2 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Requião: “Investigado por corrupção, Beto Richa vestiu a camisa da CBF contra a corrupção”

Requião: “Investigado por corrupção, Beto Richa vestiu a camisa da CBF contra a corrupção”

O senador Roberto Requião (MDB-PR), da tribuna do Senado, denunciou nesta quarta (2) que o ex-governador Beto Richa (PSDB), a despeito de ser investigado por corrupção, o tucano vestiu a camisa da CBF e foi às ruas protestar contra a corrupção. ... 

Leia mais

12 de setembro de 2016
por Esmael Morais
25 Comentários

Requião Filho diz que Greca é “usufrutuário” de corrupção no governo Richa, mas elogia atuação de Fruet; assista ao vídeo

requiao_grecaO candidato do PMDB à Prefeitura de Curitiba, Requião Filho, usou as redes sociais para acusar o adversário Rafael Greca (PMN) de ser “usufrutuário” de esquemas de corrupção no governo Beto Richa (PSDB). Abaixo, assista ao vídeo: Leia mais

7 de setembro de 2016
por Esmael Morais
42 Comentários

Diretas Já: Aquela cujo nome não pode ser dito pela imprensa do Brasil

diretas_voldemortA mídia brasileira desencadeou a “Operação Voldemort” desde o impeachment de Dilma Rousseff, em 31 de agosto, ao proibir a pronúncia “Diretas Já” nas redações. Leia mais

29 de agosto de 2016
por Esmael Morais
11 Comentários

Primo de Beto Richa pegou 13 anos de cadeia por corrupção no governo do Paraná

abi_richaO lobista Luiz Abi Antoun (PSDB), primo do governador Beto Richa (PSDB), vai puxar 13 anos de cadeia em regime fechado. A decisão é do juiz Juliano Nanuncio, da 3ª Vara Criminal de Londrina, norte do Paraná. Leia mais

8 de agosto de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Luiz Abi, primo de Richa, sofre nova derrota na Justiça para o Blog do Esmael

imageO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), sofreu mais uma derrota judicial para o Blog do Esmael. O juiz Diego Demiciano, da 6ª Vara Cível de Londrina, julgou improcedente pedido de indenização do lobista por dano moral. Leia mais

25 de julho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Beto Richa contrata novo guru (ex-Veja) para blindar denúncias na mídia nacional

cabral_richaGarganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael dentro do Palácio Iguaçu, conta nesta segunda (25) que o governador Beto Richa (PSDB) contratou, a peso de ouro, “o dublê de jornalista-marqueteiro-lobista Otavio Cabral” para ser o novo guru na área de comunicação do Paraná. Leia mais

2 de outubro de 2015
por admin
6 Comentários

Arquivamento de denúncia contra ‘Mãe Dinorah’ abre as portas para retomada do processo da Voldemort

via blog Baixo Clero

A decisão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de arquivar a investigação contra a secretária de Administração do governo do Estado, Dinorah Nogara, abre portas para a retomada da ação penal resultante da Operação Voldemort.

A ação que tramitava na 3ª Vara Criminal de Londrina foi travada devido a uma decisão do próprio Órgão Especial. A defesa do empresário Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), alegou que como a secretária tinha sido citada, ele, Abi, teria que ser julgado pelo Tribunal de Justiça. O Órgão Especial acatou o pedido.

Agora o TJ precisa julgar o mérito da decisão obtida pela defesa do “primeiro primo” de Richa. E qualquer decisão que não seja a devolução da competência à 3ª Vara Criminal de Londrina pode ser considerada no mínimo inusitada. Isso porque Abi e nenhum dos outros réus têm direito a foro privilegiado.

O primo de Richa é acusado de ser o verdadeiro dono da oficina Providence, que no fim do ano passado venceu uma licitação para assumir emergencialmente a manutenção da frota do Estado na região. Segundo o Gaeco, a licitação foi direcionada para a vitória da empresa que teria Abi como seu verdadeiro dono. A influência política do parente do governador foi importante para a tomada da decisão.

A decisão do TJ de suspender a ação da 3ª Vara Criminal de Londrina atrasou consideravelmente o andamento da mesma. Quando foi intimado dessa decisão, o juiz Juliano Nanuncio já tinha marcado as audiências para ouvir tanto testemunhas quanto os réus. As audiências são consideradas a fase final do processo. Depois delas, tanto os advogados quanto o Ministério Público fazem suas alegações finais e o juiz dá a sentença.

