Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

3 de julho de 2018
por esmael
0 comentários

FUP propõe à ANP mudanças na política de preços de combustíveis

(Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) encaminhou à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) uma série de propostas para alterar a atual política de reajustes de derivados, que fez disparar os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha. Para os petroleiros, “o reajuste de preços não deve ter uma periodicidade fixa e, muito menos, de curtíssimo prazo”. Leia mais

6 de junho de 2018
por esmael
Comentários desativados em Caminhoneiros podem deflagrar nova greve

Caminhoneiros podem deflagrar nova greve

Michel Temer deu calote nos caminhoneiros. Não cumpriu o acordo de baixar o preço do diesel. Fez de palhaços os profissionais da boleia. O leitor do Blog do Esmael já sabia desta sacanagem desde a última sexta, dia 1º. Leia mais

29 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Quase na cadeia, Temer vende mais um pedaço do Brasil

Quase na cadeia, Temer vende mais um pedaço do Brasil

Quanto mais enrolado no crime, Michel Temer se revela mais nocivo à soberania nacional. Hoje pela manhã, enquanto a Polícia Federal prendia amigos e operadores do emedebista, a Agência Nacional de Petróleo vendia em leilão blocos para exploração e produção de petróleo em bacias sedimentares brasileiras. Leia mais

3 de junho de 2016
por esmael
7 Comentários

Marcelo Belinati: Não ao fracking, SIM ao desenvolvimento sustentável!

Belinati_fracking

O deputado Marcelo Belinati (PP-PR), em sua coluna desta sexta-feira (3), revela que apresentou projeto na Câmara proibindo a outorga de concessão de lavra para exploração de gás através do perigoso processo de “fracking”. Segundo ele, um método de extração de gás através da fraturação hidráulica do subsolo, que é “esfacelado” para que libere o gás que contido nas rochas. No Paraná, 123 municípios tiveram, recentemente, autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto abaixo:

17 de outubro de 2013
por esmael
13 Comentários

Veja essa: Exército Brasileiro “afrouxa o sutiã” e é convocado para garantir a privatização do pré-sal

da Agência Brasil

Os tempos realmente são outros; Exército Brasileiro que tinha como lema a defesa da soberania nacional

Os tempos realmente são outros; Exército Brasileiro que tinha como lema a defesa da soberania nacional “afrouxou o sutiã”; segundo a ANP, soldados foram convocados para garantir a segurança (dos compradores?) no leilão do pré-sal do Campo de Libra, na Bacia de Santos; privatização está previsto para segunda-feira, 21, no luxuoso Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard, disse hoje (17) que a segurança da primeira rodada de licitação do pré-sal será reforçada devido ao risco de haver protestos violentos. Segundo a ANP, a segurança no entorno do Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, onde ocorrerá o leilão, na próxima segunda-feira (21), terá a participação de militares do Exército. Leia mais

10 de outubro de 2013
por esmael
13 Comentários

Ex-diretor da Petrobras se soma a Requião: privatização do Campo de Libra é crime contra o Brasil

da Agência BrasilO diretor do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE/USP), Ildo Sauer, ex-diretor da Petrobras, espera que o Poder Judiciário ainda possa se manifestar para inviabilizar a licitação do Campo de Libra, primeira na área do pré-sal, programada para o próximo dia 21, no Rio de Janeiro. Para Sauer, esse é um ato contra o interesse nacional!.

Sou totalmente contrário!, disse o diretor do IEE/USP á Agência Brasil. Quem disse que vai ser bom para o país é porque ou deve estar equivocado ou não sabe fazer contas!. Sauer sublinhou que nenhum país do mundo que conseguiu identificar uma nova província petrolífera, ainda mais da importância de Libra, coloca em produção e efetua leilões sem primeiro pesquisar a fundo qual é o tamanho da reserva.

Se é para mudar o país, você tem que saber quanto petróleo tem. Nenhum fazendeiro vende uma fazenda sem saber quantos bois têm!, argumentou para sinalizar a necessidade que haja um controle estratégico sobre o ritmo de produção.

Sauer afiançou que o edital de Libra é um equívoco estratégico e contraria o interesse público. Ele salientou que todos os países exportadores controlam o ritmo de produção a partir de interesses de Estado e não de contratos microeconomicamente outorgados!. Para ele, o melhor regime para países que têm grandes recursos de petróleo é contratar uma empresa 100% estatal, como ocorre, por exemplo, com a Petróleos da Venezuela (PDVSA).

