24 de janeiro de 2018
por esmael
2 Comentários

Requião afirma que René Dotti está do lado errado no julgamento do TRF4

O senador Roberto Requião (MDB-PR), pelo Twitter, afirmou na manhã desta quarta (24) que o advogado René Ariel Dotti, assistente da acusação, em nome da Petrobras, está do lado errado no julgamento do TRF4. Leia mais

24 de janeiro de 2018
por esmael
11 Comentários

Procurador do MPF se baseia em fake news da mídia na acusação de Lula

O procurador do MPF Maurício Gotardo Gerum, no julgamento da apelação no TRF4, utiliza fake news (notícias falsas) da mídia para embasar acusação contra o ex-presidente Lula. Leia mais

22 de janeiro de 2018
por esmael
12 Comentários

Petrobras e advogado não são parte no processo do tríplex, segundo Moro

O Estadão trouxe nesta segunda-feira (22) entrevista do advogado criminalista René Ariel Dotti, de Curitiba, sobre o julgamento da apelação de Lula no TRF-4. Ele diz que atuará na quarta (24) como assistente de acusação do MPF, em nome da Petrobras. O diabo é que nem a estatal nem o advogado são partes no processo, como escreveu o juiz Sérgio Moro. Leia mais

22 de janeiro de 2018
por esmael
43 Comentários

Advogado que defende Beto Richa pede aumento de pena para Lula

O advogado criminalista René Ariel Dotti, de Curitiba, que defende o governador do Paraná Beto Richa (PSDB) é o mesmo que pede o aumento de pena para o ex-presidente Lula em nome da Petrobras. Leia mais

19 de julho de 2015
por esmael
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Leia mais

16 de julho de 2015
por esmael
38 Comentários

Assembleia isenta Beto Richa de responsabilidade pelo massacre de professores em 29 de abril

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

O deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia e do PSDB, esperou o último dia antes do recesso para anunciar que arquivaria todos os três pedidos de impeachment do governador e correligionário Beto Richa. Ninguém esperava atitude diferente do parlamentar tucano. Leia mais

11 de julho de 2015
por esmael
14 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: “Procuradoria Geral do Beto Richa”

pgeAboletado pelos dias frios e chuvosos, Garganta Profunda de Londrina, o principal informante do planeta pós-guerra fria, a serviço dos leitores do Blog do Esmael, traz neste sábado (11) novo relato das entranhas entranhas do Palácio Iguaçu.

O X-9 com acesso privilegiado à antessala do governador Beto Richa (PSDB) conta com exclusividade — e com certa dose de sarcasmo — o dilema que o tucano enfrenta para escolher o Procurador Geral do Estado. Leia a seguir:

“Procuradoria Geral do Beto Richa”

No meio das irritações de Beto Richa, contrariado pelo momento desfavorável que nunca tinha experimentado na carreira, um assunto é tratado com muita objetividade no Palacio.

É a nomeação do próximo Procurador Geral do Estado, depois da queda de Ubirajara Gasparin.

Beto tem que escolher bem escolhido aquele que será o seu sexto PGE. Um recorde. Daqui a pouco vai faltar lugar na galeria dos que ocuparam o cargo.

Beto está sendo convencido a escolher um advogado de sua inteira confiança para o cargo.

Seria assim, um Procurador Geral para chamar de seu.

Ao invés de Procurador Geral do Estado, o escolhido vai poder colocar na porta do gabinete a plaquinha “Procurador Geral do Beto Richa”.

3 de julho de 2015
por esmael
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária.

2 de julho de 2015
por esmael
8 Comentários

‘Em busca de foro privilegiado, Richa terá dificuldades até para a Assembleia’, diz Requião Filho

Se depender do humor do eleitorado paranaense, o governador Beto Richa (PSDB) terá dificuldades até mesmo para reforçar a “Bancada do Camburão” na Assembleia Legislativa. A observação é do deputado Requião Filho (PMDB), após ler pesquisa da corrida eleitoral pelo Senado.

“Pelo jeito o Betinho, se quiser ter foro especial, terá que ralar muito. Desse jeito capaz de não se eleger deputado estadual”, tuitou o peemedebista, vice-líder da oposição na Assembleia.

O Blog do Esmael anotou ontem (1) que Richa teme ir para a cadeia, caso Roberto Requião (PMDB) ganhe as eleições de 2018, pois, de acordo com a Paraná Pesquisas, o senador lidera as disputas tanto para o Senado quanto para o Palácio Iguaçu.

Antevendo inverno rigoroso e tempo com chuvas e trovoadas, o governador tucano tratou de reforçar o time da propaganda. Quem vai comandar a Secretaria de Comunicação, a partir de agora, é Paulino Viapiana, que estava na Cultura.

O Palácio Iguaçu considera o novo secretário mais “jeitoso” que o chefe de gabinete do governador, jornalista Deonilson Roldo, e que o ex-secretário da pasta, Marcelo Cattani, ambos temperados no calor de várias batalhas eleitorais.

2 de julho de 2015
por esmael
44 Comentários

Veja essa: Beto Richa está em ÚLTIMO lugar na pesquisa para o Senado

senado_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) está em último lugar na corrida por uma das duas vagas em jogo em 2018 para o Senado Federal. Se as eleições fossem hoje, o tucano teria a vergonhosa marca de 7% nas intenções de voto, segundo levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta quinta-feira (2) pelo jornal Gazeta do Povo.

O senador Roberto Requião (PMDB) seria reeleito para o cargo com 45%, seguido do deputado estadual licenciado e secretário de Estado Ratinho Júnior (PSC), que tem 41%. Em terceiro está Osmar Dias (PDT), com 38%, e em quarto aparece a senadora Gleisi Hoffmann (PT) com 19%.

O desempenho de Ratinho na sondagem é uma prova concreta que a cria sempre supera o criador. Vide o caso de Richa, que superou seu criador Jaime Lerner. Outros analisam que o secretário do Desenvolvimento Urbano apresenta voo de galinha nesta rodada de pesquisas.

Beto Richa foi denunciado pelo Ministério Público como responsável pelo massacre dos professores, no dia 29 de abril, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à ação violenta da polícia, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária do funcionalismo público.

Por outro lado, Ratinho Júnior é apontado pelos educadores como responsável pela derrota da reposição inflacionária de 8,17%, na Assembleia, haja vista o PSC possuir a maior bancada com 12 deputados. O partido havia anunciado antes o “fechamento questão” favorável aos professores, mas na votação roeu a corda para ficar do lado do governador tucano.

O instituto de Murilo Hidalgo mostrou ontem (1) que Requião também lidera a corrida pelo Palácio Iguaçu e anteontem (30) registrou que 85% dos paranaenses desaprovam o governo tucano.

Sobre o último lugar na pesquisa para o Senado, professores e servidores mandaram uma perguntinha ao governador Beto Richa: “Tomou?”.

A seguir, veja o infográfico com a pesquisa.

30 de junho de 2015
por esmael
24 Comentários

Se condenado em ação do MP, Richa poderá ser cassado; e o confisco na Paranáprevidência, como fica?

Previdencia_massacre_richaO governador Beto Richa (PSDB) pode perder o cargo e os direitos políticos por oito anos, isto é, se for condenado na ação ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP). Leia mais

5 de junho de 2015
por esmael
36 Comentários

Beto Richa reconstitui ‘equipe da maldade’ da campanha contra professores e servidores no PR

Na semana passada, o Blog do Esmael anotou que o governador Beto Richa (PSDB) iniciara uma “blitzkrieg” contra professores e servidores públicos no Paraná. Trata-se de um termo criado pelos nazistas para designar “guerra-relâmpago”.

Dito isto, ao longo dos últimos dias cristalizou-se que o tucano reconstituiu parte da ‘equipe da maldade’ que o reelegeu no ano passado. O ex-secretário da Comunicação, Marcelo Cattani, por exemplo, mesmo demitido do cargo, agora presta serviço como consultor estratégico — longe da folha de pagamento oficial.

Não é à toa que surgiram propagandas à beça em jornais, rádios e TVs e, “coincidente”, a linha desses órgãos de imprensa mudou a medida que suas burras foram enchendo com recursos públicos. As agências de publicidade estão com o sorriso frouxo no rosto, bem como os barões da velha mídia.

As ligações telefônicas para a casa dos todos paranaenses, eu disse todos, contra os educadores, custeadas pelo erário, foram delegadas à empresa curitibana Call Complete — segundo rastreamento desses telefonemas.

Alguns outros colaboradores, que estavam distantes desde janeiro, se reaproximaram agora do Palácio Iguaçu como “freelancers” contra os grevistas. Como se estivessem numa guerra, fornecem “munição” contra os funcionários públicos desarmados.

No pacote de soluções, o governador Beto Richa contratou a peso de ouro o jornalista Mário Rosa, autor do best seller “A Era do Escândalo” para recuperar sua imagem destruída depois do massacre de 29 de abril.

O leitor também soube ontem que o tucano reforçou seu time com criminalistas. Além do respeitado René Ariel Dotti, integra a defesa de Beto Richa, no crime, o renomado jurista Ives Granda Martins. Ou seja, o governador trocou os assessores políticos pelos advogados criminalistas. Tem a ver com a bronca da Receita Estadual e o massacre.

Nessa frente jurídica há um ruído importante. Corretamente, o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) pagará a reposição inflacionária de 8,17% a seus servidores em parcela única. Ok, cumpre a lei. No entanto, os mesmos desembargadores concedem liminar contra a greve que reivindica justamente os mesmos 8,17%.

Como pode a sociedade em geral — e o judiciário em particular — pugnar por um ensino de primeiro mundo se se comporta, de maneira medíocre, como sociedade de terceiro mundo?

O diabo é que o governador Beto Richa mobiliza toda uma máquina de guerra contra os servidores públicos que, com certeza, custa bem mais caro do que deve a eles. Ficaria mais barato ao erário se ele cumprisse a lei da data-base, pagando os 8,17% ainda este ano, que recorrer a mercenários de plantão.

Então, o que fez o governador optar pela guerra ao invés da paz? Ora, a vaidade, a birra, o ego, a arrogância, a truculência, a maldade… Coisa de piá pançudo, de gente ruim.

Se houve o massacre no dia 29 de abril, no Centro Cívico, está em curso um novo massacre na opinião pública. Só não vê quem não quer.

Por fim, o Blog do Esmael vai transmitir ao vivo na terça-feira (9), a partir das 9 horas, em parceria com a TV 15, a assembleia geral da APP-Sindicato. O leitor também poderá acompanhar tudo em tempo real pelo Facebook. Basta curtir a fanpage para receber as atualizações das notícias.

4 de junho de 2015
por esmael
51 Comentários

Governador Beto Richa troca assessores políticos por experientes criminalistas. O melhor está por vir?

O governador Beto Richa (PSDB) esteve ontem (3) em São Paulo amparado por dois advogados criminalistas. Além do paranaense René Ariel Dotti, o tucano também carregou a tiracolo o jurista Ives Gandra da Silva Martins, um dos mais respeitáveis do país.

O governador paranaense não desgruda mais dos criminalistas porque teme o processo pelo massacre de professores no dia 29 de abril, mas, o que realmente tira seu sono, são as investigações de corrupção na Receita Estadual.

É a primeira vez na história do Paraná que um governador troca assessoria política por renomados criminalistas.

Beto Richa visitou ontem a Folha de S. Paulo, onde foi recebido com almoço e entrevistado pela TV Folha.

O governador voltou a dizer que é vítima de perseguição política cujo alvo central é o PSDB nacional. Ou seja, ele quer arrastar para o centro da crise paranaense Aécio Neves, José Serra e FHC, dentre outros tucanos de menor plumagem.

A seguir a nota publicada na edição de hoje no Painel da Folha:

Visita à Folha Beto Richa, governador do Paraná, visitou ontem a Folha, onde foi recebido em almoço. Estava com Deonilson Roldo, chefe de gabinete, Ives Gandra da Silva Martins e René Ariel Dotti, advogados.

26 de maio de 2015
por esmael
23 Comentários

Governador Beto Richa sofre “impeachment moral” no Paraná

richa_impeachmentNos bastidores da política paranaense muitos são céticos quanto o avanço do processo de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). A petição foi protocolada ontem (25) na Assembleia Legislativa. O documento é encabeçado pelo advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin, seguido por juristas, professores universitários, advogados e mais de 6 mil cidadãos.

Mesmo sem o julgamento do pedido, o governador Beto Richa já sofreu na prática um ‘impeachment moral’ dos 10,5 milhões de paranaenses — ou 95% dos 11 milhões de conterrâneos que o rejeitam.

O próximo passo do processo de impeachment é a sua admissibilidade ou não pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, dublê de presidente do PSDB do Paraná.

Traiano é aliado do governador, o que torna mais fácil a tarefa do Saci Pererê “cruzar as pernas” do que o impedimento do governador tucano prosperar. Mas ainda há luta pela frente e os espíritos, sobretudo o das ruas, está muito armado nos 399 municípios paranaenses.

O “impeachment moral” é o preço que o governador do PSDB paga pela arrogância, prepotência e violência expressada no massacre contra professores e servidores públicos em 29 de abril. Também entra nessa conta a corrupção no governo do estado, propinas na Receita do Estado e casos de pedofilia envolvendo pessoas próximas ao chefe do executivo estadual.

25 de maio de 2015
por esmael
37 Comentários

Seis mil subscreveram pedido de impeachment de Beto Richa

impeachment_profs_richa

O professor universitário, advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin protocolou na tarde desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Paraná, o primeiro pedido de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). A petição foi subscrita por mais de seis mil paranaenses cujas assinaturas foram coletadas pela internet.

Os cidadãos ainda podem subscrever a petição que foi enviada hoje à Assembleia clicando aqui.

