15 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
18 Comentários

Por falar em corrupção, copiloto de Beto Richa é condenado a 97 anos de cadeia no Paraná

O ex-inspetor-geral de fiscalização da Receita Estadual, Márcio Albuquerque Lima, amigo e copiloto do governador Beto Richa (PSDB) nas corridas de 500 Milhas de Londrina, foi condenado a 97 anos de prisão nesta quinta (15) por chefiar esquema de corrupção na Receita Estadual do Paraná. Leia mais

30 de novembro de 2016
por Esmael Morais
8 Comentários

Prisão de policial que ‘sabe demais’ causa paúra no Palácio Iguaçu

richa_teles_foz“Caiu” o policial civil Ademilton Joaquim Telles, conhecido como Teles, preso ontem (29) em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado na tríplice fronteira. A queda do moço causa paúra no terceiro andar do Palácio Iguaçu. Leia mais

17 de fevereiro de 2016
por admin
6 Comentários

Taradão do Palácio Iguaçu depõe hoje na Operação Publicano 1

taradao

O fotógrafo Marcelo Tchello Caramori, ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), que esteve preso ano passado sob a acusação de pedofilia, depõe hoje (17) como testemunha na Operação Publicano 1, que apura casos de corrupção na Receita Estadual.

Caramori fez acordo de delação premiada com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e está ajudando a desbaratar os esquemas de corrupção criados no governo do Estado.

Conhecido nos bastidores policiais e políticos como “Taradão do Palácio Iguaçu”, em virtude do cargo comissionado que tinha até janeiro de 2015 e pela sua prisão pela exploração de menores; Marcelo entregou as relações promíscuas do primo do governador, o lobista Luiz Abi Antoun, com a Receita Estadual, bem como as fraudes no governo do estado.  Leia mais

20 de julho de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: Beto Richa comemora o ‘Dia do Amigo’

richa_dia_do_amigoO governador Beto Richa (PSDB) não deixou passar em branco o “Dia do Amigo”, nesta segunda-feira (20). Recebeu alguns em Palácio Iguaçu, outros não, como se era de esperar. ... 

Leia mais

19 de junho de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Requião promete abrir acervo “bala de prata” às 20h de hoje na TV 15

Dentre fotos e vídeos que compõem o acervo “bala de prata” de Requião, tem esta na qual Beto Richa aparece com uniforme da escuderia de Márcio Albuquerque Lima, ex-chefe de fiscalização da Receita Estadual, preso por corrupção pelo Gaeco; charge de Paixão, na campanha de 2014; senador Roberto Requião promete abrir o baú hoje à noite, às 20 horas, com transmissão ao vivo do Blog do Esmael.

Dentre fotos e vídeos que compõem o acervo “bala de prata” de Requião, tem esta na qual Beto Richa aparece com uniforme da escuderia de Márcio Albuquerque Lima, ex-chefe de fiscalização da Receita Estadual, preso por corrupção pelo Gaeco; charge de Paixão, na campanha de 2014; senador Roberto Requião promete abrir o baú hoje à noite, às 20 horas, com transmissão ao vivo do Blog do Esmael.

O senador Roberto Requião resolveu abrir na noite desta sexta-feira (19), em Maringá, a partir das 20 horas, durante encontro regional do PMDB, o acervo “bala de prata” composto por fotografias exclusivas do ex-assessor do Palácio Iguaçu, Marcelo Tchello Caramori, que assinou delação premiada com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). ... 

Leia mais

12 de junho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: “Conselhos para o rei que está nu”

carvalho_richa_abiO principal informante do Blog do Esmael no terceiro andar do Palácio Iguaçu, que compreende o gabinete de Beto Richa (PSDB), nesta chuvosa sexta-feira 12, Dia dos Namorados, com riqueza de detalhes, descreve como eram as passagens do governador pela cidade de Londrina, a Capital do Café, e as viagens internacionais que ele fez com as famílias do primo Luiz Abi e do amigo Luiz de Carvalho – ambos coincidentemente presos no dia de ontem pelo Gaeco e Polícia Federal, respectivamente, por motivos diferentes.

Garganta Profunda de Londrina, codinome do X-9 palaciano, observa que Abi e Carvalho foram abandonados à própria sorte e não tiveram nenhuma palavra de conforto de Beto Richa. “Quando o velho José Richa nos deixou, sabe quem estava com ele no hospital em São Paulo? O Luis Abi”, recorda o informante.
Conhecedor de sua psique, a quem julga estar nu, Garganta Profunda de Londrina dá um conselho de graça para o governador do PSDB: “Peça uns três meses de licença. Não precisa ter medo da Cida e do Ricardo”.

Nos tempos de Prefeitura, no primeiro mandato de Beto, Abi e Carvalho formava um “trio de ferro” com o secretário Ezequias Moreira, o homem da sogra.

Leia a íntegra do relatório e do conselho ao governador Beto Richa: Leia mais

12 de junho de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Após dica de ‘Garganta Profunda’, primo do governador Beto Richa se entrega ao Gaeco

abi_gaeco_richaO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), se entregou à polícia por volta das 22 horas desta quinta-feira (11). Ele estava foragido há um dia. ... 

Leia mais

11 de junho de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Garganta Profunda de Londrina cria roteiro exclusivo para encontrar primo de Richa foragido da polícia

richa_gaeco_abiGarganta Profunda de Londrina, homem do Palácio Iguaçu, assíduo frequentador do 3º andar do Palácio Iguaçu, altruísta que é, fez um roteiro para o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) encontrar o lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), foragido da polícia desde ontem (10).

O parente do governador tucano é acusado de comandar uma quadrilha que desvia recursos da Receita Estadual e de fraudar licitações no governo do Paraná.

Para quem chegou agora, Garganta Profunda de Londrina é um informante do Blog do Esmael dentro do Palácio Iguaçu. A seguir, leia o roteiro exclusivo:

Abi foragido? Vamos ajudar o Gaeco a encontrá-lo: Leia mais

11 de junho de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Richa, primo, copiloto e fotógrafo viram ‘meme’ na internet

quadrilha_gaeco_richaEm tempos de festa junina e de desbaratamento de quadrilhas pelo Gaeco, o governador Beto Richa (PSDB), amigos e parentes viraram ‘meme’ nas redes sociais. ... 

Leia mais

10 de junho de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Quem pariu Caramori que o embale

Reinaldo de Almeida César*

Não tenho a menor ideia do que teria motivado o fotógrafo Tchelo Caramori a apagar a tatuagem “100% Beto Richa”, cravada com esmero em seu braço.

Também não sei porque a dublê de atriz e passista Viviane Araujo quer apagar a tatuagem feita em homenagem ao pagodeiro Belo e nem porque a cantora Kelly Key mandou tirar a tatuagem do Latino de sua panturrilha. Vai saber, mundo de celebridades.

Dizem os psicanalistas que o fenômeno de se apagar tatuagens é motivado pelos sentimentos de decepção, frustração, abandono e, como é óbvio, revela total arrependimento pelas juras de lealdade e proximidade, feitas sempre com muito afeto.

Segundo pesquisas coordenadas pela americana Myrna Armstrong, pessoas que desejavam remover tatuagens falavam em “melhorar a autoestima” ou, ainda, porque “desejavam remover uma lesão socialmente estigmatizante e que, em sua opinião, gerava descrédito”.

Não sei, insisto, que razões foram decisivas para Caramori arrancar Beto Richa do seu braço, fazendo isso certamente com muita dor no corpo e na alma.

Só sei que, uma vez mais, algum lua preta do Palácio Iguaçu achou que se conseguisse colocar Marcelo Caramori no meu colo, uma auréola de anjo pousaria sobre a cabeça do governador.

Segundo a FOLHA, em reportagem do último domingo, a Casa Civil do governo informou que teria sido eu o responsável pela indicação de Caramori.

De forma muita correta, como convém ao bom jornalismo, o jornalista Lucas Reis me entrevistou. Respondi suas perguntas com muita tranquilidade, bastando-me apenas, para isso, relatar a verdade factual.

Esqueci apenas de dizer à FOLHA que nunca estive em nenhum churrasco ou festa de arromba nas cercanias de Londrina, em qualquer fazenda em Apucarana ou em São Tomé das Letras.

Conheci Marcelo Caramori trabalhando como fotógrafo “free lancer” para a PM de Londrina, em algumas ocasiões que lá estive, sempre em viagem oficial, defendendo as ações de governo na área da Segurança.

Nunca estive com ele fora do ambiente de eventos oficiais. Desde que deixei a SESP, em 2012, nunca mais me avistei e nem tive qualquer contato com Marcelo Caramori.

Não há qualquer documento com minha assinatura propondo a nomeação de Caramori, nunca lhe deferi amizade, nem nunca trocamos telefonemas. Simples assim.

Se eu tivesse indicado Marcelo Caramori para algum cargo no governo – ou com ele tivesse tido algum tipo de convivência e amizade – não teria nenhum problema em admitir isso agora. E o faria com muita hombridade. Li em algum lugar que está na hora de homens de verdade honrarem as calças que vestem.

Porém, devo dizer que não tive, nem tenho qualquer relação com Caramori. Apenas o conheci, no período de governo. Parecia-me boa figura, simpático e dedicado profissional da fotografia. Não lhe desejo mal nenhum e nem vou negar que lhe conheci. Com sentimento cristão e à luz do Estado Democrático de Direito, desejo-lhe apenas que seja julgado em processo judicial que lhe permita ampla defesa e que tenha um julgamento justo.

Espero que seja a última vez que repito: nunca pedi ao Palácio e aos palacianos para nomear Marcelo Caramori – ou quem quer que seja – na assessoria do governador, na Casa Civil.

A recíproca não é verdadeira. Certa feita, por exemplo, pediram-me para nomear uma jovem advogada na minha assessoria pessoal, na Secretaria de Segurança.

Mas, não posso me queixar.

Foi uma boa assessora, inteligente e dedicada, sempre muito bem-apessoada e com cativante apresentação.

Se o Palácio quiser, assumo plenamente esta nomeação, por Leia mais

7 de junho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

“Taradão do Palácio Iguaçu” virou delator de esquemas de corrupção e pedofilia no governo Richa

richa_caramoriO fotógrafo, amigo e ex-assessor do governador Beto Richa (PSDB), Marcelo Tchello Caramori, assinou delação premiada com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público do Paraná. A informação é do repórter Lucas Reis, na edição deste domingo (7) no jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a reportagem, o ex-assessor do governador teria ficado decepcionado e por isso mudou até a tatuagem que tinha no antebraço. Ele trocou “100% Beto Richa” por “100% família” após ser renegado publicamente por Beto Richa. Leia mais

17 de maio de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Garganta Profunda: Beto Richa, cuidado com as delações espontâneas!

collor_richa_impeachmentO principal informante do Blog do Esmael no terceiro andar do Palácio Iguaçu, que compreende o gabinete do governador Beto Richa (PSDB), neste domingo (17), foi acometido pela “compaixão” ao tucano encrencado com propinas que irrigaram sua reeleição com R$ 2 milhões vindos da Receita Estadual.

Garganta Profunda de Londrina, codinome do X-9 palaciano, explica as diferenças entre “delação premiada” — que faz sucesso na Operação Lava Jato, do juiz Sérgio Moro — e “delação espontânea”, aquela desinteressada, portanto, mais difícil de contestar…

“O governador Beto Richa precisa tomar cuidado”, recomenda o informante ao fazer um paralelo histórico do escândalo do tucano paranaense com aquele que derrubou Collor de Mello (um Fiat Elba), nos anos 1992, e o que defenestrou o então superministro da Fazenda, Antônio Palocci, a partir da delação do caseiro Francenildo Costa, nos anos 2006.

O medo do Palácio Iguaçu é com o “inesperado”, não com o que é previsível nessa usina de escândalos que envolvem sexo, droga e rock and roll.

Leia a íntegra de mais um relatório, com jeito de série “O melhor está por vir…”, de Garganta Profunda de Londrina: Leia mais

16 de maio de 2015
por Esmael Morais
25 Comentários

Mensalão com propina abasteceu campanha de Richa, diz Jornal Nacional

mensalao_richaO governador Beto Richa (PSDB) voltou esta noite ao telejornal da Globo, que revelou ao país um mensalão na campanha de reeleição do tucano com propinas da Receita Estadual. Estima-se, inicialmente, em R$ 2 milhões o valor do roubo.

O grupo de auditores fiscais da Receita tinha meta de arrecadação de propina e fazia a cobrança e o repasse mensalmente, conforme revelou o auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, em depoimento prestado em acordo de delação premiada.

Assista ao vídeo:

De acordo com o advogado Eduardo Duarte Ferreira, que representa o delator, os valores arrecadados eram enviados para Curitiba por meio de empresa “oficiosa”.

A bancada do Jornal Nacional, hoje comandada por Chico Pinheiro e Giuliana Morrone, que gosta mais dos tucanos, também veiculou vídeo no qual Richa tenta esquivar-se dos fiscais da Receita. Segundo ele, o delator do esquema é “criminoso, réu confesso, preso por abuso de menores”.

O governador utilizara o mesmo expediente no final de março para desqualificar seu ex-assessor e ex-fotógrafo particular Marcelo “Tchello” Caramori. O “Taradão do Palácio Iguaçu” acabou entregando o esquema de fraudes comandado pelo lobista Luiz Abi Antoun, primo de Richa, que, segundo delação, arrecadava dinheiro em órgãos públicos para as campanhas eleitorais do parente. Leia mais

16 de abril de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Fórum apresenta ‘Placar da Corrupção’ idealizado pelos primos Requião

Os primos Arruda e Requião Filho, idealizadores do fórum anticorrupção no governo Richa, apresentam placar que será inaugurado dia 26; Os integrantes do clã Requião distribuíram hoje imagem simulando o painel na Rua XV, em Curitiba.

Os primos Arruda e Requião Filho, idealizadores do fórum anticorrupção no governo Richa, apresentam placar que será inaugurado dia 26; Os integrantes do clã Requião distribuíram hoje imagem simulando o painel na Rua XV, em Curitiba.

O ‘Fórum Popular Contra a Corrupção no Paraná’ apresentou nesta quinta-feira (16) o ‘Placar da Corrupção’, que será inaugurado no próximo dia 26 de abril, em Curitiba, durante manifestação pelo impeachment do governador Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

15 de abril de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Coluna do Reinaldo Almeida César: “Agora só falta dizerem que indiquei Luiz Abi para trabalhar com Richa”

reinaldo_caramori_abi_richaReinaldo Almeida César*

Além-mar, o colunista Reinaldo Almeida César mandou nesta quarta-feira (15) duas mensagens ironizando os maledicentes a estibordo. Segundo ele, palacianos plantaram notinhas em blogs e jornais tentando jogar o fotógrafo Marcelo Caramori em seu colo.

“Não sou nascido nem criado em Londrina, nunca tive relação de amizade com Caramori”, pontua, para então fulminar seus detratores:

“Só falta agora os que dançam minueto ou manejam os vinhos caros e de boa cepa na Corte, propalarem que eu indiquei o suposto primo Luiz Abi para trabalhar com o então promissor deputado Beto Richa na Assembleia ou para que ele recebesse – suprema glória – a medalha Sarmento, a mais alta condecoração da Polícia Militar do Paraná”.

A seguir, leia a íntegra das mensagens de Almeida César: Leia mais

14 de abril de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

João Arruda propõe ‘Fórum Popular Contra a Corrupção’ no Paraná

‘Fórum Popular Contra a Corrupção’ teria o papel de mobilizar a sociedade pela CPI na Assembleia; João Arruda, idealizador do colegiado, reforça a necessidade ampliar a pressão pela assinatura de apoio dos deputados estaduais; autor do requerimento da investigação, Requião Filho, promete para os próximos dias um "Placar da Corrupção" nas principais cidades do Paraná.

‘Fórum Popular Contra a Corrupção’ teria o papel de mobilizar a sociedade pela CPI na Assembleia; João Arruda, idealizador do colegiado, reforça a necessidade ampliar a pressão pela assinatura de apoio dos deputados estaduais; autor do requerimento da investigação, Requião Filho, promete para os próximos dias um “Placar da Corrupção” nas principais cidades do Paraná.

O deputado João Arruda (PMDB), coordenador-geral da bancada federal paranaense em Brasília, nesta terça-feira (14), sugeriu que partidos e movimentos sociais constituam um ‘Fórum Popular Contra a Corrupção no Paraná’ visando pressionar a Assembleia Legislativa a instalar uma comissão para investigar os recentes escândalos na Receita Estadual. ... 

Leia mais

12 de abril de 2015
por Esmael Morais
56 Comentários

Um mês depois, o movimento Fora Dilma “vira pó” em Curitiba

Compare o antes (15 de março) com o depois (12 de abril) e veja o fiasco que foi o movimento contra Dilma, neste domingo, em Curitiba; segundo a PM, apenas três mil pessoas foram às ruas da capital paranaense; a concentração e passeata foram transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael em parceria com a TV 15.

