Em nota pública, Instituto vê ilegalidade na prisão do advogado Guilherme Gonçalves

O Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) divulgou nota pública, nesta segunda-feira (27), na qual diz “entender como ilegal e abusivo o decreto prisional em face do advogado paranaense Guilherme Gonçalves“. Abaixo, leia a íntegra do documento:

Compartilhe agora
Leia mais Em nota pública, Instituto vê ilegalidade na prisão do advogado Guilherme Gonçalves