16 de julho de 2016
por esmael
56 Comentários

Povo da Turquia rechaçou o golpe de Estado. Exemplos de resistência e luta para o Brasil?

temer_turquia_dilmaEm entrevista às redes de TV’s internacionais, o ex-presidente turco Abdullah Gül afirmou que “a Turquia não é um país da africa ou da América do Sul” onde golpes de Estados são possíveis.

14 de Maio de 2016
por esmael
13 Comentários

New York Times mostra para o mundo o que a Globo esconde do Brasil

fora_temerNa postagem sobre a falta de reconhecimento ao governo interino de Michel Temer pela comunidade internacional, o Blog do Esmael abordou a falta de credibilidade da imprensa brasileira na cobertura da crise política causada pelo golpe de Estado (clique aqui).

Pois bem, a imprensa estrangeira se transformou em fonte fidedigna para quem quer saber o que está ocorrendo no Brasil. Portanto, uma vergonha para os profissionais de imprensa brasileiros. (Abaixo, assista à reportagem do New York Times sobre a resistência ao golpe).

8 de Maio de 2016
por esmael
12 Comentários

Movimentos Sociais vão proteger Palácio do Planalto contra o golpe

paulo_pimentaA presidente Dilma Rousseff vai resistir no Palácio do Planalto a tentativa de deposição.

A informação é de que grupos de militantes e dirigentes dos movimentos sociais se dirigirão na manhã desta segunda-feira, dia 9, para o início da resistência.

A brigada da resistência é organizada pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS), que esta noite reuniu-se com diversas frentes de massa.

6 de dezembro de 2015
por esmael
5 Comentários

PCdoB e PDT levantam as primeiras barricadas contra o golpe

do Brasil 247

O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o ex-ministro Ciro Gomes fizeram história, neste domingo, ao lançarem, conjuntamente, o Movimento Golpe Nunca Mais. A frente foi lançada no Palácio dos Leões, sede do governo maranhense, em coletiva conduzida por Dino, Ciro e também pelo presidente do PDT, Carlos Lupi.

“Estamos diante de uma situação absurda, uma monstruosidade institucional. Não podemos aceitar passivamente que se rasgue a Constituição. Lutamos muito para conquistar a democracia. Nenhum interesse pode estar acima da democracia”, afirmou Flávio Dino. “O direito à oposição é legítimo, mas ele não está acima do País”, afirmou.

O governador, que é juiz, lembrou que a tese das ‘pedaladas em 2015’ raia o absurdo, uma vez que o Congresso acaba de aprovar a nova meta fiscal. “Se o próprio Congresso Nacional aprovou a mudança da meta fiscal no exercício financeiro vigente, os decretos deste ano de suplementação orçamentária estão validados”, afirmou (para entender por que proposta de impeachment é golpista leia artigo de Leonardo Attuch, editor do 247).

“Há um valor, que está acima de tudo, e que deve ser sempre respeitado: é a própria liberdade”, disse Ciro, que teve sua candidatura presidencial lançada por Lupi. Ciro afirmou ainda que não há nenhuma acusação de ilícito contra a presidente Dilma Rousseff. “É uma senhora honesta, decente, a quem não estão permitindo governar”, afirmou.

5 de dezembro de 2015
por esmael
41 Comentários

Cerco se fecha contra golpistas: PDT de Osmar e Fruet se soma ao PT de Dilma

osmar_fruet_dilmaO PDT do vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, e do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, assumiu a proa da resistência ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O presidente nacional do PDT, ex-ministro Carlos Lupi, deu ordem unida para a legenda lutar contra o golpe perpetrado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em consórcio com o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Com isso, o cerco vai se fechando contra os golpistas que querem apear Dilma do Palácio do Planalto.

Em Brasília, Lupi vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) na terça-feira (8) solicitar a decretação de “incapacidade civil” de Cunha, haja vista ele ser investigado pela Lava Jato.

No Paraná, no front político e popular, além do peso simbólico de Fruet e Osmar, as centrais sindicais convocaram uma reunião para a noite de segunda-feira (7) visando organizar a mobilização dos trabalhadores e movimentos populares (clique aqui).

Na mesma linha dos sindicalistas e dos brizolistas, em defesa da legalidade e de uma agenda desenvolvimentista, o diretório estadual do PT do Paraná também conclamou hoje o povo a sair às ruas em defesa da democracia.

“O impeachment atende a interesses de grupos políticos e econômicos que são contra os trabalhadores e trabalhadoras”, diz um trecho do manifesto dos petistas paranaenses.

A seguir, leia a íntegra do manifesto do PT contra o golpe: