19 de julho de 2015
por esmael
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por esmael
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária. Leia mais

3 de julho de 2015
por esmael
10 Comentários

Justiça proíbe mentira de Richa sobre salários de professores

tendaO juiz Guilherme de Paula Rezende, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Região Metropolitana de Curitiba, determinou a retira do ar da matéria veiculada pela Agência Estadual de Notícias que comparava os salários de professores do Estado ao de prefeitos do interior. ... 

Leia mais

18 de novembro de 2013
por esmael
14 Comentários

Gustavo Fruet divulga cargos e salários de 35 mil servidores de Curitiba

da Agência de Notícias de Curitiba
A relação dos vencimentos dos cerca de 35 mil servidores municipais de Curitiba estará disponível no Portal da Transparência da Prefeitura a partir desta segunda-feira (18). O endereço para acessar os dados é www.transparencia.curitiba.pr.gov.br. Serão publicadas informações individualizadas sobre as remunerações e subsídios recebidos por todos os funcionários, nos órgãos da administração direta e indireta e nas suas autarquias e fundações.

As informações poderão ser pesquisadas de forma objetiva e rápida. Após entrar no Portal da Transparência, o interessado deve clicar na aba funcionários!, no alto da página, buscar o item remuneração de servidores! e informar o cargo do servidor pesquisado, que aparecerá em uma lista. A busca também pode ser feita pelo nome do funcionário.

Outro caminho para chegar à s informações é o site oficial da Prefeitura (www.curitiba.pr.gov.br), clicando na aba acesso à  informação!, no alto da página inicial.

Estará disponível o histórico de informações dos últimos doze meses, a partir de outubro deste ano. Sempre que for completado o ciclo, os dados do 13!º mês serão excluídos.

Com a divulgação dos salários dos funcionários estamos aprimorando o nosso sistema de informações públicas e cumprindo um compromisso desta gestão, que é de atuar sempre com total transparência!, afirma o prefeito Gustavo Fruet.

O sistema informa a remuneração básica, salário líquido, vantagens pessoais e eventuais, descontos e o mês e ano de admissão, entre outros itens. Serão divulgados os salários do prefeito, secretários, de todos os servidores estatutários, cargos comissionados e de presidentes de entidades mistas. Não estarão disponíveis deduções de natureza pessoal, tais como pensão alimentícia, empréstimos consignados, contribuições sindicais etc.

Nossa intenção é adequar a Prefeitura de Curitiba à  nova realidade da administração pública do País, na qual a transparência é uma exigência, e ao mesmo tempo preservar o direito dos servidores de não terem divulgadas informações pessoais!, diz a secretária municipal de Recursos Humanos, Meroujy Giacomassi Cavet.

A Prefeitura desenvolveu um sistema exclusivo para armazenamento dos dados, hospedado em um servidor novo, o que deverá tornar a busca mais rápida e funcional.

Leia mais