15 de fevereiro de 2018
por esmael
Comentários desativados em Para esquivar-se de ataques, Luciano Huck finge desistir da disputa pela Presidência da República

Para esquivar-se de ataques, Luciano Huck finge desistir da disputa pela Presidência da República

O apresentador Luciano Huck, da Globo, voltou a jurar nesta quinta (15) que não disputará nem quer falar sobre eleição presidencial. “ Não serei candidato mas não quero falar mais sobre o assunto agora. Preciso digerir a decisão”, disse ao Estadão. Entretanto, ele mantém postura de candidato. ... 

Leia mais

14 de fevereiro de 2018
por esmael
Comentários desativados em Huck captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para fazer caridade com dinheiro público

Huck captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para fazer caridade com dinheiro público

O dublê de apresentador e candidato da Globo Luciano Huck faz caridade com dinheiro público. É o que revela nesta quarta (14) o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço, ao trazer à tona que o “Tiririca dos Ricos” captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para projetos de “Ação Social” que vitaminam o próprio nome. ... 

Leia mais

13 de fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Doria também “mamou deitado” ao comprar jatinho com R$ 44 milhões do BNDES

Luciano Huck e João Doria estão unidos pela mesma divina teta. O prefeito de São Paulo também gosta de “mamar deitado” como o apresentador da Globo. O tucano usou R$ 44 milhões emprestados com juro subsidiado pelo BNDES, um banco público que deveria priorizar o fomento do desenvolvimento. ... 

Leia mais

15 de janeiro de 2018
por esmael
25 Comentários

Desembargadores do TRF-4 temem o “day after” do julgamento de Lula

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador Thompson Flores, o “day after” do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O magistrado levou a preocupação nesta segunda-feira (15) à ministra Carmén Lucia, presidenta do Supremo Tribunal Federal (STF). ... 

Leia mais

8 de junho de 2017
por esmael
8 Comentários

Jatinho da JBS complica Temer. Empréstimo de aeronave levou André Vargas à prisão

A carona que Michel Temer e família pegaram nas asas de um jatinho do empresário Joesley Batista, delator da Lava Jato, é o “batom na cueca” que faltava para comprovar a relação promíscua entre o agente público e o agente delinquente. Leia mais

7 de fevereiro de 2017
por esmael
18 Comentários

“Avião de rosca” de Richa volta a escandalizar

Que o “avião de rosca” faz um barulho danado todos já sabemos, mas o que poucos têm conhecimento é que o governador Beto Richa (PSDB) torrou 49 milhões com o aluguel de jatinhos e helicópteros junto à empresa de Helisul Táxi Aéreo. Leia mais

3 de agosto de 2014
por esmael
17 Comentários

André Vargas: “Se Aécio fosse do PT, já teriam pedido cassação”

do Brasil 247 O deputado federal André Vargas (sem partido-PR) considera seu caso !“ suspeita de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, alvo da Operação Lava Jato !“ “muito menos sério” do que o do candidato do PSDB, Aécio Neves, acusado de ter construído um aeroporto em propriedade que era de sua família, em Minas Gerais.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Vargas afirma ter sido forçado a se desfiliar do PT principalmente pelo presidente do partido, Rui Falcão. “Ele entendeu que eu estava criando um problema para a campanha da presidenta Dilma Rousseff e para as eleições nos Estados”, explicou.

Alvo de investigação no Conselho de à‰tica da Câmara dos Deputados, André Vargas voou em um jatinho pago pelo doleiro Youssef e é acusado de ter favorecido o doleiro com projetos no Ministério da Saúde, quando a pasta era comandada por Alexandre Padilha. Nessa semana, ele pode ver aprovado o pedido de cassação de seu mandato.

Vargas diz ser inocente e atribui sua suspensão da legenda à  “repercussão” do caso. “Luta política é assim. E o PSDB tem muito o que responder, não é? Viajar num avião de empresário é muito menos sério do que pegar dinheiro do povo e construir aeroporto na fazenda do tio”, criticou o parlamentar, lembrando que o senador àlvaro Dias (PSDB-PR) também voou no jatinho de Youssef em 1998.

Ainda sobre o presidenciável tucano, afirmou: “se Aécio fosse do PT, a oposição já teria pedido a cassação do mandato dele. E, do jeito que o PT é, teria entregue”. Vargas afirma, porém, que não pode culpar a oposição por ter pedido seu mandato. “A oposição fez o papel dela. Nós, do PT, é que não fizemos com a oposição o que era esperado”, disse.

O ex-petista mencionou que o partido também não pediu o mandato “dos tucanos que estão sendo investigados pelo negócio do cartel dos trens, em São Paulo”, por exemplo. No caso Youssef, Vargas acredita ter sido “vítima da pressa do PT”. “O PT poderia ter me dado um tempo para provar que não existia nada mais do que uma viagem de jatinho”.

Leia mais

1 de abril de 2014
por esmael
23 Comentários

André Vargas jura que relação com Yousseff está “dentro da legalidade”

da Agência Brasil

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), disse hoje (1!°), em nota, que conhece há 20 anos o empresário Alberto Youssef, investigado pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato, que apura esquema de lavagem de dinheiro.

Uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, publicada hoje, diz que Vargas usou um avião do empresário para uma viagem a João Pessoa. Segundo o jornal, o empréstimo da aeronave foi discutido entre os dois por mensagem de texto no início de janeiro.

Em nota, o parlamentar explicou que é amigo de Youssef. Conhecer alguém há 20 anos não é crime. Alberto Youssef é empresário de minha cidade. Dono do maior hotel da cidade. E os encontros, contatos e a relação se deram dentro da legalidade. Qualquer homem público poderia passar por isso!, diz a nota.

Assessores de Vargas informaram que o deputado está reunido desde o final da manhã com a equipe para definir se fará uma declaração sobre o caso.

A Operação Lava Jato foi deflagrada no último dia 17, em seis estados e no Distrito Federal. Mais de 20 pessoas foram presas suspeitas de participar do esquema de lavagem de dinheiro que, segundo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), movimentou mais de R$ 10 bilhões. Um dos presos foi o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Leia mais