15 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Cidade do Paraná que deu 74% dos votos a Bolsonaro perde 75% dos médicos

Cidade do Paraná que deu 74% dos votos a Bolsonaro perde 75% dos médicos

A ingratidão do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que implantou programa ‘Menos Médicos‘, expulsando os médicos cubanos do país, foi proporcional ao número de votos que ele recebeu no próspero município de Ponta Grossa (PR).  ... 

Leia mais

11 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em O recado do Alvaro Dias

O recado do Alvaro Dias

O ex-presidenciável Alvaro Dias (Podemos) saiu bastante magoado da eleição, a julgar pelo recado que ele deixou hoje em suas redes sociais. ... 

Leia mais

13 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Doria também “mamou deitado” ao comprar jatinho com R$ 44 milhões do BNDES

Luciano Huck e João Doria estão unidos pela mesma divina teta. O prefeito de São Paulo também gosta de “mamar deitado” como o apresentador da Globo. O tucano usou R$ 44 milhões emprestados com juro subsidiado pelo BNDES, um banco público que deveria priorizar o fomento do desenvolvimento. ... 

Leia mais

23 de novembro de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Gleisi dedica coluna semanal à ‘ingratidão’ de Fruet em Curitiba

gleisi_fruet_ingratidaoA senadora Gleisi Hoffmann (PT), em sua coluna semanal no Blog do Esmael, nesta segunda-feira (23), afirmou que “a política dá voltas, como a vida” ao reclamar do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), que não teria chamado o partido para discutir as eleições de 2016.

“Nenhuma conversa, nenhuma proposição. Respeitamos essa postura, mas não podemos esperar até o último momento para decidir nossa caminhada”, disse Gleisi, ao reafirmar candidatura própria do PT em Curitiba. O nome que a agremiação deverá apresentar no próximo sábado, dia 28, durante encontro municipal, é do deputado estadual Tadeu Veneri (PT).

Gleisi ainda recordou na coluna de hoje que os petistas foram às ruas pela eleição de Fruet de 2012, mas, anotou, “sabemos na política quando somos queridos ou não. Isso não traz mágoas, apenas orienta-nos sobre como vamos continuar o projeto”.

A senadora atribuiu as principais obras na capital como sendo recursos trazidos pelo partido, sobretudo “para creches, para milhares de casas do Minha Casa, Minha Vida, obras de saneamento, contenção de cheias, malha viária do transporte coletivo, recursos para o metrô, além de programas de combate à violência contra a mulher, na área da cultura e do trabalho, emprego e renda”.

Abaixo, ouça o áudio (disponível para download): Leia mais

5 de abril de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: “Na véspera de 2016, PT e PV podem abandonar Fruet por Ratinho Jr”

bernardi_pv_ptJorge Bernardi* ... 

Leia mais

16 de março de 2014
por Esmael Morais
45 Comentários

Veja essa: Richa agora é Requião

O governador Beto Richa (PSDB), neste domingo (16), deu sinais de que deverá jogar a tolha na disputa pela reeleição; pelo Twitter, o tucano sentiu as dores do desafeto do PMDB: "Lula devolve apoio de Requião em 5 eleições com ingratidão. Memória curta. Esqueceu a lealdade ao apoiar novo aliado", tuitou;  a frente política paranaense interpretou a tuitada de duas maneiras: 1- cederá o lugar para a disputa pelo Palácio Iguaçu ao companheiro de ninho àlvaro Dias; e 2- Num acordo branco, onde concorreria ao Senado, Richa estaria aderindo ao Volta, Requião!; será? Pelo sim pelo não, Requião bateu geral:  "o Estado não pode ser governado nem pela Barbie nem pelo Ken".

O governador Beto Richa (PSDB), neste domingo (16), deu sinais de que deverá jogar a tolha na disputa pela reeleição; pelo Twitter, o tucano sentiu as dores do desafeto do PMDB: “Lula devolve apoio de Requião em 5 eleições com ingratidão. Memória curta. Esqueceu a lealdade ao apoiar novo aliado”, tuitou; a frente política paranaense interpretou a tuitada de duas maneiras: 1- cederá o lugar para a disputa pelo Palácio Iguaçu ao companheiro de ninho àlvaro Dias; e 2- Num acordo branco, onde concorreria ao Senado, Richa estaria aderindo ao Volta, Requião!; será? Pelo sim pelo não, Requião bateu geral: “o Estado não pode ser governado nem pela Barbie nem pelo Ken”.

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB), mal das pernas na reeleição, flerta com outras possibilidades em 2014. Uma delas é ceder o lugar, na disputa pelo Palácio Iguaçu, ao senador àlvaro Dias. Ele, o governador, concorreria ao Senado. ... 

Leia mais