3 de Março de 2018
por esmael
1 Comentário

Jair Bolsonaro atira para todos os lados

A tropa de choque de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) está chamando para a briga os demais candidatos à Presidência da República que, de alguma forma, competem com o ex-capitão Exército no eleitorado de direita. Pelas redes sociais, por exemplo, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) é chamado de “comunista”; o ex-governador Ciro Gomes (PDT) é tratado como “assecla” de Nicolás Maduro — o presidente venezuelano. Leia mais

1 de Janeiro de 2018
por esmael
29 Comentários

Maduro aumenta em 40% salário mínimo na Venezuela. Já Temer… apenas 1,8%

Michel Temer perde em todos os quesitos para qualquer líder mundial. É o último em popularidade. Mas ganha disparado quando o assunto é ferrar os trabalhadores. Vide o reajuste miserável de 1,8% no salário mínimo que entrou em vigor hoje (1º), com viés de baixa. A título de comparação, na Venezuela, Nicolás Maduro anunciou aumento de 40% no salário mínimo. Leia mais

23 de dezembro de 2017
por esmael
11 Comentários

Nicolás Maduro põe embaixador do golpe de Michel Temer para correr da Venezuela

O presidente venezuelano Nicolás Maduro botou o embaixador do golpe brasileiro naquele país, Ruy Pereira, para correr. O diplomata alinhado a Michel Temer, isto é, aos EUA, foi expulso ao ser declarado ‘persona non grata’ na Venezuela pela Assembleia Nacional Constituinte (ANC).

11 de dezembro de 2017
por esmael
8 Comentários

Maduro “janta” oposição e anuncia criação da criptomoeda na Venezuela

O presidente da Venezuela Nicolás Maduro venceu as eleições deste domingo (10) em 90 por cento das 335 prefeituras. Para usar uma figura de linguagem adequada, o chavismo “jantou” os oposicionistas daquele país caribenho.

6 de agosto de 2017
por esmael
8 Comentários

Ataque terrorista suspende sessão da Assembleia Constituinte da Venezuela; acompanhe ao vivo

Diosdado Cabello, vice-presidente do PSUV, partido que está no poder na Venezuela, anunciou o restabelecimento da ordem após o ataque terrorista deste domingo (6). Ato contínuo, a Assembleia Constituinte suspendeu a sessão que estava prevista para hoje, quando seria instalada a chamada “Comissão da Verdade” para começar a estabelecer responsabilidades por fatos violentos nas manifestações contra o governo, que acusa a oposição.

1 de agosto de 2017
por esmael
16 Comentários

José Dirceu: Constituinte é “uma chance para a paz” na Venezuela

O ex-ministro José Dirceu, em artigo publicado nesta terça (1º) no espanhol El País, afirma que a eleição da Assembleia Nacional Constituinte, convocada pelo presidente Nicolás Maduro, neste domingo (30), significa uma chance para a paz na Venezuela.

20 de julho de 2017
por esmael
12 Comentários

Venezuela chuta ‘países baixos’ de Temer; assista ao vídeo

Deu ruim para o governo corrupto de Michel Temer, que, na Argentina, assumirá nesta sexta-feira (21) a presidência rotativa do Mercosul. A Venezuela, acusada de antidemocrática, chutou os ‘países baixos’ do ilegítimo. Doeu até na Patagônia.

14 de Maio de 2016
por esmael
23 Comentários

Golpe de Temer NÃO é reconhecido pela comunidade internacional

maduro_golpeO presidente interino Michel Temer enfrenta resistências no plano internacional, pois, até agora, NENHUM país o reconheceu formalmente como representante legítimo do maior Estado da América Latina e uma das dez economias mais desenvolvidas do mundo.

A crise de legitimidade se agravou nesta sexta (13) quando o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu ao embaixador Alberto Castellar retornasse a Caracas. O chefe do governo venezuelano classificou o “afastamento” de da presidente Dilma Rousseff como um “golpe de Estado”.

“Pedi ao nosso embaixador no Brasil que viesse, e estivemos reunidos avaliando essa dolorosa página da história do Brasil, uma jogada injusta com a mulher que é a primeira presidenta que o Brasil teve”, disse Maduro em pronunciamento na estatal Venezolana Televisión. (Abaixo, assista ao vídeo).

7 de dezembro de 2015
por esmael
13 Comentários

Maduro reconhece derrota eleitoral e conclama venezuelanos para barrar contrarrevolução

maduro_eleicaoO presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, reconheceu os resultados parlamentares nesta segunda-feira (7), anunciados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE), em que a oposição obteve 99 cadeiras na Assembleia Nacional (AN).

“Nós, vendo estes resultados, nós vimos com a nossa moral, nossa ética, esses resultados adversos, a dizer a Venezuela que a democracia triunfou”, disse Maduro. Ele chamou o povo a fazer história e para enfrentar esta nova batalha.

