29 de junho de 2016
por Esmael Morais
102 Comentários

Supremo reprova aluno de Janaina e libera Paulo Bernardo

Paulo_BernardiO ministro Dias Toffoli, do STF, revogou nesta quarta (29) a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo. Na prática, o Supremo revogou a decisão do aluno de Janaina Paschoal, o juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo. Leia mais

27 de junho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Em nota pública, Instituto vê ilegalidade na prisão do advogado Guilherme Gonçalves

iprade_guilherme_goncalvesO Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) divulgou nota pública, nesta segunda-feira (27), na qual diz “entender como ilegal e abusivo o decreto prisional em face do advogado paranaense Guilherme Gonçalves“. Abaixo, leia a íntegra do documento: Leia mais

24 de junho de 2016
por Esmael Morais
24 Comentários

Beto Richa também tem sua “Consist” no Paraná, denuncia Requião Filho

beto_richa_abi_requiaofilhoChama-se ZetroSoft a empresa que faz a administração de empréstimos consignados entre governo, bancos e servidores públicos do Paraná. Para isso, o funcionário público da ativa ou aposentado paga R$ 2 pela operação.

O deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa, se interessou pela história. Na segunda-feira (27), ele promete cobrar informações do esquema ao governador Beto Richa (PSDB).

Paulo Bernardo preso por causa de 1,25 da CONSIST. Quando Richa irá explicar os mais de 2 da ZETRA SOFT? Vou pedir info do consignado PR”, tuitou o parlamentar nesta sexta. Leia mais

4 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
14 Comentários

Sérgio Souza: “Pedágio no Paraná é o mais caro do mundo”; assista

O imbróglio do preço do pedágio nas rodovias do Paraná chegou esta semana ao Senado da República em forma de denúncia feita da tribuna pelo senador Sérgio Souza (PMDB). Segundo o parlamentar, a tarifa no estado é a mais cara do mundo. Ele chamou atenção para a possibilidade de aumento do chamado “Custo Brasil” devido aos caros pedágios cobrados no país.

Nós temos que tomar um cuidado muito grande com relação ao aumento do custo Brasil. Não sou contra o pedágio; de maneira alguma; sou contra o pedágio absurdo, abusivo, como é em muitas regiões deste país, a exemplo do estado do Paraná!, afirmou.

Assista ao vídeo:

De acordo com o senador, o Paraná tem 27 praças de pedágio, com preço médio de R$ 10 e distância média de um pedágio ao outro de 50 quilômetros.

Chego à  conclusão de que o Paraná tem um dos pedágios mais caros do mundo. Dez reais a cada cinquenta quilômetros, em rodovia simples, na sua grande maioria? à‰ o pedágio instalado no Paraná na década de 90, que teremos que suportar pelo menos mais dez anos!, disse.

O senador elogiou o novo modelo de concessão de rodovias implantado pela presidente da República, Dilma Rousseff. Na opinião de Sérgio Souza, os novos contratos de concessões têm dispositivos que impedem preços abusivos nos pedágios e garantem a melhoria das estradas concedidas.

Ele citou o exemplo da BR-163, em Mato Grosso, que deve ser concedida à  iniciativa privada em licitação. Neste caso, o consórcio ganhador só poderá cobrar pedágio depois de duplicar 10% do trecho e o custo para o usuário será de R$ 2,64 a cada 100 quilômetros.

Vejam: no Paraná a cada 50 quilômetros, em média, há uma praça que cobra R$ 10,00. No Mato Grosso, a cada 100 quilômetros, serão R$ 2,64. E, no Paraná, não será duplicada, e, no Mato Grosso, há uma obrigação, uma previsão contratual de duplicação e só pode começar a cobrar depois que duplicar 10%!, comparou.

O senador também demonstrou preocupação com o anúncio de novas praças em Parcerias Público-Privadas, sugeridas pelo Governo do Estado do Paraná.

Nós temos que analisar isso de maneira mais profunda porque muito me preocupa mais praças de pedágios. Já há 27 praças no Paraná e agora foi autorizado, inclusive, um aumento, que passa da casa do Leia mais