27 de agosto de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Quer a ditadura de volta? Visite o Paraná de Beto Richa; assista ao vídeo

richa_massacreNas últimas manifestações de 16 de agosto viu-se faixas e cartazes pedindo de volta a ditadura militar no país. Talvez os incautos protestantes e marchantes não sabiam o que estava reivindicando, mas, por isso, o Blog do Esmael vai dar uma forcinha lançando a campanha “Quer a ditadura de volta? Visite o Paraná de Beto Richa”. ... 

Leia mais

24 de agosto de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Professores marcham sábado para lembrar 4 meses do massacre no Centro Cívico

A APP-Sindicato realizará neste sábado, dia 29 de agosto, às 8h da manhã, uma assembleia da categoria na Praça Santos Andrade (UFPR), em Curitiba, em seguida, todos marcharão até a o Centro Cívico para dizer ao governador Beto Richa (PSDB): violência nunca mais.

O movimento contará com apoio e presenças de professores, funcionários, alunos e pais em tradicional marcha na defesa da educação pública e para repudiar a violência. O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, vai transmitir o protesto ao vivo para o Brasil e o mundo.

A assembleia e a marcha acontecerão no dia 29, exatamente quatro meses após o massacre ter se repetido como tragédia. Em abril, 213 pessoas ficaram feridas depois que Beto Richa autorizou a polícia usar de violência contra educadores que lutavam contra o confisco de R$ 8 bilhões da aposentadoria do funcionalismo público.

Na semana passada, o deputado Fernando Francischini (SD), secretário da Segurança no massacre, em entrevista à TV 15 e ao Blog do Esmael, prometeu revelar em breve o “verdadeiro mandante” da covardia contra os professores no Centro Cívico.

A APP também promete relembrar a violência do governo de Alvaro Dias, em 1988. Na época, foram dezenas de feridos; em 2015, centenas. “A história se repetiu como tragédia”, diz a entidade representativa do magistério paranaense.

“Sabe por que eu sou aposentada e continuo militando? Porque eu acredito em um mundo mais justo. O que aconteceu este ano foi muito pior que 88, a gente não pode parar”, conta a professora Maria Adelaide ao sintetizar os ideais da luta da APP-Sindicato.

Leia mais

20 de agosto de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Francischini sobre o massacre de 29 de abril: “Eu não mandaria bater em professor”; assista ao vídeo

O deputado federal Fernando Francischini (SD), ex-secretário da Segurança Pública do Paraná, em entrevista exclusiva ao Blog do Esmael/TV 15, afirmou nesta quinta-feira (20) que revelará em breve o verdadeiro mandante do massacre de professores e servidores públicos no dia 29 de abril.

“Não seria eu, numa maluquice política, que mandaria bater em professor”, esquivou-se Francischini, de Brasília, em seu primeiro pronunciamento oficial após quatro meses do triste episódio.

O parlamentar entrou ao vivo na transmissão da manifestação pró-Dilma Rousseff e PT, que reuniu cinco mil pessoas na capital paranaense.

O ex-secretário adiantou que no momento oportuno revelará “quem são as pessoas e autoridades que participaram [da decisão]. Vocês vão ter surpresa”, assegurou, olhando firme em direção ao 3º andar do Palácio Iguaçu.

De acordo com Francischini, [o massacre] foi uma posição de governo. “Não me foi dada a oportunidade de defesa”, reclamou.

Em 29 de abril, no Centro Cívico, durante manifestação contra o confisco da poupança previdenciária, a PM reprimiu violentamente professores e servidores. Resultaram 213 feridos do massacre, demissão de secretários de Estado, dentre os quais Francischini, e muita perseguição de educadores.

A entrevista completa de Francischini está aqui neste link (a partir de 1h e 17 minutos) Leia mais