Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

18 de outubro de 2016
por esmael
45 Comentários

Deputado descobre onde Richa gasta o dinheiro que falta para os professores; assista

Segundo o deputado Nereu Moura (PMDB), em discurso na Assembleia, denunciou que o governador Beto Richa (PSDB) fez farra de R$ 49 milhões para alugar helicópteros e jatinhos.

9 de julho de 2015
por esmael
26 Comentários

Educadores reacendem protestos pelo “Fora Beto Richa” no interior do Paraná; assista ao vídeo

npioneiroProfessores da rede pública estadual recém-saídos da greve “recepcionaram” o governador Beto Richa (PSDB) e sua comitiva em agenda no Norte Pioneiro, nesta quinta-feira (9), com manifestações durante todo o dia. Leia mais

8 de julho de 2015
por esmael
19 Comentários

APP-Sindicato: ‘Beto Richa acredita nas próprias mentiras que conta sobre salário dos educadores’

A APP-Sindicato reagiu aos novos ataques do governador Beto Richa (PSDB) à entidade e aos professores da rede pública estadual de ensino. Richa acusou ontem, em evento com prefeitos do interior, que a greve dos professores teria acabado quando o governo divulgou os supersalários da categoria. O tucano também culpou os profissionais do magistério e o sindicato pela queda na qualidade na educação do estado.

Em resposta, o Sindicato publicou uma nota (leia abaixo) em seu site desafiando o governador a debater em audiência pública os salários dos professores, comparando-os com os vencimentos dos demais servidores e os supersalários no primeiro escalão. Segundo a APP, os trabalhadores da educação representam 62% do total de servidores do estado. Mas, a folha de pagamento da educação representa somente 38% do total.

A nota também faz referência às mentiras veiculadas pelo governo do estado atribuindo supersalários aos professores do estado, lembrando que por decisão judicial uma matéria que comparava os salários de professores com o de prefeitos foi retirada do ar, e o governo tem prazo para desmentir as demais distorções.

Segundo o presidente da APP, professor Hermes Leão, “a insistência da criminalização dos salários do Beto Richa não é novidade em governo que não tem compromisso com a população. É o esforço de sempre buscar em terceiros a responsabilidade principal que é exatamente dos governantes. Se temos dificuldades em educação, saúde e segurança pública, a responsabilidade é do governante, já que é ausente em planejamentos e investimentos”, destaca.

Leia a seguir a íntegra da nota da APP-Sindicato:

Beto Richa volta a atacar educadores(as) e sindicato

Sindicato desafia governador a debater salários em audiência pública

Um governo que deveria fazer uma luta pela valorização da educação e de todos os educadores e educadoras do Estado, tem feito justamente o contrário no Paraná. Ataques e mais ataques aos(as) servidores(as) e à APP-Sindicato tem sido a postura frequente do governador Beto Richa que, não por acaso, vem apresentando quedas consecutivas de apoio e popularidade dos(as) paranaenses e está sendo processado pelo Ministério Público pelo Massacre do dia 29 de abril.

Em um encontro com prefeitos(as) do interior do Estado, Richa fez acusões à APP-Sindicato e desqualificou a luta histórica da entidade pela qualidade da educação paranaense. O governador criminalizou mais uma vez os salários de educadores(as) mesmo depois que a justiça determinou a retificação das informações publicadas no Portal de Transparência do Estado, mantido por verba pública, e a retirada de mentiras divulgadas na Agência Estadual de Notíci

26 de fevereiro de 2014
por esmael
16 Comentários

De Professor Lemos para Richa: “pague o que deve aos professores antes de viajar para o exterior”

Da tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta (26), deputado Professor Lemos recomendou ao governador Beto Richa: "Pague o que deve aos professores antes de viajar para o exterior"; petista se refere a divida de R$ 100 milhões do governador do PSDB com professores; valor se refere a avanços e progressões não pagas à  categoria; tucano, segundo oposicionistas, vai visitar o Mickey Mouse, na Disney World, em Orlando, nos Estados Unidos, durante o feriadão de Carnaval.

Da tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta (26), deputado Professor Lemos recomendou ao governador Beto Richa: “Pague o que deve aos professores antes de viajar para o exterior”; petista se refere a divida de R$ 100 milhões do governador do PSDB com professores; valor se refere a avanços e progressões não pagas à  categoria; tucano, segundo oposicionistas, vai visitar o Mickey Mouse, na Disney World, em Orlando, nos Estados Unidos, durante o feriadão de Carnaval.

O deputado estadual Professor Lemos (PT), nesta quarta (26), durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, recomendou que o governador Beto Richa (PSDB) pague o que deve aos professores antes de viajar para o exterior. Leia mais

18 de fevereiro de 2014
por esmael
37 Comentários

Coluna do André Vargas: “Só falta Richa atirar bombas e soltar cavalos em cima dos professores”

André Vargas, em sua coluna desta semana, aborda o tema da Educação no Paraná; ele acusa Richa e seu vice, Flávio Arns, secretário da Educação, de desprezar os professores: "Os tucanos dão as costas à  educação, só falta atirar bombas e agredir os professores com a cavalaria, como fez Alvaro Dias no fatídico dia 30 de agosto de 1988", critica o vice-presidente da Câmara; colunista lamenta ainda que Richa tenha quebrado o estado, envergonhando o Paraná, e por isso não consegue nem cumprir a Lei do Piso que prevê 33% da hora-atividade; Vargas, especialista em socialismo, tem uma explicação para o fato de o governador dar de ombros para a educação pública: "[com certeza] a escola que [ele] defende seja unicamente a escola da burguesia que estaria só a serviço da burguesia"; calcado em pesquisas, deputado-colunista afirma: "a educação no Brasil está melhorando, mas ainda de forma lenta e a raiz para os principais problemas do ensino público está em professores desmotivados e mal pagos"; leia o texto.

André Vargas, em sua coluna desta semana, aborda o tema da Educação no Paraná; ele acusa Richa e seu vice, Flávio Arns, secretário da Educação, de desprezar os professores: “Os tucanos dão as costas à  educação, só falta atirar bombas e agredir os professores com a cavalaria, como fez Alvaro Dias no fatídico dia 30 de agosto de 1988”, critica o vice-presidente da Câmara; colunista lamenta ainda que Richa tenha quebrado o estado, envergonhando o Paraná, e por isso não consegue nem cumprir a Lei do Piso que prevê 33% da hora-atividade; Vargas, especialista em socialismo, tem uma explicação para o fato de o governador dar de ombros para a educação pública: “[com certeza] a escola que [ele] defende seja unicamente a escola da burguesia que estaria só a serviço da burguesia”; calcado em pesquisas, deputado-colunista afirma: “a educação no Brasil está melhorando, mas ainda de forma lenta e a raiz para os principais problemas do ensino público está em professores desmotivados e mal pagos”; leia o texto.

André Vargas*

Desde o trágico incidente de 1988, quando o então governador e hoje senador, Alvaro Dias (PSDB), mandou a tropa de choque covardemente agredir os professores, em passeata pacífica, por melhores condições para o ensino público, temos a nítida impressão de que a educação no estado virou sinônimo de desprezo por parte dos governantes. Hoje, o chefe do poder executivo, Beto Richa, do mesmo partido, o PSDB, também dá as costas para a educação, motivando atos públicos dos professores e, infelizmente, alunos fora das escolas, sem aulas. Leia mais

11 de dezembro de 2013
por esmael
31 Comentários

“Que respeito é esse, Beto Richa?”, questiona Requião; ouça o áudio

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan "Estado de respeito" adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

O senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, o tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, dar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias. Leia mais

11 de dezembro de 2013
por esmael
15 Comentários

Falta dinheiro para gasolina na PM, mas sobra verba para Richa telefonar desejando Feliz Natal

Telefonemas de Beto Richa desejando Feliz Natal! a eleitores paranaenses geram protestos nas redes sociais; governo tucano enfrenta a maior crise financeira que se tem notícias da história do estado; viaturas da PM não têm combustível para rodar, telefones das policias até foram cortados, obras paralisadas, calote em servidores públicos e fornecedores, enfim, o caos administrativo provocado pelo "choque de gestão"; se falta dinheiro para a gasolina da PM e para cumprir acordos salariais com os professores e educadores, sobra verba para telefonar nas vésperas das eleições de 2014?

Telefonemas de Beto Richa desejando Feliz Natal! a eleitores paranaenses geram protestos nas redes sociais; governo tucano enfrenta a maior crise financeira que se tem notícias da história do estado; viaturas da PM não têm combustível para rodar, telefones das policias até foram cortados, obras paralisadas, calote em servidores públicos e fornecedores, enfim, o caos administrativo provocado pelo “choque de gestão”; se falta dinheiro para a gasolina da PM e para cumprir acordos salariais com os professores e educadores, sobra verba para telefonar nas vésperas das eleições de 2014?

Moradores dos quatro quantos do Paraná estão sendo surpreendidos por telefonemas do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, desejando-lhes Feliz Natal. Leia mais

17 de novembro de 2013
por esmael
15 Comentários

Suspeita de nova farra com diárias na Secretaria da Educação do Paraná

Palácio Iguaçu coloca a lupa nas diárias da Secretaria da Educação, pasta comandada pelo vice Flávio Arns (PSDB); o dinheirinho que é torrado em viagens desnecessárias até pelos tucanos poderia resolver a implantação dos 33% da hora-atividade e o pagamento de progressões que está atrasado aos educadores; no final de semana, no município de Santa Cecília do Pavão, Norte, teve protesto dos professores durante visita do governador Beto Richa; em 2010, na SUDE, antiga Fundepar, houve faxina por conta de farra de R$ 3 milhões na central de viagens que ainda é investigada pelo MP.

Palácio Iguaçu coloca a lupa nas diárias da Secretaria da Educação, pasta comandada pelo vice Flávio Arns (PSDB); o dinheirinho que é torrado em viagens desnecessárias até pelos tucanos poderia resolver a implantação dos 33% da hora-atividade e o pagamento de progressões que está atrasado aos educadores; no final de semana, no município de Santa Cecília do Pavão, Norte, teve protesto dos professores durante visita do governador Beto Richa; em 2010, na SUDE, antiga Fundepar, houve faxina por conta de farra de R$ 3 milhões na central de viagens que ainda é investigada pelo MP.

O Palácio Iguaçu deverá promover uma devassa na central de viagens para identificar uma verdadeira farra de diárias na Secretaria de Estado da Educação (SEED). A ordem é antecipar-se à  oposição e à  imprensa. Já se identificou onde estão localizados os problemas com a gastança desnecessária. Leia mais

22 de outubro de 2013
por esmael
25 Comentários

Beto Richa agora dá calote em professores das universidades do PR

Professores das universidades estaduais do Paraná ficaram revoltados com o governador Beto Richa (PSDB), nesta terça (22), ao receberem uma Nota Oficial! no lugar de notas de reais relativas a parcelas de reajustes nos salários.

De acordo com um dos professores da Unicentro, ouvido pelo blog na tarde de hoje, quando foi aprovada a lei que autorizou o parcelamento dos aumentos em 4 vezes, Richa argumentava que não tinha condições de pagar de uma só vez.

Não paga nas datas previstas na Lei que ele mesmo negociou e sancionou. Isto se chama calote!, protestou o professor universitário, lembrando que o tombo ocorreu a 8 dias do pagamento combinado.

Nos últimos meses, Richa vinha esticando a corda com os professores da rede pública estadual. Depois de vários calotes seguidos, teve que cumprir parte dos acordos por causa de iminente greve da categoria.

Leia a íntegra da nota oficial expedida pelo governo Richa:

NOTA OFICIAL

Com relação à  segunda parcela de 7,14% incidindo sobre o salário de setembro/2013, referente à  equiparação salarial para os Docentes da Carreira do Magistério Superior (Lei Estadual 17.280/2012), o Governo do Estado informa que o pagamento está garantido, entretanto, o mesmo se dará no mês de novembro/2013, retroativo ao mês de outubro/2013, em face de reprogramação financeira.

Curitiba, 22 de outubro de 2013

João Carlos Gomes
Secretário de Estado

28 de setembro de 2013
por esmael
56 Comentários

APP-Sindicato deverá descartar greve de educadores neste sábado

Em comunicado em seu site, a APP-Sindicato descartou possibilidade de a categoria deflagrar greve a partir deste sábado; direção da APP-Sindicato não cita, em nenhum momento, a palavra "greve" nem para ameaçar o "governo do calote" -- como classificou o colunista deste blog Maurício Requião Filho.

Em comunicado em seu site, a APP-Sindicato descartou possibilidade de a categoria deflagrar greve a partir deste sábado; direção da APP-Sindicato não cita, em nenhum momento, a palavra “greve” nem para ameaçar o “governo do calote” — como classificou o colunista deste blog Maurício Requião Filho.

Professores e agentes educacionais de todo o estado estão reunidos na manhã deste sábado (28), em Curitiba, em assembleia extraordinária, para debater os calotes recebidos do governador Beto Richa (PSDB) e de seu vice, Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação. Leia mais

27 de setembro de 2013
por esmael
34 Comentários

Contra calote de Richa, educadores podem deflagrar greve neste sábado

Beto Richa e Flávio Arns enfrentam novo dilema: se concederem reajuste aos educadores outras categorias do funcionalismo exigirão isonomia; no começo deste mês, o governo do PSDB baixou resolução proibindo promoções, reajustes ou aumentos salariais; tucanos têm dificuldade para fechar a folha de pagamento e honrar o décimo terceiro; magistério poderá deflagrar greve a partir de amanhã, quando realiza assembleia extraordinária no Colégio Estadual do Paraná (CEP) a partir das 8h30; professores e funcionários da 2,1 mil escolas da rede pública reclamam de calote de R$ 50 milhões e desconfiam de nova promessa de pagamento em folha complementar para semana que vem.

