29 de abril de 2016
por admin
Comentários desativados em Charge do dia: Um ano do massacre

Charge do dia: Um ano do massacre

Charge de Marcelo Galvan Leite.

Charge de Marcelo Galvan Leite.

Leia mais

28 de abril de 2016
por admin
13 Comentários

Veja como será a marcha que já faz tremer o Palácio Iguaçu

marcha16

Nesta sexta-feira em que o massacre de 29 de abril completará um ano, uma grande marcha liderada pelos educadores da rede pública estadual vai sacudir Curitiba. As perspectivas de tamanho, força e repercussão desta mobilização já estão fazendo tremer o governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe; a julgar pelos ataques desferidos pela internet e com uma carta falsa distribuída nas escolas.  Leia mais

31 de dezembro de 2015
por admin
15 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Dez fatos mais importantes de 2015 na Segurança Pública do Paraná

Reinaldo Almeida César*

Não tem jeito. Nesta época do calendário que nos foi legado pelo Papa Gregório XIII, é inevitável nos enredarmos nas reflexões de final de ano e nos projetos para o ano que se descortina.

Não há como fugir também das retrospectivas apresentadas pelos canais a cabo, de tv aberta e nas demais mídias, digital e convencional.

Vamos, então, apresentar, aqui também, a nossa “lista dos dez fatos mais importantes de 2015, na Segurança Pública do Paraná“.

Lamento, porém, antecipar que pelos resultados governamentais no setor, a lista mais se aproxima do melhor estilo cômico “Top Ten” popularizado por David Letterman, mago do talk show no entretenimento norteamericano.

Vamos lá, lembrando que os prezados leitores podem acrescentar fatos ou mesmo julgar os que aqui seguem apresentados.

A ascenção e queda de Francischini, o breve — Tanto lutou que chegou lá. Em cerimônia apavonada, sem qualquer pejo em se usar a marca do Paraná Seguro criada em 2011 pela extraordinária e talentosa equipe da G8, o deputado Francischini assume a SESP na virada de dezembro para janeiro de 2015, depois de outras três pessoas terem passado pela SESP e uma quarta, anunciada, não ter tomado posse. A quinta opção de secretário para a SESP tinha, então, um projeto político na cabeça e uma máquina na mão. Richa, por sua vez, não teve melindres em defenestrar da função o dedicado médico de sua família, Leon Grupenmacher, que se portava bem e com muita lealdade no cargo. O tempo é realmente o senhor da razão. Deu no que deu.

O Caveirão dos deputados — Em fevereiro, num episódio até hoje encoberto em névoas, sem que se saiba o mentor da patética ideia e sem que tenhamos certeza se houve d Leia mais

17 de novembro de 2015
por admin
17 Comentários

Revogação de título concedido a José Dirceu vai ao plenário da Alep hoje

dirceuO Projeto de Lei de autoria do deputado Felipe Francischini (SD), que cassa o título de cidadão honorário do ex-ministro José Dirceu, irá a voto em plenário da Assembleia Legislativa  do Paraná (Alep) na sessão desta terça-feira (17).

A proposta já foi motivo de confusão na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do último dia 10, quando Francischini Kid chamou Dirceu de “ladrão” e “vagabundo”.

O deputado Péricles de Mello (PT) advertiu o jovem “justiceiro” de que ele “não deveria usar esse palavreado na Assembleia, até porque quem joga bomba em professor também pode ser considerado vagabundo”, numa referência ao massacre de 29 de abril, coordenado pelo Francischini pai, então secretário de Segurança Pública.

Na sessão da Alep do dia 11, foi o deputado Nereu Moura, líder do PMDB, que se manifestou contra a revogação do título. Segundo ele, não há previsão legal para a revogação. Além disso, pelo critério da condenação, outros títulos de honraria concedidos pela Assembleia também deveriam ser revogados. Leia mais

28 de setembro de 2015
por admin
20 Comentários

Deputado Francischini, o Batman, leva “sabugada” em resposta da UFPR

francischini_ufpr_ricardoO deputado federal Fernando Francischini (SD), o Batman, nesta segunda-feira (28), levou uma “sabugada” em resposta ao um “pedido de informações” sobre a existência de um curso de Direito para beneficiários da Reforma Agrária. Coube ao diretor do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Ricardo Marcelo Fonseca, dirimir as dúvidas do deputado-morcego, que raciocina politicamente de ponta-cabeça — exatamente como um setor da sociedade enxerga “doutrinação política” em qualquer iniciativa de cunho social promovida pelo Estado Brasileiro.

