19 de outubro de 2016
por Esmael Morais
28 Comentários

Richa dá calote no Judiciário e nos professores para enfiar mais R$ 300 milhões no CU

richa_cu_grevesDinheiro tem. Também já se sabe onde Beto Richa (PSDB) o enfia: no Caixa Único (CU) do governo do Paraná, que acabou de receber reforço de mais R$ 300 milhões de depósitos judiciais. Leia mais

24 de agosto de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

Beto Richa aproveita ambiente de golpe para vender as estatais Copel e Sanepar

richa_copel_sanepar_vendaO governador Beto Richa (PSDB) aproveita o ambiente de golpe no país para colocar à venda a energética Copel, informa a agência de notícias Reuters nesta quarta (24). Leia mais

28 de setembro de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

CCJ da Assembleia ameaça ‘pacote de maldades 3’ de Beto Richa

francischiniKid_richaOs deputados estaduais governistas que compõem a Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, ensaiam rebelião contra o ‘pacote de maldades 3’ do governador Beto Richa (PSDB).

Daqui a pouco, às 13h30, a CCJ se reúne para analisar 44 emendas ao projeto de lei 662/15 — número dado ao pacotaço — que impõe mais impostos e cria o Caixa Único (CU) do governo do estado.

A partir das 14h30, em parceria com a TV 15, o Blog do Esmael transmite a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo. O k-suco tende a ferver esta tarde na Assembleia.

Na semana passada, os presidentes da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), Juliano Breda, elevam o tom das críticas à sanha arrecadatória de Beto Richa.

O presidente da Fiep, por exemplo, chegou a defender que os deputados tenham os salários reduzidos em virtude do desserviço que eles vêm prestando à economia e à sociedade paranaenses.

Na CCJ, ao menos um deputado — Francischini Kid (SD) — anunciou que votará contra o pacotaço. Ele se somará aos oposicionistas na rejeição do aumento de impostos porque, segundo ele, a lei vinda do Palácio Iguaçu é “inconstitucional”. Leia mais

24 de setembro de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Empresários e trabalhadores se unem contra o ‘CU’ do governador Beto Richa

O governador Beto Richa (PSDB) está tão isolado, mas tão isolado, que até adversários históricos se unem contra o mal maior, isto é, o ‘pacote de maldades’ em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná. São 14 itens que visam engordar o Caixa Único (CU) por meio de aumento de impostos e taxas.

É óbvio que essa unidade entre capital e trabalho é tácita, não combinada, portanto, solidifica a impressão de que o tucano já não serve mais a nenhum dos polos. Ou seja, o governador constitui-se hoje em entrave concreto para o desenvolvimento da economia do estado. Não é à toa que 80% dos eleitores paranaenses o reprovam, segundo a Paraná Pesquisas.

Na segunda-feira (28), o k-suco voltará a ferver na Assembleia. É possível que o ônus do reforço ao CU do governo Richa recaia sobre a “bancada do camburão”, composta pelos 31 deputados que só dizem amém às ordens Palácio Iguaçu.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, em protesto contra o desserviço do parlamento estadual, levantou a bandeira da redução dos salários dos deputados. A ideia ganha força nas redes sociais, a exemplo do que ocorre em relação às câmaras municipais.

Sindicatos ligados a Ce Leia mais

22 de setembro de 2015
por Esmael Morais
27 Comentários

“Meio prefeito” que fecha a prefeitura não merece ser reeleito

marcel_betoO presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheleto (PSDB), declarou apoio às medidas que cortam R$ 400 milhões das prefeituras paranaenses. Isto mesmo! O gajo anunciou ser favorável ao “pacote de maldades 3” do governador Beto Richa (PSDB).

Para Micheleto, política também é “esquizofrenia” pois orientou dezenas de prefeituras a cerrarem as portas ontem (21) em protesto contra diminuição repasses de recursos pelo governo federal. Leia mais

10 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
42 Comentários

Assista: “Deputados vão apanhar nas ruas se votarem contra os funcionários públicos”, prevê Requião

requiao_tv15O senador Roberto Requião (PMDB), em debate na TV 15, ao analisar a greve geral do funcionalismo público do Paraná, fez um prognóstico sombrio acerca da reação da sociedade se aprovado o pacotaço do governador Beto Richa (PSDB): ... 

Leia mais

22 de novembro de 2013
por Esmael Morais
27 Comentários

Tribunal de Justiça pode “sequestrar” contas do governo Richa, alerta OAB

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatório da OAB-PR, alerta para risco de a Justiça, a qualquer momento, sequestrar contas do governo do Paraná; advogado explica que o presidente do TJPR, Guilherme Luiz Gomes, é obrigado por lei a bloquear contas para garantir pagamento de precatórios; Richa deverá ser notificado nas próximas horas sobre atraso em parcela de R$ 40 milhões vencida em 31 de outubro; até o final deste ano, tesouro estadual tem que repassar R$ 120 milhões à  Justiça, que compõe o depósito do regime especial, aquele que o tucano pretendia para o Caixa Único.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) poderá determinar o sequestro das contas do governo do estado do Paraná para receber o valor R$ 40 milhões de depósitos atrasados relativos a precatórios. O alerta é o advogado Emerson Fukushima, presidente da Comissão de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraná. ... 

Leia mais

22 de outubro de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

CNJ anula projeto da Assembleia que autorizava R$ 2,3 bi no Caixa Único do governo do PR

O presidente da OAB-PR, Juliano Breda, conseguiu barrar definitivamente a transferência de R$ 2,3 bi em depósitos judicias ao Caixa Único !“ cuja sigla é CU, segundo o senador Roberto Requião; presidente da autarquia federal fez o que deveria ser de competência da Assembleia Legislativa do Paraná: fiscalizar e conter com rigor os excessos do executivo, aquilo que é pernicioso aos paranaenses.

O presidente da OAB-PR, Juliano Breda, conseguiu barrar definitivamente a transferência de R$ 2,3 bi em depósitos judicias ao Caixa Único !“ cuja sigla é CU, segundo o senador Roberto Requião; presidente da autarquia federal fez o que deveria ser de competência da Assembleia Legislativa do Paraná: fiscalizar e conter com rigor os excessos do executivo, aquilo que é pernicioso aos paranaenses.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) anulou, nesta terça (22), projeto aprovado pela Assembleia Legislativa do Paraná, em 25 de julho passado, que autorizava a transferência de R$ 2,3 bilhões de depósitos judiciais ao Caixa Único (C.U.) do governo Beto Richa. ... 

Leia mais

19 de outubro de 2013
por Esmael Morais
74 Comentários

PGR põe conselheiro Fábio Camargo na marca do pênalti, diz Gazeta do Povo

Segundo reportagem de capa da Gazeta do Povo, neste sábado, o conselheiro Fábio Camargo está na marca do pênalti; jornal fala em nova eleição para o Tribunal de Contas e destaca pedido de afastamento feito pela Procuradoria Geral da República, devido suspeita de tráfico de influência do ex-presidente do TJ, Clayton Camargo, na eleição de seu filho para a vaga; se houver nova eleição, o deputado Plauto Miró adianta que vai disputar; o professor e advogado Tarso Cabral Violin também garante que entrará no páreo novamente.

Segundo reportagem de capa da Gazeta do Povo, neste sábado, o conselheiro Fábio Camargo está na marca do pênalti; jornal fala em nova eleição para o Tribunal de Contas e destaca pedido de afastamento feito pela Procuradoria Geral da República, devido suspeita de tráfico de influência do ex-presidente do TJ, Clayton Camargo, na eleição de seu filho para a vaga; se houver nova eleição, o deputado Plauto Miró adianta que vai disputar; o professor e advogado Tarso Cabral Violin também garante que entrará no páreo novamente.

O jornal Gazeta do Povo, edição deste sábado (19), na capa, diz que a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu o afastamento do conselheiro Fabio Camargo do Tribunal de Contas do Paraná (TC). A reportagem de Euclides Lucas Garcia e Diego Ribeiro afirma que o ex-deputado eleito em julho para a vaga está na marca do pênalti. ... 

Leia mais