16 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Tensão na Vigília Lula Livre e cerco à Polícia Federal de Curitiba

Tensão na Vigília Lula Livre e cerco à Polícia Federal de Curitiba

A manhã desta segunda-feira (16) começou tensa no bairro Santa Cândida, onde fica o prédio da Polícia Federal de Curitiba. O local que mantém o ex-presidente Lula como preso político há 101 dias amanheceu sob cerco da Vigília Livre. Explica-se abaixo. ... 

Leia mais

22 de maio de 2018
por Redacao
Comentários desativados em ‘Advogados pela Democracia’ alertam sobre boatos de desocupação da Vigília Lula Livre

‘Advogados pela Democracia’ alertam sobre boatos de desocupação da Vigília Lula Livre

Foto: Gibran Mendes

Circulou nesta tarde de terça-feira (22) rumores de uma possível desocupação judicial da Vigília Lula Livre, localizada nas imediações da sede da Polícia Federal, no Bairro de Santa Cândida, zona norte de Curitiba. O Coletivo de Advogados (as) pela Democracia recebeu denúncias de que alguns policiais militares estariam  veiculando os boatos, dizendo que “uma operação do Choque da PM estava sendo preparada para hoje”. Em nota o coletivo de advogados que acompanha as demandas judiciais da Vigília Lula Livre desmente a “boataria”. Confira a íntegra da informação da nota. ... 

Leia mais

20 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Greve de caminhoneiros sem bloqueio de pedágio, determina Justiça

Greve de caminhoneiros sem bloqueio de pedágio, determina Justiça

A concessionária de pedágio CCR — aquela dos R$ 5 milhões de propina para Geraldo Alckmin — conseguiu interdito proibitório na Justiça proibindo que caminhoneiros em greve, a partir desta segunda (21), fechem as praças de pedágio. A multa é de R$ 300 mil, em caso de descumprimento da liminar. ... 

Leia mais

2 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em URGENTE: Apoiadores de Moro ocupam a Prefeitura de Curitiba; Greca pode pedir “interdito proibitório”

URGENTE: Apoiadores de Moro ocupam a Prefeitura de Curitiba; Greca pode pedir “interdito proibitório”

Fotos: portal Rádio Banda B.

O prefeito Rafael Greca (PMN) poderá pedir na justiça um “interdito proibitório” contra apoiadores da lava jato que ocuparam nesta quarta (2) as portas de acesso à Prefeitura de Curitiba, na Praça Nossa Senhora da Salete, Centro Cívico.  ... 

Leia mais

26 de abril de 2018
por editor
Comentários desativados em Relembre: Justiça deu aval para Richa descer a borracha nos servidores do Paraná

Relembre: Justiça deu aval para Richa descer a borracha nos servidores do Paraná

Há 3 anos, às vésperas da votação do confisco da previdência dos servidores do Paraná, o então governador Beto Richa (PSDB) recebeu “carta branca” para o cerco policial que resultaria no massacre do Centro Cívico. Um “interdito proibitório” contra a mobilização dos servidores foi concedido pelo então juiz de plantão Eduardo Lourenço Bana, em Curitiba. ... 

Leia mais

30 de maio de 2017
por Esmael Morais
8 Comentários

ASSIM NÃO DÁ: Interdito Proibitório como instrumento de ataque a direitos fundamentais

Há abuso na expedição do Interdito Proibitório a ponto desse remédio ser usado para atacar direitos fundamentais sacramentados na Constituição Federal. Leia mais

25 de abril de 2015
por Esmael Morais
72 Comentários

Cerco policial a educadores abre crise na segurança pública de Beto Richa

A movimentação de tropa de milicianos para reprimir violentamente professores em greve, em Curitiba, conforme determinação do governador Beto Richa (PSDB), já abriu a maior crise da história da segurança pública do Paraná.

Deputados outrora da mesma base governista se digladiam nas redes sociais em torno do tema.

“Tentar resolver questões políticas usando a polícia tornou- se uma lamentável característica deste segundo governo do Beto”, criticou esta tarde o deputado Ney Leprevost, do PSD, partido do chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra.

Segundo Leprevost, Curitiba vai ficar a semana inteira entregue aos bandidos e os policiais serão sacrificados mais uma vez para fazer a vontade do governador tucano.

O agora deputado federal Valdir Rossoni (PSDB), ex-presidente da Assembleia Legislativa, sentiu as dores pelo governador Beto Richa e devolveu o pelotaço no parlamentar do PSD.

“Será que o Beto Richa ficou ruim depois que [Luiz Antônio Leprevost] perdeu o cargo na diretoria da Copel”, provocou Rossoni.

Ney Leprevost replicou no ato: “Talvez o Bibinho saiba nos dizer, né?”, referindo a Abi Miguel, ex-diretor-geral da Assembleia preso por desvios — personagem central dos “Diários Secretos” da RPC/Gazeta do Povo.

A pergunta que não quer calar é: o que sabe o deputado do PSD, Ney Leprevost, que o resto da humanidade ainda não sabe?

Neste sábado (25), dia em que professores aprovaram greve a partir de segunda-feira (27), veio à tona informação de que a Justiça deu aval para o governador Beto Richa utilizar a força policial para reprimir, violentamente, manifestações contra o confisco da previdência. O projeto será votado na semana que vem pela Assembleia.

Leia mais

25 de abril de 2015
por Esmael Morais
101 Comentários

Justiça dá aval para Richa descer a borracha nos professores do Paraná

tjpr_alep_profsO juiz de plantão Eduardo Lourenço Bana, de Curitiba, concedeu ontem (24) à noite um “interdito proibitório” contra a greve dos professores que se iniciará nesta segunda-feira (27). O magistrado estipulou multa diária de R$ 100 mil contra a APP-Sindicato e, descumprida a decisão, autorizou a repressão com violência policial à manifestação, caso haja ocupação do prédio da Assembleia Legislativa do Paraná.

Na prática, o judiciário dá aval para que o governador Beto Richa (PSDB) coloque a cavalaria e o choque da PM para massacrar os professores que protestarem pelos seus direitos.

Na última quinta-feira (23), o Blog do Esmael revelou com exclusividade que o secretário da Segurança, Fernando Francischini, e os comandantes da PM se reuniram secretamente com o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), para tramar a votação em regime de urgência do confisco da previdência dos servidores públicos.

O diabo é que a mesma Justiça foi fiadora do acordo rompido por Richa com a APP-Sindicato, que em março suspendeu a greve.

Portanto, fica a pergunta: de que lado está a dona Justiça do Paraná?

Leia a íntegra da decisão judicial: Leia mais