12 de junho de 2015
por Esmael Morais
25 Comentários

Auditores fiscais presos bancaram cobertores que serão distribuídos hoje pela primeira-dama do Paraná

fernanda_beto_sindO colunista Marcelo Araújo, em artigo especial para o Blog do Esmael, revelou ontem (11) com exclusividade que a primeira-dama do Paraná, Fernanda Richa, vai distribuir hoje, sexta-feira 12, Dia dos Namorados, cobertores nos municípios de Antonina, no Litoral, Campina Grade do Sul, região metropolitana, e Curitiba. ... 

Leia mais

7 de junho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

“Taradão do Palácio Iguaçu” virou delator de esquemas de corrupção e pedofilia no governo Richa

richa_caramoriO fotógrafo, amigo e ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), Marcelo Tchello Caramori, assinou delação premiada com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público do Paraná. A informação é do repórter Lucas Reis, na edição deste domingo (7) no jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a reportagem, o ex-assessor do governador teria ficado decepcionado e por isso mudou até a tatuagem que tinha no antebraço. Ele trocou “100% Beto Richa” por “100% família” após ser renegado publicamente por Beto Richa. Leia mais

2 de junho de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

“Está difícil o fim da greve”

Fervilha os bastidores políticos no Centro Cívico. Desde a manhã desta terça-feira (2), são intensas as negociações que “podem” pôr fim à greve de professores e servidores públicos.

Os grevistas reivindicam reposição inflacionária de 8,17%, mas o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, como governador de facto, joga duro.

“Está difícil o fim da greve”, reconheceu o deputado Professor Lemos (PT) ao ser questionado esta manhã pelo Blog do Esmael sobre as negociações da data-base com o Palácio Iguaçu.

O líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), às 11h45, afirmou que tinha acabado de sair de uma reunião com o governador Beto Richa (PSDB). No entanto, o peemedebista não quis antecipar o resultado da conversa.

Há ceticismo entre os educadores em greve há 36 dias, que anseiam voltar às salas de aula. Eles rejeitam o retorno à escola humilhados, desconfiam de calote no parcelamento da reposição e da intransigência do tucano que estaria fazendo “cortina de fumaça” sobre os escândalos de corrupção envolvendo o governo Beto Richa.

Romanelli levou ao Palácio Iguaçu a seguinte proposta: o salário dos servidores teria um reajuste de 3,45% em outubro e outro de 4,56% em dezembro, sem alterações na data base de 2016. Isto traria um impacto adicional ao orçamento de 2015 da ordem de quase R$ 1 bilhão.

Leia mais

2 de junho de 2015
por Esmael Morais
29 Comentários

Beto Richa prolonga a greve dos professores e servidores para encobrir escândalos de corrupção no governo?

profs_richa_gaeco

Nos últimos dias, não foram nem uma nem duas vezes que leitores do Blog do Esmael levantaram suspeitas sobre o prolongamento da greve dos educadores, que hoje entrou no 36º dia, deixando mais de 2 mil escolas fechadas e 1 milhão de alunos sem aula.

Para os mais incrédulos, o governador Beto Richa (PSDB) utiliza a justa reivindicação de 8,17% na data-base como “cortina de fumaça” para algo de muito mais podre no reino do tucanada: a roubalheira na Receita Estadual e outros escândalos cujo núcleo central disso tudo estaria no Palácio Iguaçu.

Não é segredo para ninguém que o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço policial do Ministério Público, investiga corrupção a partir de auditores fiscais da Receita Estadual; pedofilia; fraude em licitações; etc. Os promotores chegaram ao gabinete no tucano, ou melhor, à primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família e comandante-em-chefe do Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense). Leia mais

27 de maio de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Auditores arrecadaram R$ 3,7 milhões para ONG ligada à mulher de Richa

gaeco_richaA ONG que a primeira-dama Fernanda Richa dirige no Paraná — o Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense) — recebeu nos últimos três anos R$ 3,7 milhões arrecadados por auditores fiscais da Receita Estadual. A informação é da jornalista Estelita Hass Carazzai, da Folha de S. Paulo, edição desta quarta-feira (27).

A reportagem citando como fonte o Sindafep (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná), afirma que R$ 1,5 milhão alcançado em 2014 corresponde a um terço da receita da ONG comandada pela mulher do governador Beto Richa (PSDB).

Na semana passada, o governador tucano disse em entrevista ao UOL que a primeira-dama e secretária da Família, Fernanda Richa, “nem sabe o que é um auditor”.

Reportagem de capa no Jornal de Londrina, com base em gravações de reuniões, revelou esta semana relações perigosas da “Evita das Araucárias” com os agentes da Receita Estadual. Leia mais

23 de maio de 2015
por Esmael Morais
43 Comentários

Beto Richa ameaça emprego de William Bonner no Jornal Nacional

bonner_richaO jornalista William Bonner pode estar com seu emprego em perigo. Ele pode perder o lugar na bancada do Jornal Nacional para o governador Beto Richa, do PSDB do Paraná, tal a frequência do tucano no telejornal da Globo.

