Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

18 de outubro de 2016
por esmael
14 Comentários

Ministro dos Planos de Saúde apela para a baixaria na eleição de Maringá (PR)

enio_maringa_2016O ministro dos Planos de Saúde Ricardo Barros (PP), já investigado pelo MPF, partiu para a baixaria para tentar ressuscitar seu irmão, Silvio Barros II (PP), na disputa do 2º turno em Maringá (PR). A informação é do deputado Enio Verri (PT-PR), em sua coluna desta terça (18). “… desespero de quem se encontra 20 pontos atrás de seu concorrente”, analisa o colunista, que adverte: “a família Barros faz mal a Maringá”.

6 de junho de 2014
por esmael
28 Comentários

Caravana Volta Requião percorre neste sábado três regiões do Paraná

A disputa “interna” no PMDB é o principal embate político do Paraná dos últimos três anos e meio. O resultado da convenção peemedebista, no próximo dia 20, selará a sorte do senador Roberto Requião e do tucano Beto Richa.

à‰ dentro deste contexto que a Caravana ‘Volta Requião’ vai percorrer neste sábado (7) os municípios de Dois Vizinhos, à s 10 horas, no Sudoeste; Cornélio Procópio, à s 14 horas, no Norte Pioneiro; e à s 19 horas, em Curitiba, se reúne com delegados da região metropolitana no restaurante Dom Antônio.

O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo os três eventos da Caravana Volta Requião.

PSDB e governistas assediam delegados do PMDB

Partidários da coligação com o PSDB e, consequentemente da reeleição de Richa, tentarão enterrar daqui a duas semanas o sonho de Requião voltar pela quarta vez ao Palácio Iguaçu.

Segundo os defensores do projeto autônomo do PMDB, o próprio Richa estaria telefonando aos convencionais peemedebistas pedindo voto para a coligação com o PSDB. Deputados estaduais e federais, do campo de aliança do tucano, também estariam no esforço para derrotar Requião.

Durante a semana, requianistas denunciaram que o Palácio Iguaçu opera compra de convencionais do PMDB. A vereadora Neide Sena, de Goioerê, por exemplo, foi à  tribuna pedir providências contra a “corrupção eleitoral” em curso. Em Maringá, na região Noroeste, segundo o jornalista à‚ngelo Rigon, cada voto contra Requião tem cotação de R$ 20 mil. O próprio senador teria recebido proposta de R$ 30 milhões para “afrouxar o sutiã” na convenção do dia 20.