11 de março de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Caem chefe de gabinete, secretário adjunto, assessor especial e diretores do MEC

Caem chefe de gabinete, secretário adjunto, assessor especial e diretores do MEC

Foi publicada uma edição extra do Diário Oficial da União nesta segunda-feira (11) exonerando ocupantes de cargos do alto escalão do Ministério da Educação. ... 

Leia mais

9 de março de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministro expurga discípulos de Olavo de Carvalho do MEC

Ministro expurga discípulos de Olavo de Carvalho do MEC

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, demitiu os discípulos de Olavo de Carvalho, após o “guru” dizer que seus seguidores deveriam deixar o governo ... 

Leia mais

15 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro anuncia “lava jato” para destruir a Educação

Bolsonaro anuncia “lava jato” para destruir a Educação

O presidente Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (15) a “lava jato da educação”, batizada com este nome pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez. A ideia do governo é lançar suspeitas sobre os programas como Prouni e Pronatec, além das instituições federais de ensino. ... 

Leia mais

6 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Novo projeto ‘Escola sem Partido’ quer gravar aulas e censurar conteúdos

Novo projeto ‘Escola sem Partido’ quer gravar aulas e censurar conteúdos

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) protocolou na segunda-feira (4) um novo projeto para tentar instituir a chamada Escola sem Partido, que visa a combater supostas “ideologia de gênero” e “doutrinação” dentro da sala de aula. A parlamentar foi aluna dos cursos do jornalista Olavo Carvalho e acredita na tese do avanço da “doutrinação marxista” nas escolas do país. ... 

Leia mais

1 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministro da Educação de Bolsonaro chama brasileiro de ‘ladrão’

Ministro da Educação de Bolsonaro chama brasileiro de ‘ladrão’

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O ministro da Educação do governo Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, em entrevista a revista Veja fez uma declaração que reforça o estigma e o preconceito contra os brasileiros. Segundo ele, “o brasileiro viajando é um canibal. Rouba coisas dos hotéis, rouba assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo”, disse. ... 

Leia mais

31 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em MEC chama jornalista do O Globo de agente da KGB

MEC chama jornalista do O Globo de agente da KGB

O Ministério da Educação (MEC) divulgou em suas páginas oficiais nas redes sociais, na noite desta quarta-feira (30), um comunicado em que “rebateu” a notícia dada pelo colunista do jornal O Globo, Ancelmo Góis, de que o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) retirou do ar vídeos de personagens e temas considerados esquerdistas.  ... 

Leia mais

23 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro coloca a política educacional brasileira em risco, diz Mercadante

Bolsonaro coloca a política educacional brasileira em risco, diz Mercadante

O ex-ministro da Educação, Aloizio Mercadante (PT-SP), rebateu, em nota, na tarde desta quarta-feira (23) a afirmação feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) em Davos, na Suíça, de que“alguém do PT vai vazar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”. ... 

Leia mais

22 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ex-professor da FGV vai comandar o INEP, órgão responsável pelo ENEM

Ex-professor da FGV vai comandar o INEP, órgão responsável pelo ENEM

O engenheiro e ex-professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Marcus Vinícius Carvalho Rodrigues, foi nomeado nesta terça-feira (22) para o cargo de presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão vinculado ao  Ministério da Educação (MEC) que é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). ... 

Leia mais

18 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em MEC quer militarizar a educação básica

MEC quer militarizar a educação básica

O ministro Ricardo Vélez Rodríguez afirmou nesta quinta-feira (17) que o ministério da Educação vai apoiar as prefeituras que quiserem repassar a administração de escolas municipais para o Exército ou a Polícia Militar.

LEIA TAMBÉM:

Ratinho Junior congela recursos da Educação ... 

Leia mais

9 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em MEC libera “fake news” e propaganda nos livros didáticos

MEC libera “fake news” e propaganda nos livros didáticos

O Ministério da Educação do governo Bolsonaro liberou geral e agora está permitido incluir informações sem fonte e utilizar propagandas em ilustrações dos livros didáticos produzidos no país.