Compare o antes (15 de março) com o depois (12 de abril) e veja o fiasco que foi o movimento contra Dilma, neste domingo, em Curitiba; segundo a PM, apenas três mil pessoas foram às ruas da capital paranaense; a concentração e passeata foram transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael em parceria com a TV 15.

Como já era esperado, foi um fiasco a manifestação pelo impeachment fora Dilma em Curitiba. Segundo a Polícia Militar, apenas 3 mil pessoas compareceram ao protesto convocado pelo movimento “Endireita Paraná”, cujos integrantes são ligados ao deputado licenciado Ratinho Júnior (PSC) e ao governador Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

12 de abril de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Blog do Esmael transmite ao vivo, às 14 horas, passeata contra Dilma

richa_abi_tchello_dilmaA exemplo do que já ocorreu no mês passado, o Blog do Esmael vai transmitir ao vivo neste domingo 12, a partir das 14 horas, direto de Curitiba, a manifestação pelo Fora Dilma em parceira com a TV 15. ... 

Leia mais

10 de abril de 2015
por Esmael Morais
25 Comentários

Prisão de organizadores ‘por corrupção’ desmotiva movimento fora Dilma no Paraná

panelaco_dilma_richaO humorista José Simão, colunista da Folha de S. Paulo, no final de março anotou: “E o primo do Beto Richa no domingo 15 protestava contra a corrupção. Na terça foi preso por corrupção. Auto-Protesto!”. Não era piada, pois Luiz Abi Antoun saiu mesmo para protestar contra a presidenta Dilma Rousseff (PT) na passeata de 15 de março. ... 

Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Oficial da PM afirma Luiz Abi “ajudava” Polícia Militar a obter recursos

samirAs investigações do Gaeco vão avançando e a cada dia surgem mais “surpresas” da rede de corrupção montada no governo Beto Richa (PSDB) e operada pelo seu primo, Luiz Abi Antoun, que chegou a ser preso no mês passado.

Em depoimento ao Ministério Público, o tenente-coronel da Polícia Militar, Samir Elias Geha, afirmou que o influência de Luiz Abi na PM ia além da suposta fraude na licitação de serviços de manutenção das viaturas.

Segundo Geha, Luiz Abi era um verdadeiro provedor de recursos, considerado um “benfeitor” para a PM, só que às margens da legalidade. O tenente-coronel afirmou que procurava Luiz Abi quando faltava dinheiro no quartel.

No último dia 26 de março, o Blog do Esmael anotou que o Gaeco havia complicado a vida de Richa porque seu primo, preso por corrupção, mandava nas polícias do Paraná (clique aqui). O registro fora fundamentado nas investigações dos promotores de Londrina.

O Ministério Público aponta que Luiz Abi é o verdadeiro proprietário da oficina Providence, que venceu a licitação de manutenção de viaturas, considerada fraudulenta pelos promotores. O proprietário legal da oficina, Ismar Ieger, seria um “laranja” de Abi, e teria sido apresentado ao primo do governador pelo tenente-coronel Geha.

Samir Elias Geha, está na Polícia Militar há 29 anos e foi ouvido na condição de testemunha, pois até agora não responde por nenhuma irregularidade.

A crise econômica em que o Beto Richa enfiou o governo do Paraná faz com que instituições como a Policia Militar se fragilizem, e fiquem à mercê de oportunistas como o primo de Richa, Luiz Abi Antoun. A falta de combustível, viaturas sucateadas, falta de alimentação adequada, calotes nos pagamentos de benefícios baixam o moral da tropa, e abrem as portas para soluções “não convencionais” para os problemas do cotidiano.

Abi montou uma estrutura de poder paralela ao governo, se aproveitando da crise e dos problemas na administração para sugar e desviar recursos do próprio estado.

Portanto, está cada dia mais difícil sustentar que o governador não sabia dos esquemas operados por Abi, pois até as capivaras do Parque Barigui já tinha conhecimento da “operação subterrânea” de seu parente no governo do estado.

Por outro lado, a maioria na Assembleia Legislativa ainda confere uma certa blindagem ao governador. Mas, afinal de contas, até quando?

Confira vídeo com reportagem da RPCTV sobre o caso: Leia mais