Bolsonaro segue flertando com nazismo, mesmo demitindo secretário da Cultura

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demitiu nesta sexta-feira (17) o secretário de Cultura, Roberto Alvim, após ele copiar trechos do discurso de Joseph Goebells, ministro da propaganda nazista. Devido à repercussão negativa do pronunciamento de Alvim, que defendeu uma estética como arma de guerra…

Compartilhe agora
Leia mais Bolsonaro segue flertando com nazismo, mesmo demitindo secretário da Cultura