4 de novembro de 2016
por Esmael Morais
25 Comentários

Por medo da estudante Ana Júlia, deputados cancelam audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná; assista

O deputado federal João Arruda (PMDB-PR), que havia proposto uma audiência pública para discutir as ocupações de escolas e universidades no Paraná, acusou nesta sexta-feira (4) a Assembleia Legislativa “censurar” o evento com os estudantes. Leia mais

4 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Em tempos de impeachment, deputado do PT “afrouxa a tanga” e ingressa no Partido da Mulher Brasileira

assis_pmb_toninhoO Partido dos Trabalhadores (PT), seção Paraná, perdeu 50% de sua bancada para outros partidos. Nesta sexta-feira (4) veio a público que o deputado Assis do Couto, da região Sudoeste, também afrouxou a tanga e deixou a sigla. O próprio parlamentar anunciou que ingressou no Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Antes, no mês passado, Toninho Wandscheer, da região metropolitana de Curitiba, já havia “afrouxado o sutiã” ao comunicar que estava abandonando o petismo para também aderir ao novo PMB.

As duas defecções ocorreram no momento mais agudo da crise política envolvendo o PT e a presidente Dilma Rousseff, que sofre chantagem de impeachment no Congresso Nacional.

O PT elegeu 4 deputados, agora fica com apenas dois: Enio Verri e Zeca Dirceu.

A seguir leia a íntegra da nota oficial de Assis do Couto: Leia mais

18 de novembro de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Deputado Toninho deixa o PT. Ângelo Vanhoni entra no aquecimento

toninho_vanhoniO deputado federal Toninho Wandscheer, em nota oficial, anunciou nesta quarta-feira (18) que desfiliou-se do Partido dos Trabalhadores (PT).

No comunicado, Toninho não deixa claro qual será o seu destino partidário.

Especula-se que o ex-petista esteja embarcando na canoa do PROS, cuja sigla é controlada no Paraná pelo seu filho Tiago Henrique Wandscheer.

Pelo sim pelo não, o primeiro suplente do PT Ângelo Vanhoni entrou em aquecimento. O ex-deputado poderá requerer a vaga, caso o partido não o faça.

No entanto, Toninho Wandscheer pulou fora do barco petista amparado numa liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que restabeleceu 30 dias para a migração de parlamentares para novos partidos.

Como o PROS já não é partido novo, pois fora registrado em 2013, a Rede já tem “dono”, a legenda mais recente que recebeu chancela do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é o Partido da Mulher Brasileira (PMB).

A seguir, leia a íntegra da nota oficial de Toninho Wandscheer: Leia mais

18 de março de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

Bancários apoiam investigação de contas secretas no HSBC da Suíça

swiss.jpgO deputado federal Toninho Wandscheer (PT-PR) recebeu esta semana a visita do presidente do Sindicato dos Bancários Curitiba e região, Elias Hennemann Jordão, e do diretor André Machado, que também preside os Conselhos AABB (Associação Atlética Banco do Brasil). No encontro, eles discutiram o andamento das investigações das contas secretas de brasileiros no HSBC da Suíça.  ... 

Leia mais

11 de março de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

A TV Globo não vai mostrar, mas Câmara vai investigar contas secretas de brasileiros no HSBC da Suíça

A Rede Globo, por óbvio, não vai mostra hoje à  noite que a Câmara Federal aprovou o requerimento n!º 10/2015, do deputado federal Toninho Wandscheer (PT-PR), para criação de uma Subcomissão Especial a fim de investigar as contas secretas de brasileiros no Banco HSBC da Suíça.

Ao Blog do Esmael, o parlamentar paranaense informou que a Subcomissão Especial será instalada oficialmente na próxima quarta-feira, dia 18, em Brasília.

Jeitoso que é, o deputado Toninho adiantou que vai procurar o jornalista Fernando Rodrigues, do portal UOL, que detém as informações e a lista com os nomes “SwissLeaks” (vazamentos suíços) porque teve origem no maior furto de dados bancários da história, numa agência do HSBC, em Genebra.

O objetivo da Subcomissão é propor legislação que possibilite a recuperação de ativos originários e produtos de crimes, encontrados no exterior, de forma eficiente e célere, além de investigar as contas bancárias dos brasileiros – objeto de ampla divulgação da mídia nacional e internacional nos últimos dias.

Segundo o parlamentar, toda e qualquer corrupção deve ser investigada.

O HSBC, considerado um dos maiores bancos do mundo, virou alvo nas últimas semanas de escândalo proporcional ao seu tamanho. Registros internos de sua filial na Suíça vazados à  imprensa indicam que a instituição financeira manteve, até 2007, práticas condenadas pelas regras internacionais de combate à  lavagem de dinheiro. O HSBC teria gerido mais de US$ 100 bilhões em recursos de origem duvidosa!, explicou Wandscheer.

