Para a polícia bolsonarista, não houve motivação política em morte do tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu