11 de Janeiro de 2018
por esmael
36 Comentários

MBL “afrouxou o sutiã” em Maringá

A propalada Batalha de Maringá, cujo comandante-em-chefe é o deputado Delegado Francischini (SD-PR), tal qual a de Itararé, pode não acontecer neste sábado (13). É que o MBL “afrouxou o sutiã”, segundo organizadores do comitê pró-Lula que será lançado na Câmara Municipal. Leia mais

10 de Janeiro de 2018
por esmael
21 Comentários

“Bolsonaro é o Lula da direita”, diz Francischini

O deputado Delegado Francischini (SD-PR) afirmou nesta quarta-feira (10), ao Blog do Esmael, que dificilmente a mídia conseguirá desconstruir o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ). “Bolsonaro é o Lula da direita”, comparou. Leia mais

1 de Abril de 2016
por esmael
2 Comentários

Contra os patos do sistema S, PT lança site para garimpar votos contra o golpe

O Partido dos Trabalhadores lançou nesta sexta-feira (1) o site “#Não Vai Ter Golpe” destinado ao garimpo de votos de parlamentares contrários ao golpe na jovem democracia brasileira.

O objetivo é reverter deputados indecisos em relação à votação que visa destituir a presidente Dilma Rousseff em votação de impeachment e — por que não? — convencer os que hoje são favoráveis ao golpe.

“Eles têm a mídia e o empresariado ao lado deles, mas nós temos a mais poderosa e aguerrida militância que este País já viu!”, exalta o novo portal antigolpe.

Por outro lado, o sistema S, do qual faz parte a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), continua fazendo farra com dinheiro público para constranger parlamentares que estão indecisos em relação ao golpe em curso.

Nesta sexta-feira, dia 1º de abril, anúncio dos “patos” em página inteira no blog Gazeta do Povo — grupo da Globo no Paraná — expõe os deputados paranaenses Aliel Machado (REDE) e Fernando Francischini (SD).

A militância do sistema S é pelo golpe, contra a democracia no país.

Na Câmara, parlamentares pensam reforçar a proposta do deputado João Arruda (PMDB-PR) de instalar uma CPI para investigar denúncias de corrupção no sistema S. No mês passada, o peemedebista apontou sonegação fiscal e especulação financeira com dinheiro público como fatos passíveis de uma comissão.

Em tempo: segundo a agência de notícias BBC Brasil, até o pato gigante foi “roubado” pela Fiep, pois um artista plástico holandês Florentijn Hofman reivindica acusa os empresários de “plágio” de sua obra original que já fora exposta no ano de 2008 em São Paulo, Amsterdã e Hong Kong.

3 de Março de 2016
por esmael
28 Comentários

Delação de Delcídio atinge bico de Aécio e asa de Francischini, dizem congressistas

O polêmico acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), divulgado nesta quinta-feira (3) pela revista IstoÉ, atingiu em cheio a asa do deputado-morcego Fernando Francischini (SD-PR) — conhecido como “Batman” no Paraná.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) também teria entrado na delação de Delcídio, segundo deputados federais ouvidos pelo Blog do Esmael.

Conforme reportagem de IstoÉ, Delcídio fez acordo com a força-tarefa da Lava Jato antes de deixar a prisão, no dia 19 de fevereiro, cujo depoimento tem 400 páginas.

Francischini, o Batman, por sua vez, negou veementemente a delação do senador petista. Segundo o semanário, o deputado-morcego, juntamente com outros parlamentares, cobrava de empreiteiros para não serem convocados na CPI da Petrobras.

“O referido parlamentar [Delcídio Amaral] mentiu ‘escancaradamente’ em citação de minha pessoa”, defendeu-se Francischini por meio de ofício encaminhado ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Quanto à citação de Aécio, a revista IstoÉ foi seletiva ao divulgar apenas trechos que dizem respeito ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff.

Bombeiros de estibordo e bombordo saíram em campo para apagar o incêndio. A princípio, todos negam a veracidade da delação premiada de Delcídio.

26 de dezembro de 2015
por esmael
29 Comentários

Em rota de colisão, Francischini abre fogo contra governo Richa

O deputado federal Fernando Francischini (SD), pelas redes sociais, neste sábado (26), abriu fogo contra o governo Beto Richa (PSDB) de quem foi secretário da Segurança Pública entre fevereiro e maio deste ano.

Ao comentar matéria do blog Gazeta do Povo que elevou ao “céu” o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, o ex-secretário não economizou ironias.

“No céu? Mas usando mais de 1 BILHÃO dos aposentados da ParanáPrevidência!”, fustigou.

Francischini foi secretário que atuou no massacre de 213 professores no dia 29 de abril deste ano, no entanto, em entrevista ao Blog do Esmael, garantiu que revelará o mandante e verdadeiro “pai” da covardia no Centro Cívico.

Para o deputado do Solidariedade, que é oposição e um dos defensores do impeachment da presidente Dilma na Câmara, o governador Beto Richa comete o mesmo crime. “Isto também pode ser ‘Pedalada Fiscal'”, denunciou.

“Até os mais próximos foram enganados por este Secretário? Ele pessoalmente afirmou que não existia nenhuma chance de ‘sangrar’ o caixa da previdência para aplicar em outras áreas”, lamentou Fernando Francischini, conhecido como Batman.

O Blog do Esmael apurou que um dos motivos pelo “rompimento” entre Batman e o “Carniceiro do Centro Cívico” seria a demissão de comissionados ligados ao ex-secretário de Segurança.

26 de dezembro de 2015
por esmael
49 Comentários

Francischini promete revelar em fevereiro Richa como “pai” do massacre de professores

batman_massacre_richaO deputado federal Fernando Francischini (SD), ex-secretário da Segurança Pública do Paraná, em entrevista ao Blog do Esmael, afirmou que no início de fevereiro vai revelar para o Brasil e o mundo o nome do governador Beto Richa (PSDB) como verdadeiro “pai” do massacre de professores ocorrido em 29 de abril deste ano.

O ex-secretário Francischini, conhecido como Batman, foi ao horário eleitoral gratuito na noite desta sexta-feira (25) desejar aos eleitores “feliz Natal e próspero 2016”. O parlamentar é pré-candidato à Prefeitura de Curitiba.

O deputado Francischini não “escolheu” fevereiro aleatoriamente para “revelar” o mandante do massacre. Pelo contrário. Ele foi notificado para prestar depoimento à Justiça na volta do recesso parlamentar, no começo do mês de Momo.

19 de novembro de 2015
por esmael
5 Comentários

Começou 2016: Sobrinho de Requião abre fogo contra Gustavo Fruet

arruda_fruet_pesquisaO deputado federal João Arruda, secretário-geral do PMDB do Paraná, atuando como porta-voz dos interesses do partido em Curitiba, pelo Twitter, abriu fogo contra o prefeito Gustavo Fruet (PDT).

Para o sobrinho do senador Roberto Requião, a pesquisa da IRG Consultoria é “mandraque”, pois, segundo ele, o deputado “Delegado Francischini”, como é conhecido pelo eleitorado, na pesquisa, apareceu como “Fernando Franscichini”. Já o deputado “Requião Filho” foi apresentado nos questionários como “Maurício Requião Filho”.

“A pesquisa chamou urubu de meu louro. Tudo para favorecer o atual prefeito”, disparou.

João Arruda ainda observou que o levantamento da “Prefeitura” colocou o nome do deputado Mauro Moraes como candidato do PSDB ao invés do ex-vice-Flávio Arns, que tira votos de Fruet nas áreas centrais da capital.

Apesar de classificar a sondagem de “pesquisa mandraque” do prefeito, Arruda opinou sobre os números divulgados ontem: “o cenário favorece a oposição”. O parlamentar se refere ao fato de todos os candidatos oposicionistas, juntos, somarem 71% das intenções de voto ante 17% de Fruet.

“Será que essa pesquisa do IRG em Curitiba já é resultado das compras?“, ironizou o peemedebista.

Abaixo, confira os números da IRG na estimulada:

5 de novembro de 2015
por esmael
34 Comentários

Agora vai. Francischini, o Batman, se une a Cunha, o Coringa, pelo impeachment de Dilma

batman_coringaO deputado Fernando Francischini (SD-PR), conhecido como Batman, uniu forças com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conhecido como Coringa, para tentar o impeachment da presidenta da República Dilma Rousseff (PT).

Percebendo que há mais voto para a cassação de Coringa, isto é, do presidente da Câmara do que Dilma, Francischini, o Batman, recorreu nesta quinta-feira (5) ao príncipe do Japão Akishino.

11 de setembro de 2015
por esmael
28 Comentários

É mais fácil sair o impeachment de Richa que o de Dilma

beto_dilma_panelacoO país inteiro assiste estarrecido há meses uma insana marcha golpista que tenta remover a presidenta Dilma Rousseff e o PT do poder central. Eles foram democraticamente eleitos por 54 milhões de eleitores em 2014, mas, ao que parece, isso não importa muito para a velha mídia e o PSDB. Leia mais

11 de agosto de 2015
por esmael
16 Comentários

Bate-boca entre deputados governistas termina com ‘pedido de cabeça’ do secretário de Fazenda do Paraná

romanelli_brasileiroO k-suco ferveu esta tarde na Assembleia Legislativa do Paraná. Deputados governistas abriram fogo contra o interventor nacional do PSDB nas finanças do estado, Mauro Ricardo Costa, secretário de Fazenda. A oposição assistiu o entrevero à distância, com exceção de Nereu Moura (PMDB). Leia mais

28 de Abril de 2015
por esmael
15 Comentários

Beto Richa fecha ruas e praças sem sequer comunicar a prefeitura, e Gustavo Fruet não diz nada?

transitoO cerco erguido pelo governador Beto Richa (PSDB) no Centro Cívico em Curitiba, na tentativa de aprovar na marra o confisco da previdência dos servidores estaduais, acabou respingando e incomodando a prefeitura da Capital. Leia mais

2 de agosto de 2014
por esmael
76 Comentários

Em Curitiba, Aécio, Richa, Dias e Francischini pedem “Fora Dilma”

 Tucanos e assemelhados ensaiaram palavras de ordem contra a presidenta Dilma, mas recuaram diante da indiferença dos curitibanos que assistiram à  distância uma caminhada promovida pelos candidatos Aécio Neves e Beto Richa no centro da capital paranaense; deputado Fernando Francischini e o senador àlvaro Dias puxaram grito de guerra Fora Dilma!, mas não foram seguidos por militantes! contratados nas vilas e servidores com cargos comissionados no governo do estado.


Tucanos e assemelhados ensaiaram palavras de ordem contra a presidenta Dilma, mas recuaram diante da indiferença dos curitibanos que assistiram à  distância uma caminhada promovida pelos candidatos Aécio Neves e Beto Richa no centro da capital paranaense; deputado Fernando Francischini e o senador àlvaro Dias puxaram grito de guerra Fora Dilma!, mas não foram seguidos por militantes! contratados nas vilas e servidores com cargos comissionados no governo do estado.

Centenas de pessoas caminharam no Centro de Curitiba, na manhã deste sábado (2), em apoio à s candidaturas dos tucanos Aécio Neves (MG), à  Presidência da República, e Beto Richa, à  reeleição no governo do Paraná. Leia mais

30 de junho de 2014
por esmael
8 Comentários

Francischini pede intervenção nacional no Solidariedade para “salvar” àlvaro

Deputado Francischini, o Batman, não conseguiu segurar no "braço" os sindicalistas da Força Sindical; super-herói das araucárias pediu intervenção do Solidariedade nacional, pois Nelsão e Butka, da Força Sindical, estariam exigindo composição com Requião e candidatura avulsa ao Senado; partido fecha ata na noite desta segunda (30), conforme determinação da Justiça Eleitoral.

Deputado Francischini, o Batman, não conseguiu segurar no “braço” os sindicalistas da Força Sindical; super-herói das araucárias pediu intervenção do Solidariedade nacional, pois Nelsão e Butka, da Força Sindical, estariam exigindo composição com Requião e candidatura avulsa ao Senado; partido fecha ata na noite desta segunda (30), conforme determinação da Justiça Eleitoral.

O deputado federal Fernando Francischini, o Batman, que não está aguentando o tranco sozinho com os sindicalistas da Força Sindical, pediu ajuda nacional a Paulinho da Força para garantir o Solidariedade na órbita do governador Beto Richa (PSDB) e do senador àlvaro Dias (PSDB). Leia mais

19 de Abril de 2014
por esmael
15 Comentários

Operação Lava-Jato: Francischini vai pedir cassação de “L.A.”?

O esquema de pagamento de propina que tinha o doleiro Alberto Youssef como operador também atendia em domicílio; uma das entregas foi agendada para o apartamento funcional do deputado federal Luiz Argôlo (BA), em Brasília; A denúncia é da "insuspeita" revista Veja -- aquela que não dá trégua ao petismo e réus do mensalão; será que Francischini, o Batman, agirá com rigor neste caso e pedirá a cassação de seu companheiro de partido ou afrouxará o sutiã? Façam suas apostas.

O esquema de pagamento de propina que tinha o doleiro Alberto Youssef como operador também atendia em domicílio; uma das entregas foi agendada para o apartamento funcional do deputado federal Luiz Argôlo (BA), em Brasília; A denúncia é da “insuspeita” revista Veja — aquela que não dá trégua ao petismo e réus do mensalão; será que Francischini, o Batman, agirá com rigor neste caso e pedirá a cassação de seu companheiro de partido ou afrouxará o sutiã? Façam suas apostas.

