27 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Golpe de Temer é… desemprego de 17,4% na Grande São Paulo

Golpe de Temer é… desemprego de 17,4% na Grande São Paulo

Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese, aponta em 17,4% a taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo. ... 

Leia mais

22 de março de 2017
por Esmael Morais
2 Comentários

Zeca Dirceu quer mudança no PT

O deputado federal Zeca Dirceu, filho do ex-ministro José Dirceu, apoia uma das cinco chapas inscritas para a disputa do diretório estadual do PT no Paraná no dia 9 de abril. Em artigo especial para o Blog do Esmael, o parlamentar explica por que defende a mudança no partido. Leia mais

15 de julho de 2014
por Esmael Morais
25 Comentários

Deputado do PT vai coordenar comitê suprapartidário Dilma-Requião

Deputado Doutor Rosinha, símbolo da militância aguerrida do PT, vai coordenar o comitê suprapartidário Dilma-Requião no Paraná; presidente do PT de Curitiba, Natalino Bastos, confirmou ao Blog do Esmael a crescente dissidência, que desidrata campanha de Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná; vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, principal nome petista na capital, também ingressará no comitê suprapartidário com lideranças do PT, PCdoB e PDT; entre os dissidentes, há expectativa de desistência de Gleisi da corrida eleitoral; nesse cenário, disputa ficaria polarizada entre Requião e o governador Beto Richa (PSDB) e eleição seria decidida em apenas um turno.

Deputado Doutor Rosinha, símbolo da militância aguerrida do PT, vai coordenar o comitê suprapartidário Dilma-Requião no Paraná; presidente do PT de Curitiba, Natalino Bastos, confirmou ao Blog do Esmael a crescente dissidência, que desidrata campanha de Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná; vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, principal nome petista na capital, também ingressará no comitê suprapartidário com lideranças do PT, PCdoB e PDT; entre os dissidentes, há expectativa de desistência de Gleisi da corrida eleitoral; nesse cenário, disputa ficaria polarizada entre Requião e o governador Beto Richa (PSDB) e eleição seria decidida em apenas um turno.

O deputado federal Dr. Rosinha, do PT, foi alçado à  coordenação do comitê suprapartidário em apoio à  reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT) e da eleição do senador Roberto Requião (PMDB) ao governo do Paraná. O parlamentar, que não vai disputar a eleição neste ano, foi escolhido por unanimidade dentro de um grupo petista dissidente que não quer nem ouvir falar na candidatura da senadora Gleisi Hoffmann (PT). ... 

Leia mais

18 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Guerra interna: Vanhoni desautoriza presidente do PT e elogia Fruet

A guerra intestina do PT de Curitiba ganhou novo capítulo no início desta noite com a intervenção do deputado federal à‚ngelo Vanhoni. Antes, ainda pela manhã, o blog registrou que o presidente municipal do partido na capital, Natalino Bastos, distribuiu Nota Oficial à  imprensa declarando guerra ao prefeito Gustavo Fruet, do PDT.

Também em nota, Vanhoni não só defendeu a nomeação do ativista Igor Martini para a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos como aplaudiu a criação da nova estrutura. “Nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão pela criação desta coordenadoria”, pontuou o parlamentar.

O deputado Vanhoni disse que a atitude de Fruet foi progressista, que vai ao encontro à  visão programática expressa em inúmeros documentos partidários.

“Caro presidente Natalino, o aplauso, se confirmado, a indicação do Sr. Igor Martini, no meu entendimento deve ser duplo, porque o Prefeito convida, além de um membro do PT, um militante reconhecido não só em Curitiba”.

A guerra interna no PT curitibano é reflexo do Processo Eleitoral Direto (PED) que deixou feridas abertas ainda não cicatrizadas.

Natalino Bastos foi eleito com o apoio do vice-presidente da Câmara, André Vargas, e da vice-prefeita Mirian Gonçalves. O candidato preferido de Vanhoni e da senadora Gleisi Hoffmann, o Zuquinha, perdeu naquele pleito.

