25 de julho de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Depois de quebrar a Prefeitura, Kireeff desiste da reeleição em Londrina

richa_kireeffO prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, do PSD, jogou a toalha depois de quebrar a Prefeitura. A expectativa é que falte dinheiro para salários em setembro e o sagrado 13º salário do funcionalismo. Leia mais

6 de julho de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Richa agora põe culpa de calote em servidores no interino Temer

nereu_richa_temerO governador Beto Richa (PSDB) perde a vergonha, mas jamais a pose. Ele já achou um novo culpado pela quarta quebradeira no Paraná, incluindo aí o calote nos educadores e servidores do estado. O novo vilão da vez é ninguém menos que o interino Michel Temer (PMDB). Leia mais

5 de julho de 2016
por Esmael Morais
29 Comentários

Beto Richa quebrou o Paraná pela 4ª vez; veja na narração de Galvão Bueno

richa_ricardo_chataoFaz sucesso na internet a narração do tetra de 1994 pelo Galvão Bueno, da Globo, para ilustrar que o governador Beto Richa (PSDB) quebrou o Paraná pela 4ª vez seguida. Abaixo, assista ao vídeo: Leia mais

26 de outubro de 2015
por Esmael Morais
27 Comentários

Richa quebrou o Paraná mais uma vez e por isso está fechando escolas

richa_escola_fechadaUm raio cai mais de uma vez no mesmo lugar? Evidentemente que sim. A prova disso é o governo de Beto Richa (PSDB), que quebrou o Paraná pela terceira vez em menos de dois anos. Agora a quebradeira se materializa no fechamento de escolas da rede pública estadual.

Dinheiro não falta para vinhos caros e viagens internacionais, como o recente tour pela bela Paris, mas inexiste para manter salas de aula em funcionamento.

Beto Richa quebrou a primeira vez o estado quando deixou faltar dinheiro para abastecer as viaturas da PM; depois ao dar calote nos educadores e servidores públicos; e agora com o fechamento de escolas.

Ao mesmo tempo em que extingue escolas, o governador tucano também confisca dinheiro da infância e adolescência. Foram garfados R$ 360 milhões, segundo o Ministério Público.

Cadê aquela dinheirama confiscada da poupança previdenciária, do ParanáPrevidência? E os recursos do aumento de impostos e tarifaços?

Richa acelera o fechamento de escolas com o intuito de abrir penitenciárias. Não faltará gente do próprio governo tucano para futuramente habitá-las. Leia mais

2 de junho de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

“Está difícil o fim da greve”

Fervilha os bastidores políticos no Centro Cívico. Desde a manhã desta terça-feira (2), são intensas as negociações que “podem” pôr fim à greve de professores e servidores públicos.

Os grevistas reivindicam reposição inflacionária de 8,17%, mas o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, como governador de facto, joga duro.

“Está difícil o fim da greve”, reconheceu o deputado Professor Lemos (PT) ao ser questionado esta manhã pelo Blog do Esmael sobre as negociações da data-base com o Palácio Iguaçu.

O líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), às 11h45, afirmou que tinha acabado de sair de uma reunião com o governador Beto Richa (PSDB). No entanto, o peemedebista não quis antecipar o resultado da conversa.

Há ceticismo entre os educadores em greve há 36 dias, que anseiam voltar às salas de aula. Eles rejeitam o retorno à escola humilhados, desconfiam de calote no parcelamento da reposição e da intransigência do tucano que estaria fazendo “cortina de fumaça” sobre os escândalos de corrupção envolvendo o governo Beto Richa.

Romanelli levou ao Palácio Iguaçu a seguinte proposta: o salário dos servidores teria um reajuste de 3,45% em outubro e outro de 4,56% em dezembro, sem alterações na data base de 2016. Isto traria um impacto adicional ao orçamento de 2015 da ordem de quase R$ 1 bilhão.

Leia mais

2 de junho de 2015
por Esmael Morais
29 Comentários

Beto Richa prolonga a greve dos professores e servidores para encobrir escândalos de corrupção no governo?

profs_richa_gaeco

Nos últimos dias, não foram nem uma nem duas vezes que leitores do Blog do Esmael levantaram suspeitas sobre o prolongamento da greve dos educadores, que hoje entrou no 36º dia, deixando mais de 2 mil escolas fechadas e 1 milhão de alunos sem aula.

