22 de agosto de 2016
por esmael
16 Comentários

Ao vivo: Band TV realiza 1° debate democrático na eleição pela Prefeitura de Curitiba

A Band TV realiza na noite desta segunda (22) o primeiro democrático com todos os nove candidatos à Prefeitura de Curitiba.

3 de Maio de 2016
por admin
13 Comentários

Requião Filho pede informações sobre farra da propaganda de Beto Richa

publici

O deputado estadual Requião Filho (PMDB) protocolou dois requerimentos solicitando informações sobre publicações que vêm sendo produzidas pelo governo do Estado para tentar melhorar a combalida imagem do governador Beto Richa (PSDB).

Segundo o deputado, são materiais impressos de alta qualidade, sem informações básicas de expediente, tiragem, gráfica e qual o procedimento licitatório que autorizou a elaboração dos informativos.

11 de Março de 2016
por admin
27 Comentários

Corrupção no governo Beto Richa é melhor que as outras? Por quê?

Com base na gravidade dos desvios na Receita Estadual apurados pelo Gaeco, na Operação Publicano, os deputados de oposição tentam novamente emplacar uma CPI sobre o tema. A primeira tentativa de instalação de uma comissão parlamentar para investigar o caso está completando um ano. Assim como em 2015, a maioria dos deputados se recusa a assinar o requerimento.

É que as revelações dos auditores fiscais no caso apontam para o Palácio Iguaçu. Há fortes indícios de que a propina arrecadada ajudou a financiar a reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Por isso os deputados governistas, a tal “Bancada do Camburão”,  fazem de tudo para evitar as investigações e a exposição do caso.

O problema é que os deputados que escondem a sujeira do governos estadual, são os mesmos que fazem discursos inflamados contra as denúncias de corrupção no governo federal. Muitos estarão nas ruas no domingo (13) para combater a corrupção(!), mas só a federa

29 de outubro de 2015
por admin
3 Comentários

Coluna do Requião Filho: Beto Richa massacra a Educação do Paraná

Download

Requião Filho*

O melhor está por vir… foi esta frase que encorajou a maioria dos eleitores no ano passado e, que agora, cai por terra, numa dura e controversa realidade.

A educação tem sido um dos setores mais afetados, resultando em números expressivos de rejeição à maneira atordoada de governar do reeleito Beto Richa (PSDB). Os professores têm ido às ruas, estão colocando a boca no mundo, os alunos prejudicados, pais desesperados, escolas fechando, professores perseguidos, descaso com a educação especial e construções de novas unidades escolares sem previsão de serem concluídas por causa da corrupção.

Não há luz no fim do túnel! E os percalços não param de surgir. Para quê pagar pela construção de escolas que nunca saíram do chão, e reclamar do custo de colégios que agora ameaça a fechar? Ou será que estas unidades escolares que estavam sendo construídas nunca deveriam ter sido feitas, idealizadas apenas pelo motivo cruel de simplesmente desviar verbas públicas?

Para quê construir e defender um estado laico, se os professores não podem sequer dar sua opinião, fomentar o debate em sala de aula sobre os assuntos mais polêmicos, sejam eles de gênero, política ou religião? Quando estaremos realmente preparados para uma educação de verdade? Que cidadão está se querendo formar? Cadê a democracia?

O governo Beto Richa segue na contramão, em tudo o que se entende por gestão de Educação no mundo. Ele pensa em reduzir despesas fechando escolas, calando a boca dos professores e transformando os alunos em meros cordeirinhos. É inacreditável, mas onde foi que ele aprendeu a administrar? Na ditadura?

Em qualquer outro lugar desenvolvido do mundo, Educação é investimento… aqui, pura despesa! Despesa que pesa, pesa, peeeeeesa… principalmente na cabeça de pais que agora temem ter seus filhos sem salas de aula no próximo ano.

Educação deveria ser uma revolução, como em países de primeiro mundo que transformaram o rumo de suas histórias quando todas as crianças passaram a ter oportunidades iguais, em escolas de qualidade, gratuita, e com professores se sentindo valorizados.

Ideal seria se o governador visse a educação como uma

28 de outubro de 2015
por admin
12 Comentários

Censura na rede? Link de discurso de Requião Filho “some” do Facebook

censuraO deputado estadual Requião Filho (PMDB) está denunciando que uma publicação feita nesta terça-feira (27) teria sumido de sua página no Facebook. A postagem continha o vídeo de um discurso na Assembleia Legislativa.

No discurso, o deputado fala da confusão entre professores e convidados de um jantar promovido pelo governador Beto Richa (PSDB). Requião Filho faz referência a um vídeo feito na entrada do restaurante no qual um assessor do governo chama os professores de “mortos de fome” e “comedores de mortadela”.

A resposta no discurso do deputado foi: “Se os professores são mortos de fome é porque o governador, do SEU partido, não lhes pagou a data-base que era devida. É porque o seu governo não paga as horas-aula devidas, não acerta o salário dos professores. Se são mortos de fome, a culpa é do governador”.

Ele ainda desafiou o assessor a pedir desculpas ou demissão. “Quem chama professor de morto de fome não tem moral, nem merece o cargo que tem”, completou.

Confira o vídeo “censurado” com o discurso de Requião Filho:

22 de outubro de 2015
por admin
3 Comentários

Coluna do Requião Filho: No mês da Criança, Beto passa a mão no Fundo para Infância e Adolescência

Download

Requião Filho*

As consequências de inúmeros pacotaços deste ano estão começando a aparecer. Em meio ao emaranhado de leis, o Executivo Estadual deixou o caminho livre para esvaziar o fundo para a Infância e Adolescência, o FIA, com montante proveniente de repasses mensais do Detran e doações particulares.

O fundo foi criado pelo Governo Federal para custear políticas de atendimento à criança e ao adolescente. Porém, com as novas normas do Governo Richa, ao final de cada ano, o montante do fundo será incorporado automaticamente ao saldo do Tesouro Geral do Estado e será administrado pelo secretário da Fazenda Mauro Ricardo Costa. Richa tira o dinheiro que deveria ser investido nas nossas crianças e enfia no C.U., caixa único.

A medida fere o artigo 227 da Constituição Federal e foi duramente criticada pelo Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA), que certamente vai perder a função de controle social. Isto revela desconhecimento de direito administrativo e constitucional por parte da atual gestão do governo estadual.

Em matéria veiculada na Gazeta do Povo um Procurador expõe a sua opinião, que é mesma que a minha. Se não, vejamos:

“O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior, do Ministério Público do Paraná (MP), criticou a transferência do recurso. Ele diz que é necessário conferir o que o estado está fazendo com a verba, mas afirma que ‘não há nenhuma possibilidade legal para o estado utilizar recursos existentes do fundo para qualquer outra área que não seja aquela voltada a programas e ações da criança e juventude’.”

“Todos os recursos que abastecem o Fundo para Infância e Adolescência (FIA), conforme explica o procurador, ‘têm previsão constitucional para serem usados para essa área’. O procurador lembra que não pode ser retirada a autonomia do CEDCA sobre o fundo. Sotto Maior diz que o MP-PR terá que conferir o que de fato o estado fez com o recurso para ‘adotar medidas’ quanto a isso.”

É o desespero de um governo que não tem dinheiro para pagar suas contas. Até o Ministério Público de Contas já relatou que o Governo Richa deu PEDALADAS FISCAIS e não merece ter suas contas aprovadas.

A verdade há de vir a tona e ainda veremos estes irresponsáveis pagar pelo que estão fazendo com o nosso Paraná.

Mas também, o que esperar de bom de um governo que massacra servidores públicos? O que esperar de bom de um governador que vende maravilhas durante a campanha e entrega escândalos atrás de escândalos.

Aproveito, ainda, este e

8 de outubro de 2015
por admin
13 Comentários

Após indiciamento de Richa na PGR, Gaeco cumpre mandados da Publicano

gaecoNo dia seguinte à confirmação do indiciamento do governador Beto Richa (PSDB) pela Procuradoria Geral da República (PGR), por corrupção na Receita Estadual, eis que o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) voltou às ruas na manhã desta quinta-feira (8) para cumprir mandados de prisão por lavagem de dinheiro na Operação Publicano. Leia mais

22 de setembro de 2015
por admin
29 Comentários

Surge frente suprapartidária contra venda da Copel e Sanepar

Um artigo maroto inserido nas entrelinhas no “pacotaço” enviado pelo governador Beto Richa (PSDB) à Assembleia Legislativa, que prevê a venda de ações da Copel e da Sanepar, fez com que deputados de diferentes partidos se reunissem esta semana com representantes de sindicatos e movimentos sociais. Eles lançaram a Frente Parlamentar em Defesa em Defesa das Empresas Públicas paranaenses.

A reunião organizada pelo deputado Requião Filho (PMDB) trouxe à tona uma série de denúncias de má gestão nas empresas, além de maquiagens nos resultados como forma de justificar suas privatizações e a necessidade de uso destes recursos para ajudar a cobrir o rombo nas contas do Estado. O dinheiro arrecadado com a venda dos ativos das estatais seriam para engordar o Caixa Único (CU) do governo do estado.

