19 de julho de 2016
por Esmael Morais
31 Comentários

Leprevost “passa a perna” em Greca e Fruet e ganha apoio do PSC, SD, DEM e PR

ney_ratinho_greca_fruetO deputado Ney Leprevost (PSD) recebeu o apoio ontem à noite do PSC, de Ratinho Junior, que indicará o médico João Guilherme para a vice na disputa pela Prefeitura de Curitiba. O objetivo é desidratar as candidaturas do ex-prefeito Rafael Greca (PMN) e do prefeito Gustavo Fruet (PDT). Leia mais

16 de março de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Eles foram ao protesto contra a corrupção, mas se negam assinar a CPI da Corrupção. Pode isso?

Os deputados estaduais Ney Leprevost (PSD), Felipe Francischini (SD) e Márcio Pauliki (PDT) em comum, além da juventude, têm a militância estridente contra a corrupção. Os três mosqueteiros foram vistos, inclusive, nas passeatas do último domingo (13) esbravejando contra a corrupção, o PT, e pedindo impeachment da presidente Dilma.

Qual o quê, Pauliki, Francischini e Leprevost NÃO assinaram o requerimento para instalação da CPI da Corrupção no governo Beto Richa (PSDB). O pedido de investigação é sobre a cobrança de propina na Receita Estadual, que teria irrigado a campanha de reeleição do governador tucano.

“Isso é combate seletivo à corrupção. Como é que o senhor, Ney Leprevost, não assina nem sequer a CPI da corrupção no governo Beto Richa?”, contra-atacou nesta terça-feira (15) o deputado Péricles Mello (PT), em discurso antológico na tribuna da Assembleia (clique aqui para assistir na íntegra).

Assista um trecho do discurso de Péricles:

De acordo com as investigações do Ministério Público, auditores corruptos identificavam empresas que deviam impostos para o estado e cobravam propina para reduzir ou anular o valor das dívidas. Levantamento realizado pelo próprio órgão indica que o prejuízo causado aos cofres públicos chega a quase R$ 1 bilhão.

Nas ruas, ao lado de coxinhas ensandecidos, os três deputados se manifestam juram que são contra a corrupção, mas na Assembleia Legislativa do Paraná eles “afrouxam a tanga” e viram tchutchuquinhas do Palácio Iguaçu, segundo colegas de parlamento.

Faltam apenas duas assinaturas para alcançar o número necessário (18) para abrir a CPI da Corrupção do governo Beto Richa. O que impede os parlamentares? Rabo preso ou indignação seletiva contra a corrupção?

O deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição, fez a chamada nominal dos 16 deputados que “tiveram coragem” de assinar o pedido de CPI da Corrupção.

Deputados que assinaram o pedido de abertura da CPI da Receita Estadual:

Ademir Bier (PMDB)
Anibelli Neto (PMDB)
Chico Brasileiro (PSD)
Cláudio Palozi (PSC)
Evandro Araújo (PSC)
Gilberto Ribeiro (PRB)
Gilson de Souza (PSC)
Márcio Pacheco (PPL)
Nelson Luersen (PDT)
Nereu Moura (PMDB)
Paranhos (PSC)
Péricles de Mello (PT)
Professor Lemos (PT)
Requião Filho (PMDB)
Tadeu Veneri (PT)
Tercílio Turini (PPS)

Leia mais

24 de junho de 2015
por Esmael Morais
36 Comentários

Assembleia Legislativa do Paraná aprova moção de repúdio contra presidente da Venezuela; assista

Justamente no dia que o senador Roberto Requião (PMDB) embarca em missão oficial para a Venezuela, a Assembleia Legislativa do Paraná, seu estado, aprovou moção de repúdio ao presidente daquele país, Nicolás Maduro, 23 votos a 11.

Blog do Esmael vai transmitir ao vivo missão de Requião na Venezuela

O controverso requerimento foi apresentado pelo deputado Felipe Francischini (SD), filho do ex-secretário da Segurança e deputado federal Fernando Francischini (SD).

Dentre os argumentos apresentados por Francischini Kid estaria o fato de o Estado venezuelano ser “violento” e “ditatorial”. O requerimento também remete à recente fracassada visita de Aécio Neves (PSDB-MG) à República Bolivariana da Venezuela.