O diretor da IEE/USP não tem dúvidas que existem outras formas, que não o leilão, que permitem o controle do Estado nacional sobre o ritmo de produção. Ele sugeriu a contratação direta da Petrobras e avaliou que isso geraria mais benefícios para o Tesouro Nacional do que a partilha convencional no leilão. No caso da contratação da estatal, o contrato de partilha se assemelharia mais a um contrato de prestação de serviços, negociado diretamente com a Petrobras que, por sua vez, é controlada pelo governo.

Sauer considerou assustadora! a opção do governo federal pelo Leilão de Libra e atribuiu a pressa em licitar a primeira área do pré-sal ao acordo firmado pelo governo brasileiro com os Estados Unidos, em março de 2011, durante a visita do presidente Barack Obama ao Brasil. O acordo visava a acelerar a produção dos recursos do pré-sal, que é o que está sendo feito com Libra!, para benefício mútuo dos dois países.

Aos Estados Unidos interessa produzir mais petróleo o quanto antes e reduzir o preço. Para um país que pretende ser exportador, como é o caso do

24 de setembro de 2013
por esmael
Comentários desativados em Requião: venda de Libra é pior que espionagem

Requião: venda de Libra é pior que espionagem

do Brasil 247O senador Roberto Requião (PMDB-PR) encaminhou na sexta-feira à  Presidência da República, ao MPF e ao TCU um dossiê que aponta irregularidades na Agência Nacional do Petróleo !“ ANP, especialmente no Edital do Leilão de áreas do Campo Petrolífero de Libra. O parlamentar tenta viabilizar sua candidatura ao governo do Paraná com um discurso nacionalista.

O texto composto de sete pontos diz que a agência está sendo usada para cometer vários atentados à  soberania nacional, dominada por dirigentes e funcionários instalados pelo genro de FHC, David Zylberstein.

Segundo Requião, o dossiê denuncia que sob o reinado de FHC, a Petrobras, e sob o governo Lula, a ANP, contrataram sem licitação a empresa americana Halliburton, de Dick Cheney, ex-vice presidente dos EUA nos governos Bush, para fornecer um software especializado em gestão de dados sobre a localização dos campos de petróleo do Brasil, fato que teria permitido enormes vantagens estratégicas a essa empresa.

Para o parlamentar, isso transforma esses leilões em mera fachada pois permite a alguns licitantes saber antes dos outros onde está o petróleo que a Petrobras gastou bilhões para encontrar.

Diz ainda que a desistência da BP e da Exxon! no leilão de Lira é apenas para inglês ver!, já que ambas continuam participando através de subsidiárias. O texto diz que as companhias teriam desistido apenas para forçar o governo do Brasil a fazer novas modificações nos próximos editais, de modo a facilitar mais ainda as coisas.

20 de setembro de 2013
por esmael
9 Comentários

Requião divulga dossiê contra a Agência Nacional do Petróleo; assista ao vídeo

Requião apresenta dossiê que escarafuncha os pressupostos da atuação da Agência, como a definição de sua missão e de seus objetivos, e demonstra que ela não tem qualquer compromisso com o país, já que, na prática, aliena a exploração do petróleo do desenvolvimento brasileiro,  privilegiando a dita livre concorrência!; para o senador, a atuação da direção da ANP é mais perigosa para o país que todas as denúncias de espionagem dos serviços de informação dos Estados Unidos na Petrobras.

Requião apresenta dossiê que escarafuncha os pressupostos da atuação da Agência, como a definição de sua missão e de seus objetivos, e demonstra que ela não tem qualquer compromisso com o país, já que, na prática, aliena a exploração do petróleo do desenvolvimento brasileiro, privilegiando a dita livre concorrência!; para o senador, a atuação da direção da ANP é mais perigosa para o país que todas as denúncias de espionagem dos serviços de informação dos Estados Unidos na Petrobras.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), em discurso nesta sexta (20), no plenário do Senado, divulgou um dossiê com gravíssimas denúncias contra a Agência Nacional do Petróleo que, conforme os fatos relatados, está agindo de caso pensado em oposição aos interesses do Brasil. O documento desnuda ponto por ponto a política da Agência e mostra que o leilão do supercampo de Libra, a maior reserva de petróleo até hoje descoberta no mundo, é apenas mais um capítulo da submissão da ANP à s multinacionais do setor. Leia mais