O deputado disse ainda, que o Ministério Público suíço abriu inquérito sobre o caso. Fizeram uma devassa na sede do banco em Genebra, na Suíça, e descobriram 8,7 mil correntistas brasileiros com mais de US$ 7 bilhões em depósitos!, disse.

Para o deputado, agora, surge o elo entre o escândalo envolvendo o HSBC e o Petrolão. Integrantes da Operação Lava Jato já reúnem provas de que a filial do HSBC no Brasil serviu de guarda-chuva para operações ilegais do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro que drenou os cofres da Petrobras.

Se a Globo não mostra, o Blog do Esmael escancara em tempo real tudo sobre o “SwissLeaks”. Acompanhe aqui.

Leia mais

17 de setembro de 2014
por Esmael Morais
26 Comentários

2!º turno à  vista: Gleisi empolga multidão na Grande Curitiba

Uma multidão lotou o salão paroquial da Igreja São Benedito, no distrito da Areia Branca em Mandirituba, na noite desta terça-feira (16), em apoio à  candidata ao governo do estado pela coligação Paraná Olhando Pra Frente, Gleisi Hoffmann. O evento faz parte de um grande esforço da candidatura de Gleisi na região metropolitana de Curitiba, tentando uma arrancada que leve a petista ao segundo turno.

Gleisi esteva acompanhada do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, deputado estadual Toninho Wandscheer e do candidato ao Senado, Ricardo Gomyde.

Além de Mandirituba, moradores de Agudos do Sul, Campo do Tenente, Fazenda Rio Grande, Quitandinha, Rio Negro, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul participaram do encontro. Gleisi foi recebida com saudações de governadora, governadora!. O clima era de muita alegria, entusiasmo e disposição para a reta decisiva da campanha.

à‰ muito bom receber essa energia, ver tanta gente animada, com vontade de fazer campanha, que acredita que o Paraná mereça um governo com foco nas pessoas, em educação, saúde, segurança, transporte público, e não para os ricos!, disse Gleisi.

A candidata destacou que nas últimas semanas de campanha a militância tem a missão de fazer os paranaenses refletirem sobre quais foram as grandes obras e políticas do atual governo para o estado. Quando a gente for fazer o debate com a sociedade vamos questionar qual o legado que este governo deixa para o Paraná. Qual a grande obra que o candidato à  reeleição fez? Nenhuma! à‰ um governo vazio, que não está preocupado com o povo.!

Ela afirmou que a “maior obra” do atual governador foram os investimentos em publicidade. O Paraná não precisa de um governo de propaganda, precisamos de um governo que faça para o povo, que atenda a população. Mais quatro anos deste governo e o Paraná não se recupera, vai ficar quebrado, sucateado por muito tempo.!

Falando para as mulheres, Gleisi defendeu a construção de um hospital regional em Mandirituba para que as mães não precisem mais viajar para terem bebês longe do município. Não tem justificativa o governo transportar uma mulher que está grávida para outro município para ter o bebê, não pode! Como mãe, como mulher, eu assumo o compromisso de construir o hospital regional e ter uma maternidade aqui na região. Nós vamos arrumar a saúde do Paraná!!

Leia mais

13 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Governo Richa mantém segredo sobre extinção de mil cargos em comissão

do portal Banda B

Segundo o deputado Toninho Wandscheer (PT), da tropa de choque da senadora Gleisi Hoffmann, o governo tucano sonega informações sobre a extinção de mil cargos comissionados; parlamentar petista desconfia que o Palácio Iguaçu tenha "mentido" para a população, pois, ainda de acordo com ele, somente 81 servidores contratados sem concurso foram demitidos; "à‰ preciso que o povo do Paraná saiba a verdade", diz Toninho; líder do governo na Assembleia, Ademar Traiano, que pilotou derrota de requerimento do deputado do PT, garante que tudo isso já está esclarecido no Portal da Transparência!.

Segundo o deputado Toninho Wandscheer (PT), da tropa de choque da senadora Gleisi Hoffmann, o governo tucano sonega informações sobre a extinção de mil cargos comissionados; parlamentar petista desconfia que o Palácio Iguaçu tenha “mentido” para a população, pois, ainda de acordo com ele, somente 81 servidores contratados sem concurso foram demitidos; “à‰ preciso que o povo do Paraná saiba a verdade”, diz Toninho; líder do governo na Assembleia, Ademar Traiano, que pilotou derrota de requerimento do deputado do PT, garante que tudo isso já está esclarecido no Portal da Transparência!.

O deputado estadual Toninho Wandscheer (PT) teve seu requerimento rejeitado em plenário nesta semana. O petista queria esclarecimentos sobre a extinção de 1 mil cargos comissionados pelo governo do Paraná, aprovada pelos deputados no ano passado.  ... 

Leia mais