11 de dezembro de 2017
por esmael
2 Comentários

Eles recorreram a ciborgues para fraudar a vontade do eleitor nas urnas

A BBC Brasil fez uma reportagem de fôlego explicando como políticos utilizaram “ciborgues” — que é a junção de perfis falso e atividade humana — para fraudar a vontade do eleitor nas eleições de 2014.

10 de outubro de 2016
por esmael
19 Comentários

Presidente nacional da Juventude do PSDB seria funcionário fantasma no governo do Paraná, dizem deputados

O presidente nacional da Juventude do PSDB, Henrique Palermo do Vale, é apontado por deputados na Assembleia Legislativa como funcionário fantasma no governo do Paraná. Ele seria integrante da “Tenda Digital”.

8 de outubro de 2016
por esmael
23 Comentários

Baixaria na campanha pode cassar candidatura de Marcelo Rangel em Ponta Grossa

aliel_arruda_rangelO deputado João Arruda (PMDB) saiu em defesa do também deputado Aliel Machado (REDE), candidato à Prefeitura de Ponta Grossa, que foi atacado neste sábado (8) com panfletos apócrifos. O parlamentar peemedebista requereu abertura de inquérito na Polícia Federal contra o prefeito e candidato à reeleição Marcelo Rangel (PPS).

24 de agosto de 2016
por esmael
10 Comentários

Lobista ‘primo de Richa’ já pode pedir música no Fantástico: perdeu a 3ª na Justiça para o Blog do Esmael

fantastico_abi_richaO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), já pode pedir música para o programa global Fantástico: ele perdeu a terceira ação que movia contra o Blog do Esmael.

25 de julho de 2016
por esmael
10 Comentários

Beto Richa contrata novo guru (ex-Veja) para blindar denúncias na mídia nacional

cabral_richaGarganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael dentro do Palácio Iguaçu, conta nesta segunda (25) que o governador Beto Richa (PSDB) contratou, a peso de ouro, “o dublê de jornalista-marqueteiro-lobista Otavio Cabral” para ser o novo guru na área de comunicação do Paraná.

8 de junho de 2016
por esmael
37 Comentários

Símbolo dos “coxinhas”, Japonês da Federal que ‘vendia informações da Lava Jato’ para revistas é preso em Curitiba

Japones_da_Federa_Delcidio

O agente federal Newton Ishii, chamado de Japonês da Federal, foi preso na tarde de ontem (7) em Curitiba. O mandado foi expedido pela Vara de Execução Penal Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

O Japonês da Federal ficou conhecido nacionalmente devido suas aparições em fotos conduzindo presos na Lava Jato.

Em Curitiba, o grupo criminoso Tenda Digital, ligado ao governo Beto Richa (PSDB), fez jingle para glamourizar o “Japa da Federal” exatamente no momento em que veio à tona sua ficha criminal na tríplice fronteira.

5 de Maio de 2016
por esmael
6 Comentários

“Tio distante” de Beto Richa assume Secretaria de Comunicação do Paraná

richa_vilelaO ex-presidente da AERP (Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná), Márcio Vilela, “tio distante” do governador Beto Richa (PSDB), assumiu nesta quinta-feira (5) a Secretaria de Estado da Comunicação Social do Paraná.

Vilela é irmão “torto” — por parte de pai — da mãe do governador tucano, dona Arlete Richa.

O “tio distante” substituiu Paulino Viapiana, o Breve, numa articulação que envolveu forças políticas da Assembleia Legislativa (relembre o caso mídia negra).

O sucesso da manifestação dos professores, em 29 de abril, motivou a queda do ex-secretário abrindo caminho para novas defenestrações de titulares de outras pastas por “insuficiência técnica”.

Além do “tio distante”, o Beto Richa também mantém próximo do governo o “primo distante” Luiz Abi Antoun — figura conhecidíssima nos meios policiais e de esquemas de corrupção na Receita Estadual.

27 de Abril de 2016
por admin
14 Comentários

APP-Sindicato denuncia golpe sujo de Beto Richa na internet

cyber

A APP-Sindicato, entidade que representa os professores e servidores da rede pública estadual de ensino, está denunciando uma tentativa de difamação espalhada na internet por grupos ligados ao governador Beto Richa (PSDB).

Segundo as mensagens falsas disseminadas pela página “Direita Curitiba”, braço da Tenda Digital, a manifestação dos professores no dia 29 de abril seria contra o Juiz Sérgio Moro e a Operação Lava jato; o que não é verdade. Como todos sabem, dia 29 será o aniversário do massacre promovido por Beto Richa contra milhares de professores e servidores estaduais.

19 de dezembro de 2015
por esmael
26 Comentários

Japonês “bonzinho” da PF é produto de marketing tucano para ocultar crime

O agente da PF Newton Ishii, também conhecido como japonês “bonzinho”, flagrado recentemente pelos grampos, é apontado como vendedor de informações sigilosas da Lava Jato às revistas, jornais e TVs.

Até o mais tonto dos profissionais de imprensa sabe que não existe “mídia espontânea” de tal monta, com direito à marchinha de carnaval e glamorização de quem cometeu suposto crime. Tem método, planejamento e execução o marketing do japonês “bonzinho”.

Pois bem, o japonês “bonzinho” da PF é amigo de outro japonês “bonzinho”, Sérgio Kobayashi, que coordena a “Tenda Digital”, um grupo de cibercomissionados pagos pelo erário, a partir da TV Educativa do Paraná — a e-Paraná.

Kobayashi é o japonês “bonzinho” do governador Beto Richa (PSDB), que dissemina mentiras e difamações contra adversários políticos nas redes sociais — tudo com dinheiro do contribuinte. A “Tenda Digital” já foi objeto de discussão na CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal.

Nas eleições de 2014, o grupo criminoso comandado pelo japonês “bonzinho” de Richa agiu pesadamente contra os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião, no Paraná, e contra a presidente Dilma Rousseff (PT), em todo o país.

Dito isto, o japonês “bonzinho” da Federal é mais uma criação de marketing da criminosa “Tenda Digital”, que é operada no submundo da internet pelo tucano Sérgio Kobayashi – um ex-deputado federal pelo PSDB de São Paulo que veio parar no Paraná a convite do lobista Luiz Abi Antoun, primo de Richa, que puxou cana por fraude em licitação e cobrança de propina na Receita Estadual no governo do Paraná.

Se a PF tem como o princípio a impessoalidade, como ela admite que tucanos assessorem seus agentes?

Abaixo, veja o vídeo do japonês “bonzinho” do PSDB explicando o ativismo digital:

11 de dezembro de 2015
por esmael
18 Comentários

Piada pronta: Richa e Luiz Abi na manifestação “contra corrupção”

O governador Beto Richa (PSDB) e seu célebre primo, o lobista Luiz Abi Antoun, deverão assumir neste domingo (13), no Paraná, a linha de frente das manifestações de rua “contra a corrupção” e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O tucano saiu do armário ontem (10), em Brasília, durante reunião com a cúpula nacional do partido que afirmou “existir elementos para o afastamento da presidente da República via impeachment”.

“O papel do PSDB é apoiar, com serenidade e muita responsabilidade, os movimentos das ruas, do Congresso e da Justiça”, disse Beto Richa após o encontro de ontem.

Em Curitiba, o protesto deste domingo será às 13 horas com concentração na Praça Santos Andrade (UFPR).Faço aqui um parêntese.

Coincidência ou não, neste dia 13 completar-se-á 47 anos da edição do famigerado A-5 (Ato Institucional nº 5) pela ditadura militar.  Esse evento recrudesceu a violência do regime de exceção que censurava, tortura e matava opositores.

Volto à vaca fria.

Em março deste ano, o primo do governador participou de uma passeata “contra a corrupção” no governo Dilma Rousseff, mas, no dia seguinte, ele foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público do Paraná, sob a acusação de liderar uma quadrilha no governo do estado (clique aqui).

O próprio governador Beto Richa é réu uma ação na Procuradoria Geral da República (PGR) sobre desvio de dinheiro na Receita Estadual. Segundo o Gaeco, o tucano recebeu “bufunfa” de propina no órgão fazendário para a reeleição de 2014 (clique aqui).

O leitor do Blog do Esmael desde sempre soube que a tropa de choque do tucano Beto Richa esteve por trás da organização das manifestações contra o PT e Dilma Rousseff (clique aqui).

Tucanos e agregados protestam contra os petistas sob a bandeira da

30 de outubro de 2015
por esmael
4 Comentários

CPI na Câmara Federal debate ‘crimes cibernéticos’ de comissionados no governo Beto Richa; assista ao vídeo

arruda_cpiO deputado federal João Arruda (PMDB), na CPI de Crimes Cibernéticos, esta semana, levantou a necessidade de investigar cibercomissionados do governo Beto Richa (PSDB). Leia mais

28 de outubro de 2015
por admin
12 Comentários

Censura na rede? Link de discurso de Requião Filho “some” do Facebook

censuraO deputado estadual Requião Filho (PMDB) está denunciando que uma publicação feita nesta terça-feira (27) teria sumido de sua página no Facebook. A postagem continha o vídeo de um discurso na Assembleia Legislativa.

No discurso, o deputado fala da confusão entre professores e convidados de um jantar promovido pelo governador Beto Richa (PSDB). Requião Filho faz referência a um vídeo feito na entrada do restaurante no qual um assessor do governo chama os professores de “mortos de fome” e “comedores de mortadela”.

A resposta no discurso do deputado foi: “Se os professores são mortos de fome é porque o governador, do SEU partido, não lhes pagou a data-base que era devida. É porque o seu governo não paga as horas-aula devidas, não acerta o salário dos professores. Se são mortos de fome, a culpa é do governador”.

Ele ainda desafiou o assessor a pedir desculpas ou demissão. “Quem chama professor de morto de fome não tem moral, nem merece o cargo que tem”, completou.

Confira o vídeo “censurado” com o discurso de Requião Filho:

23 de outubro de 2015
por esmael
5 Comentários

CPI de Crimes Cibernéticos quer ouvir o taradão do Palácio Iguaçu

nereu_cpi_caramoriO fotógrafo Marcelo Tchello Caramori, ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), que esteve preso no começo do ano sob a acusação de pedofilia, deverá ser ouvido pela CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal. O requerimento com a convocação dele foi protocolado ontem (22) pelo deputado João Arruda (PMDB-PR), integrante da comissão de investigação.

Tchello teria se apresentado durante a prisão, no final de janeiro, como assessor do governador Beto Richa em Londrina e mostrado uma tatuagem no braço 100% Beto Richa. Ele era lotado na Governadoria com salário de R$ 6.177,13, símbolo DAS-5.

Segundo informações obtidas pela CPI, Tchello teria ligações com os administradores da “Tenda Digital” na campanha eleitoral de 2014. Esse grupo é formado por cibercomissionados que agem anonimamente no submundo do crime da internet.

O deputado estadual Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Paraná, ao Blog do Esmael, informou nesta sexta-feira (23) que a bancada estudará a possibilidade de acompanhar o depoimento do pedófilo em Brasília, pois, nos últimos oito meses, a Casa vem rejeitando a instalação de uma CPI para investigar abusos sexuais e casos de corrupção na Receita Estadual.

22 de outubro de 2015
por esmael
13 Comentários

CPI convoca cibercomissionados do governo Beto Richa

Arruda_CPI_KobayashiO presidente da e-Paraná, Sérgio Kobayashi, está na lista de convocados para depor na CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal. O requerimento para o depoimento do coordenador da “Tenda Digital” foi protocolado nesta quinta-feira (22) pelo deputado federal João Arruda (PMDB-PR), membro da comissão.

Além de Kobayashi, o deputado João Arruda tem mais uma lista de cibercomissionados para convocar para o mês de novembro.

“A Tenda Digital funcionou como guerrilha virtual para atacar, de forma anônima, os adversários do governador Beto Richa (PSDB)”, diz Arruda na justificativa da convocação.

O grupo de cibercomissionados é um braço criminoso do Palácio Iguaçu nas redes sociais cujos integrantes são servidores pagos  pelo erário com cargos comissionados.

Leia a íntegra do requerimento de convocação de Sérgio Kobayashi:

15 de outubro de 2015
por admin
10 Comentários

APP-Sindicato estuda arrastar os cibercomissionados de Beto Richa para a CPI de Crimes Cibernéticos

tendaappA APP-Sindicato reagiu nesta quinta-feira (15) à nova tentativa de criminalização da entidade e do movimento de educadores de todo o estado. O crime foi deflagrado anonimamente pela “Tenda Digital”, uma organização clandestina bancada por recursos públicas, cujos integrantes são comissionados do governador Beto Richa (PSDB).

As inverdades e difamações sempre anônimas foram disseminadas em alguns sites e blogs chapa-branca ligados do Palácio Iguaçu, por isso a APP estuda arrastar esses cibercomissionados até Brasília para deporem na CPI de Crimes Cibernéticos.

A patética tentativa de criminalizar a entidade se baseou na notícia da prisão de um secretário de escola, que supostamente contrabandeava miras para armas. Mas a informação é tão bisonha que chama atenção o fato de experientes jornalistas a tenham repercutido, no puro afã de agradar à chefia.

A APP publicou uma nota em seu portal explicando que o preso nada tem a ver com a direção da entidade, e somente esteve sindicalizado por alguns meses. Num universo de mais de 75 mil professores, além dos funcionários das escolas, é um absurdo pensar que qualquer ação criminosa de um indivíduo possa ser imputada a categoria como um todo ou ao sindicato que a representa.

Mas essa é a linha de raciocínio e de ação do governador, dos seus aliados e dos cibercomissionados da Tenda Digital, que atuam nas trevas para desqualificar os adversários. Aliás, a Tenda Digital já foi alvo de denúncias justamente por práticas como essa, e logo Beto Richa e sua equipe terão que se explicar na CPI dos crimes cibernéticos, que tem no deputado João Arruda (PMDB) um de seus membros mais atuantes.

O que é e o que faz a “Tenda Digital”

A organização clandestina conhecida por Tenda Digital surgiu na campanha pela reeleição de Beto Richa e opera no submundo da internet. Ela dissemina informações apócrifas e desfere ataques cibernéticos contra quem ouse fazer oposição ao governador tucano.

14 de outubro de 2015
por esmael
34 Comentários

Governo do Paraná utiliza estrutura oficial para perseguir Blog do Esmael

Para “homenagear” os professores paranaenses, Palácio Iguaçu pediu para que o titular do Blog do Esmael preste “esclarecimentos” à Cibercrimes nesta quinta-feira, dia 15, Dia do Professor, às 14 horas; governo ostentação e interino de Ademar Traiano, do PSDB, pretende interditar o dissenso à ditadura da opinião única no estado e censurar esta página dedicada ao contraditório e à liberdade de expressão.

Para “homenagear” os professores paranaenses, Palácio Iguaçu pediu para que o titular do Blog do Esmael preste “esclarecimentos” à Cibercrimes nesta quinta-feira, dia 15, Dia do Professor, às 14 horas; governo ostentação e interino de Ademar Traiano, do PSDB, pretende interditar o dissenso à ditadura da opinião única no estado e censurar esta página dedicada ao contraditório e à liberdade de expressão.

O governo ostentação e interino de Ademar Traiano, presidente da Assembleia e do PSDB do Paraná, está utilizando a estrutura da polícia técnica do NUCIBER (Núcleo de Combate aos Cibercrimes) para perseguir e tentar constranger o Blog do Esmael. Leia mais