Com 74,25% de participação e uma apuração de 96,03% dos votos, o chefe da CNE anunciou que a autodenominada Mesa da Unidade Democrática (MUD), ganhou 99 assentos, enquanto Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) conquistou 46. No entanto, ainda falta apurar um total de 22 deputados (17 deputados nominais, 2 da lista e 3 índios).

6 de dezembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Gleisi cumprimenta Maduro pela 20ª eleição democrática na Venezuela

gleisi_maduro_requiaoA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), pelo telefone, cumprimentou o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pela vigésima eleição democrática realizada pela revolução bolivariana iniciada em 1999.

“Cumprimentei-o e desejei sorte no processo eleitoral. Ele também perguntou como estava a presidenta Dilma e o PT”, relatou ao Blog do Esmael a senadora petista.

Maduro conferenciava com o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que acompanha a eleição venezuelana pelo Senado, em Caracas, quando telefonaram para Gleisi.

24 de junho de 2015
por esmael
36 Comentários

Assembleia Legislativa do Paraná aprova moção de repúdio contra presidente da Venezuela; assista

Justamente no dia que o senador Roberto Requião (PMDB) embarca em missão oficial para a Venezuela, a Assembleia Legislativa do Paraná, seu estado, aprovou moção de repúdio ao presidente daquele país, Nicolás Maduro, 23 votos a 11.

Blog do Esmael vai transmitir ao vivo missão de Requião na Venezuela

O controverso requerimento foi apresentado pelo deputado Felipe Francischini (SD), filho do ex-secretário da Segurança e deputado federal Fernando Francischini (SD).

Dentre os argumentos apresentados por Francischini Kid estaria o fato de o Estado venezuelano ser “violento” e “ditatorial”. O requerimento também remete à recente fracassada visita de Aécio Neves (PSDB-MG) à República Bolivariana da Venezuela.

Houve bate-boca entre os parlamentares em plenário, mas prevaleceu o conservadorismo da Assembleia que em 2007 já aprovara requerimento idêntico contra o falecido Hugo Chávez. Coincidência ou não, na época o governador do estado era Requião.

O líder do governo Luiz Claudio Romanelli (PMDB) se somou ao líder da oposição, Tadeu Veneri (PT), no encaminhamento contra a moção de Francischini. Conquistaram apenas 11 votos. Maduro ficou horrorizado…

Assista ao vídeo

Veja como votaram os deputados do Paraná:

http://www.alep.pr.gov.br/transparencia/wp-content/uploads/2015/06/REQUERIMENTO-DAP-3360.pdf

23 de junho de 2015
por esmael
44 Comentários

Francischini Kid quer Nicolás Maduro ‘persona non grata’ no Paraná

Tal pai, tal filho: Francischini Kid segue as pegadas conservadoras do pai Fernando Francischini, o polêmico Batman.

Tal pai, tal filho: Francischini Kid segue as pegadas conservadoras do pai Fernando Francischini, o polêmico Batman.

O deputado estadual Felipe Francischini (SD) apresentou requerimento nesta terça-feira (23) considerando o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Madura, ‘persona non grata’ no Paraná. Leia mais

18 de junho de 2015
por esmael
57 Comentários

Missão de Aécio para “salvar” Venezuela se transforma em “mico internacional”; e agora?

do Brasil 247
aecio_venezuelaOs senadores brasileiros, liderados por Aécio Neves (PSDB), decidiram retornar ao Brasil, na noite desta quinta-feira (18), após ver fracassar a tentativa de visitar, em Caracas, na Venezuela, a pretexto de uma “missão política e diplomática”, o líder da oposição naquele país, Leopoldo López, que está preso. Pelo Twitter, Aécio disse que a comissão tentou, mais de uma vez, se dirigir ao presídio, mas “o trânsito, sob influência dos bloqueios”, tornou a iniciativa “impossível”. Em seguida, ele publicou que o grupo voltou ao aeroporto e deve retornar ao Brasil. O também tucano Aloysio Nunes confirmou que o grupo desistiu da missão.

“O que aconteceu em Caracas foi uma coisa vergonhosa. Esse governo venezuelano, Nicolás Maduro, enlouqueceu. Ele criou uma enorme confusão no trânsito na cidade, mobilizou um grupo de 200 pessoas para nos cercarem, nos agredirem, jogarem pedras. O governo brasileiro tem o dever de falar alto e grosso contra esses assassinos. Queremos a paz na Venezuela”, afirmou Aloysio, em áudio divulgado em suas redes sociais.

No Twitter, o fato está sendo encarado como um “mico internacional”. A hashtag #AecioMicoInternacional tem sido replicada por centenas de internautas, que ironizam a tentativa do senador tucano de visitar a Venezuela.