O deputado federal Fernando Francischini (Solidariedade) é conhecido no Paraná como Batman, o homem intolerante com o crime e a bandidagem. Em 2012, ele esteve na linha de frente da campanha de Ratinho Júnior (PSC), na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Naquela peleja, Gustavo Fruet (PDT), que foi eleito, disse que Curitiba não precisava de um “Batman” para resolver os problemas na segurança pública. Pronto. Desde aquele evento político, é assim como o delegado licenciado da Polícia Federal (PF) se apresenta na capital paranaense, onde está sua principal base eleitoral. Leia mais

24 de Fevereiro de 2014
por esmael
27 Comentários

Richa fica sem “Batman” e “Robin” na Segurança Pública do Paraná

Ministro José Eduardo Cardozo, nesta segunda (24), negou liberação funcional do delegado da PF José Iegas, conhecido com Robin, para assumir a Secretaria de Segurança Pública do Paraná; como era de esperar, Richa diz que culpa é de Gleisi; enquanto isso, o Paraná segue sem segurança.

Ministro José Eduardo Cardozo, nesta segunda (24), negou liberação funcional do delegado da PF José Iegas, conhecido com Robin, para assumir a Secretaria de Segurança Pública do Paraná; como era de esperar, Richa diz que culpa é de Gleisi; enquanto isso, o Paraná segue sem segurança.

O governador Beto Richa (PSDB) está sem comandante na Secretaria de Segurança Pública do Paraná. Leia mais

14 de outubro de 2013
por esmael
3 Comentários

“Solidariedade pode bater na trave no Paraná”

Deputado Francischini, do Solidariedade, começou incomodar aliados do Palácio Iguaçu; palacianos dizem que novo partido aliado poderá bater na trave; Batman estaria avançando sobre as fileiras tucanas; essa fissura na base do governador Beto Richa, como diria o capitão Nascimento, do filme Tropa de Elite, "pode dar m...".

Deputado Francischini, do Solidariedade, começou incomodar aliados do Palácio Iguaçu; palacianos dizem que novo partido aliado poderá bater na trave; Batman estaria avançando sobre as fileiras tucanas; essa fissura na base do governador Beto Richa, como diria o capitão Nascimento, do filme Tropa de Elite, “pode dar m…”.

Fundado recentemente, o Solidariedade, novo partido comandado no Paraná pelo deputado Fernando Francischini, egresso do PSDB, entrou na mira de setores do Palácio Iguaçu. Leia mais

4 de outubro de 2013
por esmael
6 Comentários

TSE nega pedido para anular registro do Solidariedade

da Agência Brasil O ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou hoje (4) pedido do Partido Democrático Trabalhista (PDT) para anular o registro do Solidariedade, partido fundado pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical. O registro do Solidariedade foi concedido no dia 24 de setembro.

Na petição, os advogados do PDT alegaram que houve irregularidades na coleta de assinaturas de apoiadores do Solidariedade, como assinaturas de eleitores que apoiaram a criação de outro partido e certidões com indícios de fraudes. O PDT pediu também que fossem considerados apoiamentos validados pelos tribunais regionais eleitorais, não só pelos cartórios eleitorais.

O partido alegou ainda que está sendo prejudicado pelo Solidariedade, porque o deputado Paulo Pereira da Silva, ex-pedetista, está arregimentando parlamentares federais e estaduais” para ingressar na nova legenda.

O ministro Gilmar Mendes disse que o plenário do TSE entendeu que o partido cumpriu todos requisitos solicitados pela Justiça Eleitoral para obter o registro, mesmo com supostas irregularidades citadas pelo PDT. O ministro também declarou que, no início do processo de concessão do registro, o partido perdeu o prazo de cinco dias para contestar as assinaturas de apoiadores do Solidariedade.

Ainda que existam falsidades comprovadas, o sucesso da impetração demandaria que se determinasse a produção de provas, a fim de se saber se tais fraudes existiram em número suficiente para macular o registro deferido. E, para se superar essa questão, seria necessária a dilação probatória, providência vedada na via do mandado de segurança!, argumentou Mendes.

4 de outubro de 2013
por esmael
15 Comentários

Francischini vira a “arma secreta” de Richa; assista ao vídeo

A pedido de Beto Richa, deputado Francischini opera para esvaziar o PP de Ricardo Barros, secretário da Indústria e Comércio do tucano, que flerta com a ministra Gleisi Hoffmann; Solidariedade, o novo partido de Batman, cooptou vereadores pepistas em Londrina e Maringá, além de tomar uma vereadora do PT; assista ao vídeo.

A pedido de Beto Richa, deputado Francischini opera para esvaziar o PP de Ricardo Barros, secretário da Indústria e Comércio do tucano, que flerta com a ministra Gleisi Hoffmann; Solidariedade, o novo partido de Batman, cooptou vereadores pepistas em Londrina e Maringá, além de tomar uma vereadora do PT; assista ao vídeo.

O deputado federal Fernando Francischini, conhecido como Batman no Paraná, conseguiu um recorde nacional ao passar por três partidos em apenas um mandato. Foi eleito pelo PSDB, depois foi para o PEN, agora é do Solidariedade. Leia mais