Richa faz escola: depois de calotes, demissões como estratégia de marketing em Araucária

rui_hissam_rosaneO prefeito de Araucária Rui Souza (PTC), que tentará a reeleição, anunciou nesta quinta (18) um “pacote de maldades” atendendo apelos de pesquisadores e marqueteiros. O remédio é muito parecido com aquele oferecido pelo governador Beto Richa (PSDB) aos paranaenses.

Requião cuida da horta no Paraná

requiao_prefeiturasO senador Roberto Requião (PMDB-PR) dedicou a agenda neste fim de semana para cuidar da própria horta no estado, isto é, lançar candidaturas do partido e de aliados às prefeituras.

Luta renhida pelo poder racha o recém-criado consórcio Rede-PV no Paraná

à‰ violenta a disputa intestina na Rede, o novo "partido" de Marina no Paraná; duas alas se digladiam pelo poder, cuja luta se materializa na disputa pela vaga do Senado; a socióloga Sigrid Andersen e o Professor Claudino Dias se enfrentarão na reunião do diretório no próximo dia 13; o coordenador de Comunicação da sigla, Ygor Nachornik, em contato com este blogueiro, desconversou dizendo que não há bate-chapa! e que tudo se resolve no consenso; por outro lado, Professor Claudino Dias reafirmou o confronto e até sinalizou com apoio a Roberto Requião na disputa pelo governo do Paraná; leia a íntegra da nota da Rede de Sustentabilidade.
à‰ violenta a disputa intestina na Rede, o novo “partido” de Marina no Paraná; duas alas se digladiam pelo poder, cuja luta se materializa na disputa pela vaga do Senado; a socióloga Sigrid Andersen e o Professor Claudino Dias se enfrentarão na reunião do diretório no próximo dia 13; o coordenador de Comunicação da sigla, Ygor Nachornik, em contato com este blogueiro, desconversou dizendo que não há bate-chapa! e que tudo se resolve no consenso; por outro lado, Professor Claudino Dias reafirmou o confronto e até sinalizou com apoio a Roberto Requião na disputa pelo governo do Paraná; leia a íntegra da nota da Rede de Sustentabilidade.
O coordenador de Comunicação da Rede de Sustentabilidade, Ygor Nachornik, entrou em contato com este blogueiro. O representante do “partido” de Marina Silva no Paraná esclareceu que “não há” bate-chapa pela vaga de candidato ao Senado, como registrei na sexta 21 passada (clique aqui). Como democrata que sou, publico abaixo a íntegra da nota.

O diabo é que Professor Claudino Dias, membro da executiva da Rede, reconfirmou toda a história que me contou na semana passada. Segundo ele, haverá bate-chapa no partido, sim, na próxima reunião do dia 13 de abril. “Se há dois candidatos ao Senado — Sigrid Andersen e eu — o método mais democrático para decidir é o voto. Não há consenso, portanto”, explicou didaticamente o mestre.

Como se vê, a guerra intestinal na Rede é cruenta. Nada a diferencia das demais agremiações que já estão na praça. à‰ mais uma sigla, como as outras, nada mais. Aliás, quanto mais partidos, indiferente do matiz ideológico, quero deixar claro, faz muito bem à  democracia.

A Rede foi gongada! pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por isso seus membros no Paraná se agasalharam no PV. à‰ o caso de Claudino Dias e outros tantos militantes e filiados.

Ygor Nachornik não soube explicar quais serão os passos da Rede nas eleições 2014, haja vista que a agremiação prega a “terceira via”. Perguntei-lhe quem entre Richa, Gleisi e Requião representaria a tal terceira via. Ele me respondeu que seria Rosane Ferreira, do PV. Daí eu o informei que a deputada verde tem entendimento avançado com o senador do PMDB. “Não tenho autorização para falar sobre isso”, limitou-se. Na nota enviada ao blog, o partido de Marina no estado declina prioridade de aliança com “PPS, PSB e outros”.

A seguir, eu publico a íntegra da nota da Rede de Sustentabilidade: