11 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Supremo arquiva processo contra ministro tucano na lava jato

Supremo arquiva processo contra ministro tucano na lava jato

A lava jato não quer tucano no rol de investigados. Só pode. A pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o ministro Celso de Mello, do STF, determinou nesta segunda (11) arquivamento de inquérito contra o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB-SP), no âmbito da força-tarefa. ... 

Leia mais

21 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Sérgio Moro transforma ex-ministro José Dirceu em réu pela terceira vez na lava jato

Sérgio Moro transforma ex-ministro José Dirceu em réu pela terceira vez na lava jato

O juiz Sérgio Moro aceitou a terceira denúncia contra o ex-ministro José Dirceu no âmbito da lava jato. A bronca diz respeito a suposta propina recebida da Engevix e da UTC. ... 

Leia mais

30 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Delator aponta propina para Aécio de R$ 300 mil. Vai dar na Globo?

do Brasil 247 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu R$ 300 mil de um diretor da UTC Engenharia, uma das empresas investigadas na Operação Lava Jato, segundo o delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará. A informação foi publicada em reportagem de Rubens Valente, da Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira 30.

Rocha é apontado como entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, e teve sua delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele contou aos investigadores ter levado a quantia no segundo semestre de 2013 a um diretor da UTC no Rio de Janeiro chamado Miranda, que lhe disse que o montante teria como destino o senador tucano.

O diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, confirmou que o diretor comercial da empreiteira no Rio chamava-se Antonio Carlos D’Agosto Miranda e que “guardava e entregava valores em dinheiro a pedido” dele ou de Ricardo Pessoa, dono da empresa.

Segundo Rocha, Miranda “estava bastante ansioso” pelos R$ 300 mil, o que lhe causou estranheza e o levou a perguntar o motivo. O diretor da UTC contou então que “não aguentava mais a pessoa” lhe “cobrando tanto” o dinheiro. Rocha teria perguntado quem era e Miranda respondeu Aécio Neves, de acordo com o delator.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o tucano chamou de “absurda” a citação de Rocha.

Anteriormente, Aécio já havia sido citado pelo próprio Youssef como responsável por um mensalão em Furnas (leia mais aqui).

Leia mais

21 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Oposição a Dilma no Congresso levou dinheiro para não convocar empresário na CPI da Petrobras

O DEM, PR, PMN e PRTB, ambos de oposição à presidente Dilma Rousseff (PT), levaram R$ 5 milhões para não convocar o empresário Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, para depoimento na CPI Mista da Petrobras.

A informação foi prestada pelo ex-diretor financeiro da UTC Engenharia, Walmir Pinheiro Santana, um dos delatores do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.

O repasse de dinheiro para quatro legendas foi acertado com o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), que era vice-presidente da CPI, que garantiu a “blindagem” a Pessoa.

De acordo com o delator, a propina foi distribuída como se fosse contribuição eleitoral da seguinte forma: R$ 1,7 milhão ao DEM; R$ 1 milhão ao PR; R$ 1,15 milhão ao PMN e R$ 1,15 milhão ao PRTB.

Eram esses alguns dos partidos que estavam na linha de frente do movimento pelo impeachment de Dilma. Viu o nível dos golpistas?

Leia mais

6 de setembro de 2015
por Esmael Morais
25 Comentários

Enfim, a Lava Jato chega ao núcleo tucano ao investigar Aloysio Nunes

Senador Aloysio Nunes é o primeiro tucano a cair na arapuca da Lava Jato.

Senador Aloysio Nunes é o primeiro tucano a cair na arapuca da Lava Jato.

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), ex-candidato vice na chapa do também senador Aécio Neves (PSDB-MG), é o primeiro tucano investigado formalmente pela Lava Jato. A autorização foi concedida pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF). ... 

Leia mais

4 de julho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Patriotas, Lei de Gerson, Pessoa e a liberdade da “eminencia parda” do governo Beto Richa

gersonJorge Bernardi*

Há 150 anos, na Guerra do Paraguai, as tropas do Brasil não conseguiam passar uma pequena ponte no riacho Itororó. No meio da luta emergiu um homem de cabelos brancos e gritou: “sigam-me os que forem brasileiros”. Era o Duque de Caxias, com 65 anos, que num gesto de bravura conduziu o exército brasileiro a vitória.

No passado haviam heróis na liderança da pátria. Hoje há ladrões. Com raras exceções, quem está no Poder e quem quer alcançá-lo, só pensa em locupletar-se, levar vantagem, como na Lei de Gerson. O capitão da Seleção Canarinho de 1970, deu nome a lei, ao fazer propaganda de cigarro, num tempo em que até atletas fumavam. Ele terminava com o bordão: você vai levar vantagem sempre. O Brasil mudou nestes 40 anos, fuma-se hoje muito menos. Em relação a corrupção, o aumento foi brutal.

