27 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Em artigo, Lewandowski explica importância estratégica das estatais para a soberania

Em artigo, Lewandowski explica importância estratégica das estatais para a soberania

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski,em artigo na Folha, explica a entreguistas a importância estratégica das estatais para a construção de uma nação soberana. ... 

Leia mais

12 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Dois anos de desgraças sob Michel Temer

Dois anos de desgraças sob Michel Temer

O PT fez um balanço dos dois anos de desgraças sob Michel Temer. Para a legenda, o golpe chegou ao seu terceiro ato com a prisão política de Lula enquanto o Vampirão Neoliberalista pratica ataques a direitos e programas sociais. ... 

Leia mais

26 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann: Colapso das instituições democráticas

Gleisi Hoffmann: Colapso das instituições democráticas

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, informa que o partido não recuará nem um milímetro da candidatura do ex-presidente Lula. “O PT não tem apenas o direito de lançar a candidatura de Lula à Presidência da República, mas o dever para com a sociedade brasileira e com a história do nosso povo de sustentá-la”, escreve. ... 

Leia mais

31 de outubro de 2017
por Esmael Morais
16 Comentários

Enio Verri: Leilão do pré-sal pode dar R$ 1 trilhão em prejuízo ao Brasil

O deputado Enio Verri (PT-PR) não tem dúvidas de que o golpe foi para retirar o óleo e a soberania do Brasil. Ele destaca que Michel Temer doou por R$ 0,01 o litro de petróleo no leilão da semana passada, portanto um prejuízo de R$ 1 trilhão ao Brasil. Leia mais

19 de junho de 2017
por Esmael Morais
123 Comentários

De olho em 2018, Requião assume presidência de “Frente Ampla” com 218 parlamentares

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) assumirá nesta quarta-feira (21), em Brasília, a Frente Parlamentar Nacionalista, que visa implantar um projeto de nação em contraposição ao neoliberalismo advogado pela banca financeira e os rentistas. Leia mais

6 de outubro de 2016
por Esmael Morais
43 Comentários

O cinismo da Globo na privatização da Petrobras

waack_globo_presalO jornalista Willian Waack, na Globo, comportou-se na madruga desta quinta (6) como pit bull dos gringos que acabara de sair da coleira quando se referiu à aprovação do fim da obrigação da Petrobras de investir em todos os blocos do pré-sal. Leia mais

6 de setembro de 2016
por Esmael Morais
23 Comentários

Requião: Nazismo teve mais consideração com desempregados que o usurpador Temer

requiao_economiaO senador Roberto Requião (PMDB-PR), ao criticar o neoliberalismo econômico, em polêmico artigo, afirma que “o nazismo teve mais consideração com a população de desempregados do que nossos governos” — sobretudo em comparação do usurpador Michel Temer (PMDB). Leia mais

31 de julho de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

“Fundos abutre” ameaçam soberania econômica da Argentina

do Opera Mundi
No prazo final para evitar um calote técnico, a Argentina não entrou em acordo nesta quarta-feira (30/07) com os denominados fundos abutre!, detentores de bônus da dívida do país sul-americano que rejeitaram as reestruturações de 2005 e 2010.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa no consulado argentino de Nova York pelo ministro de Economia, Axel Kicillof. Segundo ele, foram oferecidas condições similares à s definidas com os fundos que entraram nas últimas reestruturações. Oferecemos 300% de lucro. Não aceitaram.!

A Argentina é um país soberano. O que os fundos abutres pedem é impossível. Queremos um diálogo que não viole nossas próprias leis e contratos!, disse o ministro. Kicillof também afirmou que a obrigação dos funcionários é defender o direito dos argentinos, por isso não podem assinar qualquer coisa! que possa gerar um incremento extraordinário da dívida argentina.

Desde 2012, a Argentina tentava uma revisão da sentença do juiz nova-iorquino Thomas Griesa, que determinou que o país deveria pagar integralmente a dívida com os fundos Aurelius Management e NML Capital, uma unidade da Elliott Management, do bilionário Paul Singer.

O governo argentino tinha esperança que Griesa reestabelecesse uma cautelar à  sua própria sentença, para que o país pudesse negociar com os fundos litigantes sem a pressão do calote iminente.

Os fundos abutre! ganharam esse nome porque, em 2008, compraram bônus da dívida argentina !“em moratória desde 2001 – no mercado secundário, a um valor nominal muito inferior ao que ganharam o direito de receber na justiça norte-americana. Segundo dados do governo argentino, os bônus da dívida foram comprados por US$ 48,7 milhões, enquanto a sentença de Griesa obriga a Argentina a pagar US$1,5 bilhão aos fundos litigantes.

“Nestas manhã e tarde, representantes da República da Argentina, liderados pelo ministro da Economia, Axel Kicillof, e representantes dos holdouts (fundos que não aderiram à s reestruturações da d Leia mais

9 de setembro de 2013
por Esmael Morais
6 Comentários

Dilma: espionagem foi por “interesses econômicos”

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil, via Brasil 247Brasília !“ A presidenta Dilma Rousseff divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira 9 dizendo que, se forem confirmados os fatos veiculados pela imprensa, fica evidenciado que o motivo das tentativas de violação e de espionagem de dados do Brasil, que agora têm como alvo a Petrobras, não é a segurança ou o combate ao terrorismo, mas interesses econômicos e estratégicos.

“Sem dúvida, a Petrobras não representa ameaça à  segurança de qualquer país. Representa, sim, um dos maiores ativos de petróleo do mundo e um patrimônio do povo brasileiro”, disse.

Reportagem veiculada neste domingo 8 pelo programa Fantástico, da TV Globo, mostrou que documentos vazados pelo ex-consultor de informática Edward Snowden indicam que a rede privada de computadores da Petrobras foi monitorada pela Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA).

“Por isso, o governo brasileiro está empenhado em obter esclarecimentos do governo norte-americano sobre todas as violações eventualmente praticadas, bem como exigir medidas concretas que afastem em definitivo a possibilidades de espionagem ofensiva aos direitos humanos, à  nossa soberania e aos nossos interesses econômicos”, diz a nota.

Segundo Dilma, as tentativas de violação e espionagem de dados e informações são incompatíveis com a convivência democrática entre países amigos, sendo manifestamente ilegítimas. “Da nossa parte, tomaremos todas as medidas para proteger o país, o governo e suas empresas”, diz o comunicado.

Confira a íntegra da nota do Planalto:

Mais uma vez, vieram a público informações de que estamos sendo alvo de mais uma tentativa de violação de nossas comunicações e de nossos dados pela Agência Nacional de Segurança dos EUA. Inicialmente, as denúncias disseram respeito ao governo, à s embaixadas e aos cidadãos !“ inclusive a essa Presidência. Agora, o alvo das tentativas, segundo as denúncias, é a Petrobras, maior empresa brasileira. Sem dúvida, a Petrobras não representa ameaça à  segurança de qualquer país. Representa, sim, um dos maiores ativos de petróleo do mundo e um patrimônio do povo brasileiro.

Assim, se confirmados os fatos veiculados pela imprensa, fica evidenciado que o motivo das tentativas de violação e de espionagem não é a segurança ou o combate ao terrorismo, mas interesses econômicos e estratégicos.

Por isso, o governo brasileiro está empenhado em obter esclarecimentos do governo norte-americano sobre todas as violações eventualmente praticadas, bem como em exigir medidas concretas que afastem em definitivo a possibilidade de espionagem ofensiva aos direitos humanos, a nossa soberania e aos nossos interesses econômicos.

Tais tentativas de violação e es Leia mais