O “pedido de informações” emitido por Francischini por si só já entrega as reais intenções do parlamentar quando ele questiona a realização de um curso de Direito “com 60 vagas exclusivas para integrantes do MST”.

Trata-se, na realidade, de uma turma de Direito para beneficiários da Reforma Agrária, o que é bem diferente. Pois, como esclarece o professor Ricardo no ofício, “o problema da Reforma Agrária no Brasil é secular, é grave e é muito anterior à própria crianção do MST – que é somente um dos movimentos sociais, dentre tantos, que existem em função da premente questão fundiária no Brasil”. Leia mais

26 de agosto de 2015
por Esmael Morais
22 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: “Quem mandou bater nos professores? Fala, Francischini!”

Reinaldo de Almeida César*

Download

Como se fosse uma boa decantação, uma filtragem a jorrar água límpida, as coisas começam a se normalizar, a ficar cristalinas, na área da segurança pública.

Alguns fatos são reveladores de novos e arejados tempos, depois da confirmação do Secretário Wagner Mesquita no cargo.

Na solenidade de comemoração dos 161 anos da PM, o governo anunciou a retomada dos investimentos no setor. Já era hora, depois da tungada nos recursos da SESP, com a extinção do Fundo Estadual de Segurança Pública, o FUNESP.

Além disso, em entrevista coletiva, o comandante geral da corporação, o competente Coronel Maurício Tortato, garantiu que os quase 3.000 aprovados no concurso da PM, que aguardam chamamento serão, finalmente convocados, a partir de janeiro de 2016.

Em comunicado público, o Presidente da Comissão de Segurança Pública na Alep, Deputado Mauro Moraes (PSDB) – que, justiça seja feita, é sempre dedicado e zeloso com as questões que envolvem policiais e a SESP – assegurou que obteve do governador e do secretário da Fazenda, o compromisso de que o governo vai zerar seu débito com promoções, progressões e remoções de policiais e bombeiros militares e que, até o final deste ano, o Estado quitará todas as dívidas na área da segurança.

Esta coluna estará vigilante em relação a todos estes anúncios. Como se diz lá em Ponta Grossa, mutuca tira o boi do mato.

***

Ainda pelas bandas da PM, outra boa nova trazida na solenidade de outorga de comendas e medalhas foi saber que a lista de agraciados com a mais alta honraria concedida pela PM, a Medalha Coronel Sarmento, pelo menos neste ano, parece ter sido mais criteriosa. Desta feita, corri os olhos e não vi na lista nenhum suposto primo.

***

Por falar nos 161 anos da PM, vale lembrar que historiadores apontam a Polícia Civil e a Polícia Militar como os mais antigos órgãos públicos do Paraná, criados logo na sequência da emancipação política do Estado.

O triste é constatar que, passados quase dois séculos, a Polícia Civil do Paraná não possui sede administrativa própria, obrigando sua cúpula diretiva e servidores da alta direção à se sujeitarem a um prédio alugado, sem qualquer condição de trabalho e que, se observado algum rigor fiscalizatório, talvez nem alvará de funcionamento pudesse ter. Só falta agora me dizerem que a locação do imóvel teria sido renovada, a um custo altíssimo.

Para corroborar que as coisas começam a caminhar melhor, é só observar que boas figuras nas duas instituições começam a ser melhor aproveitadas, tendo havido o reconhecimento de suas formações, habilidades e currículos. Veja-se o exemplo do Coronel Pericles Mattos, que assumiu o Primeiro Comando Regional da PM e dos Delegados Rafael Vianna e Rogerio Lopes, o primeiro assumindo a chefia da especializada de Furtos e Roubos, e o segundo, emprestando sua vocação acadêmica na direção da Escola Superior de Policia Civil.

***

Muito grave a revelação feita pelo Deputado Fernando Francischini (SSD), aqui no Blog do Esmael e pela TV 15, que ele até hoje Leia mais