10 de abril de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Enquanto estouram escândalos no país, MP faz farra com diárias”

 Requião Filho, em sua coluna desta quinta, abre fogo contra procuradores do Ministério Público Federal, que, segundo ele, promovem farra com diárias no órgão que deveria dar o exemplo; Onde estava o MP nas negociações bilionárias da Petrobras? Onde estava o MP quando a Rede Globo tornou-se a maior devedora da Receita? Onde fica o MP quando a imprensa não faz a denúncia? Em qual gaveta descansam em berço esplêndido as inúmeras denúncias encaminhadas ao MP?!; ora, viajando com diárias pagas pelo contribuinte; a grave denúncia do colunista aponta que apenas um procurador recebeu R$ 100 mil reais em diárias; Quem fiscaliza os fiscais? Os paladinos da Justiça se beneficiam do fato de eles mesmos se fiscalizarem e da certeza do silêncio da imprensa e da classe política por medo de represálias!, indigna-se o especialista em políticas públicas, que também estranha o volume de denúncias contra políticos em ano eleitoral; leia o texto.


Requião Filho, em sua coluna desta quinta, abre fogo contra procuradores do Ministério Público Federal, que, segundo ele, promovem farra com diárias no órgão que deveria dar o exemplo; Onde estava o MP nas negociações bilionárias da Petrobras? Onde estava o MP quando a Rede Globo tornou-se a maior devedora da Receita? Onde fica o MP quando a imprensa não faz a denúncia? Em qual gaveta descansam em berço esplêndido as inúmeras denúncias encaminhadas ao MP?!; ora, viajando com diárias pagas pelo contribuinte; a grave denúncia do colunista aponta que apenas um procurador recebeu R$ 100 mil reais em diárias; Quem fiscaliza os fiscais? Os paladinos da Justiça se beneficiam do fato de eles mesmos se fiscalizarem e da certeza do silêncio da imprensa e da classe política por medo de represálias!, indigna-se o especialista em políticas públicas, que também estranha o volume de denúncias contra políticos em ano eleitoral; leia o texto.

Requião Filho* ... 

Leia mais

17 de novembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Suspeita de nova farra com diárias na Secretaria da Educação do Paraná

Palácio Iguaçu coloca a lupa nas diárias da Secretaria da Educação, pasta comandada pelo vice Flávio Arns (PSDB); o dinheirinho que é torrado em viagens desnecessárias até pelos tucanos poderia resolver a implantação dos 33% da hora-atividade e o pagamento de progressões que está atrasado aos educadores; no final de semana, no município de Santa Cecília do Pavão, Norte, teve protesto dos professores durante visita do governador Beto Richa; em 2010, na SUDE, antiga Fundepar, houve faxina por conta de farra de R$ 3 milhões na central de viagens que ainda é investigada pelo MP.

Palácio Iguaçu coloca a lupa nas diárias da Secretaria da Educação, pasta comandada pelo vice Flávio Arns (PSDB); o dinheirinho que é torrado em viagens desnecessárias até pelos tucanos poderia resolver a implantação dos 33% da hora-atividade e o pagamento de progressões que está atrasado aos educadores; no final de semana, no município de Santa Cecília do Pavão, Norte, teve protesto dos professores durante visita do governador Beto Richa; em 2010, na SUDE, antiga Fundepar, houve faxina por conta de farra de R$ 3 milhões na central de viagens que ainda é investigada pelo MP.

O Palácio Iguaçu deverá promover uma devassa na central de viagens para identificar uma verdadeira farra de diárias na Secretaria de Estado da Educação (SEED). A ordem é antecipar-se à  oposição e à  imprensa. Já se identificou onde estão localizados os problemas com a gastança desnecessária. ... 

Leia mais