Mais do que espaço para o PT no governo municipal, como expressa a nota oficial do presidente Natalino, o imbróglio interno tem a ver com 2016. O tiro disparado hoje contra Fruet — acidental ou não — soou como um chamado para a briga.

A nota de Vanhoni, desta noite, significou uma tentativa de “pano quente” ao desautorizar o presidente da sigla petista na capital. “Parabéns Gustavo Fruet, a democracia e os direitos humanos te saúdam”, escreveu o deputado.

A seguir, leia a íntegra da nota de à‚ngelo Vanhoni:

Prezado Presidente Natalino,

Tomei conhecimento pela imprensa, a respeito da possível nomeação de um quadro do nosso Partido para coordenar as atividades de um órgão recém criado na estrutura municipal, com a finalidade de estruturar a política de direitos humanos do nosso município.

Em primeiro lugar nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão, pela criação desta coordenadoria. Sabemos o quanto essa atitude do Prefeito Gustavo Fruet tem de progressista, indo ao encontro a visão programática expressa em inúmeros documentos partidários.

Caro Presidente Natalino, o aplauso, se confirmado, a indicação do Sr. Igor Martini, no meu entendimento deve ser duplo, porque o Prefeito convida, além de um membro do PT, um militante reconhecido não só em Curitiba, mas também em nosso país pelo seu compromisso pelas políticas de estado que devem promover os direitos humanos em uma sociedade tão complexa e dividida como a nossa.

Parabéns Gustavo Fruet, a democracia e os direitos humanos te saúdam.

Angelo Vanhoni
Deputado Federal do PT-PR

Leia mais

18 de novembro de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

André Vargas impõe derrota ao casal ministerial em Curitiba, dizem petistas

De punhos cerrados em homenagem a José Genoino, ex-presidente nacional do PT, que estava preso ilegalmente em regime fechado, militantes e dirigentes do partido formaram aliança em Curitiba para o segundo turno do PED; candidato de André Vargas, Natalino Bastos, conseguiu reunir as chapas derrotas no primeiro turno; matematicamente, Zuca, o nome que tem simpatia dos ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, deverá ser derrotado no próximo dia 24; internamente, petistas dizem que vice-presidente da Câmara impôs segunda derrota no casal ministerial em Curitiba em pouco mais de um ano; primeiro grande revés, segundo a companheirada!, ocorreu na convenção que escolheu, a contragosto do casal, a vice Mirian Gonçalves; externamente nada muda, pois Gleisi é candidata que une a legenda; entretanto, dependerá de Enio Verri (presidente estadual) e de Vargas para aprovar políticas de alianças em 2014.

De punhos cerrados em homenagem a José Genoino, ex-presidente nacional do PT, que estava preso ilegalmente em regime fechado, militantes e dirigentes do partido formaram aliança em Curitiba para o segundo turno do PED; candidato de André Vargas, Natalino Bastos, conseguiu reunir as chapas derrotas no primeiro turno; matematicamente, Zuca, o nome que tem simpatia dos ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, deverá ser derrotado no próximo dia 24; internamente, petistas dizem que vice-presidente da Câmara impôs segunda derrota no casal ministerial em Curitiba em pouco mais de um ano; primeiro grande revés, segundo a companheirada!, ocorreu na convenção que escolheu, a contragosto do casal, a vice Mirian Gonçalves; externamente nada muda, pois Gleisi é candidata que une a legenda; entretanto, dependerá de Enio Verri (presidente estadual) e de Vargas para aprovar políticas de alianças em 2014.

“O vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas, definitivamente, colocou os dois pés na capital”. A avaliação é de um graduado dirigente petista em Curitiba, ao observar a aliança forjada para a disputa da presidência do PT no segundo turno previsto para o dia 24 próximo. ... 

Leia mais

10 de novembro de 2013
por Esmael Morais
4 Comentários

Lula: PT precisa dialogar mais com a juventude

do Brasil 247Ao chegar ao Diretório Nacional do PT para participar da eleição nacional do partido, neste domingo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma autocritica à  sigla.

“O desafio dos próximos dirigentes do PT é, além de renovar o partido, porque eu acho que o partido precisa fazer um discurso mais para a juventude, é importante a gente consolidar o processo eleitoral do próximo ano”, disse.

Acompanhado do ministro Alexandre Padilha, o ex-presidente também afirmou que as eleições mostram a “força” do partido e a “vontade política” de acabar com 20 anos de PSDB em São Paulo.

“A eleição do PT é para mostrar a força do PT e para garantir que o PT tenha uma direção consolidada e comprometida com o governo da presidente Dilma e com uma vontade política de eleger o próximo governador do estado de São Paulo, porque acho que São Paulo merece uma oportunidade de ter um governo do PT para gente provar que São Paulo pode ser muito melhor”, disse Lula.

Seis candidatos disputam o comando nacional da legenda, mas a expectativa é que Rui Falcão seja reeleito para comandar o PT na campanha para o segundo mandato de Dilma Rousseff para a Presidência da República.

Mais cedo, pelo Twitter, a presidente Dilma Rousseff confirmou sua participação na eleição e elogiou o partido:

“Tenho orgulho do PT, um partido nascido das lutas dos trabalhadores e que governa olhando para os mais pobres, os mais fracos, os mais necessitados. Assim foi no governo do pres. Lula. Assim é no meu”, escreveu.

Leia mais

28 de setembro de 2013
por Esmael Morais
20 Comentários

Petistas tentam ofuscar Aécio neste sábado em Curitiba

Sob a liderança de Richa, tucanos fazem festa hoje em Curitiba para apaziguar o ninho e lançar àlvaro Dias para a reeleição; o senador ameaçava pular a cerca ao lado do ex-governador paulista José Serra; Aécio diz que copiará choque de gestão! do governador paranaense; já os petistas realizam evento político do PED (Processo de Eleição Direta), que ocorrerá em novembro, pela reeleição de Falcão à  presidência nacional, e do deputado Enio Verri, à  presidência estadual do Paraná; Gleisi e Paulo Bernardo tentam ofuscar a presença do senador mineiro na capital do Paraná.

Sob a liderança de Richa, tucanos fazem festa hoje em Curitiba para apaziguar o ninho e lançar àlvaro Dias para a reeleição; o senador ameaçava pular a cerca ao lado do ex-governador paulista José Serra; Aécio diz que copiará choque de gestão! do governador paranaense; já os petistas realizam evento político do PED (Processo de Eleição Direta), que ocorrerá em novembro, pela reeleição de Falcão à  presidência nacional, e do deputado Enio Verri, à  presidência estadual do Paraná; Gleisi e Paulo Bernardo tentam ofuscar a presença do senador mineiro na capital do Paraná.

De um lado, com 11% de intenções de voto, o senador Aécio Neves, do PSDB. Do outro, representando a presidenta Dilma Rousseff, com 38% das intenções de voto, está Rui Falcão, candidato à  reeleição na presidência do PT. ... 

Leia mais

21 de setembro de 2013
por Esmael Morais
2 Comentários

Anísio Homem, da corrente O Trabalho, nega que afrouxou o sutiã

O petista Anísio Garcez Homem, dirigente radical da corrente O Trabalho, em carta enviada a esse blogueiro, nega veementemente que tenha afrouxado o sutiã (flexibilizado convicções políticas e ideológicas de antanho) ao aderir à  chapa do campo majoritário liderado pela corrente CNB (Construindo um Novo Brasil).

A seguir, eu publico a íntegra da carta de Anísio Garcez Homem:

Carta em resposta à  sua postagem de ontem.

Caro Esmael,

Em sua coluna de ontem sexta-feira, você faz afirmações acerca de uma suposta nota minha com uma orientação à  militância da corrente O Trabalho do PT de “aderir à  chapa do campo majoritário petista liderado pela corrente CNB (Construindo um Novo Brasil). Tal nota nunca existiu, e nem poderia existir, dado que o campo majoritário petista (CNB), como você próprio atesta, “se esfacelou em várias chapas no PED”. Ou seja, você diz e se desdiz em apenas poucos parágrafos.