Foram alteradas as diretrizes que normatizam a produção dos livros escolares de estudantes do 6º ao 9º ano.

Segundo a revista Exame, o edital foi publicado no dia 2 de janeiro.

Foi retirado o item que impedia erros de revisão e impressão e também não é mais obrigatório que os materiais tenham referências bibliográficas, abrindo caminho para divulgação de informações sem fonte claramente indicada.

Também foi retirado um item que proibia propaganda, mencionando que os livros não podiam ter “publicidade, de marcas, produtos ou serviços comerciais”.

Abriram a porteira para que a história seja reescrita e com patrocínio. Agora vai!

A jornalista Luiza Rampeloti comentou as mudanças: “Esse era o objetivo, reescrever a história da forma que eles bem entendem, apagando e destruindo os avanços e conquistas sociais adquiridas ao longo do tempo, especialmente nos últimos 16 anos.”

“Agora, além do presidente e toda sua cúpula e parceiros, até os livros podem propagar fake news.” Leia mais

6 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘MEC de Bolsonaro’ estuda adotar critério ideológico para conceder bolsas de estudos

‘MEC de Bolsonaro’ estuda adotar critério ideológico para conceder bolsas de estudos

O Ministério da Educação (MEC), sob o governo de Bolsonaro, estuda adotar critério ideológico para conceder bolsas de estudos de pós-graduação e de doutorado no exterior, segundo informa a coluna de Ascânio Seleme no jornal O Globo neste domingo (6).

O que o colunista se refere como “despetização” é um ato criminoso e anticonstitucional, que visa instituir um pensamento único a favor do governo, o que revela o caráter autoritário e fascistizante de Bolsonaro.

O critério ideológico será o definidor para a concessão das bolsas, segundo diz a coluna.

Leia mais

22 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro indica colombiano de ultradireita para o MEC

Bolsonaro indica colombiano de ultradireita para o MEC


O presidente eleito, Jair Bolsonaro(PSL), anunciou nesta quinta-feira (22), pelo twitter, a indicação do colombiano Ricardo Vélez Rodriguez, para o cargo de ministro da Educação. De perfil direitista, Vélez atualmente é professor emérito da Escola de Comando e Estado Maior do Exército. O indicado defende uma “política dura” para enfrentar o que chama de “doutrinação marxista” nas universidades e no conjunto do sistema educacional brasileiro.

“Vélez é professor de Filosofia, mestre em Pensamento Brasileiro pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, doutor em Pensamento Luso-Brasileiro pela Universidade Gama Filho e pós-Doutor pelo Centro de Pesquisas Políticas Raymond Aron, de Paris, com ampla experiência docente e gestora”, informou o presidente eleito pela rede social.

Leia mais

21 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bancada evangélica quer derrubar virtual ministro da Educação; Frota volta ao páreo

Bancada evangélica quer derrubar virtual ministro da Educação; Frota volta ao páreo

Parlamentares da bancada evangélica não gostaram do nome de Mozart Neves Ramos para o ministério da Educação. É que o educador é contra a “Escola sem Partido” e não acredita em “ideologia de gênero”. Não combina.

LEIA TAMBÉM:

Diretor o Instituto Ayrton Senna deverá ser o ministro da Educação de Bolsonaro ... 

Leia mais

21 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministério da Educação homologa novas diretrizes com ensino médio a distância

Ministério da Educação homologa novas diretrizes com ensino médio a distância

As novas diretrizes do ensino médio foram homologadas pelo Ministério da Educação nesta terça-feira (20). Ensino a distância pode chegar a 80% das aulas.

O texto prevê que nos cursos diurnos de ensino médio o(a) estudante poderá fazer até 20% das aulas a distância. No noturno, o percentual chega a 30%, e, na Educação para Jovens e Adultos (EJA), o percentual pula para 80%.

Para especialistas, a medida pode agravar a qualidade da educação, colaborando com a desigualdade.

Na avaliação da APP-Sindicato, entidade que representa os educares no Paraná, permitir que o ambiente físico escolar seja substituído pela educação a distância é romper com o comprometimento do ensino ofertado.

Isso prejudica a interação necessária para a comunidade escolar, que envolve alunos(as), professores(as) e pedagogos(as), funcionários(as), pais, mães e responsáveis.

Secretária Educacional da APP, a professora Taís Mendes comenta que a posição não é contra a tecnologia, mas sobre a retirada do convívio do estudantes com o ambiente escolar.

Ela alerta ainda que essas decisões devem beneficiar apenas a iniciativa privada, mediante a transferência de recursos públicos.

Com informações da

APP-Sindicato ... 

Leia mais

18 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Viviane Senna refuta a ‘escola sem partido’

Viviane Senna refuta a ‘escola sem partido’

Cotada para o ministério da Educação de Bolsonaro (PSL), a psicóloga Viviane Senna, refuta a projeto “escola sem partido”. Ela é irmã de Ayrton Senna, e presidente do Instituto que leva o nome do piloto.

LEIA TAMBÉM:

Com Bolsonaro o k-suco vai ferver nas escolas, diz jornal francês Le Monde ... 

Leia mais

20 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Estudantes postam fotos com placas de universidades criadas por Haddad

Estudantes postam fotos com placas de universidades criadas por Haddad

Estudantes estão compartilhando nas redes sociais as placas de inauguração de universidades, institutos federais e campus universitários criados por Fernando Haddad (PT) quando ele foi ministro da Educação de Lula.

No período foram criadas 18 novas universidades federais, 173 campus universitários e 360 unidades dos institutos federais.

Haddad foi ministro entre 2005 e 2012. Foram quase 600 unidades de educação federal criadas em sua gestão.

Como ministro, ele também reformulou o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies); com fim da exigência de fiador.

O ex-ministro também foi responsável pela reformulação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, com a criação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), passou a ser o vestibular único de acesso às universidades federais e algumas estaduais.

Com informações da

Rede Brasil Atual ... 

Leia mais

3 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em IDEB fica abaixo da meta para o Ensino Médio no Brasil e no Paraná

IDEB fica abaixo da meta para o Ensino Médio no Brasil e no Paraná

A meta para o Ensino Médio do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) para 2017 não foi alcançada no Brasil e nem no Paraná. A nota estipulada como meta nacional era de 4,7 (de 10). O Paraná atingiu a nota 4,0, ficando em 8°, empatado com Rondônia.

Em 2009, no governo Roberto Requião (MDB), o Paraná ocupou a 1ª posição no IDEB com nota 4,2. A queda iniciou sob o governo de Beto Richa (PSDB).

A meta nacional foi cumprida apenas nos anos iniciais do ensino fundamental, etapa que vai do 1º ao 5º ano. A etapa alcançou 5,8 quando a meta estipulada era de 5,5.

A média nacional do ensino médio ficou em 3,8.

Nos anos finais do ensino fundamental o País atingiu 4,7 de 5 pontos estabelecidos de meta.

“Apesar do crescimento observado, o país está distante da meta projetada”, avalia o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo índice.

Divulgado hoje (3) pelo Ministério da Educação (MEC), o IDEB é o principal indicador de qualidade da educação brasileira.

O índice avalia o ensino fundamental e médio no país, com base em dados sobre aprovação nas escolas e desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB).

O ensino médio é a etapa mais crítica, com a meta descumprida em todos os estados.

Nos anos finais do ensino fundamental, sete estados alcançaram ou superaram a meta proposta para 2017: Rondônia, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Mato Grosso e Goiás.

Já nos anos iniciais do ensino fundamental, apenas os estados do Amapá, Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul não alcançaram as metas para 2017.

Com informações da

Agência Brasil ... 

Leia mais