7 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Nova condenação de Lula intensifica guerra interna pelo comando do PT

Nova condenação de Lula intensifica guerra interna pelo comando do PT

Gleisi: Aqui ninguém solta a mão de ninguém.

A nova condenação de Lula a 12 anos e onze meses, no caso sítio de Atibaia, intensificou uma guerra intestina que estava adormecida dentro do PT. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em “Pedido de condenação de Lula desconsidera provas de sua inocência”, diz defesa do ex-presidente

“Pedido de condenação de Lula desconsidera provas de sua inocência”, diz defesa do ex-presidente

“A Lava Jato de Curitiba age de forma incompatível com o seu dever de guiar-se pela verdade dos fatos ao pedir a condenação do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva em alegações finais apresentadas nesta terça-feira  (11) à Ação Penal nº 5021365-32.2017.4.04.7000) sem apresentar qualquer prova de sua culpa — apenas com base naquilo que seus membros denominam de “melhor explicação”, aponta o advogado Cristiano Zanin Martins.

A defesa de Lula  considera que “ao agirem dessa forma, os membros do Ministério Público Federal (MPF) desprezaram as fartas provas de inocência que constam no processo, omitindo nessas alegações finais, dentre outras coisas, que:

(i) A denúncia afirmou que Marcelo Odebrecht teria oferecido e prometido a Lula vantagens indevidas para que este último praticasse atos de ofício em 4 contratos específicos da Petrobras; no entanto, mesmo sendo delator, Marcelo Odebrecht negou peremptoriamente em seu depoimento a veracidade dessa acusação ao ser confrontado com esse trecho da peça acusatória (segundo afirmou, não haveria “aderência com a realidade” em relação a tais afirmações) pela defesa de Lula;

(ii) A acusação, uma vez mais, não fez qualquer prova técnica e adequada que pudesse vincular valores decorrentes de contratos firmados pela Petrobras com o sítio de Atibaia e muito menos com Lula. Faz alusão a um imaginário “caixa geral”, também sem qualquer prova material de que tenha sido abastecido com valores da Petrobras e muito menos que qualquer parte tenha sido dirigida ao ex-presidente”.

“Lula é vítima de lawfare, que consiste no mal uso e no abuso das leis e dos procedimentos jurídicos para fins políticos. Em um julgamento justo e imparcial o ex-presidente deverá ser absolvido”, opina a defesa do ex-presidente.

Confira a íntegra da nota da defesa de Lula.

Pedido de condenação de Lula é baseado em ativismo e não em provas ... 

Leia mais

7 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Requião na pesquisa presidencial

A Paraná Pesquisas incluiu o senador Roberto Requião (MDB-PR) em nova pesquisa nacional sobre a disputa pela Presidência da República.

“Caso o ex-Presidente Lula não venha a ser candidato, quem você gostaria que ele apoiasse: Ciro Gomes, Jaques Wagner, Fernando Haddad ou Roberto Requião?”,

pergunta o instituto ... 

Leia mais

29 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
85 Comentários

Sérgio Moro quer ‘apagar a cena do golpe’ cancelando penhora do tríplex do Guarujá

O juiz Sérgio Moro pretende apagar a cena do golpe ao determinar, nesta segunda-feira (29), o cancelamento da penhora do tríplex do Guarujá (SP).

Pior: o magistrado da lava jato também ordenou que o imóvel seja levado a leilão público.

O imóvel atribuído a Lula, mas registrado no nome da OAS, foi penhorado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal para o pagamento de dívida da empreiteira.

A penhora era um dos argumentos no TRF4 de que a propriedade do apartamento não era do ex-presidente Lula.

Ao cancelar a penhora, na prática, Moro tenta apagar a cena do golpe (ou seria fraude?) que foi a condenação a 12 anos e um mês de prisão para Lula.
Leia mais

28 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
11 Comentários

“TRF4 pode ter criado um lulismo mais radical com condenação do ex-presidente”, diz historiador

O historiador Lincoln Secco, professor da Universidade São Paulo e pesquisador da história do PT, acredita que a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF4, na semana passada, pode ter criado um lulismo mais radical, sem Lula e sem o PT, como é o peronismo na Argentina.

Em entrevista ao espanhol El País, Secco disse que a percepção do povo é que Lula foi perseguido pelo judiciário.

“As cenas do julgamento são simbólicas. É possível que os juízes tenham contribuído para consolidar o mito Lula por uma ou duas gerações e venhamos a ter um lulismo mais radical sem Lula e até sem essa atual direção do PT, como foi o peronismo depois de proibido oficialmente na Argentina.”

O historiador afirma que ao PT só resta pensar na substituição dele para garantir uma votação suficiente para sobreviver institucionalmente e, num outro ciclo da história, reconstruir suas bases de apoio.

Lincoln Secco não crê que Lula apontará o ex-governador da Bahia Jaques Vagner ou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad para substituí-lo na eleição presidencial. Segundo o pesquisador da história do PT, o ex-presidente pode surpreender ou indicando a senadora Gleisi Hoffmann ou outro nome que tire da manga.

“É muito difícil imaginar um apoio ao Ciro Gomes, especialmente depois da hesitação dele em apoiar o Lula diante do julgamento. Ficou muito claro que o Ciro Gomes, este sim, torce quase que explicitamente para que o Lula não seja candidato, já que ele seria diretamente beneficiado por isso. O PT terá outro candidato”, analisou, ao lembrar que os petistas não têm tradição de apoiar candidatos de outros partidos. Leia mais

25 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
57 Comentários

PT poderá usar imagens da Band News para provar que julgamento de Lula foi fraude

Eram 10h18. O julgamento no TRF4 ainda estava nas preliminares. O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da ação penal contra o ex-presidente Lula, ainda não tinha iniciado a leitura do primeiro voto no caso do tríplex. Isto ocorreu somente às 10h35. Ou seja, nenhum dos três votos tinham vindo à tona, mas… Com mais de sete horas de antecedência a Band News divulgava o placar ‘condenação 3 x 0 absolvição’. A votação foi concluída às 17h48.

Como poderia uma emissora de televisão antecipar o resultado do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva? Como soube a Band News que o placar seria 3 x 0 pela condenação do petista? Houve o vazamento do ‘

voto corporativo ... 

Leia mais

25 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
23 Comentários

Executiva nacional do PT debate “prisão” de Lula ou “rebelião” pós-condenação no TRF4

A executiva nacional do PT realiza reunião nesta quinta-feira (25), em São Paulo, para discutir que fazer no pós-decisão do TRF4 que condenou Lula a 12 anos e um mês de prisão. O

site do PT ... 

Leia mais