21 de abril de 2018
por editor
Comentários desativados em Relembre: Os bastidores do confisco da previdência e do massacre de 29 de abril

Relembre: Os bastidores do confisco da previdência e do massacre de 29 de abril

Há 3 anos, em 2015, o feriado de Tiradentes (21/04) caía numa terça-feira. O então governador Beto Richa (PSDB) partia para o tudo ou nada contra os servidores do Estado. O objetivo era confiscar o fundo de previdência e fazer caixa para o governo. O então secretário de Segurança, Fernando Francischini (PSL), já preparava o aparato policial para o dia da votação na Assembleia. Relembre. ... 

Leia mais

20 de abril de 2018
por editor
Comentários desativados em Há 3 anos, Gleisi denunciava o confisco da previdência dos servidores por Richa

Há 3 anos, Gleisi denunciava o confisco da previdência dos servidores por Richa

No dia 20 de abril de 2015, uma segunda-feira no meio do feriadão de Tiradentes, a Senadora Gleisi Hoffmann (PT) publicava um artigo em sua coluna semanal aqui no Blog do Esmael sobre a tentativa de confisco da previdência dos servidores. O então governador Beto Richa (PSDB) atropelou o debate democrático com o regime de urgência na Assembleia Legislativa (ALEP). Restava o debate pela imprensa. ... 

Leia mais

18 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Relembre: Confisco da previdência comprometeu o futuro do Paraná

Relembre: Confisco da previdência comprometeu o futuro do Paraná

Há 3 anos, em abril de 2015, o então governador Beto Richa (PSDB) apostava todas as suas cartas no confisco da previdência dos servidores para engordar o caixa do governo. Seria melhor ter recuado. O debate sobre a poupança previdenciária dos servidores ganhou as ruas e a população ficou do lado dos servidores. ... 

Leia mais

15 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Para lembrar: “bancada do camburão” aprova urgência para o confisco da previdência

Para lembrar: “bancada do camburão” aprova urgência para o confisco da previdência

Há três anos, em abril de 2015, o projeto do então governador Beto Richa do confisco da previdência dos servidores tramitava na Assembleia Legislativa do Paraná. Apesar da promessa de que o projeto seria amplamente discutido com os servidores, a bancada do governo aprovou o regime de urgência para a matéria. ... 

Leia mais

11 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
1 Comentário

Para lembrar: Richa e deputados ‘do camburão’ são alvos de protestos no interior

O dia 11 de abril de 2015 foi um sábado. Mas nem por isso foi tranquilo no meio político do Paraná. Os professores e servidores aumentavam a pressão contra os deputados da “bancada do camburão” e o então governador Beto Richa (PSDB). Além disso, o deputado João Arruda (MDB) denunciava a corrupção no governo. ... 

Leia mais

10 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
6 Comentários

Confisco da previdência por Richa põe em risco aposentadorias e salários dos servidores

A representação dos servidores públicos no Conselho de Administração da Paranaprevidência está denunciando novamente um desastre que já se previa em 2015. Se o governo do Paraná não cumprir sua parte no custeio, o Estado vai quebrar e ficar sem dinheiro para pagar as aposentadorias e salários do funcionalismo. ... 

Leia mais

10 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
2 Comentários

Lembrando 2015: Cresce a pressão dos professores contra o governo Richa

No dia 10 de abril de 2015, a APP-Sindicato protocolava um pedido de retomada das negociações com o governo do Estado. À noite, professores protestaram contra Beto Richa (PSDB) na inauguração do Teatro de Cascavel, mas foram recebidos pela tropa de choque da Polícia Militar. ... 

Leia mais

17 de agosto de 2017
por Esmael Morais
72 Comentários

Beto Richa fez rombo de R$ 5,147 bilhões na ParanáPrevidência, diz estudo do Tesouro Nacional

O governador Beto Richa (PSDB) “está com tudo e não está prosa” quando o assunto é arrombar as contas públicas e desgraçar a poupança previdenciária dos servidores estaduais do Paraná. Leia mais

4 de setembro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

“Pacote de Maldades 3” do governo Beto Richa prevê maracutaia de R$ 6 bilhões com recebíveis

richa_recebiveisRecentemente, estupefato, o site Livre.Jor anotou que o governo do Paraná criara uma nova empresa denominada Companhia Paranaense de Securitização (PRSEC). Dentre os sócios consta Mauro Ricardo Costa, secretário Estado da Fazenda, interventor nacional do PSDB nas finanças do estado, cujo currículo invejaria até Al Capone. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Para nunca esquecer: Palácio Iguaçu comemorou massacre contra professores; assista ao vídeo

Há quatro meses, o Blog do Esmael mostrou com exclusividade que o Palácio Iguaçu comemorou das sacadas o massacre de professores no Centro Cívico.

Quando a polícia lançava bombas, os palacianos comemoravam com gritos de “aêêê” e “isso aí”.

Para nunca esquecer, o governador Beto Richa assistiu tudo ao vivo pelo Blog do Esmael e a TV 15.

De acordo com o Ministério Público do Paraná, foram 213 feridos em virtude dos ataques covardes contra os educadores. O órgão pede a condenação do tucano por improbidade administrativa. Leia mais

27 de agosto de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Quer a ditadura de volta? Visite o Paraná de Beto Richa; assista ao vídeo

richa_massacreNas últimas manifestações de 16 de agosto viu-se faixas e cartazes pedindo de volta a ditadura militar no país. Talvez os incautos protestantes e marchantes não sabiam o que estava reivindicando, mas, por isso, o Blog do Esmael vai dar uma forcinha lançando a campanha “Quer a ditadura de volta? Visite o Paraná de Beto Richa”. ... 

Leia mais

24 de agosto de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Professores marcham sábado para lembrar 4 meses do massacre no Centro Cívico

A APP-Sindicato realizará neste sábado, dia 29 de agosto, às 8h da manhã, uma assembleia da categoria na Praça Santos Andrade (UFPR), em Curitiba, em seguida, todos marcharão até a o Centro Cívico para dizer ao governador Beto Richa (PSDB): violência nunca mais.

O movimento contará com apoio e presenças de professores, funcionários, alunos e pais em tradicional marcha na defesa da educação pública e para repudiar a violência. O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, vai transmitir o protesto ao vivo para o Brasil e o mundo.

A assembleia e a marcha acontecerão no dia 29, exatamente quatro meses após o massacre ter se repetido como tragédia. Em abril, 213 pessoas ficaram feridas depois que Beto Richa autorizou a polícia usar de violência contra educadores que lutavam contra o confisco de R$ 8 bilhões da aposentadoria do funcionalismo público.

Na semana passada, o deputado Fernando Francischini (SD), secretário da Segurança no massacre, em entrevista à TV 15 e ao Blog do Esmael, prometeu revelar em breve o “verdadeiro mandante” da covardia contra os professores no Centro Cívico.

A APP também promete relembrar a violência do governo de Alvaro Dias, em 1988. Na época, foram dezenas de feridos; em 2015, centenas. “A história se repetiu como tragédia”, diz a entidade representativa do magistério paranaense.

“Sabe por que eu sou aposentada e continuo militando? Porque eu acredito em um mundo mais justo. O que aconteceu este ano foi muito pior que 88, a gente não pode parar”, conta a professora Maria Adelaide ao sintetizar os ideais da luta da APP-Sindicato.

Leia mais

20 de agosto de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Francischini sobre o massacre de 29 de abril: “Eu não mandaria bater em professor”; assista ao vídeo

O deputado federal Fernando Francischini (SD), ex-secretário da Segurança Pública do Paraná, em entrevista exclusiva ao Blog do Esmael/TV 15, afirmou nesta quinta-feira (20) que revelará em breve o verdadeiro mandante do massacre de professores e servidores públicos no dia 29 de abril.

“Não seria eu, numa maluquice política, que mandaria bater em professor”, esquivou-se Francischini, de Brasília, em seu primeiro pronunciamento oficial após quatro meses do triste episódio.

O parlamentar entrou ao vivo na transmissão da manifestação pró-Dilma Rousseff e PT, que reuniu cinco mil pessoas na capital paranaense.

O ex-secretário adiantou que no momento oportuno revelará “quem são as pessoas e autoridades que participaram [da decisão]. Vocês vão ter surpresa”, assegurou, olhando firme em direção ao 3º andar do Palácio Iguaçu.

De acordo com Francischini, [o massacre] foi uma posição de governo. “Não me foi dada a oportunidade de defesa”, reclamou.

Em 29 de abril, no Centro Cívico, durante manifestação contra o confisco da poupança previdenciária, a PM reprimiu violentamente professores e servidores. Resultaram 213 feridos do massacre, demissão de secretários de Estado, dentre os quais Francischini, e muita perseguição de educadores.

A entrevista completa de Francischini está aqui neste link (a partir de 1h e 17 minutos) Leia mais

7 de agosto de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Propaganda de austeridade de Richa desmente seu próprio governo

caixabDesde o início da semana, propagandas do governo do estado do Paraná sugerem aos paranaenses que o governo Beto Richa (PSDB) equilibrou as contas e terá dinheiro em caixa. O artifício principal seria o aumento da carga tributária do estado que, segundo o governador, favoreceu a composição dos cofres públicos que há tempos fechavam no vermelho.

Contabilizando um aumento de 89,98% no custo da energia elétrica repassada ao cidadão nos últimos 12 meses, somados ao aumento do ICMS de 12% para 18% em mais de 90 mil produtos no estado, sem esquecer dos 40% de reajuste no IPVA e os 20,5% de reajuste das taxas de água e esgoto somente neste ano, o mais caro do Brasil; o governador comemora a recomposição do caixa nas redes sociais. “O fato é que o ajuste fiscal beneficiou não apenas o Estado, mas também os municípios”, ressalta Richa em sua página no Facebook.

Com o desempenho apresentado, Beto Richa assegura um superávit de R$ 1 bilhão para 2016, o que significa, em meias palavras, dinheiro no caixa. Até aí tudo certo! O problema é que a conta não fecha quando comparados os dados de arrecadação de impostos entre janeiro e agosto de 2014 e no mesmo período em 2015.

De janeiro e agosto de 2014, o estado ultrapassou a marca dos R$ 15 bilhões em arrecadação. Hoje, a receita se mantém muito próxima, perto de R$ 14 bilhões e a conta passa a não fechar. Os dados são da Fazenda Pública, impostômetro e Governo Federal.

A constatação de que receita parecida no ano passado não asseguraram dinheiro em caixa no primeiro semestre de 2015 coloca o próprio governo em contradição. O Paraná iniciou o ano de 2015 com o caixa no vermelho e devendo mais de R$ 6 bilhões a fornecedores em todo o estado. Para “arrumar a casa” a história todo mundo conhece; “tarifaço” na luz, na água, no IPVA, no ICMS, o confisco de R$ 8 bilhões da Paraná Previdência, ato póstumo ao Massacre dos Professores, acompanhados do atraso no pagamento de salários e benefícios dos servidores. Um verdadeiro desastre, avaliaram os mais conceituados economistas do país. Leia mais

19 de julho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

16 de julho de 2015
por Esmael Morais
38 Comentários

Assembleia isenta Beto Richa de responsabilidade pelo massacre de professores em 29 de abril

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

O deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia e do PSDB, esperou o último dia antes do recesso para anunciar que arquivaria todos os três pedidos de impeachment do governador e correligionário Beto Richa. Ninguém esperava atitude diferente do parlamentar tucano. ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária. Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

‘Em busca de foro privilegiado, Richa terá dificuldades até para a Assembleia’, diz Requião Filho

Se depender do humor do eleitorado paranaense, o governador Beto Richa (PSDB) terá dificuldades até mesmo para reforçar a “Bancada do Camburão” na Assembleia Legislativa. A observação é do deputado Requião Filho (PMDB), após ler pesquisa da corrida eleitoral pelo Senado.

“Pelo jeito o Betinho, se quiser ter foro especial, terá que ralar muito. Desse jeito capaz de não se eleger deputado estadual”, tuitou o peemedebista, vice-líder da oposição na Assembleia.

O Blog do Esmael anotou ontem (1) que Richa teme ir para a cadeia, caso Roberto Requião (PMDB) ganhe as eleições de 2018, pois, de acordo com a Paraná Pesquisas, o senador lidera as disputas tanto para o Senado quanto para o Palácio Iguaçu.

Antevendo inverno rigoroso e tempo com chuvas e trovoadas, o governador tucano tratou de reforçar o time da propaganda. Quem vai comandar a Secretaria de Comunicação, a partir de agora, é Paulino Viapiana, que estava na Cultura.

O Palácio Iguaçu considera o novo secretário mais “jeitoso” que o chefe de gabinete do governador, jornalista Deonilson Roldo, e que o ex-secretário da pasta, Marcelo Cattani, ambos temperados no calor de várias batalhas eleitorais.

Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
44 Comentários

Veja essa: Beto Richa está em ÚLTIMO lugar na pesquisa para o Senado

senado_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) está em último lugar na corrida por uma das duas vagas em jogo em 2018 para o Senado Federal. Se as eleições fossem hoje, o tucano teria a vergonhosa marca de 7% nas intenções de voto, segundo levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta quinta-feira (2) pelo jornal Gazeta do Povo.

O senador Roberto Requião (PMDB) seria reeleito para o cargo com 45%, seguido do deputado estadual licenciado e secretário de Estado Ratinho Júnior (PSC), que tem 41%. Em terceiro está Osmar Dias (PDT), com 38%, e em quarto aparece a senadora Gleisi Hoffmann (PT) com 19%.

O desempenho de Ratinho na sondagem é uma prova concreta que a cria sempre supera o criador. Vide o caso de Richa, que superou seu criador Jaime Lerner. Outros analisam que o secretário do Desenvolvimento Urbano apresenta voo de galinha nesta rodada de pesquisas.

Beto Richa foi denunciado pelo Ministério Público como responsável pelo massacre dos professores, no dia 29 de abril, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à ação violenta da polícia, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária do funcionalismo público.

Por outro lado, Ratinho Júnior é apontado pelos educadores como responsável pela derrota da reposição inflacionária de 8,17%, na Assembleia, haja vista o PSC possuir a maior bancada com 12 deputados. O partido havia anunciado antes o “fechamento questão” favorável aos professores, mas na votação roeu a corda para ficar do lado do governador tucano.

O instituto de Murilo Hidalgo mostrou ontem (1) que Requião também lidera a corrida pelo Palácio Iguaçu e anteontem (30) registrou que 85% dos paranaenses desaprovam o governo tucano.

Sobre o último lugar na pesquisa para o Senado, professores e servidores mandaram uma perguntinha ao governador Beto Richa: “Tomou?”.

A seguir, veja o infográfico com a pesquisa. Leia mais

30 de junho de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Se condenado em ação do MP, Richa poderá ser cassado; e o confisco na Paranáprevidência, como fica?

Previdencia_massacre_richaO governador Beto Richa (PSDB) pode perder o cargo e os direitos políticos por oito anos, isto é, se for condenado na ação ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP).  ... 

Leia mais