Os deputados presentes lembraram que o Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, chegou a anunciar pela imprensa tal intenção do governo estadual no mês de maio, mas foi desmentido logo depois pelo próprio governador, após grande polêmica se formar naquele momento.

“Agora o assunto volta à pauta, escondido nas entrelinhas de um projeto que reúne 14 medidas diferentes umas das outras, num único pacote de maldades, recheado de pegadinhas. Não vamos deixar que isto aconteça e comprometer ainda mais o bolso e o patrimônio dos paranaenses”, protestou Requião Filho.

Representantes dos sindicatos e entidades presentes e anunciaram a realização de um manifesto público no próximo dia 3 de outubro, em todo estado, para mobilizar a população. Já o polêmico Projeto de Lei 662/2015 deve entrar em votação nas próximas sessões, porém já recebeu emendas e teve alguns artigos retirados.

“Eles falaram que iriam retirar este artigo referente à venda das ações das empresas públicas, mas a gente pode esperar que volte a qualquer momento. Este é um governo sem palavra e precisamos estar preparados”, acrescentou o deputado.

Estiveram presentes na reunião: o deputado federal João Arruda (PMDB); e os deputados estaduais: Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT), Evandro Araújo (PSC), Márcio Pacheco (PPL), Tercílio Turini (PPS), Ademir Bier (PMDB), Palozi (PSC) e Nelson Luersen (PDT). Além de representantes da CUT, Fetraf-PR, Fetec-PR, Sindaen, STEE

10 de setembro de 2015
por admin
5 Comentários

Coluna do Requião Filho: O exemplo de Júlia na batalha pela vida

Download

Requião Filho*

Quando nos deparamos com tamanha força de um ser tão pequeno, logo a gente se pergunta: como isto é possível? Só quem já passou por uma UTI sabe a provação que é.

Estou falando da pequena Júlia, uma paranaense que nasceu prematura, em agosto de 2014. Desde o primeiro instante, ela convive com inúmeros desafios para se manter viva e tem surpreendido médicos, enfermeiros, amigos e até mesmo sua mãe e sua avó.

Nasceu de seis meses, com pouco mais de meio quilo e, hoje, um ano depois, com quase três quilos e meio, após inúmeras cirurgias e internações, Julinha está quase tendo alta. Deve ir para casa, pela primeira vez, nesta sexta-feira (11), embora seu caso continue exigindo cuidados tais como um aparelho complicado chamado de homecare que monitorará tudo. Sua mãe Ângela e sua avó Lenilde são duas guerreiras, são duas pessoas que os antigos diriam serem pessoas de luz. A dupla é o que se pode chamar de pessoas de bem, pessoas de uma força e fé inigualável.

Poucos sabem, mas sou pai de dois meninos, Marcelo e Matheus. Meus filhos são gêmeos e também nasceram prematuros. Porém, por causa dessa pressa em nascer, eles passaram um mês na UTI do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. E foi naqueles dias que conheci a menina/mãe, Ângela Dal Santos, e ela com seus 20 e poucos anos acolheu a mim e a minha esposa, e nos explicou tudo sobre aquele que seria nosso périplo.

Ângela estava lá com a Julinha, lutando pela vida. Antes de nossa chegada, Julinha teve uma complicação e após inúmeros procedimentos perdeu todo o intestino delgado e metade do grosso, e sua única chance de viver normalmente é fazer um transplante, somente realizado com sucesso em Miami, nos Estados Unidos. Entretanto, esta cirurgia custa mais de um milhão de dólares!

Meus meninos logo tiveram alta, mas elas, Julia, Ângela e Lenilde continuaram lá, naquela batalha diária. A Angela explica que “Ninguém tem muita informação sobre o transplante de intestino no Brasil”. O que ela busca é levar a Julinha para o exterior onde a cirurgia necessária já é mais difundida, apesar de extremamente complicada. No Brasil a cirurgia ainda é pouco estudada e realizada. “Apenas seis casos foram tentados aqui e, em todos eles, as crianças morreram durante ou depois da cirurgia.”

Outro caso semelhante é o da menina paulista Sofia Gonçalves de Lacerda, de um ano e meio. Desde o dia 10 de abril ela se recupera de um transplante de cinco órgãos do aparelho digestivo (inclusive o de intestino), realizado com sucesso no mesmo hospital em Miami ao qual queremos levar a Julinha. Através de uma campanha na internet que mobilizou 1,5 milhão de pessoas, a família conseguiu arrecadar parte do valor e, o restante, foi bancado pela União por determinação da Justiça brasileira. Esta é a esperança também da pequena Júlia.

Nos Estados Unidos, a cirurgia é mais comum e com uma taxa bem maior de sucesso. O difícil é conseguir a cirurgia e m

3 de setembro de 2015
por esmael
12 Comentários

Coluna do Requião Filho: Menos ICMS, mais comida na mesa! Menos impostos, mais empregos!

Download

Requião Filho*

Senhores, esta é a verdadeira política tributária do PMDB-PR!

Nos dias de hoje vemos no Estado do Paraná a prática completamente inversa da adotada pelo PMDB quando este foi governo. Nos tempos em que o interesse público dominava o nosso estado, o PMDB, através da Mini-Reforma Tributária (2003/2010), desonerou ou reduziu alíquotas de ICMS de mais de 90 mil itens!

A lógica adotada pelo PMDB é simples: diminuir a tributação de bens essenciais (bens de consumo-salário) e manter ou aumentar daquilo que não é produto de primeira necessidade.

A população ganha e o Estado cresce!!!

Seguindo esta linha, o PMDB do Paraná por meio de seu Deputado Federal João Arruda, que relatou o projeto do Super Simples na Câmara Federal, advogou a favor do interesse público. Para estimular quem está gerando emprego em plena crise, a opção foi elevar os valores da receita bruta anual para enquadramento no regime tributário: de R$ 360 mil para R$ 900 mil (para microempresas) e de R$ 3,6 milhões para R$ 14,4 milhões (para pequenas empresas). Além dos pequenos e dos microempresários, a proposta não esquece do Microempreendedor Individual (MEI), prevendo a elevação do teto que passa de R$ 60 mil para R$ 72 mil.

Vejam, todos ganham com políticas que beneficiam os nossos empreendedores. O Estado torna mais efetiva a fiscalização tributária, evitando a sonegação. O empresário tem segurança ao declarar sua verdadeira renda com a ampliação dos valores de receita, sua atividade é fomentada e há geração de emprego.

Valorizar a formalidade do empresariado é um grande passo para a segurança jurídica e econômica do país!

Quando se faz a lei pensando na população e no fomento da economia, em vez de arrocho fiscal e aumento irracional de arrecadação (atual governo do Paraná) todos ganham. Com uma boa política tributária/fiscal, são beneficiados tanto a população quanto o empresariado. Assim, o PMDB busca soluções que vão ao encontro do real e efetivo combate à crise, levando em consideração aquilo que deve ser a prioridade de todo o governo: o bem estar da população.

Reformas ou medidas tributárias não podem ser sinônimo de aumento de tributos e de flagelo. Não é sangrando o bolso do povo que um Estado sai de uma crise econômica!

Na mesma linha de incentivar o crescimento de nossos empreendedores , protocolei junto à As

27 de agosto de 2015
por esmael
20 Comentários

Coluna do Requião Filho: Um pesadelo bizarro, ou a realidade do Paraná?

Requião Filho*

Download

Tive um sonho bizarro. Quero compartilhar este sonho. Me permita esta intimidade com você, leitor.

Sonhei que estava na arquibancada de um grande circo. Um circo enorme, naquelas tendas de espetáculos como há muito não se vê. No centro um pomposo mestre de cerimônias, terno bem cortado, sapatos italianos e na cara… Ah!!! a sua cara não se via, era coberta por uma máscara estampada com um belo e enorme sorriso. Por trás da máscara os olhos, estes, no entanto, eram de uma mortífera inquietação e, ao mesmo tempo, mortos e sem brilho.

A primeira atração foi algo incrível, aquele tipo de incrível que apenas no mundo dos sonhos pode se materializar. O Mestre de cerimônias tira de seu bolso um papel e este papel se transforma em um monstro indescritível. Este monstro corre em direção às arquibancadas, desespero total! Atropela todos, deixa vários inconscientes e retorna ao centro do picadeiro apenas para novamente virar um simples pedaço de papel!

Ao retomar o ar o venerável público nota que estão sagrando. Todos sangram! Novamente o desespero, ninguém acha o ferimento. Um mais atento percebe que o sangue sai de seu bolso, mais precisamente de sua carteira. Aonde tinha dinheiro, não tem mais! Apenas papéis com códigos de barra e siglas como IPVA, ICMS e afins.

Desesperados mas atônitos todos sentam resignados.