O pedido de impedimento (leia abaixo a íntegra do documento) tem como foco central o massacre de professores e servidores públicos, no dia 29 de abril, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária. 

22 de maio de 2015
por esmael
15 Comentários

Petista protocola segunda-feira pedido de impeachment contra Richa

tarso_massacre_richaO advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin vai à Assembleia Legislativa na segunda-feira, 25 de maio, às 13h30, protocolar o primeiro pedido de impeachment contra o governador Beto Richa (PSDB). Novamente, a “batata quente” recairá sobre o colo dos 54 deputados estaduais, que terão de manifestar-se acerca do documento.

O pedido plural e suprapartidário é encabeçado por advogados, professores, jornalistas, intelectuais, dentre outros profissionais. Os paranaenses também podem subscrever a petição que será enviada hoje à Assembleia clicando aqui.

Também corre na Procuradoria Eleitoral pedido de investigação da Polícia Federal, formulado pelo deputado Requião Filho (PMDB), de que propina da Receita Estadual teria robustecido de forma ilegal o caixa de campanha reeleitoral do tucano.

Filiado ao PT e presidente da presidente da Associação dos Blogueiros e Ativistas Digitais do Paraná – ParanáBlogs –, Tarso foi um dos mais de 200 feridos no massacre do dia 29 de abril, no Centro Cívico, durante a manifestação contra o confisco da poupança previdenciária de professores e servidores públicos do estado.

21 de maio de 2015
por esmael
44 Comentários

Richa ‘passa recibo’ de ligações entre 1ª dama e auditores da Receita

O intuito do governador Beto Richa (PSDB), em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, no UOL, era protegê-la, ampará-la, mas ao declarar que sua esposa e secretária da Família, Fernanda Richa, não sabia o que era um auditor fiscal atrapalhou-se todo. Piorou o que já estava muito ruim.

O governador tentava livrar a primeira-dama da denúncia de que teria cobrado R$ 2 milhões, em propina, para que ele assinasse promoção de auditores da Receita Estadual. O dinheiro abastecera a campanha de reeleição em 2014, apura o Ministério Público.

Segundo o jornal dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Notifisco), o decreto governamental das promoções “foi fruto do empenho da diretoria do Sindafep, da secretária Fernanda Richa, do secretário Luiz Eduardo Sebastiani e do diretor Helio Obara, que trabalharam unidos e comprometidos com a classe para que isto acontecesse”.

Portanto, o tucano mentiu ao jornalista Fernando Rodrigues e aos leitores do portal UOL. Fernanda Richa não só sabia o que era um auditor como também fora homenageada pela categoria, conforme reportagem de André Gonçalves, do blog Conexão Brasília, na Gazeta do Povo.

Ao desqualificar a própria mulher, Beto Richa ‘passou recibo’ para uma “denúncia anônima” que havia merecido na véspera repúdio até do deputado Requião Filho (PMDB). Na entrevista, o tucano foi descortês com a primeira-dama e com o clã Requião, que lhe deu a mão.

Percebendo a cagada que fez, Beto Richa correu para contratar o competente criminalista René Ariel Dotti. O jurista paranaense vai acompanhar as investigações de corrupção e propina na Receita Estadual, bem como a questão do massacre de professores no dia 29 de abril.

Jornalistas paranaenses e brasilienses estudam adotar o polígrafo nas entrevistas com o governador do Paraná. Esse equipamento eletrônico também é chamado de “detector de mentiras”. Se o entrevistado mentir nas respostas a máquina apita alto.

21 de maio de 2015
por esmael
55 Comentários

Para evitar impeachment e cadeia, Richa contrata criminalista René Dotti

rene_massacre_richaO governador Beto Richa (PSDB) resolveu antecipar-se aos fatos contratando o criminalista paranaense René Ariel Dotti. O renomado jurista vai acompanhar as investigações sobre o esquema de corrupção na Receita Estadual de Londrina e o massacre contra os professores no dia 29 de abril, no Centro Cívico, que deixou 213 feridos.

Além de temer o processo na área criminal, o tucano também se preocupa com o julgamento político. Amanhã, sexta-feira (21), o advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin vai formalizar a abertura do processo de impeachment contra o governador Beto Richa. O foco petição é o massacre no Centro Cívico.

Nas principais bancas de advocacia da capital paranaense fala-se em “500 milhas” de honorários para Dotti. Ou melhor R$ 500 mil ou meio milhão, segundo alguns advogados com “dor de cotovelo” que sonham com clientes deste quilate pelo valor da causa.

Nos bastidores da política a conversa é que a família Richa — Beto e Fernanda — vão partir para o ataque contra a RPC TV (afiliada à Globo), pois o governador descartou a renúncia ao cargo conforme anotou hoje o Blog do Esmael.