4 de Janeiro de 2016
por esmael
18 Comentários

Veja debocha ao mentir sobre “robustez fiscal” no governo Beto Richa

richa_pr_quebradoNa série ‘me engana que eu gosto’ da revista Veja, publicada no apagar das luzes de 2015, o Paraná se destaca no ranking nacional pela “robustez fiscal” (endividamento público e investimento).

De acordo com o semanário da Editora Abril, o Paraná serve de “bom exemplo” de gestão pública, por isso levou “nota 98” no quesito fiscal (quase outro 100, obtido no ranking da segurança pública).

Até os cada vez mais escassos leitores de Veja sabem que o governador Beto Richa (PSDB) quebrou o Paraná. Não é à tona que o tucano deu calotes em fornecedores e funcionários públicos ao logo dos últimos anos, fechou universidades, deixou faltar merenda nas escolas.

Depois do terceiro calote, como manda o programa Fantástico, Beto Richa até ganhou musiquinha dos paranaenses (clique aqui para assistir ao vídeo).

No afã de reforçar o CU (Caixa Único) do estado, o tucano também confiscou a poupança previdenciária dos servidores na base do tacape, ou seja, massacrando professores no dia 29 de abril de 2015.

Aliás, Veja faz mais deboche do que jornalismo ao colocar Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, ao lado de Richa, com “bons exemplos” para a educação. O primeiro terminou o ano batendo em alunos, enquanto o segundo iniciou o ano surrando os educadores.

Coincidente às “boas notícias” veic

7 de julho de 2015
por esmael
51 Comentários

Beto Richa diz que PSDB faz governo no Paraná modelo para o país; assista

Aecio_face_richaO governador Beto Richa discursou na 12ª Convenção Nacional do PSDB, domingo (5), em Brasília. Alheio à realidade, ele afirmou que faz um governo no Paraná que serve de modelo ao partido e exemplo para o país. Leia mais

2 de junho de 2015
por esmael
30 Comentários

“Está difícil o fim da greve”

Fervilha os bastidores políticos no Centro Cívico. Desde a manhã desta terça-feira (2), são intensas as negociações que “podem” pôr fim à greve de professores e servidores públicos.

Os grevistas reivindicam reposição inflacionária de 8,17%, mas o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, como governador de facto, joga duro.

“Está difícil o fim da greve”, reconheceu o deputado Professor Lemos (PT) ao ser questionado esta manhã pelo Blog do Esmael sobre as negociações da data-base com o Palácio Iguaçu.

O líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), às 11h45, afirmou que tinha acabado de sair de uma reunião com o governador Beto Richa (PSDB). No entanto, o peemedebista não quis antecipar o resultado da conversa.

Há ceticismo entre os educadores em greve há 36 dias, que anseiam voltar às salas de aula. Eles rejeitam o retorno à escola humilhados, desconfiam de calote no parcelamento da reposição e da intransigência do tucano que estaria fazendo “cortina de fumaça” sobre os escândalos de corrupção envolvendo o governo Beto Richa.

Romanelli levou ao Palácio Iguaçu a seguinte proposta: o salário dos servidores teria um reajuste de 3,45% em outubro e outro de 4,56% em dezembro, sem alterações na data base de 2016. Isto traria um impacto adicional ao orçamento de 2015 da ordem de quase R$ 1 bilhão.

2 de junho de 2015
por esmael
29 Comentários

Beto Richa prolonga a greve dos professores e servidores para encobrir escândalos de corrupção no governo?

profs_richa_gaeco

Nos últimos dias, não foram nem uma nem duas vezes que leitores do Blog do Esmael levantaram suspeitas sobre o prolongamento da greve dos educadores, que hoje entrou no 36º dia, deixando mais de 2 mil escolas fechadas e 1 milhão de alunos sem aula.

Para os mais incrédulos, o governador Beto Richa (PSDB) utiliza a justa reivindicação de 8,17% na data-base como “cortina de fumaça” para algo de muito mais podre no reino do tucanada: a roubalheira na Receita Estadual e outros escândalos cujo núcleo central disso tudo estaria no Palácio Iguaçu.

Não é segredo para ninguém que o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço policial do Ministério Público, investiga corrupção a partir de auditores fiscais da Receita Estadual; pedofilia; fraude em licitações; etc. Os promotores chegaram ao gabinete no tucano, ou melhor, à primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família e comandante-em-chefe do Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense).

30 de Maio de 2015
por esmael
13 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: A falência do governo do Paraná e o massacre dos professores

Jorge Bernardi*

Qual a receita para se quebrar uma empresa? Gastar mais do que fatura. E para quebrar um Estado? Simples, gastar mais do que arrecadar. Foi o que fez o Governo Beto Richa nos últimos quatro anos. Arrecadou, arrecadou, tornou-se o campeão nacional de arrecadação de tributos, mas gastou tudo e mais um pouco deixando um déficit nas contas públicas de 4,6 bilhões de reais.

A arrecadação do Paraná demonstra que o aparelho de fiscalização tem sido eficiente, apesar da quadrilha de fiscais que agia na região de Londrina, O Estado aumentou no período (2011/14) a receita corrente liquida de R$ 16,97 bilhões para R$ 26,46 bilhões, acréscimo de R$ 9,46 bilhões, crescimento de 56%, o dobro da inflação acumulada que foi de 24%.

Mas por que o estado quebrou? Por que o governo Beto Richa decidiu apropriar-se dos recursos do fundo de aposentadoria dos servidores gerando a revolta santa de professores e servidores, que foi debelada pela polícia com cassetetes, bombas, balas de borracha e cães ferozes?

O Governo Beto Richa gastou mais do que arrecadou. No que gastou? Ninguém sabe. Não se tem notícia de que tenha asfaltado estradas, construídos escolas, universidade, edifícios públicos, melhorado a segurança, equipado a polícia, com os recursos do estado. Esbanjou o dinheiro do contribuinte, como fez o filho pródigo da parábola bíblica. Entre as gastanças, alugou helicóptero, sem licitação, por 2 milhões de reais.

Quando Jaime Canet Junior governou o Paraná há 40 anos, construiu 4 mil km de estradas, dezenas de escolas, prédios públicos, mesmo tendo enfrentando a geada negra que destruiu os cafezais do Paraná que expulsou 1 milhão de pessoas da agricultura. E o que fez Beto Richa? Nenhuma obra de vulto, nestes quatro anos, em que a arrecadação foi abundante.

Não bastasse a farra desenfreada com os recursos públicos, o Governo Beto Richa, em dezembro de 2014, lançou com a anuência da Assembleia Legislativa uma série de maldades contra a paranaense. Aumentou a alíquota do IPVA em 40%, o ICMS da energia de 28% para 29%, e acabou com a isenção da cesta básica (feijão, arroz e carne e etc). E ainda majorou a alíquota de material escolar, eletrodomésticos e mais de 100 mil itens. Até o imposto do giz, ele aumentou, menos o da bala.

Infelizmente o Governo Beto Richa será lembrado pelo pouco giz

26 de dezembro de 2014
por esmael
50 Comentários

Eleitor mostra “arrependimento” depois de reeleger Beto Richa

richa_arrependimento.jpgReeleito no primeiro turno com 55,67% dos votos válidos na eleição de 5 de outubro, o governador Beto Richa (PSDB) terminará o mandato em 31 de dezembro e iniciará o segundo em 1!º de janeiro, em menos de uma semana, sob os signos da desconfiança e da desaprovação dos paranaenses. Leia mais

17 de dezembro de 2014
por esmael
38 Comentários

Em clima de “fim de feira”, Richa é diplomado para 2!º mandato no PR

diplomacao_richa.jpgO governador Beto Richa (PSDB), que se arrasta para concluir o primeiro mandato em 31 de dezembro, foi diplomado na tarde desta quarta (17) para mais quatro anos no Palácio Iguaçu. O evento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi realizado no Teatro Positivo, em Curitiba. Leia mais

17 de dezembro de 2014
por esmael
22 Comentários

Veja como a Educação está bancando o fracasso da gestão Beto Richa

richa_surpresa_educacao.jpgQuando a senadora Gleisi Hoffmann (PT) afirmou numa das tiradas mais sensacionais da campanha, durante debate na TV Band, que o governador Beto Richa (PSDB) parecia mais um Kinder Ovo!, pelas constantes surpresas, ela não fazia ideia de que estava definindo politica e sociologicamente como é a gestão do tucano no Paraná. Os educadores que o digam, conforme relato abaixo. Leia mais

11 de dezembro de 2014
por esmael
25 Comentários

Coluna do Requião Filho: Que diabos temem os deputados do Paraná?

requiao_tarifaco_richaRequião Filho*

Não! Não vou escrever sobre o tarifaço do Beto Richa. Não vou me delongar explicando, novamente, como as mentiras de uma campanha sórdida caem por terra e se desnuda em um Estado quebrado. Não vou nem mencionar que o forasteiro admitiu que o Richa errou “no momento em que gastou mais do que devia. Se você faz um orçamento acima das possibilidades de receita, você quebra o estado. E, se faz isso com frequência, agrava-se mais ainda a situação, o estado vai acumulando dívidas ano a ano…” Leia mais

27 de novembro de 2014
por esmael
52 Comentários

Calote de Richa pode deixar UEM no escuro. Comunidade universitária se diz humilhada!; assista

uem.jpg

Crise financeira do governo do estado poderá deixar no escuro a tradicional UEM (Universidade Estadual de Maringá). A comunidade universitária da instituição criada em 1969, com 45 anos, sente-se humilhada pela gestão de Beto Richa (PSDB). Leia mais

