29 de abril: Professores recordam o Massacre do Centro Cívico em 2015

Atos em todo o Paraná rememoram o Massacre do Centro Cívico Em Curitiba haverá um ato na Seed, seguido de carreata até o Centro Cívico, onde os servidores vão pedir ao governador Ratinho Junior que cesse os ataques à Educação e ao serviço público Era dia 29 de abril de 2015. O Blog do Esmael … Read more

A ‘Bancada do Camburão’ está voltando

O dia 29 de abril marca a passagem de quatro anos do massacre do Centro Cívico em Curitiba. Neste dia, em 2015, o então governador Beto Richa (PSDB) ordenou o ataque da Polícia Militar contra milhares de professores e servidores estaduais que se manifestavam em frente à Assembleia Legislativa do Estado. O Centro Cívico virou … Read more

Hoje faz 30 anos que Alvaro Dias colocou a PM para bater nos professores do Paraná

Faz 30 anos desde que o então governador do Paraná, Alvaro Dias, colocou a cavalaria da Polícia Militar para bater nos Professores que se manifestavam em frente ao Palácio Iguaçu. A data será lembrada com paralisação e manifestação dos educadores. O ex-governador Beto Richa também será “lembrado” pelo massacre de 29 de abril de 2015. … Read more

No 30 de agosto, Alvaro Dias e Beto Richa serão “lembrados” pelos professores

Os professores da rede estadual de ensino estão preparando uma paralisação para esta quinta-feira, 30 de agosto. A data marcará os 30 anos desde que o então governador do Paraná, Alvaro Dias, colocou a cavalaria da Polícia Militar para bater nos professores que se manifestavam em frente ao Palácio Iguaçu. O ex-governador Beto Richa também … Read more

29 de abril de 2015: O dia em que o Paraná chorou sangue – Pra nunca esquecer

Hoje faz 3 anos que o Centro Cívico virou uma praça de guerra. A Polícia Militar, a mando do então governador Beto Richa (PSDB), atacou de maneira covarde dezenas de milhares de professores e servidores do Estado. Tudo para garantir a aprovação do confisco da previdência na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Foram tiros … Read more

Relembre: Justiça deu aval para Richa descer a borracha nos servidores do Paraná

Há 3 anos, às vésperas da votação do confisco da previdência dos servidores do Paraná, o então governador Beto Richa (PSDB) recebeu “carta branca” para o cerco policial que resultaria no massacre do Centro Cívico. Um “interdito proibitório” contra a mobilização dos servidores foi concedido pelo então juiz de plantão Eduardo Lourenço Bana, em Curitiba. O … Read more

Há 3 anos: Professores retomavam greve contra o confisco da previdência por Richa

No dia 25 de abril de 2015, cerca de cinco mil professores e servidores decidiram numa assembleia em Londrina retomar a greve nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná. O principal motivo da segunda paralisação daquele ano seria tentar barrar o confisco da previdência planejado pelo então governador Beto Richa (PSDB). Era um … Read more

Relembre: Universidades param contra o confisco da previdência

Há 3 anos, os professores de cinco Universidades Estaduais do Paraná decidiram fazer um dia de paralisação. Os docentes da UEL, UEPG, UNICENTRO, UNESPAR e UENP pararam em protesto contra a nova tentativa do então governador Beto Richa (PSDB) de confiscar a previdência dos servidores estaduais. Relembre. Enquanto isso, o líder do governo tucano na … Read more

Lembrando 2015: Cresce a pressão dos professores contra o governo Richa

No dia 10 de abril de 2015, a APP-Sindicato protocolava um pedido de retomada das negociações com o governo do Estado. À noite, professores protestaram contra Beto Richa (PSDB) na inauguração do Teatro de Cascavel, mas foram recebidos pela tropa de choque da Polícia Militar. Uma assembleia geral da categoria seria realizada no dia 25 de … Read more

Relembre: Os balanços dos 100 dias de Richa

Há 3 anos, em 09 de abril de 2015, o governador Beto Richa (PSDB) publicava de maneira discreta um balanço dos 100 dias do seu segundo mandato. A Secretaria da Casa Civil tentou imprimir um tom de comemoração na lista de “realizações”, mas não havia clima para isso. Da mesma forma, os servidores denunciavam o … Read more

Há 3 anos, servidores gritavam “bando de ladrão, vai sair de camburão” na ALEP

Em 08 de abril de 2015, a temperatura voltava a subir no enfrentamento entre os servidores estaduais e os deputados da “bancada do camburão” na Assembleia Legislativa do Paraná. Os servidores ocuparam as galerias da ALEP para a audiência pública que discutiu o confisco da previdência pelo então governador Beto Richa (PSDB). A tensão foi tanta … Read more

Há 3 anos, confisco da previdência dos servidores começava a tramitar na ALEP

No dia sete de abril de 2015, uma terça-feira, o novo projeto de Beto Richa (PSDB) para confiscar o fundo de previdência dos servidores começava a tramitar na Assembléia Legislativa do Paraná. Seria a mais dura disputa do governo e a mais forte resistência dos servidores. Uma guerra que só foi vencida pelo tucano com … Read more

Há 3 anos, Beto Richa reenviava o confisco da previdência para a Assembleia

O começo do segundo mandato de Beto Richa (PSDB) em 2015 foi desastroso para o governador. Embalado pela reeleição, Richa tentava aprovar na Assembleia Legislativa do Paraná um pacote de maldades com aumentos de impostos e taxas, além do confisco de R$ 8 bilhões do fundo de previdência dos servidores. Como resultado, os servidores se … Read more

Há 3 anos, Beto Richa preparava o ‘pacotaço’ de maldades chamado de ajuste fiscal

O dia 05 de abril de 2015 foi um domingo de Páscoa. O governador Beto Richa (PSDB) e seu secretário da Fazenda Mauro Ricardo davam os ajustes finais no “pacotaço” de maldades contra os paranaenses. O conjunto de medidas de arrocho nas contas seria apresentado em mensagem para tramitação na Assembleia Legislativa na terça-feira seguinte. … Read more

‘Richa Nunca Mais’ terá ato no sábado em Curitiba

Beto Richa (PSDB) terá uma “calorosa” despedida na sua renúncia ao cargo de governador. É o que prometem os sindicatos e movimentos sociais que organizam um ato para sábado, em frente ao Palácio Iguaçu. As comemorações pelo fim do governo Richa começarão cedo, às 7 da manhã, com um café da manhã comunitário. Richa renuncia … Read more

Há 3 anos, servidores protestavam contra os “deputados do camburão” nas bases

No dia 04 de abril de 2015, um sábado, véspera da Páscoa, os professores e servidores estaduais protestavam contra os deputados da “bancada do camburão” nas bases. Eles faziam pressão para que os parlamentares rejeitassem os projetos do governador Beto Richa (PSDB) contra a educação. Relembre. O episódio que deu origem à “bancada do camburão” … Read more

Há 3 anos, Servidores rechaçavam projeto de Richa para o confisco da previdência

No dia 02 de abril de 2015, os servidores públicos estaduais rechaçavam uma segunda proposta do governador Beto Richa (PSDB) para confiscar a sua previdência. Naquele momento estava sendo agendada uma audiência pública na Assembleia Legislativa sobre o tema que seria no dia 08 de abril. O segundo projeto chegaria a Alep só no dia … Read more

O massacre de 29 de abril e o golpe institucional no Brasil

massacregolpe

Quais as ligações entre a violência do governador Beto Richa (PSDB) contra professores e servidores públicos do Paraná, materializada no massacre de 29 de abril de 2015; e o golpe contra a democracia em forma de impeachment que está em curso no País? Qual é a relação entre esses dois atos, além de serem duros golpes na classe trabalhadora? Leia no artigo de Marcio Kieller, secretario geral da Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT/PR), especial para o Blog do Esmael.  

Read more

Por que lembrar 29 de abril?

lembrar

Ao completar um ano do massacre promovido pelo governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe, fica a pergunta: quais os motivos para se preservar na lembrança os fatos ocorridos no Centro Cívico em Curitiba, no dia 29 de abril de 2015? Leia a seguir na coluna de  Bruno Meirinho (PSOL). 

Read more

Veja como será a marcha que já faz tremer o Palácio Iguaçu

marcha16

Nesta sexta-feira em que o massacre de 29 de abril completará um ano, uma grande marcha liderada pelos educadores da rede pública estadual vai sacudir Curitiba. As perspectivas de tamanho, força e repercussão desta mobilização já estão fazendo tremer o governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe; a julgar pelos ataques desferidos pela internet e com uma carta falsa distribuída nas escolas. 

Read more

Após 1 ano do massacre de Richa, educação segue abandonada no PR

Captura-de-Tela-2015-04-29-às-19.53.44A educação pública estadual do Paraná continua sob intensos ataques do governador Beto Richa (PSDB) mesmo depois de um ano do massacre de 29 de abril. Por isso mesmo, as mobilizações desta semana não serão somente para relembrar aquele ato covarde no Centro Cívico, mas para pressionar o tucano a cumprir seu dever para com o futuro dos paranaenses.

Read more

Volta às aulas aos 10 meses do massacre do Centro Cívico

abraco
Com problemas do ano letivo de 2015 ainda não resolvidos, como o pagamento de salário dos professores PPS que repuseram aulas no mês de fevereiro, o ano letivo de 2016 começou com protestos na maioria das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná; educadores denunciam falta de merenda, obras e reparos na infraestrutura que foram paralisadas em virtude da corrupção investigada pela Operação Quadro Negro; reinício do calendário escolar coincidiu com os 10 meses do massacre de 213 pessoas no Centro Cívico, em frente à Assembleia Legislativa e o Palácio Iguaçu.

Read more

Professores ficam revoltados com vídeos “provocativos” na Semana Pedagógica do Paraná

direitoshumanos

Parece uma piada, mas não tem graça. Muito pelo contrário. Os materiais elaborados pelo governo Beto Richa (PSDB), por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), para a Semana Pedagógica estão causando forte revolta entre os professores nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná.

A equipe do tucano optou por temas espinhosos para o governo como os direitos humanos, o combate a corrupção e a democracia. É como se falasse em corda na casa de enforcado…

Assistindo aos vídeos produzidos pelo governo, os professores imediatamente lembraram do massacre do Centro Cívico, como exemplo de desrespeito aos direitos humanos. No tema de combate a corrupção, lembraram da Operação Quadro Negro do Gaeco, que apurou o roubo de milhões de reais destinados à construção e reforma de escolas. E, finalmente, no tema da democracia, lembraram dos métodos utilizados por Beto Richa para aprovar o confisco da previdência dos servidores na Assembleia Legislativa, entre outras maldades.

Nas escolas, o constrangimento e a indignação é geral e irrestrita. A Semana Pedagógica começou ontem (22), prossegue hoje (23) e termina amanhã (24).

A situação ficou ridícula quando o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), foi escalado para falar num vídeo chamado “Geração Atitude” sobre um programa de combate à corrupção(!), incentivando a participação crítica(!).

Read more

Falta de merenda e obras suspensas vão tumultuar início do ano letivo de 2016, denuncia APP-Sindicato

O governador Beto Richa (PSDB) não fez o dever de casa, segundo a professora Walkíria Olegário Mazeto, Secretária Educacional da APP-Sindicato, ao analisar a volta às aulas nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná para o ano letivo de 2016. De acordo com a dirigente da entidade, faltará merenda para as crianças, infraestrutura predial das escolas sem reparo, fechamento de turmas intensificado, enfim, os mesmos problemas do ano passado se repetirão neste.
O governador Beto Richa (PSDB) não fez o dever de casa, segundo a professora Walkíria Olegário Mazeto, Secretária Educacional da APP-Sindicato, ao analisar a volta às aulas nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná para o ano letivo de 2016. De acordo com a dirigente da entidade, faltará merenda para as crianças, infraestrutura predial das escolas sem reparo, fechamento de turmas intensificado, enfim, os mesmos problemas do ano passado se repetirão neste.

O ano letivo de rede pública estadual de ensino do ano 2016 terá início dentro de duas semanas, no próximo dia 29 de fevereiro. Nos dias 22, 23 e 24 haverá a semana pedagógica, e os dias 25 e 26 estão reservados para planejamento escolar. Também no próximo dia 22, tomam posse os diretores e diretoras eleitos no ano passado.

Mas as escolas estão em pleno funcionamento desde o começo de fevereiro, por conta da reposição das aulas das duas greves dos professores e servidores ocorridas no ano passado.

O Blog do Esmael conversou com a professora Walkíria Olegário Mazeto, Secretária Educacional da APP-Sindicato, para saber como está a situação das mais de duas mil escolas estaduais para esse recomeço.

Read more

Após confisco do fundo de aposentadoria, Beto Richa quer privatizar a previdência dos servidores

previ

O estoque de maldades do governo Beto Richa (PSDB) contra os paranaenses, em especial os servidores do estado, parece longe de chegar ao fim. Hoje (11) pela manhã, o Blog do Esmael já noticiou o “Pacote de Maldades 4” que pretende fatiar e vender as principais empresas pública do Paraná, dentre as quais a Copel e a Sanepar.

