21 de agosto de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Baixaria deverá marcar 1º debate entre candidatos a prefeito de Curitiba

Debate_Band_2016Os nove candidatos a prefeito de Curitiba vão duelar nesta segunda-feira (22), a partir das 22 horas, na tela da TV Band Curitiba. Será o primeiro confronto dessa eleição e a expectativa do meio político é de muita baixaria. Leia mais

19 de agosto de 2016
por Esmael Morais
17 Comentários

Greca diz que não matou animais e promete “verdades” sobre Fruet

greca_fruetO candidato Rafael Greca (PMN) ficou indignado com a acusação da mulher do prefeito Gustavo Fruet (PDT) que o acusou de matar 60 mil cães e gatos em Curitiba. Leia mais

19 de agosto de 2016
por Esmael Morais
23 Comentários

Veja essa: 1ª dama acusa Greca de exterminar 60 mil cães e gatos em Curitiba

marcia_caes_greca“Morte lenta e dolorosa, por meio da asfixia por monóxido de carbono… DE UM MOTOR DE FUSCA!!! Nunca mais a tortura animal em Curitiba!!!”, relatou a primeira-dama de Curitiba, Márcia Oleskovicz Fruet, esposa do prefeito Gustavo Fruet (PDT), ao acusar o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) de ter promovido um verdadeiro holocausto canino na República de Curitiba. Leia mais

8 de fevereiro de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Artigo: População de rua diz não ao ‘camburão social’ em Curitiba

Milton Alves*

Nos últimos dias um polarizado debate sobre como lidar com o grave problema social dos moradores de rua, ou população em situação de rua, mobilizou segmentos empresariais, o poder público, entidades de assistência social e defensores dos direitos humanos.

Curitiba, como toda grande metrópole do país e do mundo, tem um contingente expressivo de pessoas em situação de rua. Segundo projeção do Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPR), há de quatro a cinco mil pessoas que vivem nas ruas da capital paranaense. A Fundação de Assistência Social (FAS) não tem uma estimativa sobre o número de pessoas nessa condição.

A questão é de difícil solução e demanda arranjos variados e diálogos transversais com toda a sociedade. Propostas simplistas ou soluções de força como a retirada compulsória dos moradores de rua não resolvem o problema e reforçam o preconceito e a exclusão.

A abordagem, por exemplo, divulgada pela Associação Comercial do Paraná peca pelo imediatismo e conservadorismo, na medida em que apela para uma solução de tipo higienista, excludente e ultrapassada.

Na semana passada ocorreu uma reunião entre a FAS, representantes do empresariado, Ministério Público e outras entidades do poder público, sem dúvida um diálogo importante, mas é preciso envolver nesse debate os afetados diretamente pela questão, os moradores de rua e organizações com atuação na área da assistência social.

Segundo informou o site da Fundação de Assistência Social: “Durante a reunião, a FAS também apresentou as novas estratégias que serão adotadas ainda no primeiro semestre de 2016. Além do Atendimento Social Avançado (ASA), instalado no antigo módulo policial na Praça Osório, no Centro de Curitiba, onde educa Leia mais

19 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
98 Comentários

Deputada contrária ao Bolsa Família e primeira-dama de Curitiba batem boca nas redes sociais

Nem o espírito de Natal está sendo capaz de segurar a troca de farpas entre a deputada Maria Victória (PP) e a primeira-dama de Curitiba, Márcia Fruet.

Tudo começou com a parlamentar defendendo corte no programa Bolsa Família em sua coluna publicada no Blog do Esmael. Para ela, o o governo federal “dá o peixe” ao invés de “ensinar a pescar”.

Márcia Fruet, mulher do prefeito Gustavo Fruet (PDT), rebateu Maria Victória pelo Facebook: “Dizem que temos que ensinar a pescar, não dar o peixe. Mas, quando já lhes tiraram o anzol, o barco, a vara, é preciso, sim, dar o peixe”, escreveu citando o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica.

Em carta aberta, Maria Victória observou que a primeira-dama de Curitiba “colocou a própria indignação acima da esperança”.

“Minha esperança de juventude jamais será derrotada por nada, nem por ninguém”, rebateu a deputado Maria Victória, que é pré-candidata à Prefeitura de Curitiba.

A seguir, leia a carta aberta de Maria Victória para Márcia Fruet:

“Minha opinião sobre o programa Bolsa Família na semana passada gerou repercussões de todo lado e de muita gente. Sinal claro de que esse assunto mexe com as pessoas e, por isso mesmo, deve ser debatido e esclarecido. Mas um ponto de vista, particularmente, me chamou a atenção: o texto divulgado pela primeira dama de Curitiba, Márcia Fruet, que colocou a própria indignação (contra o que entendeu ser a minha opinião), acima da esperança (de ser compreendida por mim em seus argumentos).

Respeito toda a experiência alegada pela Primeira Dama de Curitiba com os mais pobres e suas necessidades.

Sou jovem, sim, cara Primeira Dama Márcia, tenho 23 anos, mas aprendi desde muito cedo a não temer polêmicas e muito menos a emitir minha opinião. Tenho na convivência familiar, a liberdade de pensar. E, mais ainda, a coragem de discordar.

Pertenço a uma geração que começa a lutar por um argumento básico, esquecido pela grande maioria dos gestores públicos brasileiros, o que explica, em grande parte, a situação do Brasil atual: eficiência.

A política precisa, urgente e sem rodeios, de eficiência. A economia, idem. A Educação também. E, mais particularmente, cara Pr Leia mais

6 de abril de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Faltam abrigos para moradores de rua em Curitiba, que usem flats”

marcelo_fas_fruetMarcelo Araújo* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo