13 de setembro de 2016
por esmael
18 Comentários

Curitiba fica em 76º lugar no ranking do IDEB no Paraná, segundo o Ministério da Educação

fruetO prefeito Gustavo Fruet (PDT) soltou rojões esta semana pela liderança de Curitiba, entre as capitais, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Entretanto, entre os 399 municípios do Paraná, a capital ficou em 76º lugar (sem contar os empatados).

12 de setembro de 2016
por esmael
21 Comentários

Paraná não alcança meta no Ideb. Richa culpa injustamente professores

richa_nota_zero-jpgO Paraná continua fazendo feio no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), mas o governo Beto Richa (PSDB) tenta transferir a culpa do fiasco de sua gestão para os educadores da rede pública no estado.

12 de setembro de 2016
por esmael
25 Comentários

Requião Filho diz que Greca é “usufrutuário” de corrupção no governo Richa, mas elogia atuação de Fruet; assista ao vídeo

requiao_grecaO candidato do PMDB à Prefeitura de Curitiba, Requião Filho, usou as redes sociais para acusar o adversário Rafael Greca (PMN) de ser “usufrutuário” de esquemas de corrupção no governo Beto Richa (PSDB). Abaixo, assista ao vídeo:

12 de setembro de 2016
por esmael
31 Comentários

Governo Richa estuda como pagar R$ 300 milhões de promoções e progressões atrasadas, anuncia líder Romanelli

romanelli_educadoresO deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa, em sua coluna desta segunda (12), anuncia em primeira mão que Beto Richa (PSDB) estuda pagar ao educadores do Paraná cerca de R$ 300 milhões em promoções e progressões atrasados. O colunista também utiliza o espaço para dissecar o desempenho das escolas do estado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), divulgado na semana passada. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto:

6 de Fevereiro de 2015
por esmael
136 Comentários

Fernanda Richa sugere que professores “ganham muito” e “produzem pouco”

richa_ideb_fernanda.jpgA primeira-dama e secretária de Estado da Família, Fernanda Richa, nas redes sociais, exprimiu nesta sexta-feira (6) a média do pensamento do governo Beto Richa (PSDB) acerca da educação no Paraná. Leia mais

11 de setembro de 2014
por esmael
9 Comentários

Coluna do Requião Filho: A queda no Ideb reflete descaso com a educação

Requião Filho, em sua coluna desta quinta-feira, destaca a importância da educação na formação de cidadãos conscientes para a vida; Não consigo pensar em outra coisa que não a base de tudo: a educação!, afirma o colunista, que lamenta a queda vertiginosa do Paraná no ranking do ensino médio brasileiro perdendo inúmeras posições; Este cenário que se desenha conduz a inúmeras ilações, dentre as quais martela um raciocínio de que talvez seja proposital a não formação plena do jovem, inclusive porque muitos dos alunos do ensino médio já usufruem da condição de eleitores!, desconfia Requião Filho; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta-feira, destaca a importância da educação na formação de cidadãos conscientes para a vida; Não consigo pensar em outra coisa que não a base de tudo: a educação!, afirma o colunista, que lamenta a queda vertiginosa do Paraná no ranking do ensino médio brasileiro perdendo inúmeras posições; Este cenário que se desenha conduz a inúmeras ilações, dentre as quais martela um raciocínio de que talvez seja proposital a não formação plena do jovem, inclusive porque muitos dos alunos do ensino médio já usufruem da condição de eleitores!, desconfia Requião Filho; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho*

Quando me resta um tempo de silêncio, nas curtas madrugadas que se espremem entre os compromissos de campanha, conhecendo de perto e sempre mais o que nosso Estado e seu povo têm de melhor, ouvindo de cada cidadão quais são suas necessidades e o que podemos fazer para ajudar a trazer novamente o Estado para os eixos, me pergunto por onde se deve começar a mudança para a construção de um Paraná melhor. Leia mais

9 de setembro de 2014
por esmael
14 Comentários

Coluna de Enio Verri: Ensino médio piora com choque de gestão de Richa!

Enio Verri, em sua coluna desta terça-feira, afirma que a piora do ensino médio do Paraná no àndice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB) 2013 é fruto errático "Choque de Gestão" do governo Beto Richa (PSDB); avaliação da educação nessa etapa despencou de 1!º para 11!º no ranking nacional; O Paraná que hoje piora o desempenho no ensino médio é aquele mesmo que sofre para ceder a hora-atividade, deixa em segundo plano o PDE e que se equivoca ao desvalorizar o ensino de filosofia, sociologia, educação física e artes!, critica o colunista; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri, em sua coluna desta terça-feira, afirma que a piora do ensino médio do Paraná no àndice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB) 2013 é fruto errático “Choque de Gestão” do governo Beto Richa (PSDB); avaliação da educação nessa etapa despencou de 1!º para 11!º no ranking nacional; O Paraná que hoje piora o desempenho no ensino médio é aquele mesmo que sofre para ceder a hora-atividade, deixa em segundo plano o PDE e que se equivoca ao desvalorizar o ensino de filosofia, sociologia, educação física e artes!, critica o colunista; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri*

O resultado do àndice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB) 2013, divulgado na última sexta-feira (05), pelo Ministério da Educação (MEC), revelou a triste realidade da educação paranaense. O Estado caiu de 1!º para 11!º no ranking do ensino médio brasileiro. Leia mais

8 de setembro de 2014
por esmael
36 Comentários

Professores corrigem: Ensino Médio do Paraná caiu da primeira para a 11!ª posição no ranking do Ideb

Queda na nota do Ensino Médio do Paraná no àndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013 foi maior do que inicialmente divulgado pela mídia; segundo Professor Marlus, do Eureka, em análise especial para o Blog do Esmael, em apenas cinco anos, a gestão dos tucanos Beto Richa e Flávio Arns derrubou o estado da primeira para a 11!ª posição no ranking nacional; Professor Paixão, que concorre à  direção da APP-Sindicato, afirmou que a queda no Ideb prova que a educação precisa mais investimentos e de menos discurso do governo!; abaixo, confira a tabela corrigida pela Nota Média Padronizada do Ensino Médio! do Ministério da Educação (MEC).

Queda na nota do Ensino Médio do Paraná no àndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013 foi maior do que inicialmente divulgado pela mídia; segundo Professor Marlus, do Eureka, em análise especial para o Blog do Esmael, em apenas cinco anos, a gestão dos tucanos Beto Richa e Flávio Arns derrubou o estado da primeira para a 11!ª posição no ranking nacional; Professor Paixão, que concorre à  direção da APP-Sindicato, afirmou que a queda no Ideb prova que a educação precisa mais investimentos e de menos discurso do governo!; abaixo, confira a tabela corrigida pela Nota Média Padronizada do Ensino Médio! do Ministério da Educação (MEC).

O professor universitário Marlus Geronasso, em análise especial para o Blog do Esmael, contesta a informação divulgada pela velha mídia segunda qual “houve queda na nota do Ensino Médio para a oitava posição” no àndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013. Leia mais

5 de setembro de 2014
por esmael
51 Comentários

Na era Richa, Paraná despenca do 1!º para oitavo lugar no ranking do Ideb do ensino médio

Sob a gestão de Beto Richa (PSDB), a educação no ensino médio baixou para a nota 3,4. O estado perdeu cinco posições. De terceiro foi para o oitavo lugar. Em 2009, no governo Requião, o Paraná ocupava a 1!ª posição no Ideb com nota 4,2.

Sob a gestão de Beto Richa (PSDB), a educação no ensino médio baixou para a nota 3,4. O estado perdeu cinco posições. De terceiro foi para o oitavo lugar. Em 2009, no governo Requião, o Paraná ocupava a 1!ª posição no Ideb com nota 4,2.

Outra vez, o Paraná fez muito vergonha no ranking de qualidade do ensino médio com base nos dados do àndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013. Leia mais

3 de dezembro de 2013
por esmael
29 Comentários

Coluna do André Vargas: “Enquanto Richa faz vergonha nacional, Dilma leva Educação ao interior”

André Vargas, em sua coluna desta terça, discorre sobre a extensão da UFPR, que leva ao interior do Paraná "um naco de esperança aos jovens"; inevitável, o colunista compara ações do governo Dilma para universalização do ensino público com o que ele considera "vergonha nacional" do governo Richa na Educação, outrora bem avaliada; Graças ao descalabro administrativo em curso no governo Beto Richa, será bem-vinda a ampliação da oferta [pelo governo federal] de formação de nível superior a diversas regiões deprimidas social e economicamente no estado!, propugna o vice-presidente da Câmara; leia o texto.

