11 de outubro de 2017
por esmael
10 Comentários

Bate na trave título de cidadão honorário para Beto Richa em Toledo (PR)

Graças ao barulho organizado pela educadora Simone Regina Checchi, a Câmara Municipal de Toledo, no Oeste do Paraná, não conseguiu aprovar o título de cidadão honorário ao governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

8 de outubro de 2017
por esmael
8 Comentários

Cidadania honorária a Beto Richa só depois de provar que não roubou da educação, propõe Observatório

O Observatório Social de Toledo, por meio de comunicado oficial, propõe suspender votação de título de cidadão honorário ao governador Beto Richa (PSDB) até que se prove inocência nas investigações de corrupção. Leia mais

1 de outubro de 2017
por esmael
26 Comentários

Cornélio Procópio estarrecida com título de cidadão honorário a irmão de Beto Richa

Conta o jornalista e blogueiro Odair Matias que o município de Cornélio Procópio, Norte Pioneiro, está em choque com o título de cidadão honorário concedido ao secretário de Estado da Infraestrutura Pepe Richa, irmão do governador Beto Richa (PSDB), também delatado na lava jato. Leia mais

19 de novembro de 2015
por admin
1 Comentário

Líder de Richa na Assembleia sobre o PT: “Nós sempre fomos próximos”

O projeto de lei que revoga o título de Cidadão Honorário do ex-ministro José Dirceu foi retirado de pauta da sessão de ontem (18) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A decisão do presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB), foi para que a mesa executiva possa analisar uma questão de ordem do deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), líder do governo Beto Richa (PSDB).

O motivo é que para concessão (ou revogação) dessas honrarias são necessários 28 votos (maioria absoluta) em plenário. Mas a proposta do deputado Francischini Kid (SD) obteve apenas 23. Houve ainda cinco votos contrários e seis abstenções.

Apesar do deputado Romanelli ter levantado a questão de ordem já na primeira votação, acerca da legalidade do projeto, na terça-feira (17), Traiano declarou a aprovação da matéria. O recuo se deu somente depois que a questão foi apresentada por escrito pelo líder governista.

Ouvido pelo Blog do Esmael, Romanelli afirmou que não viu motivação política na conduta do presidente da Casa e refutou a comparação com as atitudes de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara Federal, que repete as votações perdidas. “Estamos discutindo as questões legais da aprovação ou não do projeto. Agora vamos aguardar a manifestação da mesa”, afirmou.

Questionado se a postura de defender o título de cidadania honorária de José Dirceu significava uma aproximação dele com o PT, Romanelli foi enigmático: “Nós sempre fomos próximos”.

Leia mais

18 de novembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Líder de Beto Richa defende título de cidadão honorário a ex-ministro Dirceu

dirceu_francischini_romanelliO deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa, defende a manutenção do título de cidadão honorário ao ex-ministro José Dirceu. ... 

Leia mais

17 de novembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Tucano presidente da Alep ‘copia’ Eduardo Cunha e não reconhece votação que manteve título a Dirceu

traiano_cunha_dirceuO presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Ademar Traiano (PSDB), teve na tarde desta terça-feira (17) seu dia de “Eduardo Cunha” – o famigerado presidente da Câmara Federal, que não reconhece os resultados das votações.

A Casa não conseguiu cassar o título de cidadão honorário concedido em 2003 ao ex-ministro José Dirceu, preso pela Operação Lava Jato. A proposta é do deputado Francischini Kid (SD).

O regimento interno do Legislativa estipula 28 votos necessários para conceder ou revogar lei, ou seja, maioria absoluta. A matéria conseguiu apenas 23 votos favoráveis, cinco deputados votaram contra e outros 6 se abstiveram.

Na tarde de hoje, a Assembleia apenas votou a constitucionalidade da cassação do título. Amanhã, os deputados analisam o mérito da matéria em segunda votação.

Segundo o líder do governo Luiz Claudio Romanelli (PMDB), a lei 13115/2001 é clara ao “exigir maioria absoluta na aprovação e revogação de uma lei que concede título de cidadão honorário”.

“Se uma lei precisa de 28 votos para ser aprovado, necessariamente precisa de 28 votos para revogá-la. É uma questão de lógica formal”, reforçou Péricles Mello (PT).

Em julho passado, a Câmara Federal rejeitou a redução da maioridade penal coincidentemente pelos “mesmos” cinco votos. Entretanto, Cunha recolocou o texto para votação, ferindo o regimento interno da Casa.

Nesta quarta-feira, o k-suco promete ferver novamente na Assembleia.

Abaixo, veja como votou cada deputado: Leia mais

17 de novembro de 2015
por admin
17 Comentários

Revogação de título concedido a José Dirceu vai ao plenário da Alep hoje

dirceuO Projeto de Lei de autoria do deputado Felipe Francischini (SD), que cassa o título de cidadão honorário do ex-ministro José Dirceu, irá a voto em plenário da Assembleia Legislativa  do Paraná (Alep) na sessão desta terça-feira (17).

A proposta já foi motivo de confusão na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do último dia 10, quando Francischini Kid chamou Dirceu de “ladrão” e “vagabundo”.

O deputado Péricles de Mello (PT) advertiu o jovem “justiceiro” de que ele “não deveria usar esse palavreado na Assembleia, até porque quem joga bomba em professor também pode ser considerado vagabundo”, numa referência ao massacre de 29 de abril, coordenado pelo Francischini pai, então secretário de Segurança Pública.

Na sessão da Alep do dia 11, foi o deputado Nereu Moura, líder do PMDB, que se manifestou contra a revogação do título. Segundo ele, não há previsão legal para a revogação. Além disso, pelo critério da condenação, outros títulos de honraria concedidos pela Assembleia também deveriam ser revogados. Leia mais

10 de novembro de 2015
por esmael
24 Comentários

Quiproquó na CCJ da Alep, que cassa título cidadão honrário de José Dirceu

fellipe_dirceu_periclesO k-suco ferveu no início da tarde desta terça-feira (10) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

A indigitada comissão cassou o título de cidadão honorário concedido ao ex-ministro José Dirceu, quando ainda todos lhe puxavam o saco por volta de 2003.

A autoria do projeto é do deputado Francischini Kid (SD), filho do deputado federal e ex-secretário Fernando Francischini (SD). Leia mais

6 de maio de 2015
por esmael
10 Comentários

A queda: Beto Richa, de cidadão honorário a ‘persona non grata’ pelo interior do Paraná

personaA violência desmedida empregada pelo governador Beto Richa (PSDB) e pelo secretário de Segurança Pública, Fernando Francischini (SDD), contra os professores e servidores públicos do Paraná no chamado “Massacre do Centro Cívico”, ocorrido em 29 de abril, continua repercutindo mal, muito mal, comprometendo o futuro político do tucano e sua gangue.

Agora, a notícia é de que uma série de municípios devem revogar os títulos de cidadão honorário concedidos ao governador do PSDB. Esses títulos são honrarias comuns, quase protocolares, concedidas pelas câmaras municipais a personalidades de destaque. Conceder título de cidadão honorário a um governador é coisa banal, mas revogar a homenagem é raro; demonstra que a desmoralização do governante é muito forte.

Até o momento, vereadores de cidades como Londrina, Apucarana e Guarapuava apresentaram proposições para a retirada da honraria. Já em Foz do Iguaçu, Toledo, Guarapuava, Juranda e Rosário do Ivaí, Richa já foi “agraciado” com moções de repúdio das respectivas câmaras municipais. Leia mais