21 de novembro de 2014
por esmael
46 Comentários

Sob gestão Beto Richa, UEL corre risco de fechar as portas depois de 40 anos

richa_uel_cortes.jpgEnquanto o governador Beto Richa (PSDB) curte férias prolongadas no Caribe, a tradicional Universidade Estadual de Londrina (UEL) corre o risco de ser fechada por falta de repasses de recursos orçamentários. De R$ 26,6 milhões previstos para o ano de 2014, até agora, somente 11,8 milhões foram liberados à  instituição. Isto representa apenas 45% do valor autorizado na lei orçamentária. Leia mais

30 de outubro de 2014
por esmael
55 Comentários

Richa retira prorrogação de mandato da pauta da ALEP, mas mantém suspensa eleição para diretor de escola

richa_colegio.jpgO governador Beto Richa (PSDB) retirou da pauta da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), na segunda-feira (3), a mensagem n!º 101/2014, que prorroga o mandato de diretores de escola até dezembro de 2015. O tucano se assustou depois dos embates desta quarta-feira (29) que culminaram com a queda da sessão por “falta de quórum”. Leia mais

30 de outubro de 2014
por esmael
53 Comentários

Depois de Alckmin, agora é a vez de Beto Richa “pedir penico! para Dilma

richa_tony_eduardo.jpgO governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou ontem (29) que irá procurar a presidenta reeleita Dilma Rousseff (PT) com o objetivo de pedir-lhe ajuda financeira, a fundo perdido, para debelar a falta de água que tanto castiga os paulistas. Na campanha presidencial, a crise hídrica opôs ambos. Leia mais

24 de outubro de 2014
por esmael
10 Comentários

Para economizar 30%, Richa promove “apagão” nas secretarias do governo

richa_apagao

O governador Beto Richa (PSDB), literalmente, está promovendo um verdadeiro “apagão” nas secretarias e órgãos da administração indireta com o objetivo de cumprir corte de 30% no custeio da máquina. O Blog do Esmael teve imagens exclusivas de funcionários retirando lâmpadas para atender ao recente decreto do executivo. Leia mais

22 de outubro de 2014
por esmael
16 Comentários

Agentes Penitenciários põem Richa contra a parede e exigem segurança

agentes.jpg

Cerca de 200 agentes penitenciários de todo o Estado fizeram na manhã de hoje (22) uma manifestação em frente ao Palácio Iguaçu, sede do governo do estadual. Eles pedem mais segurança nos presídios estaduais que só em 2014 já sofreram 22 rebeliões em que 46 agentes foram tomados como reféns. Leia mais

21 de outubro de 2014
por esmael
40 Comentários

“Choque de indigestão” de Richa impõe corte de mais 30% no custeio

choque.jpg

O governador reeleito Beto Richa (PSDB) determinou que os órgãos da administração direta e indireta do governo estadual reduzam os gastos em 30%, sem explicar como ou por quê. Segundo o governador o melhor está por vir!, mas os servidores estão com medo e chamam a medida de choque de indigestão!. Leia mais

15 de outubro de 2014
por esmael
15 Comentários

“Modelo de gestão! para Aécio, Paraná de Richa tem rebelião com repercussão internacional

A rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava foi destaque na mídia internacional com matérias nos jornais ingleses Independent e Mirror, na agência inglesa BBC e na TV Al Jazeera, do Catar. Matérias enfatizam crueldade dos rebelados em atear fogo e jogar reféns do telhado do presídio. à‰ o modelo de gestão do governador Beto Richa (PSDB), que vai servir ao seu correligionário Aécio Neves, caso seja eleito presidente no próximo dia 26. O destaque internacional já foi alcançado!

A rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava foi destaque na mídia internacional com matérias nos jornais ingleses Independent e Mirror, na agência inglesa BBC e na TV Al Jazeera, do Catar. Matérias enfatizam crueldade dos rebelados em atear fogo e jogar reféns do telhado do presídio. à‰ o modelo de gestão do governador Beto Richa (PSDB), que vai servir ao seu correligionário Aécio Neves, caso seja eleito presidente no próximo dia 26. O destaque internacional enche os paranaenses de orgulho.

A rebelião na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), iniciada na segunda-feira (13) e encerrada na tarde de hoje, foi destaque na imprensa internacional com matérias em sites importantes, como o dos jornais ingleses Independent e Mirror, da agência inglesa BBC e da TV Al Jazeera, do Catar, entre outros. Leia mais

15 de outubro de 2014
por esmael
7 Comentários

“Choque de gestão”: Termina 21!ª rebelião deste ano no PR, mas terror e insegurança continuam; assista

Modelo de gestão! para o presidenciável Aécio Neves, o governo do Paraná parece que terá um refresco diante da 21!ª rebelião do ano no sistema carcerário estadual. A Polícia Militar selou acordo com os rebelados da Penitenciária Estadual de Guarapuava (PIG), na manhã de hoje (15), e os agentes penitenciários feitos reféns devem ser liberados em poucas horas. Mas, pelos relatos dos agentes e dos familiares dos presos, é só questão de dias para que novas revoltas aconteçam. Não há como esconder que o descaso do governo Beto Richa com o sistema penitenciário é a principal causa desses eventos de terror e violência. Abaixo, assista ao vídeo com reportagem produzida pela TV a cabo G Mais, de Guarapuava.

Modelo de gestão! para o presidenciável Aécio Neves, o governo do Paraná parece que terá um refresco diante da 21!ª rebelião do ano no sistema carcerário estadual. A Polícia Militar selou acordo com os rebelados da Penitenciária Estadual de Guarapuava (PIG), na manhã de hoje (15), e os agentes penitenciários feitos reféns devem ser liberados em poucas horas. Mas, pelos relatos dos agentes e dos familiares dos presos, é só questão de dias para que novas revoltas aconteçam. Não há como esconder que o descaso do governo Beto Richa com o sistema penitenciário é a principal causa desses eventos de terror e violência. Abaixo, assista ao vídeo com reportagem produzida pela TV a cabo G Mais, de Guarapuava.

Após cerca de 48 horas, parece que a rebelião na Penitenciária Estadual de Guarapuava (PIG) está chegando ao fim. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar anunciou nesta manhã ter selado um acordo com os rebelados que prevê a transferência de 28 presos. Somente após essa transferência se concretizar, os reféns serão liberados. Leia mais

17 de setembro de 2014
por esmael
34 Comentários

Queda na arrecadação põe em risco 13!º salário dos servidores públicos do Paraná, alertam deputados

Crise de caixa volta a assombrar o governo Beto Richa, que poderá ter dificuldades para honrar, no fim deste ano, o pagamento do 13!º salário do funcionalismo público do estado do Paraná. O alerta foi dado pelos deputados de oposição na sessão de ontem (16), na Assembleia Legislativa, durante prestação de contas do secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Eduardo Sebastiani, que confirmou queda na arrecadação e aumento de gastos com funcionalismo a ultrapassar novamente o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).  Em 2013, Richa limpou o caixa até da Paraná Fomento, dinheiro para incentivar as pequenas empresas, para pagar salários de comissionados. Falta de gestão e planejamento!, criticou Requião.

Crise de caixa volta a assombrar o governo Beto Richa, que poderá ter dificuldades para honrar, no fim deste ano, o pagamento do 13!º salário do funcionalismo público do estado do Paraná. O alerta foi dado pelos deputados de oposição na sessão de ontem (16), na Assembleia Legislativa, durante prestação de contas do secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Eduardo Sebastiani, que confirmou queda na arrecadação e aumento de gastos com funcionalismo a ultrapassar novamente o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em 2013, Richa limpou o caixa até da Paraná Fomento, dinheiro para incentivar as pequenas empresas, para pagar salários de comissionados. Falta de gestão e planejamento!, criticou Requião.

Os deputados estaduais Elton Welter e Enio Verri, ambos do PT, questionaram ontem na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná a capacidade de o governo Beto Richa (PSDB) honrar com o pagamento de obrigações trabalhistas com os servidores públicos do estado, tais como o 13!º salário. Leia mais

4 de agosto de 2014
por esmael
21 Comentários

Polícia Civil do Paraná pode ser despejada devido a calote em aluguéis

Humilhante pedido de despejo da Polícia Civil, devido calote em aluguéis, se soma à s cenas humilhantes de policiais militares empurrando viaturas sem combustível em várias cidades do Paraná; governo Beto Richa deixou de pagar proprietários de imóveis em Curitiba (Departamento da Polícia e o Instituto de Identificação), em Ponta Grossa, Cianorte e Campo Mourão; há crise que dure para sempre?

Humilhante pedido de despejo da Polícia Civil, devido calote em aluguéis, se soma à s cenas humilhantes de policiais militares empurrando viaturas sem combustível em várias cidades do Paraná; governo Beto Richa deixou de pagar proprietários de imóveis em Curitiba (Departamento da Polícia e o Instituto de Identificação), em Ponta Grossa, Cianorte e Campo Mourão; há crise que dure para sempre?

O Blog do Esmael recebeu informação nesta segunda-feira (4) de que quatro unidades da Polícia Civil do Paraná poderão ser despejadas devido a calote dado pelo governo Beto Richa (PSDB) em aluguéis. Leia mais