No segundo ato um mágico se apresenta no picadeiro! Mas o mágico e o apresentador se confundem, são dois, mas ao mesmo tempo são um só; cousas do mundo de Morfeu. O Mágico tira do seu chapéu um aumento na conta de luz! Gritos do público! Tira na sequência sem dar tempo para a plateia se recompor um aumento na conta de água… donas de casa choram copiosamente! O magnífico grita: “Para o meu último truque…. A RENOVAÇÃO DO PEDÁGIO!”

A plateia não mais resignada grita! Joga copos e sacos no picadeiro! E o mestre de cerimônias pede calma, afinal a culpa não é dele é do mágico. Ele só está apresentando o show, não sabe nada…

Alguns se levantam e a segurança do circo dispersa a manifestação com bombas de gás, granadas de efeito moral e muita porrada. O mestre de cerimônias deixa o centro do palco. Lá do canto escuro ele ordena “entrem em cena e assumam a culpa”. Em instantes uns trinta e poucos anões de terno assumem o picadeiro e gritam: pode deixar que matamos esta “no peito”, basta nos mandar carrinhos novos para fazermo

14 de agosto de 2015
por esmael
4 Comentários

Michel Temer em Curitiba neste sábado para o lançamento de Requião Filho à prefeitura da Capital

pmdb

O presidente nacional do PMDB, vice-presidente da República, Michel Temer, estará em Curitiba neste sábado (15) prestigiando o lançamento do deputado estadual Requião Filho como pré-candidato do partido à Prefeitura da capital paranaense. Leia mais

13 de agosto de 2015
por esmael
52 Comentários

Coluna do Requião Filho: Nota Fiscal Paranaense, a grande mentira!

notafRequião Filho*

Download

O programa Nota Fiscal Paranaense, na forma divulgada, se caracteriza como verdadeira propaganda enganosa. Explico: a devolução de impostos ao consumidor, pregada pelo Governo, será mínima. Está se criando uma falsa expectativa no povo paranaense!

Depois de sobretaxar mais de 90 mil produtos que antes eram isentos, o governo lança mão de um artifício do qual é useiro e vezeiro, a mentira. Gasta o dinheiro que tira da educação em uma campanha prometendo mundos de crédito ao cidadão.

A propaganda do referido programa esqueceu de mencionar que quase a totalidade dos produtos consumidos no dia a dia não gerarão qualquer retorno e que não basta pedir crédito tem que fazer o cadastro para poder se creditar.

O próprio site oficial do Estado está na contramão da propaganda do programa, vez que traz informações que demonstram que grande parte das Notas Fiscais não gerará o retorno esperado.

O Governador Beto Richa (PSDB) e seu Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, apostam suas fichas na memória curta do povo e na suposta falta de conhecimento de matemática básica, talvez por estarem costumados a menosprezar a educação no Estado. Eles acreditem que o povo não sabe fazer conta

Vamos aos números, Richa tributou produtos em 18% que antes eram totalmente isentos

25 de junho de 2015
por esmael
18 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Beto Richa mancha a história do Paraná”

requiaofRequião Filho*

Depois do fim das sucessivas greves e da aprovação de apenas 3,45 % de reajuste da data-base dos servidores, Beto Richa falou para os seus chegados mais próximos que o melhor está por vir. Ele realmente acredita que os últimos meses deste ano serão esquecidos. Doce ilusão!

O governo já está marcado por um pacote de maldades, pela tentativa de supressão de direitos, por escândalos de corrupção e o inesquecível massacre dos professores em praça pública, que mancham a história do Paraná.

Além disso, o arrocho fiscal, as viaturas sem gasolina, escolas sem manutenção, estradas destruídas, a falta total de controle do Estado, este sim é o legado que o Beto está deixando.

São diversos escândalos de corrupção envolvendo o governo. Um delator que a cada semana traz à luz mais conexões e maior envolvimento de secretários e de pessoas próximas ao governador no escândalo da Receita Estadual. Corrupção de escalas nunca antes vistas no nosso Estado. E ainda há corrupção e escândalos na Fundepar e no IAP. Cada enxadada uma minhoca ou nova denúncia.

2 de junho de 2015
por esmael
57 Comentários

Justiça notifica Beto Richa sobre bloqueio de R$ 1,3 bi para garantir data-base aos servidores

liminarA Juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública do Estado do Paraná, Patrícia de Almeida Gomes Bergonse, determinou no final da tarde desta terça-feira (2) que o Estado do Paraná se pronuncie em, no máximo, 72 horas, sobre a disponibilidade financeira do governo para arcar com o reajuste da data-base do funcionalismo. Leia mais