segunda (31) ao ter rejeitado um agravo no TJPR pelo placar de 15 votos a 3; corte manteve conselheiro afastado do TCE até julgamento do mérito de um mandado de segurança, cuja liminar foi concedida ano passado pela desembargadora Regina Portes; presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni (PSDB), nos bastidores, vem sendo bastante pressionado para realizar nova eleição para o órgão de contas; deputado Plauto Miró, primeiro-secretário da Assembleia, continua no aquecimento.

O à“rgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), composto por 25 desembargadores, nesta segunda-feira (31), manteve o afastamento do conselheiro afastado do Tribunal de Contas (TCE) Fabio Camargo. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo