Comissão geral da Câmara culpa Bolsonaro por devastação na Amazônia

Centrais Sindicais rebatem ataques de Paulo Guedes

120 países querem fim dos embargos dos EUA contra Cuba, Irã e Venezuela

PCdoB repudia ataque de Bolsonaro ao Nordeste

Trabalhadores dos transportes na Greve Geral do dia 14

Temer é reprovado por 73%, diz pesquisa CNI/Ibope

temer_queda_ibopeNesta terça-feira (4), o Ibope divulgou pesquisa encomendada pela CNI que mostra a rejeição do povo brasileiro ao governo de Michel Temer (PMDB). De acordo com o levantamento, 39% consideram o seu governo ruim/péssimo; 34% regular; 14% ótimo/bom; e 12% não sabe/não respondeu.

Lula participa de ato pelo Fora Temer em São Paulo; acompanhe ao vivo

Milhares de pessoas participam do ato Fora Temer na Avenida Paulista, em São Paulo, onde falará logo mais o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e se apresentam diversas atrações culturais. O ato é organizado pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo e faz parte do dia nacional de luta contra o golpe.

via Portal Vermelho.

Comunistas celebram hoje 97 anos da Revolução Russa

revolucao_russia.jpg
por José Reinaldo Carvalho*, via Portal Vermelho

Os ideólogos e jornalistas burgueses e sociais-democratas estão comemorando os 25 anos da contrarrevolução que iniciou a derrocada do socialismo na antiga União Soviética e demais países do Leste europeu. A referência é a derrubada do muro de Berlim, a 9 de novembro de 1989, por eles considerada um dos fatos mais importantes do século passado. Os comunistas, em posição oposta, celebram a passagem dos 97 anos da Revolução de 1917, que transcorre neste 7 de novembro.

Foi a primeira vez na história que triunfou uma revolução socialista dirigida pelo partido comunista. Culminando uma cruenta luta de classes, que percorreu várias etapas, a revolução liderada por Lênin e os bolcheviques instaurou o poder dos trabalhadores e deu início à  construção do socialismo.

à‰ um acontecimento marcante na história da humanidade. Ocorrida em plena guerra (a Primeira Guerra Mundial), e erguendo a bandeira da paz, a Revolução foi um dos fatores preponderantes para quebrar uma das frentes do imperialismo mundial.