Houve bate-boca entre os parlamentares em plenário, mas prevaleceu o conservadorismo da Assembleia que em 2007 já aprovara requerimento idêntico contra o falecido Hugo Chávez. Coincidência ou não, na época o governador do estado era Requião.

O líder do governo Luiz Claudio Romanelli (PMDB) se somou ao líder da oposição, Tadeu Veneri (PT), no encaminhamento contra a moção de Francischini. Conquistaram apenas 11 votos. Maduro ficou horrorizado…

Assista ao vídeo

Veja como votaram os deputados do Paraná:

http://www.alep.pr.gov.br/transparencia/wp-content/uploads/2015/06/REQUERIMENTO-DAP-3360.pdf

Leia mais

14 de maio de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Professores evangélicos prometem neste sábado “Marchar Com Jesus”, mas contra Beto Richa

marchajesusA já tradicional ‘Marcha para Jesus’, evento que reúne centenas de milhares de pessoas todos os anos em Curitiba, deve extrapolar os limites da religião neste sábado (16). É o que promete um grupo de ‘professores evangélicos’ organizado no Facebook.

O grupo conclama a “todos os corajosamente éticos dispostos a fazer um ato de Fé” a participarem da distribuição de “panfletos com pedidos de oração pelos educadores e divulgação dos nomes dos deputados e secretários evangélicos contrários à educação pública do Paraná”.

A organização garante que o ato não é um questionamento à Marcha para Jesus, mas uma ação para expor o “Massacre da Alep”, e como se comportaram os deputados “ditos” evangélicos.

O protesto deve atingir em cheio o ex-secretário de Segurança Pública, Fernando Francischini (SSD); o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Jr. (PSC), além dos deputados estaduais Cantora Mara Lima (PSDB), Artagão Jr. (PMDB), Felipe Francischini (SSD) e Missionário Ricardo Arruda (PSC) que se declaram evangélicos e se elegem com votos dessas comunidades, mas votaram pelo confisco da previdência dos servidores.

O protesto visa questionar entre os fiéis o “voto de cajado” e o “clientelismo religioso” uma vez que a postura do governador Beto Richa e seus aliados no governo e na Assembleia Legislativa vem prejudicando muito os servidores públicos e a educação do Paraná.

Veja o panfleto que vai ser distribuído no sábado:  Leia mais

14 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
61 Comentários

Francischini Filho sobre o PT: “Bando de vagabundo, filhos da puta”; assista

Francischini_versus_PT.jpgPelo WhatsApp, rede social preferida da direita desde as eleições passada, o deputado federal licenciado Fernando Francischini (SD), secretário de Segurança Pública no governo Beto Richa (PSDB), do Paraná, apresenta a demanda do filho, deputado estadual pelo partido que preside: “Felipe Francischini responde à  montagem de vídeo feita pela “vagabundagem do PT” infiltrada na Assembleia. Requião NàƒO tem razão!”, atirou. ... 

Leia mais

29 de setembro de 2014
por Esmael Morais
78 Comentários

Na televisão, Francischini berra “Fora, Dilma e leve o PT junto”

A exemplo de seu pai, deputado federal Fernando Francischini, num rompante udenista, o candidato Felipe, de 23 anos, usou uma camiseta preta que berrava "Fora, Dilma e leve o PT junto".  O programa eleitoral desta tarde foi apenas uma prévia do que será hoje à  noite e do que virá no segundo turno tanto na disputa pelo Governo do Paraná e da Presidência da República.

A exemplo de seu pai, deputado federal Fernando Francischini, num rompante udenista, o candidato Felipe, de 23 anos, usou uma camiseta preta que berrava “Fora, Dilma e leve o PT junto”. O programa eleitoral desta tarde foi apenas uma prévia do que será hoje à  noite e do que virá no segundo turno tanto na disputa pelo Governo do Paraná e da Presidência da República.

Tal pai, tal filho. Felipe Francischini, candidato a deputado estadual pelo Solidariedade, nesta tarde, foi à  televisão no horário eleitoral bravatear contra a presidenta Dilma e o PT. ... 

Leia mais