A este funesto pacote, some-se agora a proposta do governo de privatizar de vez a previdência dos servidores públicos estaduais. Isso mesmo, após confiscar mais de R$ 8 bi da poupança dos servidores, Richa quer passar o filé mignon da previdência para a iniciativa privada.

E não se trata de nenhuma especulação ou boato de corredor. É o próprio secretário da Fazenda, o interventor nacional do PSDB nas finanças paranaenses, Mauro Ricardo da Costa, que vem anunciando aos quatro ventos o projeto que institui uma previdência privada para os servidores estaduais. O projeto de lei será ser enviado à Assembleia Legislativa nos próximos dias.

Read more

Curitibanos politizam Carnaval contra Richa e Fruet, mas mídia esconde

carnaval2016
O Carnaval é a festa nacional de maior expressão e liberdade popular. A folia que precede a quaresma se consolidou como o momento para extravasar sentimentos, entre eles a indignação.

Apesar de uma parcela mais conservadora dos curitibanos defender que Curitiba não é lugar de Carnaval, a festa de Momo vem crescendo e atrai cada vez mais gente nas suas mais diversas manifestações. Temos os Blocos de Pré-carnaval, o desfile dos Blocos e Escolas de Samba, o Psycho Carnival, a Zombie Walk… Enfim, Carnaval para todos os gostos.

E no meio de tanta folia, o que apareceu com força nos últimos dias foi a politização bem humorada da festa. Como não poderia deixar de ser, sobrou para o governador Beto Richa (PSDB) e para o prefeito Gustavo Fruet (PDT). O estranho é que a grande mídia escondeu essa faceta do Carnaval, mostrando somente as mulheres seminuas e os enredos menos politizados (abaixo, assista ao vídeo).

Read more

2015, o ano que teima não terminar para os educadores do Paraná

2015
Governador Beto Richa (PSDB) já entrou na História como o “Carniceiro do Centro Cívico”, em virtude do massacre no dia 29 de abril; além da deplorável e covarde violência que deixou 213 feridos, outros eventos não menos piores, tais como perseguições aos educadores, fazem deste 2015 um ano que se recusa terminar. Não se trata de passar uma “borracha” no que aconteceu de ruim, nos golpes, calotes, confiscos, surras, etc. Pelo contrário. Torce-se pelo início do Ano Novo, uma nova era, donde também se começará a contagem regressiva para o fim desse governo tucano – o pior de todos os tempos. Neste contexto, com a chegada de 2016, o Blog do Esmael renova sua condição de aliado — de forma altruísta — na trincheira em defesa das conquistas do magistério; parabéns pela luta de todos os professores e funcionários das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná!

O ano de 2015 é aquele que os trabalhadores na educação do Paraná estão torcendo para que termine logo, mas ele teima em não chegar ao fim. O objetivo dos profissionais do magistério é carregado da simplicidade de apenas virar a página para seguir em frente, após aquela “zerada” necessária que somente umas boas férias proporcionariam.

Proporcionariam, pois, infelizmente, não vai ser assim para a maioria dos educadores do estado. Para eles, 2015 ainda vai render muita dor de cabeça. O ano não quer terminar para os educadores paranaenses.

A intransigência do governador Beto Richa (PSDB), como todos nós sabemos, levou os professores e servidores da educação a realizaram duas greves no primeiro semestre de 2015. Por causa da malvadeza do tucano e desorganização da Secretaria de Estado da Educação (SEED), o ano letivo está atrasado e haverá aulas nas escolas estaduais até o dia 19 de fevereiro de 2016.

Em função disso, o mandato dos atuais diretores também vai terminar no dia 19 de fevereiro de 2016. Os novos diretores, eleitos há duas semanas, só assumem no dia 21/02 do ano vindouro.

Mas a escolha e distribuição de aulas para 2016 ainda será feita pelos atuais diretores, o que tem grande potencial para causar confusão. Nas escolas onde houve disputa, o processo pode gerar retaliações e favorecimentos; mais ou menos como uma moeda de troca pelos apoios ou votos.