No entanto, você acerta quando escreve que convoquei – assim como outros companheiros – a militância petista para estar presente em uma plenária da chapa Na luta sempre: pela constituinte para uma reforma política e por avanços sociais!, e que esta chapa tem como candidato a presidente do PT de Curitib Leia mais

20 de setembro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Tendência O Trabalho! afrouxa o sutiã na disputa pelo PT de Curitiba

Em janeiro de 2013, durante marchinhas de Garibaldi e Sacis, no Largo da Ordem, Anísio já se mostrava bastante "flexível"; o neopetista Milton Alves foi o grande responsável pelo convencimento do líder d

Em janeiro de 2013, durante marchinhas de Garibaldi e Sacis, no Largo da Ordem, Anísio já se mostrava bastante “flexível”; o neopetista Milton Alves foi o grande responsável pelo convencimento do líder d”O Trabalho, que nesta sexta anunciou que afrouxou o sutiã; guru Pedro Paulo, vereador da capital, dissidente da CNB, agora lidera o grupo na disputa pelo PED.

O petista radical Anísio Garcez Homem, da corrente O Trabalho, anunciou que afrouxou o sutiã nesta sexta (20). Em nota, ele orienta a militância a aderir à  chapa do campo majoritário petista liderado pela corrente CNB (Construindo um Novo Brasil). ... 

Leia mais

20 de setembro de 2013
por Esmael Morais
5 Comentários

Enio Verri realiza ato político pela reeleição na presidência do PT

Ato político em apoio a Enio Verri e Rui Falcão, candidatos á reeleição no PT, reúne lideranças do partido em Curitiba; Processo de Eleição Direta (PED) será em novembro; no encontro da semana que vem, estarão presentes os ministros Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo, deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vereadores e dirigentes do PT.

Ato político em apoio a Enio Verri e Rui Falcão, candidatos á reeleição no PT, reúne lideranças do partido em Curitiba; Processo de Eleição Direta (PED) será em novembro; no encontro da semana que vem, estarão presentes os ministros Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo, deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vereadores e dirigentes do PT.

A chapa O Partido que Muda o Brasil!, que tem o deputado Enio Verri como candidato à  reeleição a presidência do diretório estadual do PT, vai realizar no próximo dia 28, em Curitiba, um ato político com a presença de lideranças nacionais e estaduais do partido.  ... 

Leia mais

12 de setembro de 2013
por Esmael Morais
21 Comentários

Seis chapas disputam o PT de Curitiba; uma “sem cabeça”

Medalhões estão por trás das duas chapas favoritas para vencer no diretório petista na capital; Pedro Paulo afrouxou o sutiã, mas tem seu candidato; Gleisi, Vanhoni e Bernardo participam de chapa "sem cabeça", no entanto, eles dão apoio "velado" a outra; Verri e Vargas também tentam se estabelecer politicamente em Curitiba se unindo à  vice-prefeita Mirian Gonçalves; o PED (Processo de Eleição Direta), ocorrerá em novembro, quando serão escolhidos os diretórios Nacional, estadual e municipais do PT em todo o país.

Medalhões estão por trás das duas chapas favoritas para vencer no diretório petista na capital; Pedro Paulo afrouxou o sutiã, mas tem seu candidato; Gleisi, Vanhoni e Bernardo participam de chapa “sem cabeça”, no entanto, eles dão apoio “velado” a outra; Verri e Vargas também tentam se estabelecer politicamente em Curitiba se unindo à  vice-prefeita Mirian Gonçalves; o PED (Processo de Eleição Direta), ocorrerá em novembro, quando serão escolhidos os diretórios estadual e municipais do PT em todo o país.

Terminou na noite de ontem (11) a inscrição de chapas que disputarão o Processo de Eleição Direta (PED) no Partido dos Trabalhadores de Curitiba. Seis chapas irão à s urnas em novembro próximo. Dessas, uma “sem cabeça” que abriga os bambambãs do petismo nativo, dentre os quais a senadora Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo, Marcos Cordiolli e à‚ngelo Vanhoni. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo