25 de julho de 2016
por esmael
10 Comentários

Beto Richa contrata novo guru (ex-Veja) para blindar denúncias na mídia nacional

cabral_richaGarganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael dentro do Palácio Iguaçu, conta nesta segunda (25) que o governador Beto Richa (PSDB) contratou, a peso de ouro, “o dublê de jornalista-marqueteiro-lobista Otavio Cabral” para ser o novo guru na área de comunicação do Paraná.

6 de julho de 2016
por esmael
22 Comentários

Beto Richa utiliza TV estatal para fazer concorrência a Globo no Paraná

richa_tve_globoO governador Beto Richa (PSDB) lança nesta quarta-feira (6), em Curitiba, um novo e audacioso plano publicitário que já começou a tirar o sono da Globo, SBT, Record e Band no Paraná.

O tucano apresenta na noite de hoje às agências de propaganda, a partir das 19 horas, uma parceria da e-Paraná (Rádio e Televisão Educativa do Paraná) com a TV Cultura (Fundação Padre Anchieta).

Richa quer fazer da e-Paraná uma espécie de EBC (Empresa Brasil de Comunicação), bastião de resistência ao monopólio midiático no estado.

5 de Maio de 2016
por esmael
6 Comentários

“Tio distante” de Beto Richa assume Secretaria de Comunicação do Paraná

richa_vilelaO ex-presidente da AERP (Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná), Márcio Vilela, “tio distante” do governador Beto Richa (PSDB), assumiu nesta quinta-feira (5) a Secretaria de Estado da Comunicação Social do Paraná.

Vilela é irmão “torto” — por parte de pai — da mãe do governador tucano, dona Arlete Richa.

O “tio distante” substituiu Paulino Viapiana, o Breve, numa articulação que envolveu forças políticas da Assembleia Legislativa (relembre o caso mídia negra).

O sucesso da manifestação dos professores, em 29 de abril, motivou a queda do ex-secretário abrindo caminho para novas defenestrações de titulares de outras pastas por “insuficiência técnica”.

Além do “tio distante”, o Beto Richa também mantém próximo do governo o “primo distante” Luiz Abi Antoun — figura conhecidíssima nos meios policiais e de esquemas de corrupção na Receita Estadual.

19 de dezembro de 2015
por esmael
26 Comentários

Japonês “bonzinho” da PF é produto de marketing tucano para ocultar crime

O agente da PF Newton Ishii, também conhecido como japonês “bonzinho”, flagrado recentemente pelos grampos, é apontado como vendedor de informações sigilosas da Lava Jato às revistas, jornais e TVs.

Até o mais tonto dos profissionais de imprensa sabe que não existe “mídia espontânea” de tal monta, com direito à marchinha de carnaval e glamorização de quem cometeu suposto crime. Tem método, planejamento e execução o marketing do japonês “bonzinho”.

Pois bem, o japonês “bonzinho” da PF é amigo de outro japonês “bonzinho”, Sérgio Kobayashi, que coordena a “Tenda Digital”, um grupo de cibercomissionados pagos pelo erário, a partir da TV Educativa do Paraná — a e-Paraná.

Kobayashi é o japonês “bonzinho” do governador Beto Richa (PSDB), que dissemina mentiras e difamações contra adversários políticos nas redes sociais — tudo com dinheiro do contribuinte. A “Tenda Digital” já foi objeto de discussão na CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal.

Nas eleições de 2014, o grupo criminoso comandado pelo japonês “bonzinho” de Richa agiu pesadamente contra os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião, no Paraná, e contra a presidente Dilma Rousseff (PT), em todo o país.

Dito isto, o japonês “bonzinho” da Federal é mais uma criação de marketing da criminosa “Tenda Digital”, que é operada no submundo da internet pelo tucano Sérgio Kobayashi – um ex-deputado federal pelo PSDB de São Paulo que veio parar no Paraná a convite do lobista Luiz Abi Antoun, primo de Richa, que puxou cana por fraude em licitação e cobrança de propina na Receita Estadual no governo do Paraná.

Se a PF tem como o princípio a impessoalidade, como ela admite que tucanos assessorem seus agentes?

Abaixo, veja o vídeo do japonês “bonzinho” do PSDB explicando o ativismo digital:

23 de outubro de 2015
por esmael
5 Comentários

CPI de Crimes Cibernéticos quer ouvir o taradão do Palácio Iguaçu

nereu_cpi_caramoriO fotógrafo Marcelo Tchello Caramori, ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), que esteve preso no começo do ano sob a acusação de pedofilia, deverá ser ouvido pela CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal. O requerimento com a convocação dele foi protocolado ontem (22) pelo deputado João Arruda (PMDB-PR), integrante da comissão de investigação.

Tchello teria se apresentado durante a prisão, no final de janeiro, como assessor do governador Beto Richa em Londrina e mostrado uma tatuagem no braço 100% Beto Richa. Ele era lotado na Governadoria com salário de R$ 6.177,13, símbolo DAS-5.

Segundo informações obtidas pela CPI, Tchello teria ligações com os administradores da “Tenda Digital” na campanha eleitoral de 2014. Esse grupo é formado por cibercomissionados que agem anonimamente no submundo do crime da internet.

O deputado estadual Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Paraná, ao Blog do Esmael, informou nesta sexta-feira (23) que a bancada estudará a possibilidade de acompanhar o depoimento do pedófilo em Brasília, pois, nos últimos oito meses, a Casa vem rejeitando a instalação de uma CPI para investigar abusos sexuais e casos de corrupção na Receita Estadual.

22 de outubro de 2015
por esmael
13 Comentários

CPI convoca cibercomissionados do governo Beto Richa

Arruda_CPI_KobayashiO presidente da e-Paraná, Sérgio Kobayashi, está na lista de convocados para depor na CPI de Crimes Cibernéticos da Câmara Federal. O requerimento para o depoimento do coordenador da “Tenda Digital” foi protocolado nesta quinta-feira (22) pelo deputado federal João Arruda (PMDB-PR), membro da comissão.

Além de Kobayashi, o deputado João Arruda tem mais uma lista de cibercomissionados para convocar para o mês de novembro.

“A Tenda Digital funcionou como guerrilha virtual para atacar, de forma anônima, os adversários do governador Beto Richa (PSDB)”, diz Arruda na justificativa da convocação.

O grupo de cibercomissionados é um braço criminoso do Palácio Iguaçu nas redes sociais cujos integrantes são servidores pagos  pelo erário com cargos comissionados.

Leia a íntegra do requerimento de convocação de Sérgio Kobayashi:

28 de setembro de 2015
por esmael
7 Comentários

Richa prepara nova guerra contra Dilma; alvo é a Saúde

richa_tenda_dilmaO governador Beto Richa (PSDB), com 80% de reprovação nas pesquisas, busca uma bandeira para tentar se reerguer politicamente. Ele escolheu a presidenta Dilma Rousseff (PT), que tem praticamente os mesmos índices de rejeição, como alvo de seu ódio ideológico, seletivo, e oportunismo covarde.

O tucano já fizera do ódio sua principal plataforma de reeleição nas eleições de 2014. Quem não se lembra daquela ladainha de “perseguição” do governo federal repetidas inúmeras vezes no rádio e na TV? Pois é, Richa voltará a carga na mesma toada, mas agora contra a Saúde.

O governo do estado reuniu prefeitos, deputados, secretários e militantes da “Tenda Digital” para preparar um movimento contra o governo Dilma. O encontro ocorreu no Canal da Música, local contiguo à TV Educativa — que é presidida pelo tucano Sérgio Kobayashi, coordenador dos cibercomissionados.

O Blog do Esmael ouviu o Ministério da Saúde, que assegurou que os repasses de recursos ao estado do Paraná estão regulares. Nos últimos três anos, segundo o órgão, foram repassados R$ 3 bilhões à administração Beto Richa, um crescimento de 5% entre 2012 e 2014.

A seguir, leia a íntegra do comunicado do Ministério da Saúde:

24 de agosto de 2015
por esmael
6 Comentários

Fedeu: PT quer convocar Beto Richa na ‘CPI de Crimes Cibernéticos’

richa_tenda_japaA bancada do PT na Câmara Federal está prospectando documentos para convocar o governador Beto Richa (PSDB) na CPI de Crimes Cibernéticos. Também estão na mira o presidente da TV Educativa, ex-deputado paulista Sérgio Kabayashi, e integrantes da “Tenda Digital” — braço criminoso do Palácio Iguaçu nas redes sociais — pagos com pelo erário.

Os petistas começaram a se coçar depois do discurso do deputado João Arruda (PMDB-PR), na comissão de investigação, conforme registro do Blog do Esmael na sexta-feira (21).

Kabayashi foi indicado para o cargo pelo lobista Luiz Abi Antoun, primo de Richa, que esteve preso em duas oportunidades sob a acusação de liderar uma quadrilha no governo do Paraná.

Leia mais sobre a “Tenda Digital”:

6 de Março de 2015
por esmael
25 Comentários

PSDB do Paraná usa TV estatal para atacar PT e Dilma. Acorda Berzoini!

eparana_antipt_dilma.jpgO governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, tem utilizado a concessão pública da TV Educativa, rebatizada como éParaná, para fazer proselitismo contra petistas e atacar a presidenta Dilma Rousseff (PT).

A emissora estatal tem destacado nos telejornais o suposto envolvimento da senadora Gleisi Hoffmann (PT) na lista da operação Lava Jato — que investiga desvios de recursos da Petrobras — e o sumiço do marido dela, o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo.

éParaná também vem reservando espaço para ataques contra Dilma como, por exemplo, na última quarta (4) quando exibiu um protesto pelo “Fora Dilma” no município de União da Vitória, na região Sul.

Poder-se-ia dizer que a cobertura era factual, mas a emissora estatal não faz o mesmo em relação à s manifestações que pedem impeachment de Richa. Pelo contrário. A TV concessionada para o governo do estado é bastante usada, sem dó nem piedade, para atacar a greve dos professores e funcionários de escolas — só para ficar num exemplo.

A éParaná vem sendo tocada desde janeiro deste ano pelo jornalista Sérgio Kobayashi, um tucano importado de São Paulo conhecido pelo fanatismo antipetista.

Essa não foi a primeira vez que a éParaná sacaneia Dilma. Em outubro de 2011, Richa mandou censurar o discurso da presidenta que era transmitido ao vivo pela TV estatal. Na cerimônia, o governo federal anunciava R$ 1,75 bilhão para a construção do metrô na capital paranaense. No lugar da fala da petista a emissora exibiu o desenho animado Cocoricó! (clique aqui para relembrar).

O diabo nisso tudo é que o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, continua dormindo. Em dezembro de 2014, quando fora anunciado para substituir Bernardo, o moço mostrava-se “valente” para regular a mídia e seus excessos. Parece até que já “afrouxou a tanga”.

Como diria a Ana Maria Braga, “acoooorda, menino!”.

A seguir, assista aos vídeos da éParaná com ataques contra Dilma e o PT: