25 de março de 2017
por Esmael Morais
5 Comentários

“Entrou água na terceirização da Câmara”, afirmam sindicatos do setor de prestação de serviço

O Sineepres — Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão-de-Obra do Paraná — avalia que “entrou água” na lei aprovada quarta-feira (22) na Câmara dos Deputados. Leia mais

21 de outubro de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Fruet dá calote no salário e na alimentação de trabalhadores na limpeza, que entram em greve

fruet_greve_siemacoO prefeito Gustavo Fruet (PDT), que não avançou para o 2º turno, deu calote na alimentação e salário de 450 trabalhadores no serviço de coleta vegetal. A denúncia é do presidente do Siemaco (Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba), Manassés de Oliveira. Abaixo, leia a íntegra do comunicado da greve: Leia mais

20 de março de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Paulo Rossi: “O prefeito Fruet também frequentava o ‘Comitê Lealdade'”

O fantasma do “Comitê Lealdade” formado por dissidentes do PRTB, em 2008, para apoiar a reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), voltou neste início de outono a assombrar os políticos curitibanos.

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Paulo Rossi, nesta sexta, pediu direito de respostas em cima da coluna do secretário Municipal de Governo, Ricardo Mac Donald, que enxergou viés político-eleitoral na greve dos garis encerrada ontem.

Mac Donald afirmou na coluna que conhece a ficha do dirigente Manassés Oliveira, do Siemaco, sindicato dos trabalhadores na limpeza pública, ex-comandante do “Comitê Lealdade” financiado com recursos de caixa 2. “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”, disparou.

Pois bem, Paulo Rossi divulgou esta tarde fotos de quando o então deputado Gustavo Fruet era assíduo frequentador do mesmo “Comitê Lealdade”.

“Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes que lutam pela classe que representam, o secretário deveria cobrar a empresa que detém a coleta de lixo, a CAVO, importante doadora de recursos em campanhas eleitorais, reconhecimento do trabalho dos garis”, contra-atacou o presidente da UGT.

A seguir, leia a íntegra do direito de resposta:

Prezado amigo e blogueiro Esmael Morais,

No seu respeitado blog desta sexta-feira, o secretário de governo(?) da Prefeitura de Curitiba, Ricardo Mac Donald, na coluna semanal, tenta vincular a greve dos garis, encerrada ontem, quinta-feira, ao fato do companheiro Manassés Oliveira, presidente do Siemaco – Sindicato que representa a categoria, então vereador em 2008, ter participado do “Comitê Lealdade” de apoio à reeleição do prefeito Beto Richa(PSDB).

O mesmo secretário e colunista nas horas vagas tenta fugir das responsabilidades do município em garantir salários e condições dignas de trabalho aos trabalhadores da limpeza urbana da capital paranaense, imputando ao movimento paredista a sua relação com grupos de oposição ao atual prefeito.

Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes sindicais que lutam pela classe que representam, o principal secretário da prefeitura, cujo papel principal seria de agir como bombeiro e não como um incendiário, deveria cobrar a empresa que detém a coleta de lixo, a CAVO, importante doadora de recur Leia mais

20 de março de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Coluna do Ricardo Mac Donald: “A greve do lixo em Curitiba”

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que  conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

Ricardo Mac Donald* ... 

Leia mais

19 de março de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Trabalhadores da limpeza pública de Curitiba mantêm greve

coleta.jpgReunidos em assembleia geral na tarde de quarta-feira (18), os trabalhadores da limpeza pública de Curitiba decidiram manter a greve por melhores salários e melhores condições de trabalho.

Eles rejeitaram a proposta intermediada pelo Ministério Público do Trabalho que oferecia reajuste de 9,7% nos salários e 16% nos tíquetes (10% em março e 6% em setembro). Nova rodada de negociação está marcada para a tarde de hoje, quinta-feira (19/3), com a intermediação do MPT.

Representados pelo Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação (Siemaco) e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sitro), ambos filiados à UGT, são mais 3 mil trabalhadores em greve. Leia mais

17 de março de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

Em Curitiba, greve dos trabalhadores da limpeza pública avança para o 2º dia

siemaco.jpgOs coletores de lixo, varredores, roçadores e serventes da limpeza pública de Curitiba iniciaram na manhã desta terça-feira (17) uma greve por tempo indeterminado. Eles reivindicam aumento salarial e melhores condições de trabalho.

Os 2.500 trabalhadores rejeitaram a proposta de empresa Cavo, de reajuste salarial de 4% para 7,7% em março e mais 1,3% em setembro nos salários e 10% de reajuste nos tíquetes.

O presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação (Siemaco), Manassés de Oliveira, ao Blog do Esmael, disse agora à noite que a categoria continuará em greve nesta terça. Segundo ele, o Ministério do Trabalho está intermediando as negociações com a Cavo, empresa responsável pelo serviço de limpeza da cidade. Leia mais

17 de setembro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

De olho na Secretaria do Trabalho, UGT arma palanque para Richa

Paulo Rossi, da União Geral dos Trabalhadores, realizou ontem encontro com mil pessoas para declarar voto à  reeleição de Beto Richa; sindicalista está de olho na Secretaria do Trabalho, caso haja sucesso na empreitada; curioso mesmo é que o Palácio Iguaçu anunciou "captura" até Maria Donizete Teixeira Alves, sogra do presidente da Força Sindical, Sérgio Butka, que está no barco de Requião; até agora Butka não confirmou se irá "resgatar" a sogra das hostes tucanas.

Paulo Rossi, da União Geral dos Trabalhadores, realizou ontem encontro com mil pessoas para declarar voto à  reeleição de Beto Richa; sindicalista está de olho na Secretaria do Trabalho, caso haja sucesso na empreitada; curioso mesmo é que o Palácio Iguaçu anunciou “captura” até Maria Donizete Teixeira Alves, sogra do presidente da Força Sindical, Sérgio Butka, que está no barco de Requião; até agora Butka não confirmou se irá “resgatar” a sogra das hostes tucanas.

“Com Beto Richa, a decência vai vencer a demência”. Esta era a palavra de ordem da União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná, única central do estado em evento que declarou ontem (16) apoio à  reeleição do governador do PSDB. ... 

Leia mais

18 de março de 2014
por Esmael Morais
27 Comentários

Em Curitiba, garis e educadores estão em greve por tempo indeterminado

Inspirados pelos colegas do Rio, 2,5 mil garis curitibanos cruzaram os braços na manhã desta terça; trabalhadores do asseio e conservação querem reajuste nos salários e nos vales-refeição; também estão em greve cerca de  4 mil educadores, que atuam nas creches (CMEIs), lutam por isonomia com professores e pedagogos do município.

Inspirados pelos colegas do Rio, 2,5 mil garis curitibanos cruzaram os braços na manhã desta terça; trabalhadores do asseio e conservação querem reajuste nos salários e nos vales-refeição; também estão em greve cerca de 4 mil educadores, que atuam nas creches (CMEIs), lutam por isonomia com professores e pedagogos do município.

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) acordou esta terça-feira (18) com greves nas creches e na coleta de lixo. As duas paralisações são por tempo indeterminado. ... 

Leia mais

17 de março de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Fruet debela greve de professores, mas educadores e garis param amanhã

Os 4 mil educadores que atuam nos CMEIs (equivalente a creches), em Curitiba, vão entrar em greve por tempo indeterminado nesta terça (18); eles reivindicam equiparação salarial com pedagogos e professores municipais, que nesta segunda suspenderam paralisação; garis também podem parar a coleta de lixo a partir das 7 horas da manhã, depois de assembleia da categoria.

Os 4 mil educadores que atuam nos CMEIs (equivalente a creches), em Curitiba, vão entrar em greve por tempo indeterminado nesta terça (18); eles reivindicam equiparação salarial com pedagogos e professores municipais, que nesta segunda suspenderam paralisação; garis também podem parar a coleta de lixo a partir das 7 horas da manhã, depois de assembleia da categoria.

Os cerca de 4 mil educadores que atuam nos CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) entram em greve nesta terça-feira (18) pela isonomia salarial com os professores e valorização da profissão. A paralisação é por tempo indeterminado, segundo o Sismuc (Sindicato Municipal dos Servidores de Curitiba). ... 

Leia mais