13 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
1 Comentário

Relembre: Universidades param contra o confisco da previdência

Há 3 anos, os professores de cinco Universidades Estaduais do Paraná decidiram fazer um dia de paralisação. Os docentes da UEL, UEPG, UNICENTRO, UNESPAR e UENP pararam em protesto contra a nova tentativa do então governador Beto Richa (PSDB) de confiscar a previdência dos servidores estaduais. Relembre. ... 

Leia mais

11 de fevereiro de 2016
por admin
12 Comentários

Após confisco do fundo de aposentadoria, Beto Richa quer privatizar a previdência dos servidores

previ

O estoque de maldades do governo Beto Richa (PSDB) contra os paranaenses, em especial os servidores do estado, parece longe de chegar ao fim. Hoje (11) pela manhã, o Blog do Esmael já noticiou o “Pacote de Maldades 4” que pretende fatiar e vender as principais empresas pública do Paraná, dentre as quais a Copel e a Sanepar.

A este funesto pacote, some-se agora a proposta do governo de privatizar de vez a previdência dos servidores públicos estaduais. Isso mesmo, após confiscar mais de R$ 8 bi da poupança dos servidores, Richa quer passar o filé mignon da previdência para a iniciativa privada.

E não se trata de nenhuma especulação ou boato de corredor. É o próprio secretário da Fazenda, o interventor nacional do PSDB nas finanças paranaenses, Mauro Ricardo da Costa, que vem anunciando aos quatro ventos o projeto que institui uma previdência privada para os servidores estaduais. O projeto de lei será ser enviado à Assembleia Legislativa nos próximos dias. Leia mais

25 de junho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Beto Richa mancha a história do Paraná”

requiaofRequião Filho*

Depois do fim das sucessivas greves e da aprovação de apenas 3,45 % de reajuste da data-base dos servidores, Beto Richa falou para os seus chegados mais próximos que o melhor está por vir. Ele realmente acredita que os últimos meses deste ano serão esquecidos. Doce ilusão!

O governo já está marcado por um pacote de maldades, pela tentativa de supressão de direitos, por escândalos de corrupção e o inesquecível massacre dos professores em praça pública, que mancham a história do Paraná.

Além disso, o arrocho fiscal, as viaturas sem gasolina, escolas sem manutenção, estradas destruídas, a falta total de controle do Estado, este sim é o legado que o Beto está deixando.

São diversos escândalos de corrupção envolvendo o governo. Um delator que a cada semana traz à luz mais conexões e maior envolvimento de secretários e de pessoas próximas ao governador no escândalo da Receita Estadual. Corrupção de escalas nunca antes vistas no nosso Estado. E ainda há corrupção e escândalos na Fundepar e no IAP. Cada enxadada uma minhoca ou nova denúncia. Leia mais

8 de junho de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Além dos professores, como fica a greve do funcionalismo estadual?

categoriasOs educadores da rede pública estadual de ensino se reúnem em assembleia geral, nesta terça (9), para decidirem se encerram ou não a sua greve que já dura mais de quarenta dias. Por ser a maior categoria do funcionalismo estadual, é a greve que mais chama a atenção.

Mas, mesmo que professores decidam voltar ao trabalho, o que ainda é muito incerto, há diversas categorias de trabalhadores que podem prosseguir com suas greves, mantendo a pressão sobre o governador Beto Richa (PSDB) e seus aliados.

As universidades estaduais estão todas paradas, com os calendários acadêmicos suspensos, e se depender dos professores da Universidade Estadual de Londrina a greve continua até que o governo conceda os 8,17%, ou, pelo menos, se digne a negociar respeitosamente com os grevistas. Leia mais

2 de junho de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Greve dos professores e servidores perto do fim? Depende de Richa

greve

Chegando ao 36º dia da segunda greve do ano, os professores e servidores da rede pública estadual se mantêm firmes no propósito de dobrar a intransigência do governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe liderada pelo secretário da Fazendo, Mauro Ricardo Costa, interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná.

Caminham juntos nesta batalha os professores e servidores das universidades estaduais, também em greve há mais de um mês. E mais recentemente, uniram-se ao movimento os servidores de outras categorias como a saúde, agricultura, meio ambiente e socioeducadores; sem falar nos agentes penitenciários que foram proibidos de fazer greve pela justiça, mas que estão presentes no movimento.

Nesta segunda-feira (1º) aconteceu um fato curioso. Os professores em greve foram protestar em frente a Secretaria de Educação (SEED) e ao chegarem no local, os servidores do órgão abandonaram o prédio às pressas por ordem da titular. Eles acharam que o prédio seria ocupado pelos manifestantes, mas isso não aconteceu. Leia mais

25 de maio de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Semana começa com mais adesões à greve geral contra Beto Richa

balancoOs professores e servidores da rede pública de ensino e das universidades estaduais estão entrando na quinta semana de greve, enquanto outras categorias do funcionalismo público estadual vão aderindo ao movimento que já é uma greve geral dos servidores do Estado.

A bandeira que unifica as categorias é a reposição da data-base de 8,17%, mas cada categoria tem pautas próprias. A expectativa é que o governador Beto Richa (PSDB) encaminhe uma mensagem para a Assembleia Legislativa hoje ou amanhã.

Com o apoio da bancada do PSC ao reajuste pleiteado pelos servidores, a margem de negociação do governo deve se limitar a tentar aprovar o parcelamento do índice. Porém, a notícia de que o Tribunal de Justiça (TJ) vai conceder reajuste de 8,17% a todo os servidores concursados, comissionados e aposentados do Judiciário Estadual, retroativos a 1º de maio de 2015, deve acirrar os ânimos e fortalecer a mobilização dos grevistas. Leia mais

13 de abril de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Contra confisco da Previdência, 4 universidades estaduais paralisam atividades nesta terça-feira

universidadesOs professores das Universidades Estaduais de Londrina (UEL), do Norte do Paraná (UENP), do Paraná (UNESPAR) e do Oeste do Paraná (UNIOESTE) vão fazer um dia de paralisação nesta terça-feira (14) em protesto contra a nova tentativa do governador Beto Richa (PSDB) de confiscar a Previdência dos servidores estaduais.

Nesta segunda-feira (13), o líder do governo tucano na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), sinalizou que colocará em votação requerimento para “regime de urgência” para o projeto de modifica a Previdência.

O clima segue muito tenso no Centro Cívico, em Curitiba, pois até ocorreu um quiproquó na Assembleia nesta tarde que resultou na prisão da professora Lélia Fernanda França Rech. Ela protestava contra os deputados, que estão com os nervos à flor da pele.

A bronca dos professores universitários tem a ver com a proposta de o governador Beto Richa sacar R$ 140 milhões mensais do fundo previdenciário. Em tempos de Luiz Abi solto, eles temem “tudo” e desconfiam de “todos” no governo.

A paralisação de amanhã foi decidida pelos professores após amplo debate sobre o novo projeto de mudanças no regime de previdência dos servidores que tramita na Assembleia Legislativa desde a semana passada.

Os professores também protestam contra os repasses cada vez mais reduzidos dos recursos de custeio das universidades estaduais, que estão vivendo em situação de precariedade. Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Quiproquó na Assembleia: “Bando de ladrão, vai sair de camburão”; assista

marlei_alep_audiencia“Bando de ladrão, vai sair de camburão”. Este era o grito de guerra de servidores públicos que ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa do Paraná na tarde desta quarta-feira, dia 8, durante audiência pública para discutir o confisco da poupança previdenciária pelo governador Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Assembleia faz hoje audiência pública sobre confisco da previdência dos servidores do Paraná

audienciaA Assembleia Legislativa do Paraná promove nesta quarta-feira (8), a partir das 14h30, uma audiência pública para debater o projeto de lei do governo que altera e prevê o confisco da poupança previdenciária dos servidores. A audiência terá a participação dos deputados, de representantes do governo, dos sindicatos dos servidores, do Ministério Publico estadual e de especialistas no assunto. ... 

Leia mais

6 de abril de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Professores programam cerco a deputados após 2 meses da ocupação na Assembleia Legislativa

prof_camburaoO protesto de professores neste fim de semana em Maringá, Noroeste do estado, contra a deputada cantora Mara Lima (PSDB), foi apenas uma amostra do que ainda poderá vir pela frente. Ela foi escrachada publicamente durante show gospel na Cidade Canção (clique aqui). ... 

Leia mais

2 de abril de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Servidores públicos rejeitam confisco de Richa na ParanáPrevidência

richa_caloteiroNa próxima quarta-feira, dia 8 de abril, os funcionários públicos deverão rejeitar em audiência pública a proposta do governo Beto Richa (PSDB) que altera o fundo previdenciário de R$ 8 bilhões. ... 

Leia mais

1 de abril de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Vaza novo projeto de Richa para confisco de R$ 8 bi da Previdência; servidores cogitam retomar greve

alep2O anteprojeto de reforma de previdência do governo do estado que vazou na semana passada está recebendo duras críticas dos servidores de diversas áreas do governo. Os sindicatos de professores das universidades estaduais já estão se mobilizando para a retomada da greve encerrada há poucos dias. A APP-Sindicato tem assembleia geral marcada para dia o fim de abril. ... 

Leia mais

27 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
59 Comentários

“Advogado dos Pobres”: Governador, os professores lutam por direitos, não por privilégios!!

mesael.jpgPor Mesael Caetano dos Santos*

Em defesa da sua desastrosa política para a educação no Paraná, o governador Beto Richa diz que corta privilégios dos servidores públicos. à‰ inaceitável essa falácia do Governador! Eles lutam por direitos, não por privilégios!

Veja que ironia, no Japão o imperador recebe o professor sem etiqueta, face à  importância que se dá à  profissão de professor para aquele povo. Aqui, em vez de se sentar com a classe, o governador menospreza, manda seu secretário chefe da Casa Civil. Preferiu se encontrar com os picaretas da bola no Palácio Iguaçu.

Importante lembrar que a OAB/PR denuncia que no ano passado, por exemplo, R$ 153 milhões foram retirados indevidamente de contas judiciais, dinheiro dos trabalhadores.

Agora é a vez do dinheiro da Previdência. O governador quer de todas as maneiras colocar a mão nos R$ 8 bilhões do fundo previdenciário do Estado e diz que corta privilégios! dos mestres. Leia mais