Beto Richa e Flávio Arns enfrentam novo dilema: se concederem reajuste aos educadores outras categorias do funcionalismo exigirão isonomia; no começo deste mês, o governo do PSDB baixou resolução proibindo promoções, reajustes ou aumentos salariais; tucanos têm dificuldade para fechar a folha de pagamento e honrar o décimo terceiro; magistério poderá deflagrar greve a partir de amanhã, quando realiza assembleia extraordinária no Colégio Estadual do Paraná (CEP) a partir das 8h30; professores e funcionários da 2,1 mil escolas da rede pública reclamam de calote de R$ 50 milhões e desconfiam de nova promessa de pagamento em folha complementar para semana que vem.

Professores e agentes educacionais das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná pode deflagrar greve por tempo indeterminado a partir deste sábado, dia 28, quando a categoria realiza assembleia extraordinária à s 8h30, no auditório do Colégio Estadual do Paraná (CEP), com o intuito de avaliar o calote aplicado pelo governo de Beto Richa (PSDB) e de seu vice Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação. Leia mais

23 de setembro de 2013
por esmael
26 Comentários

Calote no calote. Richa agora diz que só paga professores dia 4 de outubro

Richa e Flávio Arns dão calote no calote; tucanos empurram educadores cada vez mais para a greve no Paraná; a tungada, segundo a APP-Sindicato, chega a quase R$ 50 milhões; governador renova promessa: agora diz que paga em folha complementar no dia 4 de outubro; alguém acredita na nova data?

Richa e Flávio Arns dão calote no calote; tucanos empurram educadores cada vez mais para a greve no Paraná; a tungada, segundo a APP-Sindicato, chega a quase R$ 50 milhões; governador renova promessa: agora diz que paga em folha complementar no dia 4 de outubro; alguém acredita na nova data?

Professores e funcionários de 2,1 mil escolas marcharam 30 de agosto exigindo valorização da educação. Pressionado, o governo Beto Richa (PSDB) assinou protocolo reconhecendo dívida de R$ 50 milhões com a categoria. Prometeu pagar no último dia 13 de setembro. Não cumpriu, deu calote. Leia mais

20 de setembro de 2013
por esmael
59 Comentários

Com medo de greve, Richa desiste de calote e manda pagar reajuste a professores

Pelo Twitter, Richa volta atrás e manda secretarias da Educação e Administração pagarem atrasados devidos a professores e funcionários das escolas públicas do Paraná; tucano foi recepcionado com protestos de educadores em Apucarana e Cambará e categoria prepara assembleia, no próximo dia 28, na qual será avaliada possibilidade de greve; segundo o Palácio Iguaçu, ao honrar o compromisso assumido, nenhum professor ficará fora do piso nacional do magistério; será que o magistério vai dar um novo voto de confiança ao tucano? E as demais categorias do funcionalismo público não vão querer o mesmo tratamento e pleitear novos reajustes salariais?

Pelo Twitter, Richa volta atrás e manda secretarias da Educação e Administração pagarem atrasados devidos a professores e funcionários das escolas públicas do Paraná; tucano foi recepcionado com protestos de educadores em Apucarana e Cambará e categoria prepara assembleia, no próximo dia 28, na qual será avaliada possibilidade de greve; segundo o Palácio Iguaçu, ao honrar o compromisso assumido, nenhum professor ficará fora do piso nacional do magistério; será que o magistério vai dar um novo voto de confiança ao tucano? E as demais categorias do funcionalismo público não vão querer o mesmo tratamento e pleitear novos reajustes salariais?

Depois de enfrentar duas manifestações de professores e funcionários de escolas no interior do Paraná — Apucarana e Cambará, no Norte e Norte Pioneiro, respectivamente — o governador Beto Richa (PSDB) afrouxou o sutiã nesta sexta (20) uma semana depois de aplicar calote na categoria. Leia mais

12 de setembro de 2013
por esmael
23 Comentários

Professores temem novo calote do governo Beto Richa

Nas escolas do Paraná, a conversa é que Richa não tem dinheiro em caixa para honrar os compromissos atrasados com os educadores. Se pagar o que já deve poderá faltar para o 13!º salário; governador e seu vice Arns, secretário da Educação, pegaram fama no magistério de "caloteiros".

Nas escolas do Paraná, a conversa é que Richa não tem dinheiro em caixa para honrar os compromissos atrasados com os educadores. Se pagar o que já deve poderá faltar para o 13!º salário; governador e seu vice Arns, secretário da Educação, pegaram fama no magistério de “caloteiros”.

Professores e funcionárias das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná temem novo calote do governador Beto Richa (PSDB) e de seu vice, Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação. Os educadores vêm reclamando de calote de R$ 50 milhões aplicado pelos tucanos desde agosto (clique aqui para relembrar). Leia mais