16 de junho de 2015
por esmael
8 Comentários

Vetado na Venezuela, Aécio pode visitar presos do governo Richa

maduro_aecio_richaOs senadores Aécio Neves (MG) e Aloísio Nunes (SP), ambos do PSDB, foram impedidos de pousar com jato da FAB (Força Aérea Brasileira) na Venezuela, onde visitariam presos oposicionistas ao governo de Nicolás Maduro. Leia mais

12 de Março de 2014
por esmael
21 Comentários

EUA estão preparados para castigar a Venezuela, ameaça Kerry

do Opera Mundi
Ignorando as iniciativas de diálogo iniciadas pelo governo de Nicolás Maduro no âmbito da eclosão de protestos no país !“ como a conferência de paz e a nomeação de um embaixador para Washington !“, o secretário de Estado dos Estados, John Kerry, afirmou nesta quarta-feira (12/03) que cogita a opção de aplicar sanções à  Venezuela ou invocar a Carta Democrática Interamericana da OEA (Organização das Nações Unidas). Porém, disse, confia que outros países da região podem influenciar para que o diálogo avance.

Em 26 de fevereiro, Kerry havia dito que a tensão nas relações com a Venezuela já duraram demais! e que o governo dos EUA estava preparado! para mudá-las.

Estamos preparados, se é necessário, para invocar a Carta Democrática (…) e nos envolvermos de várias formas, com sanções ou de outra forma, mas a economia [venezuelana] já é bastante frágil!, falou hoje em audiência do Comitê de Gastos da Câmara de Representantes norte-americana. “Por isso, nossa esperança está no esforço de outros países vizinhos, que estão profundamente preocupados, que tenham a capacidade de estimular o diálogo!, acrescentou.

Segundo Kerry, o governo de Barack Obama confia na pressão de outros no continente! para que a Venezuela aceite a proposta de mediação com um terceiro elemento — defendida pela oposição e negada por Maduro. Acreditamos que é hora da OEA e dos países da região assumirem um papel mais ativo! frente à  situação venezuelana e que instem o governo a deixar de demonizar seus opositores!, continuou.

Há quatro dias, o Brasil, outros 28 países do continente americano se manifestaram contrários à  sugestão do envio de uma missão da OEA à  Venezuela. Somente EUA, Canadá e Panamá votaram a favor da resolução.

Em sua fala, o secretário de Estado acusou a Venezuela de usar os EUA como carta política! para distrair o mundo dos assuntos internos do país. Lamento que nos tenham transformado em um pretexto, porque de fato tentamos nos aproximar e oferecemos um caminho alternativo”, disse. Kerry ainda citou o falecido presidente Hugo Chávez, dizendo que essa atitude venezuelana vem da tradição de Chávez, que fez essa jogada por anos!. De acordo com ele, Maduro tem muitos desafios internos e vem tentando imitar Chávez, sem sucesso!.

Biden

A pressão norte-americana contra o governo de Maduro recebeu reforço com declarações dadas no domingo (09/03) pelo vice-presidente dos EUA, Joseph Biden, que afirmou que a “situação da Venezuela é alarmante” e que o governo tem a obrigação de “respeitar os direitos universais”.

“A situação na Venezuela me lembra o passado, quando homens fortes governavam usando a violência e a opressão; e os direitos humanos, a hiperinflação, a escassez e a extrema pobreza causavam estragos nos povos do hemisfério”, afirmou.

Maduro respondeu dizendo que as declarações eram uma agressão! à  Venezuela. “Por que Joe Biden ataca a Venezuela ao chegar ao Chile? Porque sabe que se apagou o golpe de Estado ‘guarimbero’, e quer animar os golpistas. Porque sabe que foram derrotados na OEA e quer se vingar”, frisou Maduro.

Em entrevista à  rede CNN, Maduro pediu a Obama que respeite seu país e a região para não

10 de Março de 2014
por esmael
17 Comentários

Lula ensina para a direita: emprego é mais importante que inflação

do Brasil 247
O ex-presidente Lula defendeu o legado econômico de suas duas gestões em entrevista ao jornal italiano “La Repubblica”.

“Do ponto de vista macroeconômico, qual outro país, além da China, criou as condições de crescimento do Brasil? Nossos críticos dizem que o melhor é reduzir a oferta de emprego para reduzir a inflação, mas para nós a defesa do emprego é mais importante que a inflação”.

Ele voltou a negar que pode voltar à  disputa à  Presidência esse ano, mas deixou em aberto futuro político: Depois, não posso excluir nada, a política é imprevisível. Mas a natureza é implacável, em 2018 estarei com 72 anos!.

Indagado sobre os protestos de rua, disse que são naturais e que, como filho do movimento sindical, não poderia condená-los: “A ascensão social funcionou. Agora os brasileiros querem mais, justamente. Essa é a efervescência de nossa sociedade: a democracia não é um pacto de silêncio, mas a busca por melhores condições.”

Quanto à  Copa, minimizou atrasos: “O único risco que corremos é de não vencermos no campo”.

Sobre o cenário internacional, Lula reconheceu erro do presidente venezuelano Nicolás Maduro em não dialogar com a oposição. Quanto ao ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado na AP 470 e preso na Itália, disse que é preciso “respeitar a decisão da Justiça italiana”; assim como defendeu decisão da Justiça brasileira no caso do ativista Cesare Battisti.