Leia mais

11 de setembro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

TJPR suspende ação de fraude em licitação contra primo de Beto Richa

richa_abi_gaeco.jpgO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), foi beneficiado nesta sexta-feira (12) por uma decisão do juiz Juliano Nanuncio, da 3ª Vara Criminal de Londrina, que suspendeu a ação penal da Operação Voldemort. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: “Ligações perigosas” – Governo Aécio, construtoras da Lava Jato e o Paraná

Jorge Bernardi*

Download

Tudo começou em Minas e é para Minas que tudo vai voltar. Foi assim com o mensalão, inventado pelo governador tucano Eduardo Azeredo (PSDB), operado pelo publicitário Marco Valério. O “Mensalão Mineiro” ainda não deu em nada. Os acusados estão livres, leves e soltos. Já pelo Mensalão do PT, Valério cumpre 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão.

Em 2007, segundo governo de Aécio Neves (PSDB), teve início a construção Centro Administrativo de Minas, projeto de Oscar Niemayer. A época, Aécio andava próximo de Lula e chegou a ser acusado de ter feito corpo mole na campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB) de 2006.

O empreendimento foi apontado pelo governador tucano como “a maior obra de engenharia civil em execução na América Latina”. O custo previsto de R$ 900 milhões de reais no final dobrou chegando a R$ 1,7 bilhão (R$ 2,4 bilhões atualizados em 2015 pelo IGP-M).

Denominado de “Cidade Administrativa de Minas”, a obra foi dividida em três lotes, e executada por três consórcios.

LOTE 1 (Consórcio)

LOTE 2 (Consórcio)

LOTE 3 (Consórcio)

Camargo Correa

Odebrecht

Andrade Gutierrez

Santa Barbara

OAS

Via Engenharia

Mendes Júnior

Queiroz Galvão

Barbosa Mello

Das nove empreiteiras que compunham os consórcios seis (em negrito) estão sendo processadas no Lava Jato. O Ministério Público de Minas chegou a investigar a formação de cartel e fraude a licitação, sem resultado algum.

Se estas construtoras corromperam na Petrobras, será que também não houve corrupção em Minas? O sucessor de Aécio, atual senador Antônio Anastasia, está sendo acusado de ter recebido, de um operador de Youssef, R$ 1 milhão.

Estranho nesta história envolvendo empresas do Lava Jato é que a então secretária de Administração da Prefeitura de Curitiba, Dinorah Nogara (gestão Ducci), atual secretária Estadual de Administração de Beto Richa (PSDB), coordenou projeto para construir o Centro Administrativo de Curitiba, aos moldes do de Minas, projeto de Niemayer.

Dinorah foi citada na Operação Voldemort, que investiga fraudes em licitações de oficinas mecânicas tendo como pivô Luiz Abi, primo do governador do Paraná. Ela conseguiu, no Tribunal de Justiça do Paraná, anular o processo alegando foro privilegiado.

A esperança dos brasileiros é que a Policia Federal e os Procuradores da República, comandados por Delton Dallagnol, consigam encontrar o fio de Ariadne para desvendar o mistério e as ligações perigosas do Governo Aécio com as Construtoras da Lava Jato e a tentativa da construção do Centro Administrativo de Curitiba.

Se f Leia mais

11 de agosto de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

CPI de Crimes Cibernéticos deverá convocar o governador Beto Richa

Arruda_Richa_TendaA CPI dos Crimes Cibernéticos, que será instalada semana que vem na Câmara Federal, deverá iniciar seus trabalhos com a convocação do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). A informação é do deputado João Arruda (PMDB-PR), membro titular da comissão de investigação. ... 

Leia mais

9 de agosto de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Após acidente de trânsito, cibercomissionados atacam promotora do Gaeco; assista ao vídeo

gaeco_tenda_digitalCibertucanos estão distribuindo nas redes sociais dois vídeos que supostamente mostrariam a promotora Leila Shimiti, coordenadora do Gaeco (Grupo de Combate ao Crime Organizado), tentando evadir-se do local após bater seu carro na noite de ontem (8) em Londrina. ... 

Leia mais

7 de agosto de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Site anônimo ligado a Beto Richa ataca jornalistas e blogueiros no Paraná

Ao atacar a blogosfera progressista e não-alinhada ao Palácio Iguaçu, o governo do estado pretende desviar a atenção do escândalo bilionário da Refinaria Manguinhos. Segundo o jornalista e blogueiro Cícero Cattani, Richa e seu indefectível primo Luiz Abi usufruíram de diárias de R$ 5.113,50 no luxuoso Hotel Fasano, no Rio, pagas pela empresa fluminense no Carnaval de 2012. Agora Manguinhos é suspeita de sonegar a

Ao atacar a blogosfera progressista e não-alinhada ao Palácio Iguaçu, o governo do estado pretende desviar a atenção do escândalo bilionário da Refinaria Manguinhos. Segundo o jornalista e blogueiro Cícero Cattani, Richa e seu indefectível primo Luiz Abi usufruíram de diárias de R$ 5.113,50 no luxuoso Hotel Fasano, no Rio, pagas pela empresa fluminense no Carnaval de 2012. Agora Manguinhos é suspeita de sonegar a “bagatela” R$ 1 bilhão em impostos no Paraná, bem debaixo do nariz do tucano, com a conivência dos famigerados primos Abi e Richa.

O Blog do Esmael foi vítima de covarde ataque nas últimas horas de cibertucanos que operam a partir da “Tenda Digital”, um grupo de criminosos cibernéticos ligados ao governador Beto Richa (PSDB) e ao lobista Luiz Abi Antoun, primo do tucano, que esteve preso duas vezes por fraudes em licitação e cobrança de propina na Receita Estadual. ... 

Leia mais

19 de julho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

16 de julho de 2015
por Esmael Morais
38 Comentários

Assembleia isenta Beto Richa de responsabilidade pelo massacre de professores em 29 de abril

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

O deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia e do PSDB, esperou o último dia antes do recesso para anunciar que arquivaria todos os três pedidos de impeachment do governador e correligionário Beto Richa. Ninguém esperava atitude diferente do parlamentar tucano. ... 

Leia mais

16 de julho de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

Evento em apoio ao Gaeco pedirá hoje, em carta, juiz exclusivo para casos de corrupção no Paraná

gaeco_londrinaDaqui a pouco, a partir das 19h30, a Câmara Municipal de Londrina sediará uma audiência pública para a prestação de contas do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) acerca das operações Voldemort e Publicano. ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária. Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

‘Em busca de foro privilegiado, Richa terá dificuldades até para a Assembleia’, diz Requião Filho

Se depender do humor do eleitorado paranaense, o governador Beto Richa (PSDB) terá dificuldades até mesmo para reforçar a “Bancada do Camburão” na Assembleia Legislativa. A observação é do deputado Requião Filho (PMDB), após ler pesquisa da corrida eleitoral pelo Senado.

“Pelo jeito o Betinho, se quiser ter foro especial, terá que ralar muito. Desse jeito capaz de não se eleger deputado estadual”, tuitou o peemedebista, vice-líder da oposição na Assembleia.

O Blog do Esmael anotou ontem (1) que Richa teme ir para a cadeia, caso Roberto Requião (PMDB) ganhe as eleições de 2018, pois, de acordo com a Paraná Pesquisas, o senador lidera as disputas tanto para o Senado quanto para o Palácio Iguaçu.

Antevendo inverno rigoroso e tempo com chuvas e trovoadas, o governador tucano tratou de reforçar o time da propaganda. Quem vai comandar a Secretaria de Comunicação, a partir de agora, é Paulino Viapiana, que estava na Cultura.

O Palácio Iguaçu considera o novo secretário mais “jeitoso” que o chefe de gabinete do governador, jornalista Deonilson Roldo, e que o ex-secretário da pasta, Marcelo Cattani, ambos temperados no calor de várias batalhas eleitorais.

Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
44 Comentários

Veja essa: Beto Richa está em ÚLTIMO lugar na pesquisa para o Senado

senado_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) está em último lugar na corrida por uma das duas vagas em jogo em 2018 para o Senado Federal. Se as eleições fossem hoje, o tucano teria a vergonhosa marca de 7% nas intenções de voto, segundo levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta quinta-feira (2) pelo jornal Gazeta do Povo.

O senador Roberto Requião (PMDB) seria reeleito para o cargo com 45%, seguido do deputado estadual licenciado e secretário de Estado Ratinho Júnior (PSC), que tem 41%. Em terceiro está Osmar Dias (PDT), com 38%, e em quarto aparece a senadora Gleisi Hoffmann (PT) com 19%.

O desempenho de Ratinho na sondagem é uma prova concreta que a cria sempre supera o criador. Vide o caso de Richa, que superou seu criador Jaime Lerner. Outros analisam que o secretário do Desenvolvimento Urbano apresenta voo de galinha nesta rodada de pesquisas.

Beto Richa foi denunciado pelo Ministério Público como responsável pelo massacre dos professores, no dia 29 de abril, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à ação violenta da polícia, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária do funcionalismo público.

Por outro lado, Ratinho Júnior é apontado pelos educadores como responsável pela derrota da reposição inflacionária de 8,17%, na Assembleia, haja vista o PSC possuir a maior bancada com 12 deputados. O partido havia anunciado antes o “fechamento questão” favorável aos professores, mas na votação roeu a corda para ficar do lado do governador tucano.

O instituto de Murilo Hidalgo mostrou ontem (1) que Requião também lidera a corrida pelo Palácio Iguaçu e anteontem (30) registrou que 85% dos paranaenses desaprovam o governo tucano.

Sobre o último lugar na pesquisa para o Senado, professores e servidores mandaram uma perguntinha ao governador Beto Richa: “Tomou?”.

A seguir, veja o infográfico com a pesquisa. Leia mais

30 de junho de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Se condenado em ação do MP, Richa poderá ser cassado; e o confisco na Paranáprevidência, como fica?

Previdencia_massacre_richaO governador Beto Richa (PSDB) pode perder o cargo e os direitos políticos por oito anos, isto é, se for condenado na ação ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP).  ... 

Leia mais

10 de junho de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Quem pariu Caramori que o embale

Reinaldo de Almeida César*

Não tenho a menor ideia do que teria motivado o fotógrafo Tchelo Caramori a apagar a tatuagem “100% Beto Richa”, cravada com esmero em seu braço.

Também não sei porque a dublê de atriz e passista Viviane Araujo quer apagar a tatuagem feita em homenagem ao pagodeiro Belo e nem porque a cantora Kelly Key mandou tirar a tatuagem do Latino de sua panturrilha. Vai saber, mundo de celebridades.

Dizem os psicanalistas que o fenômeno de se apagar tatuagens é motivado pelos sentimentos de decepção, frustração, abandono e, como é óbvio, revela total arrependimento pelas juras de lealdade e proximidade, feitas sempre com muito afeto.

Segundo pesquisas coordenadas pela americana Myrna Armstrong, pessoas que desejavam remover tatuagens falavam em “melhorar a autoestima” ou, ainda, porque “desejavam remover uma lesão socialmente estigmatizante e que, em sua opinião, gerava descrédito”.

Não sei, insisto, que razões foram decisivas para Caramori arrancar Beto Richa do seu braço, fazendo isso certamente com muita dor no corpo e na alma.

Só sei que, uma vez mais, algum lua preta do Palácio Iguaçu achou que se conseguisse colocar Marcelo Caramori no meu colo, uma auréola de anjo pousaria sobre a cabeça do governador.

Segundo a FOLHA, em reportagem do último domingo, a Casa Civil do governo informou que teria sido eu o responsável pela indicação de Caramori.

De forma muita correta, como convém ao bom jornalismo, o jornalista Lucas Reis me entrevistou. Respondi suas perguntas com muita tranquilidade, bastando-me apenas, para isso, relatar a verdade factual.

Esqueci apenas de dizer à FOLHA que nunca estive em nenhum churrasco ou festa de arromba nas cercanias de Londrina, em qualquer fazenda em Apucarana ou em São Tomé das Letras.

Conheci Marcelo Caramori trabalhando como fotógrafo “free lancer” para a PM de Londrina, em algumas ocasiões que lá estive, sempre em viagem oficial, defendendo as ações de governo na área da Segurança.

Nunca estive com ele fora do ambiente de eventos oficiais. Desde que deixei a SESP, em 2012, nunca mais me avistei e nem tive qualquer contato com Marcelo Caramori.

Não há qualquer documento com minha assinatura propondo a nomeação de Caramori, nunca lhe deferi amizade, nem nunca trocamos telefonemas. Simples assim.

Se eu tivesse indicado Marcelo Caramori para algum cargo no governo – ou com ele tivesse tido algum tipo de convivência e amizade – não teria nenhum problema em admitir isso agora. E o faria com muita hombridade. Li em algum lugar que está na hora de homens de verdade honrarem as calças que vestem.

Porém, devo dizer que não tive, nem tenho qualquer relação com Caramori. Apenas o conheci, no período de governo. Parecia-me boa figura, simpático e dedicado profissional da fotografia. Não lhe desejo mal nenhum e nem vou negar que lhe conheci. Com sentimento cristão e à luz do Estado Democrático de Direito, desejo-lhe apenas que seja julgado em processo judicial que lhe permita ampla defesa e que tenha um julgamento justo.

Espero que seja a última vez que repito: nunca pedi ao Palácio e aos palacianos para nomear Marcelo Caramori – ou quem quer que seja – na assessoria do governador, na Casa Civil.

A recíproca não é verdadeira. Certa feita, por exemplo, pediram-me para nomear uma jovem advogada na minha assessoria pessoal, na Secretaria de Segurança.

Mas, Leia mais