7 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Empiricus prevê vitória de Haddad

Empiricus prevê vitória de Haddad

A empresa de especulação financeira Empiricus, ligada ao site O Antagonista, reconhece em anúncio pago no Google a vitória de Fernando Haddad nas eleições de 2018. ... 

Leia mais

20 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Meirelles na vice de Alckmin, exige burguesia paulistana

Meirelles na vice de Alckmin, exige burguesia paulistana

Pela Folha, o ex-ministro dos bancos Henrique Meirelles (MDB) recebeu o recado para desistir da cabeça de chapa para ser candidato a vice de Geraldo Alckmin (PSDB). ... 

Leia mais

28 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Temer põe gasolina na crise ao anunciar aumento de impostos

Temer põe gasolina na crise ao anunciar aumento de impostos

Michel Temer perdeu o senso de responsabilidade ao anunciar que aumentará impostos para garantir a redução do diesel para os caminhoneiros. Com essa decisão, o Tinhoso põe gasolina na crise e joga a sociedade contra a greve que hoje completou 8 dias. Além disso, penaliza os consumidores para garantir o lucro de acionistas privados da Petrobras. ... 

Leia mais

26 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em 100% dos postos estão sem combustíveis em Curitiba

100% dos postos estão sem combustíveis em Curitiba

Não há uma única gota de combustível em 100% dos postos da capital paranaense, afirma o Sindi Combustíveis. O jeito é o curitibano apelar à antiga charrete (veja a foto). ... 

Leia mais

26 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Forças Armadas a serviço dos especuladores

Forças Armadas a serviço dos especuladores

O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), de Michel Temer, que determina o emprego das Forças Armadas contra a greve dos caminhoneiros mostrou-se ineficaz neste sábado (26). Além disso, é uma tentativa desesperada de usar o aparato estatal para garantir o lucro de especuladores na Petrobras. ... 

Leia mais

6 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Argentina caminha para mais uma moratória

Argentina caminha para mais uma moratória

O jornalista e economista J. Carlos de Assis considera que o governo neoliberal de Maurcio Macri, na Argentina, cometeu uma estupidez, uma idiotice, ao aumentar a taxa de juros para 40%, acima inclusive dos patamares históricos do campeão mundial dos juros, o Brasil. ... 

Leia mais

13 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Os patos viraram sapos

Os patos viraram sapos

Os patos do sistema S são uma piada. De mau gosto, é claro. Não é que agora eles se dizem sapos? Seria um problema psicanalítico, se não fosse uma pilantragem. ... 

Leia mais

19 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Fiep pedem fim da aposentadoria no mesmo dia de paralisação contra reforma da previdência

Fiep pedem fim da aposentadoria no mesmo dia de paralisação contra reforma da previdência

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, defende o fim da aposentadoria para os trabalhadores. A posição do dirigente foi explicitada no mesmo dia em que houve uma paralisação nacional, inclusive em Curitiba, contra a reforma da previdência. ... 

Leia mais

25 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
57 Comentários

PT poderá usar imagens da Band News para provar que julgamento de Lula foi fraude

Eram 10h18. O julgamento no TRF4 ainda estava nas preliminares. O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da ação penal contra o ex-presidente Lula, ainda não tinha iniciado a leitura do primeiro voto no caso do tríplex. Isto ocorreu somente às 10h35. Ou seja, nenhum dos três votos tinham vindo à tona, mas… Com mais de sete horas de antecedência a Band News divulgava o placar ‘condenação 3 x 0 absolvição’. A votação foi concluída às 17h48. ... 

Leia mais

13 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
21 Comentários

Gleisi Hoffmann: Sem mexer nos juros não há solução para a crise

A líder do Partido dos Trabalhadores no Senado, Gleisi Hoffmann (PT-PR), em sua coluna desta segunda-feira (13), defende a desindexação da remuneração dos títulos públicos da taxa de juros Selic. Segundo a colunista, a política monetária tem que ser separada da política fiscal, ou seja, o controle da inflação não pode impor custos fiscais à sociedade e transferir renda aos rentistas. Leia mais

27 de fevereiro de 2016
por Esmael Morais
27 Comentários

Em nota, Beto Richa desafia juízes

O governador Beto Richa (PSDB) retomou a guerra contra o judiciário paranaense este fim de semana, depois de aparente trégua de uma semana. O tucano não só cortou repasse à magistratura como também emitiu uma nota oficial marota e desafiadora, via blog do jornalista Fábio Campana, reafirmando que o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) tem R$ 700 milhões aplicados em especulação no mercado financeiro.

No mês passado, o secretário de Estado da Fazendo, Mauro Ricardo Costa, cortou os repasses alegando que o TJPR, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE) especulam no mercado financeiro com sobras orçamentárias e que seriam “ilhas de prosperidade” num estado em crise.

No final da tarde de ontem (26), servidores do judiciário, que são o elo mais fraco nesse tiroteio, reclamaram ao Blog do Esmael que eles são vítimas de uma disputa acerca dos depósitos judiciais. “Na queda de braço pelo o acesso aos depósitos judiciais, quem paga o pato são os servidores do judiciário”, desabafou um servidor, que pediu anonimato.

Outro servidor do judiciário  conta que os salários dos servidores têm atrasado com frequência nos últimos 3 meses por conta dessa disputa pelos depósitos judiciais.

A crise institucional entre governo do estado e judiciário contou com um terceiro elemento, o blog Gazeta do Povo, que logo na sequência se desculpou a juízes e promotores em servil editorial: “Diante dessas circunstâncias, a Gazeta do Povo esclarece que jamais teve tal intenção.”

As entidades representativas da magistratura viram no ataque do blog Gazeta do Povo à magistratura uma forma de tirar o foco do governador Beto Richa, alvo de investigações no judiciário, por isso exigiram direito de resposta ao ex-jornal com base na Lei Requião.

Leia a íntegra da nota do governo Beto Richa:

“A Secretaria de Estado da Fazenda já liberou, no dia 22 de fevereiro, R$ 70 milhões para o Tribunal de Justiça. As demais necessidades devem ser atendidas pelo saldo financeiro livre de R$ 700 milhões que está aplicado pelo Tribunal de Justiça no mercado financeiro. Ou esses recursos podem ser devolvidos para o Tesouro, para que possam ser reenviados para o Tribunal de Justiça na forma de duodécimo. Esta é mais uma medida de otimização dos recursos públicos arrecadados pelo Estado.”

Leia mais

4 de janeiro de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Bolsa desaba e dólar sobe em nova ‘Black Monday’ na China

do Brasil 247, com Reuters

O Ibovespa abriu em forte queda nesta segunda-feira 4, primeira sessão do ano e marcada por aversão ao risco, após a atividade industrial na China mostrar retração pelo 10º mês seguido, reacendendo as preocupações sobre a economia do país asiático.

Os mercados acionários chineses despencaram cerca de 7% na sua primeira operação de 2016, com as pesquisas da atividade industrial fraca e com a queda do iuan aumentando as preocupações sobre a economia em dificuldade, forçando as bolsas a suspenderem as operações pela primeira vez.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, despencou 7,02%, para 3.469 pontos, de acordo com um novo mecanismo que entrou em vigor nesta segunda, para reduzir a volatilidade. Os novos mecanismos pretendem impedir fortes quedas nas bolsas chinesas e evitar baixas como as do verão passado.

O índice de Xangai caiu 6,86%, para 3.296 pontos. Perdas no começo da sessão cresceram rapidamente, com as operações sendo suspensas por volta das 3h30 (horário de Brasília), cerca de 90 minutos antes do horário regular de fechamento.

Segundo a agência oficial chinesa Xinhua, a desvalorização da moeda chinesa, o iuan, chegou ao nível mais baixo sobre o dólar desde maio de 2011. Já o dólar saltava 2% sobre o real nesta manhã. Às 9h20, a moeda norte-americana avançava 2,02%, a R$ 4,0276 na venda, após subir 1,83% na última sessão de 2015 e encerrar o ano com alta de 48,49%.

Confira reportagens do portal Infomoney sobre o assunto:

Ibovespa cai forte em 1º pregão de 2016 em meio a novo “Black Monday” na China

Por Ricardo Bomfim – O Ibovespa inicia em queda o primeiro pregão de 2016 seguindo o pânico global por conta da China depois de novos dados abaixo das expectativas. A bolsa chinesa despencou 7%, enquanto os índices europeus recuam entre 2,4% e 4,2% e os futuros do Dow Jones e S&P 500 caem mais de 1,7%. No Brasil, as previsões do Relatório Focus mostram mais um ano de forte retração da economia. O Citi prevê que a atividade brasileira recue 2,4% em 2016 e que a inflação atinja 8,4%.

Leia mais

29 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Beto Richa “arregou” para o Judiciário

Não durou muito tempo a valentia do governador Beto Richa (PSDB) e do secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, que fizeram semana passada grave denúncia contra o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), que, segundo eles, estaria realizando “especulação financeira” com sobras do orçamento.

De acordo com fonte do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, houve esta semana acerto entre o governo e o judiciário, o que finalizou a “crise” gerada pelo corte de R$ 100 milhões. Ou seja, Richa “arregou” para o Poder Judiciário.

Fruto desse acordo, nesta terça-feira (29) funcionários do tribunal começaram a receber a segunda parcela da URV (Unidade Real de Valor) — uma correção salarial decorrente da conversão do Cruzeiro Real (CR$) para o Real (R$) no ano de 1994.

No último dia 23, o secretário importado Mauro Ricardo Costa, espécie de alter ego do governador tucano, denunciou  que o TJPR, o Tribunal Faz de Contas (TCE) e até o Ministério Público do Paraná (MP) “especulam no mercado financeiro” e, portanto, o judiciário estaria desviando dinheiro de impostos dos contribuintes.

Segundo levantamento do tesouro do governo do estado, o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 191 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 106 milhões.

“É uma poupança desviada porque esse recurso deveria estar beneficiando a população e não em aplicações de alguns poderes privilegiados no Paraná”, havia atacado o secretário de Beto Richa.

O Blog do Esmael ainda não teve acesso aos termos do acordo que cessou a curta “beligerância” entre Richa e o judiciário.

Leia mais

24 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Entenda por que a Bancada do Camburão apoia a “especulação financeira” do judiciário

A famigerada Bancada do Camburão, composta por 31 deputados, apoia os órgãos do judiciário no entrevero com o governo Beto Richa (PSDB), que acusa o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) de realizar “especulação financeira” com sobras do orçamento.

O secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, espécie de alter ego do governador tucano, denunciou ontem (23) que o TJPR, o Tribunal Faz de Contas (TCE) e até o Ministério Público do Paraná (MP) “especulam no mercado financeiro” e, portanto, o judiciário estaria desviando dinheiro de impostos dos contribuintes.

Por que diabos os parlamentares estaria se posicionando a favor do Poder Judiciário em detrimento do Poder Executivo, donde sempre mamaram? Ora, questão de sobrevivência, pois a maioria deles tem o rabo preso nos tribunais da vida. Ou seja, nenhuma preocupação com as questões de Estado. Pelo contrário.

A maioria dos deputados ficou do lado do judiciário nesta demanda porque está preocupada com o próprio rabo, ora, pois.

O Blog do Esmael teve acesso a discussões sobre o tema em grupo do WhatsApp, entre os membros da Bancada do Camburão, mas se comprometeu a não divulgar ipsis litteris o conteúdo. Eles querem a demissão do secretário da Fazenda.

Ao longo de 2015, TJPR e Assembleia Legislativa foram cúmplices das medidas do governador Beto Richa (PSDB) que culminaram no confisco da poupança previdenciária de professores e servidores públicos. Também, reservadas as proporções, legislativo e judiciário, são corresponsáveis pelo covarde massacre ocorrido no Centro Cívico em 29 de abril.

Segundo levantamento do tesouro do governo do estado, o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 191 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 106 milhões.

“É uma poupança desviada porque esse recurso deveria estar beneficiando a população e não em aplicações de alguns poderes privilegiados no Paraná”, fuzilou o secretário de Beto Richa em entrevista à RPCTV. O Blog do Esmael repercutiu a polêmica entre os poderes.

Se a Justiça fosse séria, não especularia. Se os deputados tiverem um lampejo de seriedade instalariam, na reabertura dos trabalhos, em fevereiro, uma CPI para investigar a grave denúncia do secretário Mauro Ricardo Costa.

Leia mais

23 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

‘Judiciário especula no mercado financeiro’, denuncia governo Richa

O governo Beto Richa (PSDB) foi à televisão, nesta quarta-feira (23), para justificar o por que do corte de R$ 100 milhões no orçamento do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), que estavam previstos para este mês de dezembro.

Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, o judiciário tem utilizado sobras orçamentárias para especular no mercado financeiro em detrimento da sociedade paranaense.

“Nós temos dificuldades enormes no Poder Executivo e temos visto aí algumas ‘ilhas de prosperidade’, esbanjando recursos públicos e com significativos recursos em caixa ou aplicados no mercado financeiro, em detrimento da população do estado do Paraná”, atacou o secretário, que age como alter ego de Beto Richa.

Para o deputado federal João Arruda (PMDB), coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional, a forma como o secretário de Richa denunciou esse caso é despeitosa com o judiciário paranaense. “Ele é um forasteiro que desrespeita nossas instituições locais”.

Segundo levantamento do tesouro do governo do estado, o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 109 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 101 milhões.

O presidente do TJPR, desembargador Paulo Roberto Vasconcelos, negou que o tribunal faça especulação bilionária no mercado financeiro, mas não convenceu o secretário de Richa, que reafirmou a denúncia que fez na TV contra o judiciário.

A seguir, assista ao vídeo com reportagem de Malu Mazza e Fernando Parracho na RPCTV:

Leia mais

11 de setembro de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Requião realiza comício neste sábado pela demissão de Levy e contra a corrupção no governo Richa

richa_requiao_levyO senador Roberto Requião (PMDB) comandará neste sábado (12), a partir das 10 horas, um comício no município de União da Vitória, região Sul do Paraná, pela demissão do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e contra a corrupção no governo Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

11 de setembro de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

“Joaquim Levy fracassou com o rebaixamento de nota do Brasil”, diz senador Lindbergh Farias

levy_lindberghO senador fluminense Lindbergh Farias (PT), ao comentar o “junk” na nota do Brasil pela agência de risco Standard & Poor´s, fulminou o ministro da Fazenda: “Joaquim Levy fracassou com o rebaixamento de nota do Brasil”. ... 

Leia mais

10 de setembro de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Bancos Itaú e Bradesco também têm notas rebaixadas pela Standard & Poor’s. Vai dar na Globo?

bancos_globo ... 

Leia mais

9 de setembro de 2015
por Esmael Morais
34 Comentários

Requião denuncia chantagem da agência Standard & Poor’s no rebaixamento do Brasil

Requião vê engodo do capital vadio no rebaixamento de nota do Brasil nesta quarta (9); depois de lançamento da Frente Brasil Popular, em Minas Gerais, no último fim de semana, especuladores lutam para manter Joaquim Levy no Ministério Fazenda; senador paranaense estranha que, ao mesmo tempo que velha mídia e PSDB comemoram a “queda”, agência de classificação chinesa Dagong tenha elevado nota dado nota A+ para o Brasil; resumo da ópera: demite o Levy, Dilma.

Requião vê engodo do capital vadio no rebaixamento de nota do Brasil nesta quarta (9); depois de lançamento da Frente Brasil Popular, em Minas Gerais, no último fim de semana, especuladores lutam para manter Joaquim Levy no Ministério Fazenda; senador paranaense estranha que, ao mesmo tempo que velha mídia e PSDB comemoram a “queda”, agência de classificação chinesa Dagong tenha elevado nota dado nota A+ para o Brasil; resumo da ópera: demite o Levy, Dilma.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) é voz lúcida — e o contraponto — nesse deserto de ideias em tempo de conservadorismo e ausência de projeto para o país. Exemplo disso foi a denúncia que ele fez nesta quarta-feira (9), solitariamente, de que o Brasil está sendo vítima de chantagem ao ter nota rebaixada pela agência de risco Standard & Poor’s. ... 

Leia mais

19 de agosto de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Gleisi Hoffmann quer tirar dos ricos para financiar os pobres

do InfoMoney, via Brasil 247

gleisi_bancos

Ministra da Casa Civil durante boa parte do primeiro mandato de Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann voltou a atrair a atenção de jornalistas e do mercado nas últimas semanas. Representante do Partido dos Trabalhadores do Paraná no Senado desde a posse em fevereiro, ela é responsável por conduzir uma das espinhosas pautas do ajuste fiscal do governo no Legislativo e, de quebra, comprou briga com o poderoso lobby das empresas do setor financeiro ao propor doses ainda mais amargas de um remédio que o mercado ainda se recusa a engolir. Leia mais