A delação premiada do dono da UTC, Ricardo Pessoa, o capo do cartel das empreiteiras, que agiam na Petrobras, roubando bilhões de reais, revelou a podridão nas entranhas do Poder. Nada que as “pessoas” já não soubessem, mas que agora foi confessada por um Pessoa, que financiou e enriqueceu às custas da corrupção de autoridades. Leia mais

28 de junho de 2015
por Esmael Morais
25 Comentários

Colunista da Folha vê “violações” e “sadismo” na Lava Jato

do Brasil 247
moro_veja_janio

O jornalista Janio de Freitas desfere duras críticas em diversos aspectos da Operação Lava Jato em sua coluna deste domingo 28. “É preciso estar muito entregue ao sentimento de vingança para não perceber certo sadismo na Lava Jato”, conclui o colunista, que aponta “violações” e “sadismo” na investigação comandada pelo juiz Sérgio Moro.

Para ele, “o exemplo mais perceptível e menos importante” do citado “sadismo” são “as prisões nas sextas-feiras, para um fim de semana apenas de expectativa penosa do preso ainda sem culpa comprovada”. Entre os políticos, diz Janio, “a hipocrisia domina”, uma vez que “são milhares” os que recebem doações de empreiteiras e bancos. “Houve mesmo jantares de arrecadação no Alvorada e pagos pelos cofres públicos. Ninguém na Lava Jato sabe disso?”, pergunta, em menção a FHC.

Janio critica o “jorro contínuo de vazamentos” de informações que seriam “sigilosas” da Polícia Federal, mas ressalta que “a imprensa é que faz o sensacionalismo. É. Com o vazamento deformado e o incentivo deformante vindos da Lava Jato”. O jornalista aponta ainda que ocorre, com os “vazamentos deformantes”, o “desvio da suspeita”, como no caso do bilhete de Marcelo Odebrecht, que teria pedido para “destruir” um e-mail.

Abaixo, leia a íntegra do artigo de Janio de Freitas: Leia mais

27 de junho de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

UTC doou mais a Aécio que a Dilma em 2014, mas velha mídia esconde

Por Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania

aecio_dilmaQuem lê os principais jornais dando conta de que a UTC doou 7,5 milhões de reais à campanha de Dilma Rousseff fica com a impressão de que há, aí, uma grande descoberta e que a presidente foi especialmente beneficiada por essa empresa. Nada mais falso.

Em primeiro lugar, se esses grandes veículos fizessem jornalismo deveriam esclarecer que essa empresa doou inclusive mais dinheiro à campanha de Aécio Neves no ano passado do que à de Dilma Rousseff.

Levantamento feito pelo site Às Claras, ligado à ONG Transparência Brasil, mostra que a UTC doou R$ 8.722.566,00 para a campanha a presidente de Aécio Neves, no ano passado. O valor é R$ 1,22 milhão superior ao valor doado à campanha de Dilma Rousseff na mesma época.

Diz o noticiário que Pessoa sentiu-se pressionado a doar a Dilma e ao PT porque tinha medo de que, se não doasse, o governo petista prejudicaria seus negócios. A pergunta que é obrigatório fazer, diante de tal acusação, é muito simples: por que Aécio, sem pressionar, recebeu mais do que Dilma?

Uma campanha recebeu 7,5 milhões de reais do empresário porque o intimidou e a outra – que, conforme a omissão do noticiário em citá-la, subentende-se que não intimidou – recebe 8,7 milhões de reais.

A primeira doação decorre de chantagem e a segunda de “amor” ao candidato?

Ora, façam-me o favor…

midia_pt

Mas o pior não é isso. Uma simples busca na internet revela que essa celeuma que dominou a grande mídia a partir da última sexta-feira (26) por conta das “novas” revelações de Ricardo Pessoa, da UTC, não tem a menor justificativa porque é matéria requentada.

Os três maiores jornais do país (Folha, Globo e Estadão) publicaram, neste sábado (27/06), praticamente a mesma matéria sobre o tema, inclusive com manchetes praticamente idênticas. Desse modo, tomemos como exemplo a matéria da Folha, que afirma que “Revelações de empreiteiro ampliam pressão sobre o PT”. Leia mais

14 de maio de 2015
por Esmael Morais
26 Comentários

Aécio recebeu mais que PT de empresa investigada pela Lava Jato; por que a velha mídia esconde isso?

do Brasil 247

pessoa_utc_aecioLevantamento feito pelo site Às Claras, ligado à ONG Transparência Brasil, mostra que a UTC Engenharia, do empreiteiro Ricardo Pessoa, realizou doações no valor de R$ 8.722.566,00 para a campanha a presidente do senador Aécio Neves (PSDB), no ano passado.

O montante é R$ 1,22 milhão a mais do que o valor que Ricardo Pessoa disse ter doado ao PT, durante interrogatório com procuradores da Operação Lava Jato. Leia mais