13 de setembro de 2016
por esmael
24 Comentários

Enio Verri: Venda da Copel e Sanepar é mais um ato autoritário do tucano Beto Richa

enio_richaO deputado Enio Verri (PT-PR), em sua coluna desta terça (13), denuncia o autoritarismo do governador Beto Richa (PSDB) que, por meio de tratoraço na Assembleia Legislativa, aprovou ontem (12), em primeira discussão, venda da Copel e Sanepar.

16 de setembro de 2015
por esmael
29 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: Beto Richa vai privatizar “na mão grande” a Copel e Sanepar; vai ter panelaço?

mauro_sanepar_richaGarganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, divulga o script do governador Beto Richa (PSDB) para pôr as “mãos peludas” na Copel e na Sanepar. Segundo o nosso Julian Assange das Araucárias, o tucano pretende dar as ações das empresas públicas – sem passar pela Assembleia – em garantia pela suspeitíssima “antecipação de recebíveis” que poderão chegar a R$ 6 bilhões.

“Por esse valor de R$ 6 bilhões o Estado do Paraná vai receber a fabulosa quantia de R$ 3 bi!”, ironiza.

De acordo com o X-9 mais famoso das Américas, que tem acesso fácil ao 3º andar do Palácio Iguaçu, a maracutaia teria sido planejada antes da posse do secretário Mauro Ricardo Costa, titular da Fazenda, indicado para o cargo pelo lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa.

No início de fevereiro deste ano, o Blog do Esmael repassou informações sobre a “Paraná Securitização” bem antes do “pacote de maldades” que previa a criação da Companhia Paranaense de Securitização (PRSEC). Essa nova empresa, criada oficialmente no dia 29 de abril, dia do massacre no Centro Cívico, tem o objetivo de liquidar o patrimônio público dos paranaenses, conforme relatou o informante ainda em dezembro de 2014.

A seguir, leia a íntegra do relatório especial de Garganta Profunda de Londrina:

4 de setembro de 2015
por esmael
8 Comentários

“Pacote de Maldades 3” do governo Beto Richa prevê maracutaia de R$ 6 bilhões com recebíveis

richa_recebiveis

Recentemente, estupefato, o site Livre.Jor anotou que o governo do Paraná criara uma nova empresa denominada Companhia Paranaense de Securitização (PRSEC). Dentre os sócios consta Mauro Ricardo Costa, secretário Estado da Fazenda, interventor nacional do PSDB nas finanças do estado, cujo currículo invejaria até Al Capone. Leia mais