André Vargas, em sua coluna desta terça, discorre sobre a extensão da UFPR, que leva ao interior do Paraná “um naco de esperança aos jovens”; inevitável, o colunista compara ações do governo Dilma para universalização do ensino público com o que ele considera “vergonha nacional” do governo Richa na Educação, outrora bem avaliada; Graças ao descalabro administrativo em curso no governo Beto Richa, será bem-vinda a ampliação da oferta [pelo governo federal] de formação de nível superior a diversas regiões deprimidas social e economicamente no estado!, propugna o vice-presidente da Câmara; leia o texto.

por André Vargas*

Ao me dirigir, hoje, aos leitores deste espaço, quero dizer que o governo federal, através do Ministério da Educação e Cultura (MEC) e Universidade Federal do Paraná (UFPR), dá mais um grande passo rumo à  longa e difícil jornada transformista da educação no Paraná, com a expansão da UFPR para várias regiões do Estado. Vejo isso como instrumento de mudança, trazendo ainda mais esperança ao povo e em espacial aos jovens que, com certeza, saberão operar uma mudança social e política na sociedade paranaense e brasileira, pois, com universidades batendo à  porta de suas casas, essas camadas menos favorecidas se habilitarão para a vida social e profissional, difundindo, entre elas, conhecimentos básicos e o efetivo exercício de cidadania num país democrático. Leia mais

29 de novembro de 2013
por esmael
17 Comentários

Veja essa: até o próprio governo tucano reprova Richa e Arns na educação

O leitor deste blog já sabia do fiasco da gestão tucana no ensino médio e fundamental do Paraná (clique aqui). Vinte e quatro horas após o estado fazer vergonha nacional pela ausência entre as 100 primeiras do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), agora é a vez do próprio governo do PSDB reprovar o governador Beto Richa (PSDB) e seu vice, Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) divulgou novo resultado do o Sistema de Avaliação da Educação Básica do Paraná (Saep). Os números são desoladores, pois os alunos entram na segunda etapa do ensino fundamental (EF), ou 6!º ano, sem ter o conhecimento adequado em Português e Matemática e saem do ensino médio (EM) na mesma situação.

A própria SEED mostra resultado considerado ruim!, mesmo dentro dos parâmetros nacionais do Ideb (àndice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Se a avaliação do ensino médio paranaense despencou sob os primeiros anos e agora na reta final do governo Beto Richa (veja o Enem), a coisa pode piorar ainda mais no apagar das luzes de seu mandato.

Em 2009, o índice era de 3,9 e em 2011, já na gestão de seu vice caiu para 3,7. O próximo resultado do Ideb 2013 deverá sair no segundo semestre.

O custo desse Saep ainda é segredo de Estado. Quem elabora as provas é uma universidade de Minas Gerais. As do Paraná ficaram chupando dedo.

à‰ bom frisar que, mesmo diante da vergonha que o Paraná fez com o pífio desempenho no Ideb e no Enem, a SEED ainda não apresentou nenhuma ação concreta baseada nesses resultados, portanto, questiona-se: o que pretende o governo do Paraná fazer com mais informações?

Leia mais sobre isso:

Vergonha nacional: Sob Richa e Arns, nenhuma escola entre as 100 melhores do país no ranking do Enem

Alunos do Colégio Estadual do Paraná boicotam prova de avaliação

A educação do Paraná pede socorro

Em nova ação de marketing político, Educação vai avaliar! 250 mil alunos da rede pública do Paraná

Educação patina até mesmo na avaliação do tucano Beto Richa

27 de novembro de 2013
por esmael
42 Comentários

Vergonha nacional: Sob Richa e Arns, nenhuma escola entre as 100 melhores do país no ranking do Enem

A educação do Paraná, outrora referência para o país, passa nova vergonha nacional sob a gestão de Richa e Arns; segundo ranking do MEC, nenhuma escola do estado figura entre as cem melhores do país; eu disse nenhuma! entre as 100; queda do ensino médio segue tendência de desastre verificado no desempenho do Ideb, que avaliou o ensino fundamental; haverá como salvar a educação pública do Paraná?

A educação do Paraná, outrora referência para o país, passa nova vergonha nacional sob a gestão de Richa e Arns; segundo ranking do MEC, nenhuma escola do estado figura entre as cem melhores do país; eu disse nenhuma! entre as 100; queda do ensino médio segue tendência de desastre verificado no desempenho do Ideb, que avaliou o ensino fundamental; haverá como salvar a educação pública do Paraná?

O Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem o ranking das 100 melhores escolas de ensino médio do país com base no resultado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2012. Os números causam vergonha à  educação do Paraná, sob o comando do governador Beto Richa (PSDB) e o vice Flávio Arns (PSDB) — secretário da pasta. Leia mais