13 de Abril de 2018
por esmael
2 Comentários

Maria do Rosário: “Não podemos ter um Prêmio Nobel da Paz preso no Brasil”

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), ex-ministra dos Direitos Humanos de Curitiba, disse nesta sexta (13) em Curitiba que um Prêmio Nobel da Paz não poder continuar preso no Brasil. Ele se referiu à indicação do ex-presidente Lula para receber a honraria em 2018. Leia mais

26 de Março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann: Atentados à caravana agridem a democracia

Gleisi Hoffmann: Atentados à caravana agridem a democracia

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, compara os bandos armados que atacam a comitiva de Lula aos milicianos fascistas de Mussolini e aos nazistas de Hitler. A petista também critica o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), por incentivar atos de violência, e “até” a senadora Ana Amélia (PP-RS), que mandou “erguer o relho” contra a caravana. Leia mais

21 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Requião: Intervenção no Rio é uma farsa midiática de um governo desmoralizado

O senador Roberto Requião (MDB-PR), em discurso nesta terça (20), afirmou que as Forças Armadas poderão sair completamente desmoralizadas da intervenção militar no Rio de Janeiro. Leia mais

19 de agosto de 2016
por esmael
23 Comentários

Veja essa: 1ª dama acusa Greca de exterminar 60 mil cães e gatos em Curitiba

marcia_caes_greca“Morte lenta e dolorosa, por meio da asfixia por monóxido de carbono… DE UM MOTOR DE FUSCA!!! Nunca mais a tortura animal em Curitiba!!!”, relatou a primeira-dama de Curitiba, Márcia Oleskovicz Fruet, esposa do prefeito Gustavo Fruet (PDT), ao acusar o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) de ter promovido um verdadeiro holocausto canino na República de Curitiba.

8 de Maio de 2016
por esmael
13 Comentários

A motivação política da PGR na denúncia contra Gleisi Hoffmann

gleisi_hoffamnnA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) está sendo perseguida mais pelo que “é” do que “fez” cujo processo lembra o estado nazista de Hitler.

Gleisi “é” petista e linha de frente no combate ao golpe, em defesa da democracia e da legalidade.

A senadora afirma que “não fez” aquilo que lhe imputa o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, cada vez mais sócio do golpe.