Requião pede “autorização” para concorrer ao governo do Paraná durante caravana em União da Vitória; acompanhe ao vivo

Arquivo: Richa sempre foi Dilma no Paraná

dilma_richa_outdoor

Há quase quatro anos, na eleição municipal de 2012, o governador do Paraná, tucano Beto Richa, era mais Dilma Rousseff que o próprio PT. Distribuiu outdoors pelo estado fazendo inveja até mesmo para o então deputado petista André Vargas.

Em giro pelo interior, Beto Richa colhe vaias e protestos; assista ao vídeo

interior
Viajando pelo interior em busca da popularidade perdida, o governador Beto Richa (PSDB) colheu vaias e protestos. Quinta e sexta-feira da semana passada (dias 3 e 4), o tucano visitou quatro cidades. Em União da Vitória e Telêmaco Borba ele foi “inaugurar” batalhões da PM que ainda não existem. Em Maringá e Umuarama garante que “inaugurou” equipamentos hospitalares. Sempre cercado de forte aparato policial, o governador do PSDB não se livrou de protestos que refletem o desastre de seu governo.  Em Maringá, Beto Richa, embora seu governo esteja mergulhado na lama da corrupção,  defendeu “punição exemplar” dos denunciados na operação Lava Jato. Abaixo, assista ao vídeo.

Ao vivo: Senador Requião lidera comício no Paraná pelo “Fora Levy” e contra corrupção no governo Richa

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, direto de União da Vitória, região Sul do Paraná, comício liderado pelo senador Roberto Requião (PMDB) pela demissão do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e contra a corrupção no governo Beto Richa (PSDB).

No último sábado (5), em Minas Gerais, o senador Requião participou do lançamento nacional da Frente Brasil Popular. Ao lado de lideranças dos movimentos sociais e partidários, ele defendeu mudanças na política econômica do governo federal e a imediata demissão de Levy.

O município de União da Vitória na divisa com o estado de Santa Catarina, na região do Contestado, a 243 km de Curitiba.

Requião realiza comício neste sábado pela demissão de Levy e contra a corrupção no governo Richa

Assembleia perde queda de braço e sacanagem de Richa com velhos e doentes “segue em frente” no Paraná

Ao vivo: Assembleia do PR debate “devolução” de secretário tucano a SP

A Assembleia Legislativa do Paraná debate na sessão desta terça-feira (18) a devolução do interventor do PSDB nas finanças, Mauro Ricardo Costa, titular na Secretaria da Fazenda.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo o quiproquó para o Brasil e o mundo.

Importado da Bahia, onde era secretário municipal de finanças, Costa também esteve à frente da pasta em São Paulo e é para os paulistas que os deputados paranaenses querem “devolver” o dito cujo.

Os parlamentares das terras das araucárias dizem que essa condição de “nômade” reflete na falta de compromisso de Mauro Ricardo com os interesses locais.

Os deputados do Paraná exigem a demissão imediata de Mauro Ricardo porque ele empurrou velhinhos e doentes para a fila do precatório. Além disso, sempre com a anuência do governador Beto Richa (PSDB), fechou as delegacias da Receita Estadual em Foz do Iguaçu e União da Vitória. Há quem acredite em “queima de arquivo” nesses súbitos desaparecimentos das regionais do órgão fazendário.

Portanto, nesta tarde, Richa terá de iniciar uma dura escolha entre o secretário da Fazenda e a base governista na Assembleia. É um ou outro, oito ou oitenta.

Secretário da Fazenda de Richa ameaça pedir demissão, se Assembleia revogar decreto contra velhos e doentes

Gleisi perde o PCdoB para Requião

Senadora Gleisi Hoffmann, do PT, tende a ficar sem o tradicional apoio do PCdoB na corrida pelo governo do Paraná; dirigentes e militantes da legenda vermelha têm se manifestado, até nas redes sociais, a favor de uma aliança com o senador Roberto Requião, do PMDB, que tentará o quarto mandato no Palácio Iguaçu; comunistas e sua juventude, a UJS, têm participado ostensivamente na caravana "Volta, Requião"; o presidente estadual da agremiação, Ricardo Gomyde, desconversa ao dizer que "as bases do partido" ainda vão definir o melhor caminho para as eleições de 5 de outubro; entretanto, se fosse fazer uma aposta hoje, de zero a 10, Requião teria a preferência de 8 dentro do PCdoB ante dois para a petista.
Senadora Gleisi Hoffmann, do PT, tende a ficar sem o tradicional apoio do PCdoB na corrida pelo governo do Paraná; dirigentes e militantes da legenda vermelha têm se manifestado, até nas redes sociais, a favor de uma aliança com o senador Roberto Requião, do PMDB, que tentará o quarto mandato no Palácio Iguaçu; comunistas e sua juventude, a UJS, têm participado ostensivamente na caravana “Volta, Requião”; o presidente estadual da agremiação, Ricardo Gomyde, desconversa ao dizer que “as bases do partido” ainda vão definir o melhor caminho para as eleições de 5 de outubro; entretanto, se fosse fazer uma aposta hoje, de zero a 10, Requião teria a preferência de 8 dentro do PCdoB ante dois para a petista.
Não é só o governador Beto Richa (PSDB) que vem perdendo prefeitos, como registrou este blog na semana passada (clique aqui). A senadora Gleisi Hoffmann (PT) também tem sofrido importantes baixas, mas entre partidos que compõem a base de sustentação do governo Dilma.

Se alguém perde é porque na outra ponta tem alguém ganhando, certo? Bingo.

O senador Roberto Requião (PMDB), só no sapatinho, está “papando tudo” durante a caravana “Volta, Requião” que consiste nos encontros regionais que peemedebistas realizam pela candidatura própria ao governo do Paraná.

“Estou sentindo que a militância do PCdoB e da UJS está no clima ‘Me chama que eu vou'”, escreveu nas redes sociais Edson Souza, vice-presidente municipal do PCdoB de Cascavel, no Oeste do estado.

Caravana “Volta, Requião” marcha rumo a União da Vitória

Caravana "Volta, Requião" chegará neste sábado (12), à s 11 horas, na Câmara Municipal de União da Vitória, região Sul; movimento peemedebista defende quarto mandato do senador ao governo do Paraná; esta será a 19!ª cidade-polo visitada pela caravana pela candidatura própria no PMDB.
Caravana “Volta, Requião” chegará neste sábado (12), à s 11 horas, na Câmara Municipal de União da Vitória, região Sul; movimento peemedebista defende quarto mandato do senador ao governo do Paraná; esta será a 19!ª cidade-polo visitada pela caravana pela candidatura própria no PMDB.
O senador Roberto Requião estará neste sábado (12), à s 11 horas, em União da Vitória, região Sul, onde participará de um ato político da caravana Volta, Requião!. O movimento do PMDB pelo quarto mandato do parlamentar ao governo do Paraná.

O evento peemedebista será na Câmara Municipal (Avenida Getúlio Vargas, 123) e deverá reunir militantes e lideranças da região para debater sobre as eleições de outubro.

O senador e vários deputados estaduais e federais defendem que o PMDB tenha candidato próprio ao governo do Paraná e ao Senado nas próximas eleições. Requião também está preocupado que o partido tenha uma chapa forte de deputados estaduais e federais.