28 de setembro de 2015
por admin
20 Comentários

Deputado Francischini, o Batman, leva “sabugada” em resposta da UFPR

francischini_ufpr_ricardoO deputado federal Fernando Francischini (SD), o Batman, nesta segunda-feira (28), levou uma “sabugada” em resposta ao um “pedido de informações” sobre a existência de um curso de Direito para beneficiários da Reforma Agrária. Coube ao diretor do Setor de Ciências Jurídicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Ricardo Marcelo Fonseca, dirimir as dúvidas do deputado-morcego, que raciocina politicamente de ponta-cabeça — exatamente como um setor da sociedade enxerga “doutrinação política” em qualquer iniciativa de cunho social promovida pelo Estado Brasileiro.

O “pedido de informações” emitido por Francischini por si só já entrega as reais intenções do parlamentar quando ele questiona a realização de um curso de Direito “com 60 vagas exclusivas para integrantes do MST”.

Trata-se, na realidade, de uma turma de Direito para beneficiários da Reforma Agrária, o que é bem diferente. Pois, como esclarece o professor Ricardo no ofício, “o problema da Reforma Agrária no Brasil é secular, é grave e é muito anterior à própria crianção do MST – que é somente um dos movimentos sociais, dentre tantos, que existem em função da premente questão fundiária no Brasil”.