Read more

“Richa envia para SP tropas da PM para ajudar Alckmin a lidar com escolas”

choqueA piada do Site Sensacionalista é muito boa. Isso prova que os brasileiros conseguem rir até das situações mais trágicas, pois o que os governos do PSDB estão fazendo com a educação pública é realmente uma tragédia. Os destaques no quesito crueldade são, com certeza, Geraldo Alckmin, em São Paulo, e Beto Richa, no Paraná.

A “notícia” segundo qual Beto Richa estaria mandando tropas da PM para ajudar Alckmin remete à maneira “carinhosa” com que o governador do Paraná tratou os professores e servidores na base da bala, bombas e cassetetes, no massacre de 29 de abril.

A matéria do Sensacionalista apresentou até uma declaração de Richa: “O Alckmin me ligou ontem, elogiou a forma como lidei com a manifestação de professores que ocorreu aqui no Paraná, e me pediu para enviar meus melhores policiais para conter os protestos em São Paulo. Fiquei lisonjeado com o pedido e enviei um batalhão de policias e dois canis de pitbulls para ele”.

Read more

Assembleia Legislativa debaterá o uso de animais pela PM em manifestações

rascaPor iniciativa do deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) vai realizar nesta terça-feira (25) uma audiência pública sobre o uso de animais  — cães, cavalos e gansos, por exemplo — como aparato de segurança em manifestações públicas.

O assunto é um desdobramento do massacre no último 29 de abril, no Centro Cívico, em Curitiba, quando o governo do estado usou a Polícia Militar para atacar os manifestantes que protestavam em frente à Alep. Na época, cerca de 250 professores e servidores ficaram feridos, um jornalista além do próprio deputado Rasca foram atacados por cães da PM.

No evento será discutido o projeto de Lei 333/2015, de autoria dos deputados Rasca Rodrigues e Márcio Pacheco (PPL), que pretende proibir no Paraná a utilização de animais em manifestações de rua.

Read more

Beto Richa prende e agora ‘esfola o palhaço’ por meio de cibercomissionados

A prisão do Palhaço Tico Bonito e a tragicomédia do governo Beto Richa.
A prisão do palhaço Tico Bonito e a tragicomédia do governo Beto Richa.

O governo Beto Richa (PSDB) é mais ou menos o que se pode chamar de tragédia grega no sentido teatral da cultura helênica clássica. Pois bem, a última piada (sem graça) desse governo tem relação justamente com a arte cênica.

Na última sexta-feira, dia 14, durante uma apresentação no Festival de Teatro de Cascavel no Calçadão da cidade, o ator que representa o palhaço Tico Bonito foi preso pelo Pelotão de Choque da Polícia Militar porque fez uma crítica aos policiais e ao governador. Até aí temos um caso de abuso de autoridade e cerceamento da liberdade de expressão. Mas o caso piora.

Nos dias seguintes, Tico Bonito passou a ser alvo de ataques dos cibertucanos da Tenda Digital nas redes sociais que espalharam a falsa notícia de que o palhaço estaria sendo pago para falar mal do governador Beto Richa, pois receberia uma verba de R$ 333,5 mil reais da Lei Rouanet.

O ator Leonides Quadra, que interpreta o palhaço Tico Bonito, tem um projeto aprovado pela Lei, mas ainda não fez captação. Qualquer pessoa minimamente esclarecida sabe que a Lei Rouanet proporciona isenção para empresários investirem em cultura, e que a aprovação é por critérios técnicos.

Mas os ataques covardes se disseminaram e “Tico Bonito”, depois de ser preso no meio de um espetáculo, teve que começar a se explicar a respeito de uma verba que nem recebeu e que tem procedência mais que justificada.

Read more

Te cuida, Richa: PCdoB quer incluir agentes públicos na tipificação dos crimes de terrorismo

jandira_massacre_richa

A bancada do PCdoB na Câmara do Deputados apresentou uma emenda ao projeto de lei antiterror (PL 2016/15) para incluir nas tipificações de crimes de terrorismo ações praticadas por agentes públicos, como policiais, guardas, e até gestores.

Se aprovada a emenda e o projeto, ações como a do governador Beto Richa (PSDB) contra os professores e servidores estaduais no massacre de 29 de abril, poderiam ser enquadradas como terrorismo de Estado.

O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) havia tentando emendar o projeto para criminalizar, tipificando como terrorismo, ações de movimentos sociais, entidades religiosas, associações ou sindicatos, mas a proposta foi rejeitada pelo relator Arthur Maia (SD-BA).

Read more