5 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
6 Comentários

Em crise de final de feira, Beto Richa exonera secretário de segurança pública no Paraná

A 56 dias de deixar o governo do Paraná, Beto Richa (PSDB) exonerou nesta segunda-feira (5) o delegado da Polícia Federal Wagner Mesquita da Secretaria de Estado da Segurança Pública. O tucano vive a crise de final de feira. O novo titular da pasta é Júlio Reis, escolhido com a anuência da vice Cida Borghetti (PP), mulher do ministro da Saúde Ricardo Barros (PP), que assumirá o comando do Palácio Iguaçu a partir de 1º de abril. ... 

Leia mais

28 de junho de 2017
por Esmael Morais
14 Comentários

‘Richa entrega viaturas da PM no estilo Xuxa’, diz oposição

Que nos perdoe a apresentadora Xuxa Meneghel, a Rainha dos Baixinhos, pela sórdida comparação com o governador do Paraná Beto Richa (PSDB), mas ela é inevitável nesta questão concreta da entrega de viaturas à PM. Leia mais

8 de abril de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Sobre a (in)Segurança Pública do Paraná

MEM DE SÁ E A VIOLÊNCIA NO PARANÁ

Reinaldo de Almeida Cesar*

Conta o anedotário popular que, certo dia, numa sala de aula qualquer, a professora de Joãozinho – ele, sempre ele – perguntou-lhe na prova oral de história sobre “o que o governador-geral Mem de Sá fez pelo Brasil, na época colonial”.

Depois de ficar em silêncio por alguns segundos, não sabendo a resposta, Joãozinho encheu o peito e respondeu: “Professora, ele fez o que pode”.

***

O secretário Wagner Mesquita, que tantas vezes já elogiei aqui, candidata-se com muita velocidade a vestir os adereços de Mem de Sá, na visão do ladino Joãozinho, fazendo o que pode.

Numa escalada sem precedentes de crimes violentos patrimoniais por todo o Paraná, o secretário esforça-se, corre de um lado para outro, desdobra-se em busca de respostas à sociedade. Sem recursos, como Joãozinho, faz o que pode.

Policiais são assassinados em série, Londrina entra em pânico, e lá está o titular da SESP prometendo instituir força-tarefa e botar mais polícia na rua. Passados alguns dias, nada muda, e o governo até cassa a decisão judicial que mandava reforçar o efetivo policial na cidade.

Cascavel arde com os ônibus incendiados, e lá está o secretário montando o forte apache na cidade. Pergunte aos moradores do Oeste se sentiram alguma diferença, dias após a comitiva do secretário ter deixado a cidade.

Quem assistiu o primeiro e excelente “Tropa de Elite”, de José Padilha, sabe que enquanto a violência corre solta na periferia geográfica e social dos grandes centros, ela é desapercebida, passa a ser vista como corriqueira e quase normal, digamos até, tristemente compreensível. Agora, quando ela chega no andar de cima, a coisa muda de figura.

Foi o que aconteceu agora. Depois de uma série de assaltos em Curitiba, atingindo redes de supermercados e de farmácias, em salões de beleza onde até cabelo levaram, em conhecidas e tradicionais casas de comércio, depois que as residências de dez magistrados e oito promotores foram assaltadas, e depois de uma sequência de episódios violentos de arrastões com troca de tiros em restaurantes no Cabral, Juvevê e no Batel, a grande mídia já não teve mais como esconder: os crimes patrimoniais com violência explodiram em Curitiba.

Leia mais

15 de abril de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Escândalo: Rafael Greca publica foto com “chupeta” em plena luz do dia

Ex-prefeito Rafael Greca postou no Facebook uma inusitada foto com "chupeta", em plena luz do dia, entre viaturas da PM e Guarda Municipal de Curitiba.

Ex-prefeito Rafael Greca postou no Facebook uma inusitada foto com “chupeta”, em plena luz do dia, entre viaturas da PM e Setran (Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba).

O ex-prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMDB), em momento Bocage, ironizou esta noite (15) pane nas viaturas da PM e da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), flagradas com capôs abertos no centro da capital paranaense. ... 

Leia mais

6 de novembro de 2013
por Esmael Morais
53 Comentários

Além de combustível, falta alimentação nos quartéis da PM do Paraná

Enquanto Richa viaja aos EUA, faltam pão e combustível na Polícia Militar do Paraná; comandante da tropa, coronel Kogut, reconhece os problemas, mas jura que estão sendo solucionados; Associação de Praças ingressou na Justiça para garantir direito elementar ao ser humano trabalhador: a alimentação; juiz Tiago Cagliano Pinto Alberto, da 2!ª Vara da Fazenda Pública, intimou governo do estado a explicar a questão em cinco dias.

Enquanto Richa viaja aos EUA, faltam pão e combustível na Polícia Militar do Paraná; comandante da tropa, coronel Kogut, reconhece os problemas, mas jura que estão sendo solucionados; Associação de Praças ingressou na Justiça para garantir direito elementar ao ser humano trabalhador: a alimentação; juiz Tiago Cagliano Pinto Alberto, da 2!ª Vara da Fazenda Pública, intimou governo do estado a explicar a questão em cinco dias.

A Associação dos Praças do Paraná (APRA) ingressou com uma ação civil pública contra o governo do estado cobrando o secretário de Planejamento e Coordenação Geral do Estado do Paraná suprimento de alimentos nos quartéis da Polícia Militar. ... 

Leia mais