“Dia sim” e “dia sim” Beto Richa tem dado o ar da graça em horário nobre. Nunca antes na história um governador tinha feito tanta vergonha para o Paraná em cadeia nacional.

Nunca antes existiram tantas chagas expostas para o país inteiro. Nunca se roubou tanto, segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) – o braço policial do Ministério Público do Paraná.

Na Globo, na noite de ontem (22), Richa surgiu por conta da condenação pela Justiça que o obriga a devolver R$ 2 milhões aos cofres públicos. Essa bronca tem a ver com o irregularidades na contratação de aviões e helicópteros.

Assista ao vídeo:

Neste sábado (23), Richa e sua esposa Fernanda Richa — que é secretária da Família — também foram notícia negativa por conta de propinas e corrupção na Receita de Londrina. Eles foram estampados no jornal Folha de S. Paulo, em reportagem de Estelita Hass Carazzai. Leia mais

21 de maio de 2015
por Esmael Morais
44 Comentários

Richa ‘passa recibo’ de ligações entre 1ª dama e auditores da Receita

O intuito do governador Beto Richa (PSDB), em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, no UOL, era protegê-la, ampará-la, mas ao declarar que sua esposa e secretária da Família, Fernanda Richa, não sabia o que era um auditor fiscal atrapalhou-se todo. Piorou o que já estava muito ruim.

O governador tentava livrar a primeira-dama da denúncia de que teria cobrado R$ 2 milhões, em propina, para que ele assinasse promoção de auditores da Receita Estadual. O dinheiro abastecera a campanha de reeleição em 2014, apura o Ministério Público.

Segundo o jornal dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Notifisco), o decreto governamental das promoções “foi fruto do empenho da diretoria do Sindafep, da secretária Fernanda Richa, do secretário Luiz Eduardo Sebastiani e do diretor Helio Obara, que trabalharam unidos e comprometidos com a classe para que isto acontecesse”.

Portanto, o tucano mentiu ao jornalista Fernando Rodrigues e aos leitores do portal UOL. Fernanda Richa não só sabia o que era um auditor como também fora homenageada pela categoria, conforme reportagem de André Gonçalves, do blog Conexão Brasília, na Gazeta do Povo.

Ao desqualificar a própria mulher, Beto Richa ‘passou recibo’ para uma “denúncia anônima” que havia merecido na véspera repúdio até do deputado Requião Filho (PMDB). Na entrevista, o tucano foi descortês com a primeira-dama e com o clã Requião, que lhe deu a mão.

Percebendo a cagada que fez, Beto Richa correu para contratar o competente criminalista René Ariel Dotti. O jurista paranaense vai acompanhar as investigações de corrupção e propina na Receita Estadual, bem como a questão do massacre de professores no dia 29 de abril.

Jornalistas paranaenses e brasilienses estudam adotar o polígrafo nas entrevistas com o governador do Paraná. Esse equipamento eletrônico também é chamado de “detector de mentiras”. Se o entrevistado mentir nas respostas a máquina apita alto.

Leia mais

28 de novembro de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

Acabei com a mordomia deles, por isso protestam!, diz Neivo Beraldin, sobre auditores fiscais da SRTE

neivo_chope.jpgO Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Estado do Paraná (SRTE), Neivo Beraldin, nesta sexta-feira (28), afirmou ao Blog do Esmael que os auditores fiscais do trabalho perderam mordomias com sua chegada ao órgão por isso eles protestam.

Uma sindicância interna instalada hoje na SRTE vai investigar uma suposta farra dos servidores na seção do Paraná.

Acabei com a mordomia e com a farra deles, por isso protestam. Ninguém controlava nada, nem as diárias nem a escala de trabalho!, aponta Beraldin, que ocupa a pasta desde 2011.

De domingo (23) a hoje (28), a capital paranaense recebeu o 32!º Enafit 2014 (Encontro Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho). Dentre as pautas da categoria estava o pedido da cabeça do superintendente da SRTE/PR “por considerá-lo nocivo à  administração e as várias interferências contra a auditoria fiscal no Paraná”.

O que esperar de uma turma cujo símbolo de encontro nacional realizado em Curitiba é uma caneca de chope? Vamos esperar passar o porre dessa gente da farra para depois conversarmos seriamente!, criticou Beraldin, referindo-se à  página oficial do encontro no Facebook (clique aqui).

“Acabei com a festa e a farra na SRTE, por isso a gritaria”, repete o superintendente, que se orgulha de trazer no currículo a experiência da presidência da CPI do Banestado na Assembleia Legislativa do Paraná.

Abaixo, leia a íntegra de nota de esclarecimento divulgada por Beraldin: Leia mais