Para os mais incrédulos, o governador Beto Richa (PSDB) utiliza a justa reivindicação de 8,17% na data-base como “cortina de fumaça” para algo de muito mais podre no reino do tucanada: a roubalheira na Receita Estadual e outros escândalos cujo núcleo central disso tudo estaria no Palácio Iguaçu.

Não é segredo para ninguém que o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço policial do Ministério Público, investiga corrupção a partir de auditores fiscais da Receita Estadual; pedofilia; fraude em licitações; etc. Os promotores chegaram ao gabinete no tucano, ou melhor, à primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família e comandante-em-chefe do Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense). Leia mais

1 de junho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: Governador Beto Richa, menos desculpas, mais trabalho!

richa_gleisiGleisi Hoffmann*

Foi com muita perplexidade que assisti ao vídeo divulgado pelo governador Beto Richa na quinta-feira, no qual tenta colocar no Partido dos Trabalhadores a culpa pela greve dos professores paranaenses e tenta se isentar de qualquer responsabilidade pelos problemas que assolam as finanças do estado, colocando sua má gestão na conta do governo federal. Neste domingo retomou o assunto em um artigo publicado em jornal curitibano dizendo que o Brasil é o freio do Paraná.

É lamentável que uma pessoa na posição de governador subestime de forma tão explícita o senso crítico dos paranaenses sobre a responsabilização da gestão estadual e também subestime a inteligência dos professores, dos trabalhadores em educação, insinuando que eles não tenham vontade própria para protestar por seus direitos e por sua previdência.

Em seu vídeo, Beto Richa tenta passar uma informação inverídica, de que a sua proposta de reajuste salarial para os educadores chegaria a três parcelas de 3,45%, quando, na realidade, são três parcelas de 1,15%, totalizando os 3,45%. Além disso, soma um outro índice, de 8,5%, que dará em janeiro como reposição da inflação. Ele só omite que esta reposição, pelo IPCA, está prevista em lei desde 2007. Não é mérito seu. Leia mais

30 de maio de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: A falência do governo do Paraná e o massacre dos professores

Jorge Bernardi*

Qual a receita para se quebrar uma empresa? Gastar mais do que fatura. E para quebrar um Estado? Simples, gastar mais do que arrecadar. Foi o que fez o Governo Beto Richa nos últimos quatro anos. Arrecadou, arrecadou, tornou-se o campeão nacional de arrecadação de tributos, mas gastou tudo e mais um pouco deixando um déficit nas contas públicas de 4,6 bilhões de reais.

A arrecadação do Paraná demonstra que o aparelho de fiscalização tem sido eficiente, apesar da quadrilha de fiscais que agia na região de Londrina, O Estado aumentou no período (2011/14) a receita corrente liquida de R$ 16,97 bilhões para R$ 26,46 bilhões, acréscimo de R$ 9,46 bilhões, crescimento de 56%, o dobro da inflação acumulada que foi de 24%.

Mas por que o estado quebrou? Por que o governo Beto Richa decidiu apropriar-se dos recursos do fundo de aposentadoria dos servidores gerando a revolta santa de professores e servidores, que foi debelada pela polícia com cassetetes, bombas, balas de borracha e cães ferozes?

O Governo Beto Richa gastou mais do que arrecadou. No que gastou? Ninguém sabe. Não se tem notícia de que tenha asfaltado estradas, construídos escolas, universidade, edifícios públicos, melhorado a segurança, equipado a polícia, com os recursos do estado. Esbanjou o dinheiro do contribuinte, como fez o filho pródigo da parábola bíblica. Entre as gastanças, alugou helicóptero, sem licitação, por 2 milhões de reais.

Quando Jaime Canet Junior governou o Paraná há 40 anos, construiu 4 mil km de estradas, dezenas de escolas, prédios públicos, mesmo tendo enfrentando a geada negra que destruiu os cafezais do Paraná que expulsou 1 milhão de pessoas da agricultura. E o que fez Beto Richa? Nenhuma obra de vulto, nestes quatro anos, em que a arrecadação foi abundante.

Não bastasse a farra desenfreada com os recursos públicos, o Governo Beto Richa, em dezembro de 2014, lançou com a anuência da Assembleia Legislativa uma série de maldades contra a paranaense. Aumentou a alíquota do IPVA em 40%, o ICMS da energia de 28% para 29%, e acabou com a isenção da cesta básica (feijão, arroz e carne e etc). E ainda majorou a alíquota de material escolar, eletrodomésticos e mais de 100 mil itens. Até o imposto do giz, ele aumentou, menos o da bala.

Infelizmente o Governo Beto Richa será lembrado pelo pouco giz e muita bala. Somos todos professores.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba pelo PDT, é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

Leia mais

14 de maio de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Coluna do Requião Filho: Governo Richa ultrapassou o limite da irresponsabilidade; e agora?

richa_guiness_requiaoRequião Filho*

Um governo irresponsável. Assim se define o atual governo do Paraná. O governo já quebrou o estado e hoje estamos no limite da responsabilidade fiscal. Isto significa que o Estado não pode contratar ninguém novo, significa que não podemos fazer concursos, significa que não temos como investir para melhorar a estrutura do nosso Paraná.

O governo tucano do Paraná é o governo mais instável da história do Brasil. Nunca um governo trocou tanto de secretários, trocou tantos comandantes da PM, trocou tantos assessores e mudou tanto de opinião.

No final do ano passado, o pacote de maldades era necessário para salvar o Paraná… Não salvou!

No começo deste ano, para salvar o Paraná, era necessário acabar com os planos de carreira e direitos adquiridos de todos os funcionários públicos no que ficou conhecido como o segundo pacote de maldades. Este pacote foi retirado e o Paraná continuou endividado.

O assalto ao fundo previdenciário foi a última grande solução para salvar o Paraná. Diziam que se o estado não fizesse esta lambança com a previdência não teriam dinheiro nem para data-base. Fizeram a Assembleia aprovar o projeto ao alto custo do massacre de professores. O projeto foi aprovado! O projeto foi aprovado e o governo continua dizendo que não tem dinheiro para dar a data-base. Que absurdo! Leia mais

19 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Coluna do Requião Filho: Beto Richa, o “sujeito oculto” do pacote de maldades

richa_requiaofilho.jpgRequião Filho* ... 

Leia mais

5 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
53 Comentários

Requião comenta pacotaço de Richa: “Imbecil” e “ignorante”

requiao_richa.jpgO senador Roberto Requião (PMDB) não economizou adjetivos para classificar as medidas anunciadas pelo governador Beto Richa (PSDB), dentre as quais as que aumentaram os impostos de alimentos da cesta básica. ... 

Leia mais

28 de outubro de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Richa anistia 95% do valor de multas para arrecadar o 13!º salário do funcionalismo

richa_tadeu.jpgO deputado Tadeu Veneri, líder do PT na Assembleia Legislativa do Paraná, afirmou que o governo Beto Richa (PSDB) transformou o plenário de amanhã em comissão geral para, além de aprovar a prorrogação da eleição de diretor de escola, tentar resolver problema de caixa no final do ano.  ... 

Leia mais

12 de agosto de 2014
por Esmael Morais
14 Comentários

Coluna de Enio Verri: Richa coloca Paraná na penúltima posição em ranking de investimentos!

Enio Verri, em sua coluna desta terça-feira, afirma que o governador Beto Richa é um resmungão que se esforça em culpar o Governo Federal, em vez de responder como conseguiu quebrar o Estado!. O Paraná, penúltimo colocado no ranking de investimentos, é o mesmo que não aplica 12% da receita líquida em saúde, conforme determina a Constituição Federal. à‰ a tônica de um Estado que sofre para pagar o 13!º do funcionalismo público!, critica o colunista. Leia o texto e compartilhe.

Enio Verri, em sua coluna desta terça-feira, afirma que o governador Beto Richa é um resmungão que se esforça em culpar o Governo Federal, em vez de responder como conseguiu quebrar o Estado!. O Paraná, penúltimo colocado no ranking de investimentos, é o mesmo que não aplica 12% da receita líquida em saúde, conforme determina a Constituição Federal. à‰ a tônica de um Estado que sofre para pagar o 13!º do funcionalismo público!, critica o colunista. Leia o texto e compartilhe.

Enio Verri* ... 

Leia mais

10 de junho de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Enio Verri: Beto mentiu e fracassou ao quebrar o Paraná

Tanta dificuldade em manter as contas em ordem é sintoma da tremenda incompetência gerencial de Beto Richa. Ele prometeu que faria

Tanta dificuldade em manter as contas em ordem é sintoma da tremenda incompetência gerencial de Beto Richa. Ele prometeu que faria “mais com menos”, mas a verdade é que fracassou até mesmo em fazer “mais com muito mais”!. à‰ o que conclui Enio Verri, em sua coluna nesta terça; parlamentar do PT afirma que arrecadação do Paraná cresceu quase 50% entre 2010 e 2013, mas, mesmo assim, o governador do PSDB conseguiu quebrar o estado; segundo o colunista, diante da dívida confessada de R$ 1,1 bi e do desespero para fazer caixa, o governo tucano até tentou leiloar as florestas por R$ 100 milhões; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri* ... 

Leia mais

5 de maio de 2014
por Esmael Morais
42 Comentários

Richa terá oportunidade de explicar em rede nacional como conseguiu quebrar o Paraná; assista ao vídeo

A gestão de mais de três anos de Beto Richa foi pródiga em gerar imagens para a oposição, que o acusa de quebrar o Paraná nesse curso prazo; nesta segunda-feira, à s 22 horas, o tucano terá oportunidade de explicar em rede nacional como conseguiu essa proeza administrativa; o governador paranaense será o entrevistado do jornalista Augusto Nunes, considerado um dos mais hidrófobos da revista Veja e um dos soldados do tucanato nacional; Blog do Esmael, no vídeo abaixo, dá um "gancho" para Augusto Nunes perguntar a Richa; trata-se de imagens coletadas no município de Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba, onde policiais militares "inovam" realizando prisões a pé e pede carona para transportar infratores; assista.

A gestão de mais de três anos de Beto Richa foi pródiga em gerar imagens para a oposição, que o acusa de quebrar o Paraná nesse curso prazo; nesta segunda-feira, à s 22 horas, o tucano terá oportunidade de explicar em rede nacional como conseguiu essa proeza administrativa; o governador paranaense será o entrevistado do jornalista Augusto Nunes, considerado um dos mais hidrófobos da revista Veja e um dos soldados do tucanato nacional; Blog do Esmael, no vídeo abaixo, dá um “gancho” para Augusto Nunes perguntar a Richa; trata-se de imagens coletadas no município de Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba, onde policiais militares “inovam” realizando prisões a pé e pede carona para transportar infratores; assista.

O governador Beto Richa (PSDB) será entrevistado hoje à  noite, à s 22 horas, pelo programa Roda Viva da TV Cultura de São Paulo. ... 

Leia mais

11 de abril de 2014
por Esmael Morais
61 Comentários

Governo Richa deixa alunos passando fome nas escolas do Paraná

Professores e pais de alunos relatam ao blog a tristeza causada pela falta de merenda nas escolas; em Pato Branco, por exemplo, alimentos vencidos são preparados para as crianças que correm risco de intoxicação; nos colégios agrícolas os mantimentos sumiram das prateleiras em fevereiro, no início das aulas, e não foram mais repostos; crise financeira e de gestão também levou o governo Richa a suspender obras nos municípios; nesta sexta, 11, Gleisi anunciou liberação de R$ 817 milhões de empréstimo ao Paraná por meio do Proinveste do governo federal; há um problema sério de gestão que bagunça de forma insolúvel as finanças do estado, ou seja, o caixa estadual se transformou em um verdadeiro saco sem fundo!, portanto, a operação de crédito autorizada hoje pode não ser a panaceia.

Professores e pais de alunos relatam ao blog a tristeza causada pela falta de merenda nas escolas; em Pato Branco, por exemplo, alimentos vencidos são preparados para as crianças que correm risco de intoxicação; nos colégios agrícolas os mantimentos sumiram das prateleiras em fevereiro, no início das aulas, e não foram mais repostos; crise financeira e de gestão também levou o governo Richa a suspender obras nos municípios; nesta sexta, 11, Gleisi anunciou liberação de R$ 817 milhões de empréstimo ao Paraná por meio do Proinveste do governo federal; há um problema sério de gestão que bagunça de forma insolúvel as finanças do estado, ou seja, o caixa estadual se transformou em um verdadeiro saco sem fundo!, portanto, a operação de crédito autorizada hoje pode não ser a panaceia.

O Colégio Estadual Pato Branco, que leva o nome do município localizado no Sudoeste, a 437 km de Curitiba, o antigo PREMEN, não tem merenda para os 1,3 mil alunos desde o início do ano letivo em 10 de fevereiro. As cozinheiras do estabelecimento de ensino fazem merenda dia sim dia não com os alimentos vencidos em janeiro, que sobraram do ano passado. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
38 Comentários

“Governo Beto Richa é um vexame nacional”, diz Enio Verri

Deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda (16), afirmou que o governador tucano Beto Richa faz vergonha nacional ao quebrar o Paraná; à‰ um vexame nacional. Todos os paranaenses estão envergonhados. à‰ lamentável ver o Paraná, com a nossa grandeza, com as nossas riquezas, chegar numa situação como esta. Não ter dinheiro nem para combustível e telefone para a polícia. Todos os setores do governo afetados. Infelizmente, quem mais perde é o população!, criticou o parlamentar petista, referindo-se à  reportagem divulgada hoje no jornal Folha de S. Paulo.

Deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda (16), afirmou que o governador tucano Beto Richa faz vergonha nacional ao quebrar o Paraná; à‰ um vexame nacional. Todos os paranaenses estão envergonhados. à‰ lamentável ver o Paraná, com a nossa grandeza, com as nossas riquezas, chegar numa situação como esta. Não ter dinheiro nem para combustível e telefone para a polícia. Todos os setores do governo afetados. Infelizmente, quem mais perde é o população!, criticou o parlamentar petista, referindo-se à  reportagem divulgada hoje no jornal Folha de S. Paulo.

O deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda-feira (16), lamentou e pediu desculpas aos paranaenses pela vergonha que o governador Beto Richa (PSDB) está os fazendo passar ao quebrar financeiramente o estado. ... 

Leia mais

10 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
31 Comentários

Coluna do André Vargas: “Como Beto Richa conseguiu quebrar as finanças do Paraná”

André Vargas, em sua coluna desta terça, faz "necropsia" do governo Beto Richa; ao relatar motivos da quebradeira do Paraná, petista compara "desgoverno" tucano com a gestão de Requião, a quem elogia, e divide culpa do caos financeiro no estado com o senador àlvaro Dias, que teria indicado Luiz Carlos Hauly para a Secretaria da Fazenda (ele deixou o cargo recentemente); colunista questiona motivos de o tesouro estadual querer empréstimos sendo que arrecadará R$ 30 bilhões em 2014; vice-presidente da Câmara afirma que este governo não tem rumo, não tem identidade e nenhuma marca! e ao final crava uma pergunta: o que Beto Richa fez a não ser gastar mais recursos em consertos de veículos do que em manutenção de estradas e vias?!; leia o texto.

André Vargas, em sua coluna desta terça, faz “necropsia” do governo Beto Richa; ao relatar motivos da quebradeira do Paraná, petista compara “desgoverno” tucano com a gestão de Requião, a quem elogia, e divide culpa do caos financeiro no estado com o senador àlvaro Dias, que teria indicado Luiz Carlos Hauly para a Secretaria da Fazenda (ele deixou o cargo recentemente); colunista questiona motivos de o tesouro estadual querer empréstimos sendo que arrecadará R$ 30 bilhões em 2014; vice-presidente da Câmara afirma que este governo não tem rumo, não tem identidade e nenhuma marca! e ao final crava uma pergunta: o que Beto Richa fez a não ser gastar mais recursos em consertos de veículos do que em manutenção de estradas e vias?!; leia o texto.

por André Vargas* ... 

Leia mais

21 de novembro de 2013
por Esmael Morais
96 Comentários

Assista ao vídeo e opine: acabou o governo Beto Richa?

Reportagem-testamento da RPCTV, de quase 5 minutos, mostrou nesta quinta (21) a agonia do governo Beto Richa; "São obras paradas, telefones mudos, viaturas sem combustível ou largadas em oficinas por falta de pagamento...", disse o âncora do telejornal, Jasson Goulart; em agosto, pelo Twitter, Requião havia "decretado" o fim do governo tucano; você acha que o senador tem razão?; você daria mais um mandato a Richa?

Reportagem-testamento da RPCTV, de quase 5 minutos, mostrou nesta quinta (21) a agonia do governo Beto Richa; “São obras paradas, telefones mudos, viaturas sem combustível ou largadas em oficinas por falta de pagamento…”, disse o âncora do telejornal, Jasson Goulart; em agosto, pelo Twitter, Requião havia “decretado” o fim do governo tucano; você acha que o senador tem razão?; você daria mais um mandato a Richa?

A RPCTV/Globo produziu uma reportagem de quase cinco minutos, nesta quinta (21), relatando o “sufoco” das finanças no governo do estado.  ... 

Leia mais